ENTENDENDO A GRATIDÃO

A gratidão nos satisfaz e agrada a Deus.

Versículo do dia: “Mesmo que pegássemos todos os peixes do mar, seria suficiente?”

(Números 11:22)

Leitura bíblica recomendada: Números 11:1-11

Os anos de cansaço causados pela dor crônica e frustrações com a minha mobilidade limitada finalmente me afetaram. Em meu descontentamento, tornei-me exigente e ingrata. Passei a reclamar dos cuidados do meu marido, e a me queixar até da forma como ele limpava a casa. Embora ele seja o melhor cozinheiro que conheço, eu reclamava até da falta de variedade em nossas refeições. Quando ele confessou o quanto eu o magoava, eu me ressenti. Ele não fazia ideia do que eu estava vivendo. Por fim, Deus me ajudou a ver meus erros, e eu pedi perdão ao meu marido e ao Senhor.

Desejar outras circunstâncias pode levar a queixas e a uma forma de relacionamento egoísta. Os israelitas conheciam esse dilema. Parece que nunca estavam satisfeitos e sempre reclamavam das provisões divinas (Êxodo 17:1-3).

Embora o Senhor cuidasse do Seu povo no deserto enviando “comida do céu” (Êxodo16:4), eles queriam outro alimento (Números 11:4). Em vez de alegrar-se com os milagres diários e com o cuidado de Deus, os israelitas queriam algo mais, algo melhor, algo diferente, ou até mesmo, algo que já tivessem tido (Números 11:4-6) — e descontavam suas frustrações em Moisés (Números 11:10-14).

Confiar na bondade e fidelidade de Deus pode nos ajudar a sermos gratos. Hoje, podemos lhe agradecer pelas incontáveis maneiras como Ele cuida de nós.

OREMOS: Senhor, ajuda-nos a lutar contra o descontentamento apreciando a doçura da gratidão.

(Xochitl Dixon)

Seja o Primeiro a comentar on "ENTENDENDO A GRATIDÃO"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*