MÉDICOS ESPECIALISTAS ATENDEM CERCA DE 10 MIL PACIENTES POR MÊS NA REDE MUNICIPAL

Cerca de 2.300 pessoas são atendidas todas as semanas pelos médicos especialistas da Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu. De maio até hoje são 35 novos contratos de especialistas que atendem em unidades básicas de saúde, UPAs, CEM e outras unidades. Ao todo, 16 diferentes especialidades já são atendidas e o credenciamento de novos profissionais segue sendo realizado. 
 
“É importante destacar que o atendimento das especialidades não é a primeira consulta de um paciente. Tudo começa na atenção básica, quando o paciente é atendido na Unidade Básica de Saúde. Quando existe a necessidade o médico encaminha o paciente para uma nova consulta, aí sim com o especialista.” Explica a secretária de Saúde Inês Weizemann.
 
A Secretaria Municipal de Saúde faz o encaminhamento através de uma Central de Marcação de Consultas, que fica responsável para informar ao paciente sobre a data,  horário e local da consulta. Em alguns casos, o atendimento é feito no CEM, Centro de Especialidades Médicas da Avenida Paraná e em outros casos nas demais instalações do Município.
 
Filas de Espera
 
Muitos pacientes aguardavam por consultas com especialistas por mais de um ano. Agora as filas estão diminuindo gradativamente e à medida que o Município consegue contratar novos especialistas a quantidade de consultas é ampliada e o tempo de espera tem sido diminuído. 
 
O número de atendimentos poderia ser ainda maior, mas a Central de Marcação de Consultas encontra dificuldade para contatar os pacientes.  Muitos pacientes estão com o cadastro desatualizado no sistema, principalmente por trocarem os números de telefone e não informarem a mudança na Unidade Básica de Saúde. Existe também um índice considerável de faltas, que prejudicam o atendimento. 
 
Atualmente, o Governo do Município tem, por meio da Secretaria de Saúde, realiza uma média semanal de 2.300 consultas com especialistas em endocrinologia adulto e pediátrico, cardiologia, neurologia, neuropediatria, oftalmologia, ortopedia, cirurgia geral, cirurgia pediátrica, cirurgia plástica, dermatologia, gastroenterologia, pneumologia, vascular, urologia, otorrino, nefrologia e hematologia. As especialidades que ainda não estão contempladas estão com o processo de credenciamento em aberto.
 
Humanização 
 
Para a secretária Inês Weizemann, o Município tem procurado avançar na melhoria dos atendimentos, na oferta dos serviços e na humanização de toda rede pública municipal de saúde. “Para oferecer ainda mais especialidades à população a Secretaria de Saúde está em processo de credenciamento de profissionais, nessa nova fase também vamos dar uma atenção mais especial à demanda de processos cirúrgicos. A nossa gestão já avançou bastante e estamos aqui para resolver os problemas de maneira correta e dentro do tempo legal, as melhorias já estão sendo notadas e reconhecidas pelos usuários, uma prova disso é o Centro de Especialidades Médicas que no começo do ano estava fechado e hoje oferece em torno de duas mil consultas por semana”, destacou Inês.
Com PMFI

Seja o Primeiro a comentar on "MÉDICOS ESPECIALISTAS ATENDEM CERCA DE 10 MIL PACIENTES POR MÊS NA REDE MUNICIPAL"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*