MERKEL SOFRE O TERCEIRO EPISÓDIO DE TREMORES EM MENOS DE UM MÊS

Chanceler alemã teve convulsões visíveis durante a visita do primeiro-ministro finlandês

A chanceler alemã Angela Merkel voltou a sofrer em público um ataque de tremores enquanto ouvia o hino nacional alemão durante a recepção com honras militares ao primeiro-ministro finlandês Antti Rinne, na sede do Governo alemão. As imagens captadas pelas câmeras de televisão mostraram a chanceler sofrendo convulsões durante mais de um minuto.

Um porta-voz disse minutos após o episódio que Merkel está bem e que as conversas com o primeiro-ministro finlandês continuaram como estava previsto. Ela disse na conferência de imprensa: “As pessoas não precisam se preocupar comigo”, apontou, “tenho certeza de que estou em forma para o trabalho”. Momento em que atribuiu os tremores a um processo de recuperação que começou depois do primeiro ataque.

É a terceira vez em menos de um mês que Merkel tem convulsões visíveis, o que levantou novamente questionamentos sobre seu estado de saúde. Depois do último episódio, em 27 de junho, a chanceler continuou com sua agenda, incluindo uma viagem ao Japão para participar da cúpula do G20. O primeiro ataque aconteceu no dia 18 do mesmo mês de junho, durante a visita do presidente ucraniano, Volodímir Zelenski, à Alemanha. Na ocasião, Merkel também prosseguiu com os atos oficiais marcados para aquele dia.

“Quando Angela Merkel treme, toda a União treme”, escreveu o jornalista Stephan-Andreas Casdorff no jornal Tagesspiegel sobre aquela que foi um pilar da política europeia na última década. A chanceler, da qual não se conhece nenhuma doença grave e que é praticante de caminhadas, completará 65 anos no dia 17 de julho. Chegou ao poder em 2005 e foi reeleita para um quarto mandato nas eleições gerais de 2017. Merkel anunciou em outubro que este será seu último mandato –termina oficialmente em 2021.

(Com El País)

Seja o Primeiro a comentar on "MERKEL SOFRE O TERCEIRO EPISÓDIO DE TREMORES EM MENOS DE UM MÊS"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*