FOZ DO IGUAÇU ADERE À CAMPANHA MUNDIAL DA ONU

O prefeito Chico Brasileiro assinou nesta quarta-feira (4), um documento que manifesta a intenção do município de Foz do Iguaçu em participar da campanha “Construindo Cidades Resilientes: Minha Cidade está se preparando”. A campanha é uma iniciativa do Escritório das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres (UNISDR) e que conta com a participação de governos estrangeiros e várias organizações a exemplo da universidade inglesa de Leeds.
 
Através da campanha, a universidade produziu um diagnóstico denominado “Avaliação de Vulnerabilidade Estratégias e de Adaptação na Região Trinacional” com soluções ambientais para construir um desenvolvimento resiliente ao clima em Foz do Iguaçu (Brasil), Ciudad del Este (Paraguai) e Puerto Iguazu (Argentina).
 
O diagnóstico que visa reduzir a vulnerabilidade climática das cidades da tríplice fronteira propõe 23 soluções em várias áreas como: água, energia, infraestrutura, reflorestamento entre outros. Para executar os projetos, o comitê diretor que é formado por três representantes – um de cada país – buscará financiamentos juntos aos governos federais de cada país, prefeituras e agências de desenvolvimentos internacionais.
 
O vice-prefeito de Foz do Iguaçu, Nilton Bobato, foi designado pelo prefeito, Chico Brasileiro, para ser o representante do município no projeto. De acordo com Bobato, o município já tem executado ações para resolver situações climáticas e ambientais na cidade: “Algumas soluções nós já estamos trabalhando, a exemplo do aproveitamento da energia solar, aproveitamento do aterro sanitário, reflorestamento de margens de rios”, disse. Ainda de acordo com o vice-prefeito, as propostas do projeto são interessantes, e que o município estará estudando de forma conjunta com a universidade maneiras de buscar financiamento internacional para implementar essas medidas na região de fronteira.  
 
Marco Sakai, um dos coordenadores do diagnóstico, parabenizou a prefeitura de Foz do Iguaçu pela predisposição em participar do projeto.
 
Na ocasião, foi realizada uma apresentação técnica do diagnóstico ambiental e um workshop com membros da prefeitura e pesquisadores.   
 
PRESENÇAS
 
Estiveram presentes no evento de assinatura o vice-prefeito, Nilton Bobato; vereador, Celino Fertrin; secretária de Meio Ambiente, Ana Biesek; secretário Municipal de Planejamento e Captação de Recursos, Elsidio Cavalcanti; chefe de gabinete, Kalito Stoeckl; membros da Defesa Civil além de representantes de outras pastas do governo e pesquisadores.
 
SOLUÇÕES
 
Sistema de drenagem urbana sustentável e trincheiras de infiltração; Reflorestamento das margens dos córregos; Restauração de planícies da inundação; Jardins de chuva; Agricultura urbana; Gerenciamento integrado de riscos e desastres; Aproveitamento de energia solar na fronteira; Telhados e paredes verdes; Realocação da população em áreas de riscos; Gestão de resíduos sólidos; Aproveitamento de água da chuva; Centro trinacional de ciências climáticas; Programa de desenvolvimento e captação de recursos para projetos de adaptação; Programa de uso eficiente da água em escolas municipais; Campanha de sensibilização pública para a redução de riscos; Conselho trinacional de desenvolvimento para a tríplice fronteira sustentável (CODETRI) e Planejamento financeiro para contingências.
Com PMFI

Seja o Primeiro a comentar on "FOZ DO IGUAÇU ADERE À CAMPANHA MUNDIAL DA ONU"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*