Hot Topics

Fronteira: CANCELADO ENCONTRO DOS PRESIDENTES DO BRASIL E DO PARAGUAI

O cancelamento do encontro presidencial, resultou de ainda estarem em fase de implantação as medidas sanitárias acordadas para a fronteira, ligando Foz do Iguaçu a Ciudad del Leste.

O ministro de Relações Internacionais do Paraguai, Federico González, confirmou neste sábado (10), que a definição da reabertura da fronteira do Paraguai com o Brasil pela Ponte da Amizade entre Brasil, é dúvida para 15 de outubro, mas que não haverá a reunião dos presidentes Mario Abdo do Paraguai e Jair Bolsonaro do Brasi neste dia, conforme previsto.

“A fronteira é aberta no dia 15 e o encontro dos presidentes acontece depois”, disse o ministro González a imprensa paraguaia.

Cancelamento angustiante

A notícia surpreendeu a muitos, já que estava planejada a cerimônia de reabertura da Ponte da Amizade. Com as informações que surgiram, depois de muitas “idas e vindas”, em Foz do Iguaçu (Brasil) e Ciudad del Leste (Paraguai) muitos estão em dúvida de que a Ponte da Amizade possa ser mesmo reaberta no dia 15.

Presidente Abdo Benitéz e Bosloanro

O protocolo de segurança que estava planejado para ser implantado neste final de semana não foi totalmente cumprido, de modo que a reunião bilateral foi adiada para uma data posterior, apesar do fato de que as duas Chancelarias dos países já terem dado confirmação anterior do ato que ocorreria em Foz do Iguaçu reunindo os Bolsonaro e Abdo Benítiez, marcando, assim, a reabertura da Ponte da Amizade, o que realizar-se nas proximidades da alfândega na fronteira.

A situação econômica de Ciudad del Este, no Alto Paraná, é o que obrigou o governo de Mário Abdo a reabrir as fronteiras sob um rígido protocolo sanitário que limita o horário dos turistas de compras. Os comerciantes da cidade paraguaia, em constantes mobilizações, exigiam que a Ponte da Amizade fosse habilitada.

Dentro das medidas adotadas, está definido um horário para a entrada de turistas, que seja das 5h00 às 18h00. As medidas sanitárias serão avaliadas pelo Ministério da Saúde e novas decisões poderão tomadas de acordo com o índice epidemiológico na região fronteiriça.

Enquanto isso as negociações para a reabertura das fronteiras em outras cidades como Pedro Juan Caballero e Salto del Guairá continuam avançando. Essas cidades paraguaias exigem o mesmo tratamento diferenciado com Ciudad del Este.

(Da Redação com La Nación)

Seja o Primeiro a comentar on "Fronteira: CANCELADO ENCONTRO DOS PRESIDENTES DO BRASIL E DO PARAGUAI"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*