FLÓRIDA CONFIRMA QUATRO CASOS DE TRANSMISSÃO LOCAL DE ZIKA

O governador da Flórida, Rick Scott, confirmou nesta sexta-feira (29/07) que quatro pessoas, uma mulher e três homens, possivelmente contraíram o vírus zika no estado americano, especificamente nos condados de Broward e Miami.

A Flórida se transformou no primeiro estado do país a registrar o vírus zika por transmissão autóctone“, afirmou Scott, embora tenha dito que nenhum mosquito testado em laboratório deu positivo ao vírus.

Scott pediu que as grávidas de Miami tomem medidas de prevenção contra a doença. O Departamento de Saúde da Flórida afirmou que o contágio com zika aconteceu numa pequena área do centro urbano de Miami que inclui os bairros de Wynwood e Edgewater.

Quatro pessoas possivelmente se contaminaram com o vírus zika como resultado de uma picada de mosquito em nosso estado“, indicou Scott.

Até agora, os casos de zika registrados nos Estados Unidos eram todos de pessoas que viajaram ao exterior e foram picadas pelo mosquito transmissor ou contagiadas através de fluidos corporais de pessoas que estavam com a doença.

Na quinta-feira, a Administração de Alimentos e Remédios (FDA) pediu aos bancos de sangue de Miami e Broward que parem “imediatamente” a coleta por conta do vírus, até que seja implementada uma “tecnologia de inativação de patogênicos aprovada”.

O pedido da FDA foi feito depois que o Departamento de Saúde da Flórida anunciou estar realizando uma pesquisa epidemiológica em pelo menos dois possíveis casos de vírus zika autóctones contraídos nos condados. Até o momento foram detectados mais de 320 casos de zika na Flórida.

Com DW

Seja o Primeiro a comentar on "FLÓRIDA CONFIRMA QUATRO CASOS DE TRANSMISSÃO LOCAL DE ZIKA"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*