Turismo: HOTELARIA DE FOZ DO IGUAÇU APRESENTA OTIMISMO PARA O FERIADO

Com a reabertura da Ponte da Amizade, os visitantes da “Terra das Cataratas” também terão a oportunidade de realizar a travessia para fazer compras em Ciudad del Este, no Paraguai.

Em pesquisa realizada pelo Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (Sindhotéis), a média de ocupação da rede hoteleira da cidade de Foz do Iguaçu no feriado de 2 de novembro será de 54,7%.

Apesar de ser uma taxa considerada baixa em comparação com o período pré-pandemia, os números trazem otimismo ao setor e revelam crescimento em relação à presença dos turistas nos feriados anteriores. Em setembro, o registro para o feriado da Independência foi de uma taxa de 30%, e, mais recentemente, o de Nossa Senhora Aparecida bateu a casa de 38,7%.

Assim como nos últimos levantamentos, os hotéis de cinco e quatro estrelas estão entre os mais procurados para o período de sábado (31) a segunda-feira (2), com média de ocupação de 61,9% e 57,7%. Os estabelecimentos de duas e três estrelas aparecem na sequência, com 50,1% e 49,2%.

De acordo com o presidente do Sindhotéis, Neuso Rafagnin, a taxa de ocupação deve ser ainda maior, pois “a maioria dos hoteleiros, principalmente dos estabelecimentos de pequeno porte, nos relatou que espera uma melhora até sábado em virtude da alta procura que estão recebendo por parte dos turistas”, explica.

Ao contrário dos últimos feriados, neste os visitantes terão a oportunidade de realizar a travessia da Ponte da Amizade para fazer compras em Ciudad del Este, no Paraguai. A circulação para o país vizinho estava restrita desde março, em razão da pandemia de covid-19, e no dia 15 de outubro voltou a ser permitida.

(Da Redação com PANROTAS)

Seja o Primeiro a comentar on "Turismo: HOTELARIA DE FOZ DO IGUAÇU APRESENTA OTIMISMO PARA O FERIADO"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*