LULA INSINUA QUE ALOYSIO NUNES QUER MUDAR LEI PARA REPRIMIR A MULHER

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva provocou o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), insinuando que o tucano defende mudanças na Lei Maria da Penha para reprimir a própria mulher.

Ao discursar, nesta segunda (15), em ato pelos dez anos da Lei Maria da Penha, Lula criticou a proposta defendida por Aloysio, que é relator do assunto na Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

O novo texto permite que medidas para proteção de mulheres vítimas de violência doméstica sejam adotadas pelos delegados –hoje essa é uma prerrogativa dos juízes.

O senador Aloysio Nunes, um homem que foi da UNE, que se diz de esquerda, avançado e socialista, é um troglodita. Quer mudar a lei certamente para reprimir a mulher. Ele quer fazer alguma coisa com ela e, por isso, mudou a lei”, disse.

Segundo o projeto, o delegado pode aplicar medidas protetivas em caso de risco iminente à mulher e deve comunicar tal decisão a um juiz em até 24 horas, para que o magistrado possa manter ou reverter a decisão.

Movimentos feministas, porém, veem a alteração com ressalva e afirmam que o tema deve ser melhor debatido. Além disso, argumentam que a medida desequilibraria o sistema jurídico e reforça os poderes da polícia.

Antes de criticar Aloysio, Lula afirmou que, em muitos casos, o agressor não é condenado e a vítima não tem coragem de denunciar.

Estamos aprendendo a exercer a lei [Maria da Penha] e vimos aqui que querem mudar [a lei]“, disse antes de mencionar o senador tucano.

Procurada pela Folha, a assessoria de Aloysio não foi localizada para comentar o caso até a publicação desta reportagem.

O ato aconteceu também em solidariedade à dona Marisa Letícia, mulher do ex-presidente.

A ex-primeira-dama foi intimada a prestar depoimento nas investigações sobre o sítio em Atibaia (SP) que a família frequenta, mas afirmou que vai permanecer calada, como permite a lei.

CANDIDATURA

Lula disse ainda que há uma tentativa legal de impedir sua possível candidatura à Presidência em 2018.

“Eles que se preparem, que alimentem o ódio. Quanto mais ódio alimentarem, mais eu vou crescer. Daqui a pouco estou que nem um pokémon”, disse.

“O objetivos deles é criar qualquer impedimento legal para não deixar que o PT volte a governar este país. Quando falo PT, é não deixar o Lula voltar a governar o país“, completou.

Lula também disse que se sentiu no filme “Esqueceram de Mim” ao assistir àabertura dos Jogos Olímpicos do Rio.

“Não existiria Olimpíada no Brasil se não fosse eu”, afirmou. Ele lamentou ainda não ter sido convidado para a abertura da Copa do Mundo, em 2014. “Rei posto. Rei Morto“, disse.

Mais uma vez, o ex-presidente recomendou que seus as adversários se preparem. “Porque em 2018, o PT voltará a governar o Brasil.”

E encerrou: “Até a vitória“.

Com Folha

Seja o Primeiro a comentar on "LULA INSINUA QUE ALOYSIO NUNES QUER MUDAR LEI PARA REPRIMIR A MULHER"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*