FOZ DO IGUAÇU E ITAIPULÂNDIA PLANEJAM AÇÕES INTEGRADAS PARA ALAVANCAR O TURISMO NA REGIÃO

A proposta para desenvolver o turismo integrado entre Foz do Iguaçu e Itaipulândia foi discutida durante encontro que reuniu as instituições públicas e privadas de turismo de ambas as cidades. A ação está sendo coordenada pela Prefeitura de Itaipulândia, Complexo Itaipuland, Secretaria de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos e Estratégicos de Foz do Iguaçu e pelo Complexo Turístico Itaipu.
 
A ideia é trabalhar a oferta do turismo de forma integrada entre as duas cidades, com o objetivo de potencializar a indústria turística de Itaipulândia e aumentar a permanência média do turista em Foz.
 
“Foz do Iguaçu, como destino indutor, tem o dever de abraçar Itaipulândia e os municípios lindeiros ao Lago de Itaipu, contribuindo para o desenvolvimento do turismo regional. Esta parceria tem tudo para dar certo. Queremos aproveitar todo o nosso potencial para o turismo termal, pesca esportiva, turismo religioso, cicloturismo e turismo rural”, afirma o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos de Foz do Iguaçu, Gilmar Piolla.
 
Estrutura
 
Um dos pontos debatidos durante o encontro foi a preparação da infraestrutura para atender melhor o turista. O prefeito de Itaipulândia, Edinei Gasparini, que está no seu primeiro ano de mandato, adiantou que o Município tem projetos de melhorias na sinalização de ruas, na criação de um portal de entrada e na transformação do Natal Iluminado em um atrativo. Além disso, está prevista a revitalização do santuário de Nossa Senhora Aparecida.
 
“Vamos investir bastante na área de turismo, pois sabemos que esta é uma indústria permanente. Para o verão deste ano já queremos ofertar algumas mudanças que já estão ou foram licitadas”, diz , “ e também vamos trabalhar na capacitação para melhor atender o visitante, além da conscientização turística com os moradores”, garante Gasparini.
 
Ainda segundo ele, a Praia Artificial de Jacutinga também passará por mudanças e ampliações. Uma das medidas a serem adotadas é a instalação de biodigestores na região para evitar o odor provocado pela indústria de suinocultura.
Lago de Itaipu
 
O uso do Lago de Itaipu para incrementar o turismo também esteve em pauta. O cenário com um belíssimo pôr do sol pode ser explorado, pois nos dias hoje, Itaipulândia utiliza somente a faixa de praia para o turismo.
 
“O objetivo é disponibilizar embarcações para realizar o transporte dos turistas que visitam as duas cidades (Foz e Itaipulândia), além de promover os esportes náuticos e a pesca esportiva. Também precisamos fortalecer o acesso rodoviário com a oferta de transporte permanente e de qualidade”, explica o gerente do Complexo Itaipu, Jaime Nascimento.
 
Pacotes de férias
 
Júlio Gaspar, diretor Geral do Complexo Itaipuland, formado por parque aquático e termal e um hotel com capacidade para aproximadamente 320 pessoas, propôs a criação de ingressos integrados entre os dois municípios. Com isso espera-se que haja mais interesse no turista ao comprar um pacote de férias.
 
“Acreditamos que ao inserir os ingressos dos atrativos de Foz do Iguaçu e do Itaipuland no pacote de viagem, o turista poderá programar com antecedência, o número de dias que deseja permanecer no destino, a fim de aproveitar mais as opções de lazer que a região dispõe, e isso proporciona o aumento da permanência média do turista”, acredita Gaspar.
 
Parque Aquático
 
O Parque Aquático e Termal Itaipuland criou uma infraestrutura turista, que oferece o turismo interativo e de lazer, gerando empregos e alavancando a economia do município. O quadro atual conta com aproximadamente 110 funcionários e na temporada de verão, chega a ultrapassar a casa das 300 vagas temporárias.
Com PMFI

Seja o Primeiro a comentar on "FOZ DO IGUAÇU E ITAIPULÂNDIA PLANEJAM AÇÕES INTEGRADAS PARA ALAVANCAR O TURISMO NA REGIÃO"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*