CARTEIRA DE CRÉDITO DA FOMENTO PARANÁ CHEGA À MARCA DE R$ 1 BILHÃO

A carteira de crédito da Fomento Paraná atingiu a marca de R$ 1 bilhão ao fim do primeiro semestre de 2016. O valor representa recursos que estão hoje em mãos de empreendedores paranaenses, ou de municípios, para obras e compra de máquinas, equipamentos, insumos e outros itens.

Para chegar a esse saldo, a instituição financeira de desenvolvimento do Governo do Estado contratou R$ 1,9 bilhão em operações públicas e privadas, desde 2011. São números que colocam a Fomento Paraná entre os principais bancos de desenvolvimento e agências de fomento do País – em números absolutos, a instituição paranaense tem a terceira maior carteira entre as agências de fomento brasileiras.

De acordo com o presidente da empresa pública, Juraci Barbosa, a oferta de crédito é parte dos esforços do Governo do Paraná para manter a economia regional aquecida. “O crédito é um facilitador. Cada financiamento gera novos negócios e contribui com a geração de emprego e renda e com o desenvolvimento”, explica. “Cada obra ou equipamento adquirido por uma prefeitura com financiamento representa melhoria da infraestrutura da cidade e tem impacto na vida das pessoas e das empresas. Também significa postos de trabalho ativos”.

APLICAÇÃO – A Fomento Paraná mantém hoje R$ 771,5 milhões em financiamentos contratados pelos municípios para obras — concluídas ou em execução — para requalificação de vias, construção de escolas e barracões industriais, aquisição de máquinas e equipamentos, entre outros itens. Os operações são feitas por meio do Sistema de Financiamento aos Municípios, executado em parceria com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e o Paranacidade.

O crédito destinado pela Fomento Paraná aos empreendedores paranaenses de micro, pequeno e médio porte – da indústria, do comércio e de serviços – soma atualmente R$ 228,5 milhões. O valor é 1.220% a mais do que a instituição mantinha em carteira ao final de 2010.

Desde 2011, foram firmados mais de 18 mil contratos, que representam R$ 732 milhões em financiamentos para apoiar empreendedores de todas as regiões do Estado, que são atendidos por uma ampla rede de agentes de crédito capacitados.

EMPREENDEDOR – Um dos beneficiários dessa política pública do Governo do Estado é Nilson Guralski, morador de Campo Largo. Ele não conseguia juntar recursos para reformar o barracão onde mantém uma vidraçaria há 12 anos.

Ao participar do programa de capacitação gerencial Bom Negócio Paraná, Guralski conheceu a Fomento Paraná. “O agente de crédito mostrou essa possibilidade. O juro é muito reduzido, as condições são boas e o crédito saiu mais rápido do que o esperado”, conta. “Agora tenho a loja física com showroom montado e bonito. Hoje tenho um número de clientes 60% maior que antes”, comemora o vidraceiro. “Já tenho planos de montar uma distribuidora de vidros, que não tem aqui no município, e o crédito da Fomento Paraná pode me ajudar de novo”, planeja.

REPASSE – Ao longo dos últimos anos, a Fomento Paraná tem investido em parcerias para captação de recursos de terceiros com o objetivo de atender às necessidades da sociedade paranaense. Foi credenciada pela Caixa Econômica Federal para atuar como agente financeiro dos municípios no repasse de recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), com crédito de até R$ 200 milhões para obras de mobilidade urbana e saneamento básico nos municípios paranaenses.

Em convênio, com a Finep – Inovação e Pesquisa, empresa pública do Ministério da Ciência e Tecnologia, a Fomento Paraná foi habilitada como agente financeiro para a linha Inovacred de financiamento à inovação e ao desenvolvimento tecnológico, com crédito de R$ 80 milhões.

Conseguimos que o trabalho seja reconhecido pelo mercado. Recebemos o prêmio Top de Marketing em 2013 e por três anos seguidos estamos entre as maiores empresas do Sul do Brasil no ranking publicado pela revista especializada Amanhã. Tudo isso nos fortalece”, conta Juraci Barbosa.

As parcerias têm sido fundamentais para o sucesso do trabalho desenvolvido pela entidade. “Firmamos parcerias com prefeituras, com secretarias de Estado, com federações e associações comerciais, com os sindicatos associados à Fecomércio, com as sociedades de garantia de crédito e com as cooperativas de crédito. Com isso, hoje temos presença direta com mais de 500 agentes de crédito atuantes em todo o Estado”, afirma.

O presidente da Fomento Paraná destaca ainda a transformação da instituição nos últimos seis anos. “A empresa era uma mera repassadora de recursos. Hoje, fomentamos o desenvolvimento dos municípios, com apoio às prefeituras, que precisam de crédito para tocar obras, e ao apoiar os empresários, que fazem a economia dos municípios girar e crescer”, afirma.

Com AEN

Seja o Primeiro a comentar on "CARTEIRA DE CRÉDITO DA FOMENTO PARANÁ CHEGA À MARCA DE R$ 1 BILHÃO"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*