TESTEMUNHAS DE ACUSAÇÃO DA “PECÚLIO” COMEÇAM A SER OUVIDAS A PARTIR DE HOJE

A Justiça Federal abre nesta semana mais uma fase importante do processo da Operação Pecúlio. Após a notificação dos denunciados e apresentação da defesa inicial, o juiz da 3ª Vara Federal em Foz do Iguaçu, Pedro de Aguirre Filho, começa a ouvir hoje (15) as testemunhas de acusação indicadas pelo Ministério Público Federal na denúncia protocolada em junho. Na instância local são 85 denunciados. Além destes, foi denunciado também o prefeito Reni Pereira (PSB) no processo que corre em separado no Tribunal Regional Federal por conta do direito ao foro privilegiado. As investigações iniciaram em 2014 e a fase ostensiva foi deflagrada no dia 19 de abril deste ano.

Com mecanismos de investigação como interceptações telefônicas, quebra de sigilos fiscal e bancário, acompanhamento em campo, rastreamentos e apreensão de documentos, as autoridades federais conseguiram desarticular o que denominaram de “organização criminosa que teria cometido e estaria cometendo crimes contra a administração pública, através de fraudes a licitações municipais, com desvios de verbas públicas federais e obtenção de vantagens indevidas”.

Com Gazeta do Iguaçu

Seja o Primeiro a comentar on "TESTEMUNHAS DE ACUSAÇÃO DA “PECÚLIO” COMEÇAM A SER OUVIDAS A PARTIR DE HOJE"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*