IMPOSSÍVEL SEGURAR

Os grilhões da morte não são páreo para o poder de Deus.

Versículo do dia: “…Deus o ressuscitou, libertando-o […] pois ela [a morte] não pôde mantê-lo [Jesus] sob seu domínio”

(Atos 2: 24)

Leitura bíblica recomendada: Atos 2:22-36.

Kátia e seus amigos estavam nadando no mar quando ela foi atacada por um tubarão que a agarrou pela perna e puxou o seu corpo. Ela deu um soco no nariz do predador, que abrindo a boca, fugiu derrotado. A mordida causou múltiplos ferimentos, e exigiu mais de 100 pontos, porém, o tubarão não conseguiu dominá-la.

Isso me lembra de que Jesus venceu a morte, acabando com o seu poder de intimidar e derrotar os seguidores dele. Pedro afirmou: “ela [a morte] não pôde mantê-lo [Jesus] sob seu domínio” (Atos 2:24).

Pedro disse essas palavras à multidão em Jerusalém. Talvez muitos dentre eles tinham gritado: “Crucifique-o!” — para condenar Jesus (Mateus 27:22). Como resultado, os soldados romanos pregaram o Senhor numa cruz onde Ele ficou até a Sua morte ser confirmada. Seu corpo foi levado a um túmulo onde permaneceu por três dias até Deus ressuscitá-lo. Após a Sua ressurreição, Pedro e outros falaram e comeram com Ele, e, após 40 dias, viram o Senhor ascender ao Céu (Atos 1:9).

A vida humana de Jesus terminou com sofrimento físico e angústia mental, mas o poder de Deus derrotou a sepultura. Assim, a morte ou qualquer outra luta, não tem mais capacidade de nos aprisionar para sempre. Um dia, todos os cristãos terão a vida eterna e plenitude na presença de Deus. Focar neste futuro pode nos ajudar a encontrar a liberdade hoje.

Inicie sessão para acompanhar o seu progresso!

OREMOS: Jesus, louvo-te por teres morrido para me dares a vida eterna.

(Com Jeniffer Shut)

Seja o Primeiro a comentar on "IMPOSSÍVEL SEGURAR"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*