Hot Topics

Política: BOLSONARO CONTESTA PENA MAIOR PARA MAUS-TRATOS A ANIMAIS

Bolsonaro ressalta que a pena para abandono de incapaz, como um recém-nascido, é de seis meses a três anos.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que vai lançar uma espécie de enquete no Facebook para decidir se vai sancionar ou não a proposta que aumenta a pena para maus-tratos contra cães e gatos aprovada pelo Congresso. Pelo texto que passou no Legislativo, a pena passaria para cinco anos de reclusão

“O que eu pretendo fazer, vou colocar no meu Facebook, o texto da lei, para o pessoal fazer comentários. Só deixo avisado, quem for para a baixaria é banimento. Pode reclamar, a pena é excessiva, é grande, tem que sancionar, tem que vetar. Porque não é fácil tomar uma decisão como essa daí”, disse o presidente.

Bolsonaro indagou a youtuber mirim Esther Castilho, de 10 anos, que também acompanha a live ao lado do presidente, sobre o assunto.

“Dá para você entender o que são dois anos de cadeia porque uma pessoa maltratou um cachorro? A pessoa tem que ter uma punição, mas dois anos… Dois a cinco anos”, comentou Bolsonaro.

“Eu acho que é muito pouco (a pena), viu. A gente tem que cuidar do animal, não tem que maltratar ele”, afirmou a youtuber após o presidente perguntar o que ela achava da possibilidade de uma pena média de 3,5 anos de prisão para quem maltratar animais.

Em outro momento, Bolsonaro fez uma comparação de que a pena para abandono de incapaz, como um recém-nascido, é de seis meses a três anos. Ele questionou, então, a opinião do presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, que avaliou que as duas penas para os diferentes crimes são baixas, já que considera que os animais também são “incapazes”.

(Da Redação com CNN)

Seja o Primeiro a comentar on "Política: BOLSONARO CONTESTA PENA MAIOR PARA MAUS-TRATOS A ANIMAIS"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*