ERUPÇÃO DE VULCÃO DEIXA BALI EM ALERTA MÁXIMO

Indonésia ordena a saída de 100 mil residentes de zonas próximas do monte Agung. Coluna quilométrica de cinzas força o fechamento de aeroportos, dezenas de milhares de turistas estão ilhados na Indonésia.

Autoridades da Indonésia elevaram nesta segunda-feira (27/11) para o nível máximo o alerta devido à erupção vulcânica na ilha turística de Bali e ordenaram a retirada de toda a população num raio de dez quilômetros. As 22 localidades dentro desse perímetro contam aproximadamente 100 mil habitantes.

A agência indonésia de gestão de desastres Bnpb disse que o alerta foi elevado ao nível máximo “em antecipação à possibilidade e ao risco iminente de desastre”. Além disso, o aeroporto internacional de Bali foi fechado por pelo menos 24 horas – autoridades condicionaram a reabertura na terça-feira a uma avaliação da situação.

O monte Agung, um vulcão ativo na ilha turística de Bali na Indonésia, entrou em erupção no domingo, expelindo uma coluna de cinzas que ultrapassaram os quatro quilômetros de altura acima da cratera, e que obrigou o fechamento já no domingo do pequeno aeroporto internacional da ilha vizinha de Lombok.

O alerta foi elevado ao nível máximo depois que as erupções à base de vapor se transformaram em erupções magmáticas. A cratera do vulcão Agung está se enchendo de lava “que certamente transbordará pelas encostas”, disse o porta-voz da agência de gestão de desastres da Indonésia, Sutopo Purwo Nugroho.

 

(com DW)

Seja o Primeiro a comentar on "ERUPÇÃO DE VULCÃO DEIXA BALI EM ALERTA MÁXIMO"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*