Richa conhece fábrica de trens e mostra projeto de nova ferrovia

Governador Beto Richa visita a fábrica da Bombardier, em Montreal, Canadá, e discutiu parcerias com executivos da empresa. Montreal, 25/07/2017. Foto: Divulgação ANPr

O governador Beto Richa conheceu nesta sexta-feira (25) a sede da fabricante de aviões e trens Bombardier em Montreal, na província de Quebec, no Canadá. A visita técnica foi na divisão de transporte ferroviário da companhia, que produz vagões, locomotivas, propulsores e controladores, e serviu para discutir a possibilidade de parcerias na área de infraestrutura.

Richa falou do interesse do governo estadual na construção de um novo traçado ferroviário no Paraná, ligando Dourados (MS) até o Porto de Paranaguá. “Discutimos a possibilidade de uma parceria entre a Bombardier e o Estado do Paraná. Esperamos bons resultados, principalmente para o nosso projeto de uma nova ferrovia que vai ligar Dourados (MS), Guaíra, Cascavel, Guarapuava até Paranaguá”, disse.

A nova ferrovia, com mil quilômetros, pode ser um novo canal de escoamento da produção agrícola do Centro-Oeste até Paranaguá, de acordo com o governador. “O projeto vai trazer um desenvolvimento regional vigoroso”, afirmou Richa logo após a reunião.

Ele destacou que a intenção do encontro com os canadense é abrir caminho para conversas com investidores e possibilitar a transferência de tecnologia e know-how para o projeto. Richa fez uma apresentação sobre a atual situação do Paraná e o presidente da Ferroeste falou sobre as operações da empresa.

A Ferroeste tem capacidade instalada para movimentar 5 milhões de toneladas por ano. A linha liga Cascavel a Guarapuava, fará parte do pacote de concessão para um novo traçado ferroviário. Atualmente, a companhia opera com 14 locomotivas e 426 vagões.

A visita, que teve a participação do cônsul-geral do Brasil em Montreal, Rubens Gama, e do presidente da Ferroeste, João Vicente Bresolin Araújo, foi realizada no centro de protótipos para as Américas da Bombardier Transportation e acompanhada pelo vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios e Vendas da companhia, Stephane Villeneuve.

REALIDADE VIRTUAL – O governador participou de um teste de realidade virtual, no qual foi mostrado o baixo impacto que as soluções da Bombardier causam às cidades.

O convite para conhecer a empresa foi feito em 2015, pela embaixada do Canadá. A Bombardier inaugurou em 2012 em Hortolândia (SP) sua primeira fábrica fora dos Estados Unidos e do Canadá. A linha produz trens de monotrilho.

AGENDA INTERNACIONAL – A visita à Bombardier faz parte de uma agenda internacional que inclui o Canadá e os Estados Unidos. Na próxima segunda-feira (28), o governador participa da Copel Day, data que marca os 20 anos do início da venda de ações da estatal paranaense de energia na Bolsa de Valores de Nova York (Nyse). O evento inclui uma apresentação do potencial do Paraná para investidores.

Ainda em Nova York, Richa vai apresentar o Estado em encontro organizado pelo grupo Itaú. Em seguida, viaja para Boston. Na capital de Massachusetts, fará três apresentações sobre o Paraná, no dia 30 de agosto. A agenda inclui reuniões com empresas de investimentos Wellington Management, Fidelity Investments e The Boston Company. Richa retorna ao Brasil no dia 31.

 

Com AEN

Seja o Primeiro a comentar on "Richa conhece fábrica de trens e mostra projeto de nova ferrovia"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*