TCE APROVA CONTAS DE BETO RICHA E CIDA, MAS ALERTA PARA ‘ROMBO’ NA PREVIDÊNCIA

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/PR) aprovou hoje parecer pela aprovação das contas de 2018 do governo do Estado sob responsabilidade dos ex-governadores Beto Richa (PSDB) e Cida Borghetti (PP), com 23 ressalvas

O relatório do conselheiro Artagão de Mattos Leão pela aprovação com 13 ressalvas com determinação, 10 ressalvas e 11 recomendações recebeu os votos favoráveis dos conselheiros Ivan Bonilha, Durval Amaral e Fábio Camargo.

Votaram contra os conselheiros Ivens Linhares e Fernando Guimarães. O principal problema, segundo o relator, foi o déficit no Paraná Previdência, que chegou a R$ 5 bilhões no ano passado.

O documento agora será encaminhado, na sequência, à Assembleia Legislativa a quem cabe o julgamento das contas do governo.

O relatório abrange as gestões dos ex-governadores de Richa (1º de janeiro a 5 de abril) e Cida Borghetti (6 de abril a 31 de dezembro de 2018). As falhas na gestão previdenciária do Estado levaram o conselheiro Linhares a propor voto pela rejeição, com aplicação de multa aos responsáveis. Já o conselheiro Guimarães propôs a desaprovação das contas referentes à gestão da ex-governadora.

Ela foi a responsável pelo envio de projeto de lei à Assembleia, alterando a fórmula de cálculo das contribuições previdenciárias do funcionalismo estadual.

(Com Bem Paraná)

Seja o Primeiro a comentar on "TCE APROVA CONTAS DE BETO RICHA E CIDA, MAS ALERTA PARA ‘ROMBO’ NA PREVIDÊNCIA"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*