Conferência Estadual das Cidades deverá receber 3.000 pessoas

O secretário do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, participa da abertura da 5ª Conferência Estadual das Cidades. Foz do Iguaçu, 13/08/2013. Foto: José Fernando Ogura/Vice-Governadoria

A 6a Conferência Estadual das Cidades deverá reunir mais de 3 mil pessoas em Foz do Iguaçu (Oeste), de 16 a 18 de agosto. Será no Hotel Carimã (avenida das Cataratas, 4.790). Entidades da sociedade organizada e representantes do poder público vão analisar e discutir as melhores soluções aos problemas das cidades e da população.

Estão inscritos 1.563 delegados, entre titulares, indicados e natos (que já têm cadeira no Conselho Estadual das Cidades). Mais 984 delegados suplentes e 87 observadores (sem voz e sem voto), assessores de prefeitos e secretários municipais. A organização da Conferência reservou mais 100 vagas para observadores que queiram se inscrever no primeiro dia do evento.

PROGRAMAÇÃO – No primeiro dia do evento, quarta-feira, o credenciamento será das 14 às 22 horas. Das 18 às 20 horas será a abertura oficial da Conferência. Em seguida, será proferida a palestra magna, pelo arquiteto Orlando Pinto Ribeiro. Ele abordará o tema que permeará toda a 6a Conferência Estadual das Cidades: Função Social da Propriedade, Cidades Inclusivas, Participativas e Socialmente Justas.

DEBATES – Na quinta-feira, das 8h30 às 10 horas será realizada a leitura e aprovação do Regulamento da Conferência Estadual. Das 10 às 12h30, haverá Abordagens Orientativas e Motivacionais para os Grupos Temáticos, em número de três.

Durante a tarde, a agenda registrará o trabalho nos grupos temáticos, análise das propostas e entrega para a Coordenação Executiva. Das 18 às 19 horas, haverá a reunião dos segmentos para discussão da eleição dos delegados para a 6a Conferência Nacional, que será realizada em Brasília, e para a 4ª Gestão do Conselho Estadual das Cidades. Das 20 às 22 horas, simultaneamente, serão realizados os seminários do Estatuto da Metrópole e de Fracking.

No último dia de Conferência, às 11 horas serão apresentadas na plenária as propostas e moções dos Grupos Temáticos. Em seguida, a leitura das propostas aprovadas. A eleição dos delegados dos segmentos para a 6a Conferência Nacional das Cidades será a partir das 14 horas. Depois haverá eleição das entidades representantes dos segmentos para a 4a gestão do Conselho Estadual das Cidades (ConCidades) 2018/2020.

 

Com AEN

Seja o Primeiro a comentar on "Conferência Estadual das Cidades deverá receber 3.000 pessoas"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*