Operação da GAECO investiga fraude em licitação de transporte coletivo, conduz coercitivamente ex-prefeito Paulo Mac Donald

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) cumpriu na manhã desta quarta-feira (29) um mandado coercitivo contra o ex-prefeito Paulo Mac Donald Ghisi. A ação acontece durante uma operação do Gaeco na cidade Guarapuava, com o apoio dos agentes em Foz do Iguaçu.

O Ministério Público do Paraná apura a existência de organização criminosa no segmento de concessão de transporte coletivo urbano. A investigação, realizada pelo (Gaeco) e (Gepatria) de Guarapuava também investiga fraudes a licitações, corrupção ativa e crimes contra a ordem econômica.

Estão sendo cumpridos nesta quarta-feira seis mandados de prisão, 29 conduções coercitivas (quando a pessoa é conduzida para ser ouvida na mesma data) e 53 ordens de busca e apreensão em empresas e residências, expedidos pelo Juízo da 1ª Vara Criminal de Guarapuava.

O cumprimento das medidas acontece em Guarapuava, Foz do Iguaçu, Maringá, Ponta Grossa e Curitiba, no Paraná, bem como em cidades de Santa Catarina e São Paulo e também no Distrito Federal, com apoio do Gaeco desses locais.

As investigações, iniciadas em 2013, indicam que integrantes de empresa de engenharia especializada em transporte coletivo, advogados e representantes de empresas de ônibus formam o grupo criminoso, que utiliza “laranjas” e formações societárias complexas para ocultar a existência do grupo econômico.

De acordo com o Gaeco, indícios apontam que a organização criminosa age pelo menos desde 2009, cooptando agentes públicos para a prática dos crimes. Com a participação dessas pessoas, o grupo obtém meios de remunerar ilicitamente, com dinheiro público, a organização das fraudes concorrenciais, contratando componentes do grupo criminoso para prestar assessorias simuladas ou substituir comissões de licitação.

VÍDEO MOSTRA PEDIDO DE PROPINA

Paulo Mac Donald também é suspeito em outro caso, de pedido de propina, envolvendo empresa de transporte coletivo de Foz do Iguaçu. Vídeo mostra ex-diretor superintendente do Foztrans, Yoshimtso Oda, pedindo dinheiro em nome do ex-prefeito em seu primeiro mandato. Confira o vídeo divulgado pela imprensa em rede estadual.

(Com Informações do MP/PR)

Seja o Primeiro a comentar on "Operação da GAECO investiga fraude em licitação de transporte coletivo, conduz coercitivamente ex-prefeito Paulo Mac Donald"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*