CONGRESSISTAS FECHAM ACORDO PROVISÓRIO PARA EVITAR NOVA PARALISAÇÃO NOS EUA, DIZ IMPRENSA

Acordo provisório, porém, ainda deverá ser aprovado pela Casa Branca e pelo presidente Donald Trump até sexta-feira (15)

Negociadores do Congresso americano chegaram a um acordo provisório para evitar uma nova paralisação do governo no final da semana, anunciaram os senadores nesta segunda-feira (11), informa a imprensa dos Estados Unidos.

“Conseguimos um acordo sobre tudo isso”, disse o negociador republicano e senador Richard Shelby, segundo a CNN.

O acordo prévio fechado entre congressistas republicanos e democratas prevê a destinação de US$ 1,375 bilhões para a construção de barreiras físicas em um trecho de 88 km da fronteira com o México. O valor é inferior aos US$ 5,7 bilhões que o presidente Donald Trump quer para a construção de um muro de mais de 320 km na divisa.

O dinheiro previsto no acordo deverá ser investido na construção de barreiras verticais de aço, e não em um muro sólido, como deseja o presidente.

O acordo ainda deverá ser aprovado pela Casa Branca e pelo presidente para evitar um novo fechamento administrativo quando se esgotarem os fundos atuais, na próxima sexta (15).

Os democratas e Trump estão há semanas em um impasse sobre o financiamento de um muro na fronteira dos EUA com o México – uma promessa de campanha do presidente.

Impasse

Com o prazo para resolver a aprovação de uma nova lei de financiamento do governo chegando ao fim, democratas e republicanos não entram em consenso sobre a aprovação de uma legislação de longo prazo desde o final do ano passado. Congressistas e o governo aprovaram no final de janeiro uma lei provisória, que financia os gastos até 15 de fevereiro.

A Casa Branca não descartou no domingo (10) a eventualidade de uma nova “paralisação” do governo, caso nenhum acordo seja alcançado antes de sexta-feira com os democratas sobre o financiamento do muro na fronteira com o México.

A paralisação acontece quando o Congresso e o Executivo não conseguem chegar a um acordo sobre a aprovação de uma lei orçamentária para os custos do governo nos EUA.

(Com G1)

Seja o Primeiro a comentar on "CONGRESSISTAS FECHAM ACORDO PROVISÓRIO PARA EVITAR NOVA PARALISAÇÃO NOS EUA, DIZ IMPRENSA"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*