MAYRA REPETE LONDRES-12 E CONQUISTA A MEDALHA DE BRONZE NA RIO-2016

A judoca Mayra Aguiar, 25, conquistou nesta quinta-feira (11) a medalha de bronze na categoria meio-pesado (até 78 kg) e se tornou a primeira mulher a obter dois pódios em Olimpíadas pelo judô do Brasil.

A vitória sobre a cubana Yalennis Castillo foi tranquila. Mayra dominou toda a luta, tendo aplicado um yukô com menos de 20 segundos.

Ela repetiu o gesto de Rafaela Silva ao fim da luta e pulou nas arquibancadas para comemorar com os familiares e o técnico Kiko Pereira. Também beijou a bandeira do Brasil bordada no quimono.

A brasileira saiu do caminho do ouro ao perder para a francesa Audrey Tcheumeo. Além de tirar Mayra do topo do pódio, o resultado frustrou a torcida por não ver o duelo entre ela e Kayla Harrison, uma das principais rivalidades do judô mundial.

O ouro ficou com a norte-americana, que se tornou bicampeã olímpica, ao superar a francesa na final com uma chave de braço.

META

Em vez de estipular um número mínimo de pódios, como costumava fazer, a CBJ (Confederação Brasileira de Judô) colocou como meta uma evolução quantitativa ou qualitativa em relação a Londres-2012. Ou seja, se obtiver um ouro e uma prata, a meta será atingida por superar qualitativamente o ouro e os três bronzes de quatro anos atrás.

Mayra era a principal aposta da CBJ para cumprir antecipadamente a meta estipulada para a Rio-16. Havia expectativa de que ela fosse para a final, garantindo a prata que restava para chegar ao objetivo da entidade. Rafaela Silva já obteve o ouro, na categoria leve (até 57 kg).

A pressão agora fica sobre Rafael Silva, bronze em Pequim-08, e Maria Suelen Altheman, da categoria pesado. Um deles precisa chegar à final para cumprir os objetivos da confederação.

Com Folha

Seja o Primeiro a comentar on "MAYRA REPETE LONDRES-12 E CONQUISTA A MEDALHA DE BRONZE NA RIO-2016"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*