Covid – 19: FOZ DO IGUAÇU INVESTIU R$ 7,1 MILHÕES NO COMBATE A PANDEMIA

O valor foi aplicado na aquisição de equipamentos e insumos e na reestruturação hospitalar com a oferta de 70 novos leitos.

Foz do Iguaçu é um dos municípios que vem desenvolvendo uma ampla frente de combate ao novo coronavírus (COVID-19) no Paraná. A prefeitura adotou medidas para o reforço da estrutura na rede pública de saúde e também na área econômica. Na Saúde já foram investidos R$ 7,1 milhões de recursos, dos quais R$ 5,7 milhões dos cofres municipais e R$ 1,4 milhão destinado pela Justiça Federal (4ª Vara de Execuções Penais).

O recurso foi aplicado na aquisição de equipamentos e insumos e na reestruturação hospitalar com a oferta de 70 novos leitos (53 de internamento e 17 de UTI) para atendimento aos pacientes infectados. Até o momento, Foz do Iguaçu tem 29 casos confirmados da doença.

Antes mesmo da confirmação do primeiro caso na cidade (18 de março), a Secretaria de Saúde montou um Comitê de Enfrentamento ao COVID-19, e a partir disso começou a elaborar os investimentos para se preparar contra a pandemia que assola todo o país.

“A primeira medida foi a criação do Plantão Coronavirus e da central de leitos especializados na estrutura do Hospital Municipal Padre Germano Lauck (HMPGL). Com recursos próprios da prefeitura foram adquiridos camas, macas, respiradores, oxímetros, aspiradores cirúrgico e cardioversores, insumos e medicamentos, equipamentos de comunicação, telemedicina, monitores e tomógrafo”, detalhou o vice prefeito e secretário de saúde Nilton Bobato.

A Justiça Federal destinou R$ 1,4 milhão para o Município. O dinheiro foi repassado para a direção do Hospital Municipal, que destinou o recurso na compra de equipamentos. A área da saúde também receberá nos próximos dias mais um aporte financeiro da Justiça do Estado. Já foi determinado pela juíza da Vara de Execuções Penais e Medidas Alternativas, Juliana Zanin, o repasse de R$ 500 mil para reforçar ainda mais a estrutura de leitos no HMPGL.

Reforço no enfrentamento – Além das ações exclusivas da prefeitura, a ampla frente de combate ao COVID-19 tem apoio da Itaipu Binacional e Unila. A usina, por meio do Hospital Costa Cavalcanti, criou uma ala para atendimento aos pacientes contagiados pela doença com 27 leitos (15 UTI), e 12 leitos de semi-intensiva. O hospital também está responsável pela elaboração de testes rápidos, que devem chegar a cidade ainda hoje (09). Aproximadamente dois mil testes são aguardados através de credenciamento com o Laboratório Central do Paraná (Lacen).

A Unila (Universidade Federal da Integração Latino Americana) éresponsável pelo Plantão Coronavírus e o projeto de telemedicina no atendimento à população de Foz do Iguaçu, em parceria com a Secretaria de Saúde, Fundação Municipal de Saúde, Hospital Padre Germano Lauck e Secretaria de Tecnologia da Informação. A iniciativa é desenvolvida por alunos do curso de medicina da universida com supervisão de médicos e docentes da Unila.

Pesquisadores da Universidade também iniciaram a produção de álcool glicerinado 80%, nos laboratórios da Instituição. O produto será distribuído nas unidades públicas de saúde de Foz do Iguaçu e também poderá ser utilizado nas ações da própria Universidade.

Economia – O prefeito Chico Brasileiro anunciou um pacote de emergência no valor de R$ 50 milhões (Foz Juro Zero e Fundo de Aval) em apoio aos pequenos empresários. É a segunda medida de enfrentamento ao novo coronavírus (COVID-19) adotada na área econômica na cidade. A primeira ocorreu com a suspensão de impostos e taxas municipais por 90 dias.

O Banco do Empreendedor também abriu, através de convênio com a Fomento Paraná, linhas de crédito emergenciais em Foz do Iguaçu. O recurso é destinado para MEI’s (Microempreendedores Individuais, empreendimentos informais e micros e pequenas empresas.

(Com AMN)

Seja o Primeiro a comentar on "Covid – 19: FOZ DO IGUAÇU INVESTIU R$ 7,1 MILHÕES NO COMBATE A PANDEMIA"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*