Caso Vitória Gabrielly: polícia pede prorrogação de prisão temporária de suspeito

A Polícia Civil de Araçariguama, no interior de São Paulo, pediu à Justiça a prorrogação da prisão temporária do suspeito de envolvimento no caso da menina Vitória Gabrielly Guimarães Vaz, de 12 anos. A informação foi confirmada ao UOL nesta terça-feira (19) pela delegada Bruna Madureira, responsável pela investigação. A menina foi encontrada morta na tarde do último sábado (16), oito dias após desaparecer ao sair de casa para andar de patins. A polícia ainda busca por outros suspeitos e investiga a motivação do crime.

Julio Cesar Lima Ergesse, de 24 anos, está preso temporariamente desde a última sexta-feira (15). O investigado é de Mairinque, município que fica a 20 quilômetros de Araçariguama. Ele trabalha como servente de pedreiro e disse à polícia que é usuário de drogas.

Os investigadores chegaram até ele após uma denúncia. Ergesse virou suspeito no caso depois de dizer que esteve com a menina no dia em que ela sumiu e apresentar várias versões diferentes em seus depoimentos. Junto com a prisão temporária do homem, a Justiça determinou, na sexta-feira (15), sigilo nas investigações.

Nesta segunda-feira (18), o suspeito foi levado à delegacia para prestar novo depoimento e teria voltado a afirmar que apenas pegou carona no carro de um casal que levava Vitória. A informação foi confirmada pelo advogado da família da vítima, Roberto Guastelli.

O carro citado por ele já foi periciado e não tem indícios de ter transportado a menina. O casal também voltou à delegacia nesta segunda e teve as digitais coletadas. Segundo o advogado Jairo Coneglian, que defende os dois, eles foram à delegacia para o procedimento e para buscar os telefones celulares que haviam sido apreendidos, mas já foram devolvidos. “O envolvimento deles está praticamente descartado. Não há nada contra eles, mas como acharam digitais nos patins na menina, eles foram chamados para coletar as digitais”, comentou Coneglian.

Seja o Primeiro a comentar on "Caso Vitória Gabrielly: polícia pede prorrogação de prisão temporária de suspeito"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*