JORNALISTA RICARDO BOECHAT MORRE EM QUEDA DE HELICÓPTERO

Acidente foi no Rodoanel, em São Paulo; Aeronave bateu na dianteira de 1 caminhão

O jornalista Ricardo Boechat, 66 anos, morreu em uma queda de helicóptero nesta 2ª feira (11.fev.2019). A aeronave caiu no Rodoanel, em São Paulo, por volta do meio-dia.

Ele retornava de uma palestra em Campinas, no interior do Estado, para a capital. Deveria pousar no heliponto da Band, no Morumbi, Zona Sul da cidade.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a aeronave caiu em cima de 1 caminhão que trafegava pelo Rodoanel, no sentido interior, próximo à praça do pedágio.

O motorista do caminhão foi socorrido pela concessionária e teve ferimentos leves. O piloto Ronaldo Quattrucci também morreu no acidente.

De acordo com os bombeiros, 11 viaturas foram deslocadas para o local. A aeronave que caiu era do modelo BELL PT HPG. Fabricada em 1975, estava com documentação em dia. O helicóptero fazia serviços de táxi aéreo e pertencia ao próprio piloto.

Biografia

Ricardo Eugênio Boechat nasceu em 13 de julho de 1952, em Buenos Aires, na Argentina. Casado com Veruska Boechat, era pai de 6 filhos: Paula, Bia, Rafael, Patricia, Valentina e Catarina.

Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e colunista da revista IstoÉ.

O jornalista iniciou sua carreira na década de 1970, no extinto jornal Diário de Notícias.

Ele trabalhou nos jornais O Globo, O Dia, O Estado de S. Paulo e Jornal do Brasil. Foi comentarista no Bom Dia Brasil, da TV Globo, e ganhou 3 vezes o extinto Prêmio Esso, 1 dos principais do jornalismo brasileiro.

É o maior vencedor da história do Prêmio Comunique-se, sendo o único a vencer em 3 categorias distintas (Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV).

Segundo pesquisa do site Jornalistas&Cia, em 2014, foi eleito o jornalista mais admirado entre os 100 principais profissionais do mercado.

Em seu último programa na manhã desta 2ª feira (11.fev) na BandNews FM, Boechat criticou a morosidade da justiça para identificar e punir os responsáveis por tragédias como a que ocorreu após o rompimento da barragem da Vale em Brumadinho.

Repercussão

Personalidades políticas emitiram nota de pesar após a morte do jornalista. O presidente Jair Bolsonaro publicou em seu perfil no Twitter que sempre teve muito respeito pelo trabalho de Boechat.

(Com Poder360)

Seja o Primeiro a comentar on "JORNALISTA RICARDO BOECHAT MORRE EM QUEDA DE HELICÓPTERO"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*