Explosão deixa feridos no metrô de Londres

Uma explosão numa estação de trem de Londres deixou vários feridos e causou pânico na manhã desta sexta-feira (15/09), em plena hora do rush. Autoridades declararam que estão investigando o incidente como um ato terrorista.

A Polícia Metropolitana de Londres disse ter sido chamada por volta das 8h20 (hora local) após relatos de um incêndio num trem na estação de Parsons Green, no oeste da cidade. Ao menos 18 pessoas ficaram feridas e foram levadas a um hospital, informaram autoridades locais. Segundo o serviço de ambulâncias de Londres, ninguém corre risco de morrer.

Fotos feitas dentro de um trem da linha District Line mostram um balde de plástico branco dentro de uma sacola de supermercado, com chamas e o que parecem ser cabos visíveis.

View image on Twitter

O chefe do Comando Antiterrorismo da Polícia Metropolitana de Londres, Mark Rowley, disse que a explosão foi causada por um “dispositivo explosivo improvisado”. “Nós agora avaliamos que essa foi uma detonação de um dispositivo explosivo improvisado”, afirmou Rowley a jornalistas.

Um passageiro que estava na estação disse ter visto várias pessoas feridas, aparentemente pisoteadas, ao fugir do que ele descreveu como um trem lotado. A capacidade máxima de um um trem do metrô de Londres é de 800 pessoas. “Vi mulheres chorando, havia muitos gritos”, relatou o passageiro.

Autoridades reagem

A primeira-ministra britânica, Theresa May, se pronunciou sobre o incidente: “Os pensamentos estão com os feridos em Parsons Green e com os serviços de emergência, que, mais uma vez, estão respondendo rapidamente e bravamente a um suposto incidente terrorista.”

May irá presidir uma reunião do comitê de emergência Cobra para tratar do incidente, informou a residência oficial de Downing Street.

O prefeito de Londres, Sadiq Khan, disse que a cidade “nunca será intimidada ou derrotada pelo terrorismo”. “Condenamos os indivíduos horríveis que tentam usar o terrorismo para destruir nosso modo de vida”, acrescentou, pedindo que os londrinos mantenham “calma e vigilância”.

Londres foi alvo de uma série de ataques terroristas neste ano, e o risco de novos atentados na cidade é considerado alto. O metrô londrino já foi alvo diversas vezes, a mais notável delas em 2005, quando homens-bomba se explodiram em três trens e um ônibus, deixando 52 mortos.

 

Com DW

 

Seja o Primeiro a comentar on "Explosão deixa feridos no metrô de Londres"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*