CÂMARA DE FOZ NEGOU NOVA INVESTIGAÇÃO CONTRA 2 VEREADORES CONDENADOS

Com votos de oito vereadores (Adriana Luiz – PSD; Anderson Andrade – PSC; Elizeu Liberato – PR; Jahnk – PODEMOS; João Miranda – PSD; Kako – PODEMOS; Nanci Rafagnin Andreolla e Rosane Bonho – PP), Câmara Municipal de Foz do Iguaçu rejeitou denúncia contra os vereadores Beni Rodrigues (PSB) e Protetor Jorge (PTB), ambos condenados pelo Judiciário

Durante a sessão desta terça-feira, 8 de agosto, foi lida e rejeitada, por 8 votos contrários e 3 votos favoráveis, pelo plenário da Câmara a representação, da cidadã Marcia Eliane Gonçalves, contra os Vereadores Protetor Jorge (PTB) e Beni Rodrigues (PSB) por suposta quebra de decoro parlamentar.

Mesmo condenados pela Justiça, Beni Rodrigues e Protetor Jorge não serão investigados

Na alegação em desfavor do vereador Protetor Jorge (PTB), a representação destaca que o parlamentar possui condenação em segunda instância no judiciário. Quanto ao vereador Beni Rodrigues (PSB), a representação ressaltava o fato dele ter sido preso temporariamente ao final de 2016 e, em seguida ter voltado para presidir sessão plenária. À época, o Vereador Beni era 1° vice-presidente da Câmara.

A representação foi lida no início da sessão ordinária, após o que, houve suspensão da Sessão a pedido do vereador João Miranda (PSD) que pediu uma “reunião” dos vereadores para que o assunto fosse discutido fora do plenário (na Sala das Comissões) somente com as presenças dos vereadores e dos edis Beni Rodrigues e Protetor Jorge. Após a discussão, longe da imprensa e das pessoas que estavam no Plenário acompanhando a Sessão, os vereadores retornaram ao Plenário para a votação.

Pedido do vereador João Miranda interrompeu a Sessão para, de portas fechadas (longe da imprensa e demais presentes), vereadores discutirem, com os vereadores denunciados, o que fazer…

De volta Plenário, os vereadores manifestaram o voto nominalmente e também confirmaram o voto no painel eletrônico. Com 14 Vereadores presentes, com ausência justificada do vereador Marcio Rosa (PSD), a votação foi encerrada por 8 votos contrários a 3 votos favoráveis e desta maneira, o processo foi arquivado.

 Vereador Dr. Brito, um dos únicos 3 votos a favor da investigação

Somente votaram a favor da investigação de Beni Rodrigues e Protetor Jorge, os vereadores Celino Fertrin (PDT), Dr. Brito (PEN) e Jeferson Brayner (PRB). O presidente do Legislativo (PTB), não votou por disposições regimentais e o vereador Márcio Rosa (PSD) não estava na Sessão, em razão de compromissos oficiais previamente agendados.

Antecedentes – Contra Beni Rodrigues, responde da Justiça Federal, no âmbito da Operação Pecúlio. No início do ano, Beni chegou a ser preso e na mesma manhã que recebeu liberdade, presidiu uma sessão da Câmara.

Já o vereador Protetor Jorge, possui condenação de segunda instância na Justiça, por improbidade administrativa, relativa a  época em que foi diretor na  administração da ex-prefeita Ana Carlessi no município de Santa Terezinha de Itaipu.

(Com CMFI)

 

Seja o Primeiro a comentar on "CÂMARA DE FOZ NEGOU NOVA INVESTIGAÇÃO CONTRA 2 VEREADORES CONDENADOS"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*