Hot Topics

Política: JUSTIÇA NEGA PEDIDO DO PSDB PARA TIRAR “VIDEODENÚNCIA” DA VICE-PREFEITA DE SANTA TEREZINHA DAS REDES SOCIAIS

Neide Corrente, vice-prefeita e ex-prefeita interina de Santa Terezinha, divulgou vídeo contando que foi impedida de disputar prefeitura de STI.

Minha saída da vida pública está acontecendo contra minha vontade”, afirma a professora Neide Mariot Corrente (foto lateral), em vídeo divulgado nas Redes Sociais. Na gravação, ela destaca que liderava pesquisas de intenção de votos na cidade antes das convenções e diz que, mesmo assim, sequer foi ouvida no processo de escolha de Karla Galende (então recém-filiada ao PSDB) para a disputa pela prefeitura de STI.

Segundo comenta-se na cidade (conforme corrobora áudio que recebemos de uma fonte), a “escolha” tucana teria sido “definida” pelo homem forte do PSDB no Extremo Oeste do Paraná, Cláudio Eberhard (atual prefeito reeleito de STI), sendo que tal escolha teria ocorrido, segundo fonte do O IGUASSU, antes da respectiva convenção tucana.

Eberhard, já havia anunciado qual era sua pré-candidata, Karla Galende, antes da convenção do PSDB, realizada no dia 09 deste mês. O “anúncio” do prefeito, foi feito por ele no dia 26 de agosto, conforme notícia do portal Costa Oeste* (https://portalcostaoeste.com.br).

Encerro minha vida pública contra minha vontade”, assim se despede Neide Corrente, que ocupou importantes cargos na Educação do Município, além de ser vice-prefeita e prefeita por 06 seis meses durante a detenção e afastamento de Cláudio Eberhard do cargo de prefeito, para com quem, segundo a prof.ª Neide, ela sempre foi leal.

Representação Judicial Negada

Em razão do vídeo divulgado por Neide Corrente, o PSDB de STI (no qual foi filiada Karla Galende neste ano) ajuizou pedido de concessão de liminar judicial para que a veiculação da gravação fosse suspensa, mas o Juiz Eleitoral Gabriel Leonardo Souza de Quadros, negou o pleito.

Em sua decisão, o magistrado eleitoral destaca: “…4. Analisando os autos em um juízo perfunctório, permitido nessa fase processual, verifica-se que o conteúdo apontado pela parte representante não pode ser considerado como propaganda negativa, eis que trata-se de mera crítica política da representada acerca de sua preterição como eventual candidata, sendo que não há nenhuma menção desabonadora a outros candidatos, em especial os que disputam cargo eletivo pela agremiação representante…”.

A ÍNTEGRA DA DECISÃO DO JUIZ ELEITORAL:

Cabe recurso da decisão do Juiz Gabriel Quadros, e, segundo fontes do O IGUASSU junto ao PSDB de STI, o partido deverá recorrer da mesma, possivelmente ainda nesta terça-feira (29) ou, no máximo, no decorrer desta semana.

Espaço ao Contraditório

Desde já, O IGUASSU deixa franqueado este espaço digital de informação ao PSDB de Santa Terezinha, para eventual manifestação em resposta a presente matéria jornalística.

*Vide notícia do portal Costa Oeste:

(https://portalcostaoeste.com.br/todas-noticias/regiao-oeste-do-parana/santa-terezinha-de-itaipu/claudio-eberhard-confirma-apoio-a-pre-candidatura-de-karla-galende-em-santa-terezinha-de-itaipu/)

(Da Redação do O IGUASSU)

Seja o Primeiro a comentar on "Política: JUSTIÇA NEGA PEDIDO DO PSDB PARA TIRAR “VIDEODENÚNCIA” DA VICE-PREFEITA DE SANTA TEREZINHA DAS REDES SOCIAIS"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*