BOCA MALDITA – O Blog do Paraná

Foz do Iguaçu vai se tornar a capital política do Brasil em junho, quando será realizada a 21ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (CNLE). Convites para participar do encontro foram entregues ao presidente da República, Michel Temer, ao presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), pelo presidente da Assembleia do Paraná, Ademar Traiano (PSDB). O encontro deve reunir mais de mil parlamentares de todo o país.

Política II
A Conferência, de 7 a 9 de junho, será o maior encontro de parlamentares da América Latina e irá discutir “O Brasil e suas reformas”, com a expectativa de reunir um público total de 1.800 pessoas. O evento, que faz parte do calendário da Unale (União Nacional dos Legisladores Estaduais), será promovido pela Assembleia Legislativa do Paraná, governo do Estado e outras entidades.

Sem Temer
Na propaganda na TV, o PMDB parece tentar esconder o presidente Michel Temer e sua baixa popularidade. A partir da príxima semana, o partido terá 15 inserções na TV com foco em medidas econômicas tomadas pelo governo. As informações, do G1, antecipam que será dado destaqie à importância da reforma da Previdência.

Sem Temer II
Sem fala nem aparição do presidente, umas das peças publicitárias diz que, sem a reforma, o sistema pode entrar em “colapso”. “A reforma não é uma imposição, é uma necessidade. E o presidente não vai fugir a ela”, diz.

R$ 43 milhões
Este é o montante garantido pela bancada do Paraná, na Câmara Federal, aos municípios do Estado, através de emenda parlamentar. Os recursos foram empenhados pelo Ministério da Saúde e serão liberados pela Secretaria de Governo para o Fundo Estadual de Saúde do Paraná.

R$ 33 milhões
Haverá ainda aporte de mais R$ 33 milhões do governo do Estado, somando um total de quase R$ 80 milhões em recursos para a Saúde do Paraná. A cota de investimentos vai beneficiar 24 municípios na aquisição de kits de fisioterapia e de transporte sanitário (ambulâncias).

Síndrome de Down
Hoje (21) é o dia de atenção a doença. A boa notícia é que a Secretaria Estadual da Saúde incluiu nos protocolos de atendimento do Mãe Paranaense, a Lei nº 18.563/2015, que obriga hospitais públicos e privados a comunicar o nascimento de recém-nascidos com Síndrome de Down, às entidades e associações especializadas do Paraná. A legislação, de autoria da deputada Claudia Pereira (PSC), faz parte das ações do programa desde o final do ano passado.

Avanços
Em poucos meses, os resultados já foram sentidos. Segundo a equipe do ambulatório da Síndrome de Down do Hospital de Clínicas do Paraná, a procura de famílias com recém nascidos com essa ocorrência genética quase dobrou nesse período. Hoje, o ambulatório possui 4 mil pacientes e consegue fazer 120 atendimentos mensais. A cada mês, o ambulatório do HC aceita 20 novos bebês.

Potencial
“Crianças com Síndrome de Down têm um grande potencial a ser desenvolvido, mas precisam ser estimuladas desde cedo para que sejam capazes de vencer algumas limitações”, afirma Claudia.

Arquivado
O Ministério Público Federal arquivou representação contra o governador Beto Richa, pelo conflito ocorrido no dia 29 de abril de 2015, no Centro Cívico, em Curitiba. O pedido de arquivamento foi comunicado por meio de ofício do vice-procurador-geral da República, José Bonifácio de Andrada. O despacho, de 02 de março, é baseado em parecer do procurador Regional da República, Maurício Gotardo Gerum.

Arquivado II
No texto, apesar das críticas a ação da Polícia Militar, o relator faz um histórico do pedido de segurança feito pela Assembleia Legislativa e diz que “nada indica que os policiais estavam preparados para a repressão violenta que acabou acontecendo”.

Arquivado III
Gerum analisou vídeos do conflito entre PMs e manifestantes e chegou à conclusão que os oficiais agiram para proteger a própria integridade física. Ele diz que os manifestantes não recuaram mesmo com a ação mais forte da tropa. “Vê-se os manifestantes avançando com os policiais, o que, possivelmente gerou a reação com as bombas”, informa o documento.

Arquivado IV
O pedido de investigação contra Richa foi apresentado pelos deputados federais Edmilson Rodrigues (Psol-PA), Chico Alencar (Psol-RJ), Ivan Valente (Psol-SP) e Jean Willys (Psol-RJ).

Entre aspas
“Por isso que essa porra desse país está nessa merda aí. E por isso que o pessoal gosta de mim. Eu não estou maluco! E vocês, né, de esquerda, jornalista de esquerda está cheio, né? Vocês estão cavando a própria sepultura”. Do deputado Jair Bolsonaro (PSC) em mais um ataque verborrágico, durante entrevista à Folha de S.Paulo.

Na bala
A chamada bancada da bala na Câmara está focada em alterar o Estatuto do Desarmamento o mais rápido possível. A intenção é afrouxar as regras para compra, registro e porte de armas de fogo no país, o deputado Alberto Fraga (DEM-DF) conseguiu 257 assinaturas de deputados para pedir ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), “urgência urgentíssima” na votação do projeto de lei nº 3.772, que muda a legislação.

Alto lá
O jornalista Ivan Santos anota, no Bem Paraná, que a reforma da previdência – apontada pelo governo Temer como fundamental para equilibrar as contas do setor público – sofre cada vez maior resistência entre os deputados da bancada paranaense na Câmara. A contrariedade em relação à proposta – que eleva para 65 anos a idade mínima para aposentadoria, e exige 49 anos de contribuição para a aposentadoria integral, entre outras mudanças – inclui partidos que integram a base governista na Casa.

De saída?
O prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, está descontente com a direção do seu partido, o PSC, e deve se desligar da sigla nos próximos dias. Paranhos defende uma reestruturação do PSC nas cidades e que o partido participe das eleições de 2018 com candidatos a deputado, estadual e federal, nas grandes cidades e em todas as regiões do Paraná. O caminho natural de Paranhos é o PSD, mas há convites de outros partidos.

Veja bem
No dia 7 de março o deputado federal Ênio Verri assumiu a vice-liderança da Minoria na Câmara Federal. No dia seguinte, revela o blogueiro Fernando Tupan, depois de refletir como o cargo poderia refletir na eleição de 2018, já que teria que defender todos os políticos petistas envolvidos nos casos de corrupção da Lava Jato, puxou o time. Parece que não quer defender as políticas erradas de Luiz Inácio Lula da Silva ou de Dilma Rousseff.

Ah, o fundo
Os recursos públicos repassados aos partidos brasileiros pelo Fundo Partidário representam uma “caixa-preta” de R$ 3,57 bilhões e financiam gastos obscuros e, em muitos casos, questionados pela Justiça Eleitoral. Levantamento do Estadão mostra que, entre as despesas estão viagens de jatinho, bebidas alcoólicas, jantares em churrascaria e até contas pessoais de dirigentes.

Dois vetados
Duas indicações do governo Michel Temer (PMDB) para assumir cargos de direção da Itaipu Binacional foram barradas pelo Conselho de Administração da Eletrobras. Segundo reportagem exclusiva da Gazeta do Povo, os consultores recomendaram que os nomes de Marcos Vitório Stamm (diretoria financeira executiva) e Rubens de Camargo Penteado (diretoria administrativa) não sejam confirmados nos respectivos cargos, pois não teriam currículo compatível com as vagas. Alega-se que eles ocuparam cargos de direção partidária nos últimos 36 meses, contrariando a nova Lei das Estatais, que está em vigor desde junho do ano passado.

Vetados II
O impasse surgiu cerca de um mês atrás, logo após o anúncio do novo comando de Itaipu, loteada entre seis caciques políticos paranaenses. No lugar dos atuais diretores ligados ao PT e PDT, foram indicados representantes do PSDB, PMDB, SD, PR, PSD e PPS. Vale destacar que os nomes dos seis diretores brasileiros da hidrelétrica de Itaipu ainda não foram publicados no Diário Oficial da União.

Na fronteira
Os senadores Gleisi Hoffmann e Roberto Requião (PT e PMDB, respectivamente) marcaram presença na fronteira durante o feriadão de Carnaval. Gleisi aproveitou a folga para escolher bons vinhos em solo argentino. Já Requião veio motivado pelo imbroglio envolvendo o PMDB de Foz do Iguaçu.

PMDB em guerra
O grupo peemedebista de Foz, liderado pelo ex-prefeito Dobrandino da Silva, decidiu apoiar a candidatura de Phelipe Mansur (Rede) para prefeito. A outra ala, com base em decisão aprovada por Requião, decidiu que não apoia candidato apoiado pelo PSDB.

Em alerta
O Supremo Tribunal Federal (STF) aplicou um duro golpe no sindicalimo, ao se posicionar contrário à exigência de contribuição assistencial de empregados não sindicalizados, por acordo, convenção coletiva ou sentença normativa. O órgão decidiu banir esta prática ao reconhecer a tese de repercussão geral da discussão e reforçar a jurisprudência da Corte.

Alerta II
A medida deve afetar instituições como a APP-Sindicato, mantida por professores e demais funcionários da educação pública. O sindicato dispõe de um orçamento substancial de mais de R$ 30 milhões, superior a maioria das prefeituras do Estado.

Inelegível?
O ex-presidente Lula (PT) corre risco de tornar-se inelegível antes das eleições de outubro de 2018, informa Gilherme Pupo, na Folhapress. Caso sigam o ritmo imposto pelo juiz Sérgio Moro, os processos e ações terão um veredicto no TRF (Tribunal Regional Federal) em menos de um ano, com julgamento em segunda instância. Mantido esse ritmo, o petista ficaria inelegível em meio à campanha.

35 não-eleitos
Com a saída de Osmar Serraglio (PMDB-PR) da Câmara para assumir o Ministério da Justiça, chega a 35 o número de parlamentares que não foram eleitos diretamente, mas ocupam o cargo de deputado. O número representa pouco mais de 7% de todos os deputados federais, contabiliza Claudio Humberto, no Diário do Poder. O novo deputado, Rodrigo Loures (PMDB-PR), foi derrotado nas urnas em 2014 com 58 mil votos e ficou num distante cargo de suplente.

Não-eleitos II
Os suplentes da Câmara representam a sétima maior “bancada” da Casa, à frente de partidos tradicionais como DEM e PDT. Em Pernambuco, ser suplente é ótimo negócio para a bancada federal. Até o momento são cinco suplentes que assumiram no lugar de eleitos.

Cida apoia Serraglio
Em Brasília a vice-governadora, Cida Borghetti (PP), reforçou a indicação do deputado Osmar Serraglio (PMDB) ao cargo de ministro da Justiça. Cida esteve nesta terça com o coordenador da bancada paranaense, deputado Toninho Wandscheer (Pros) , que esta liderando o movimento pela nomeação Serraglio ao cargo.

Cerveja
A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa aprovou ontem (21) o projeto de lei que regulamenta a venda e consumo de cerveja e chope nos estádios em dias de jogos de futebol no Paraná. A proposta foi apresentada pelo deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), líder do governo na Casa de Leis.

“Golpe”
O PSDB articula com o Palácio do Planalto para tirar a União Nacional dos Estudantes (UNE) das mãos do PT, PCdoB e da União Juventude Socialista. O cotado para o comando é o presidente da Juventude Nacional do PSDB, Henrique Vale (PR). O projeto é mudar o perfil ideológico dos estudantes a médio prazo e inclui o controle dos diretórios acadêmicos das universidades públicas, hoje dominados pela esquerda. As informações são de Leandro Mazzini.

Aqui, não
Enquanto em outros estados a discussão sobre a privatização de estatais segue forte – caso do Rio com a CEDAE, aprovada ontem, e do Rio Grade do Sul com o Banrisul – no Paraná não ouve um pio sobre venda do tipo. O governador Beto Richa já sinalizou várias vezes de que não há qualquer intenção de vender a Copel, Sanepar ou Compagás. A boa situação financeira do estado corrobora tais decisões.

Túlio solto
O advogado Túlio Bandeira, preso no dia 11 de janeiro pela Polícia Federal, deixou o Complexo Médico-Penal, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, no início da noite desta segunda-feira (20). Ele é réu em uma ação penal que investiga um esquema de corrupção na Prefeitura de Foz..

Túlio II
O portal do G1 PR informa que, de acordo com a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de sexta-feira (17), Túlio está proibido de manter contato com outros réus e investigados na ação penal e não pode deixar o país – mediante a entrega do passaporte, além de afastar-se de qualquer função pública.

AMSOP
Os prefeitos dos 42 municípios que formam o Sudoeste do Paraná se reúnem na próxima sexta-feira (24) na sede da Associação em Francisco Beltrão. Em pauta a negociação de multas referente ao não recolhimento da DARF pela exploração de pedra e cascalho.

Foro e suruba
“O que disse o senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo no Congresso, ao comentar a proposta de restringir o foro especial de políticos somente para crimes cometidos no exercício do mandato eletivo: Se acabar o foro, é para todo mundo. Suruba é suruba. Aí é todo mundo na suruba, não uma suruba selecionada”. Do jornalista Ricardo Noblat, em O Globo.

Contra a Lava Jato

A Operação Lava Jato voltou a ser alvo de ataques ontem (08), do senador Roberto Requião (PMDB-PR). Em vídeo no facebook, ele defendeu ainda as empreiteiras investigados nos escândalos de corrupção na Petrobras. “Eu não tenho nenhum escrúpulo e não tenho medo em dizer que ela (Operação Lava Jato) avançou um pouco no arbítrio, o que fere o direito brasileiro e prejudica o direito de uma forma horizontal”, disse Requião.

“Sem base legal”
“Essas prisões provisórias, sem base legal, acabam sendo feitas por um promotor ou juizinho do interior com uma pessoa que eles não gostam. Fere o direito brasileiro…Eu tenho uma visão um pouco diferente em relação a estas empresas, quando a crise chegou nos EUA em 2008, o Obama estatizou a General Motors para ela não quebrar”, completa Requião.

Moro negou
O juiz Sérgio Moro, que conduz a Lava Jato, negou pedido da defesa do ex-presidente Lula para adiar audiências marcadas nos próximos 15 dias, diante do luto e procedimentos do réu com o falecimento de dona Marisa Letícia. A primeira audiência de instrução será hoje (09), data da missa de sétimo dia da ex-primeira-dama.Moro diz que a morte de dona Marisa não justifica a falta de preparo prévio da defesa de Lula

Mauro Ricardo
O secretário da Fazenda apresenta o relatório fiscal do terceiro quadrimestre de 2016 no próximo dia 22 na Assembleia Legislativa. O presidente do legislativo, Ademar Traiano (PSDB), vai pedir ao secretário que envie o documento com antecedência aos 54 deputados para que eles tenham tempo de analisar o conteúdo.

Bueno secretário
O ex-prefeito de Cascavel, Edgar Bueno (PDT), está cotado para assumir uma secretaria no Governo do Paraná. A pasta, dizem os bocudos de plantão, ou será o Planejamento ou a Administração.

Sem salários
O prefeito Santin Roveda cumpriu o compromisso assumido logo no início de janeiro, de abrir mão do salário do período, junto com toda sua equipe. Ontem ele repassou o primeiro salário dele, do vice-prefeito Bachir Abbas e dos secretários para compra de medicamentos e equipamentos para saúde pública de União da Vitória. O cheque entregue à secretária de Saúde, Silvia Regina Andrade, somou R$ 99,7 mil.

2 de abril
O TRE-PR confirmou ontem, por unanimidade, o calendário proposto pelo presidente Adalberto Pereira e fixou em 2 de abril as novas eleições para prefeito e vice-prefeito em Foz do Iguaçu, Piraí do Sul, Nova Laranjeiras e Quatiguá. Na sessão, também foi aprovado o calendário eleitoral para as quatro cidades.

Novas eleições
“As convenções sobre as coligações e a escolha de candidatos serão realizadas de 13 a 17 de fevereiro e não poderão participar da nova eleição aqueles que tiverem dado causa à anulação do pleito de 2 de outubro de 2016. Os candidatos deverão se desincompatibilizar até 24 horas após sua escolha em convenção”, diz nota do TRE.

Sem exame
O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que está preso em Curitiba, se negou ontem a fazer exames que comprovem a presença de um aneurisma semelhante ao que matou Marisa Letícia. Na terça (07), em depoimento ao juiz Sergio Moro, Cunha afirmou que é portador de um aneurisma e, como não estaria recebendo o tratamento adequado na prisão, pediu a sua liberação.

Serraglio preferido
O deputado federal Osmar Serraglio é o preferido da bancada do PMDB na Câmara, para o comando do Ministério da Justiça. Conta a seu favo o fato de já ter presidido a Comissão de Constituição e Justiça até o final do ano passado. Aliás, o partido já se degladia com o PSDB pelo cargo, que ficará vago com a saída de Alexandre de Moraes, que deve ir para o STF (Supremo Tribunal Federal). Pelo lado dos tucanos, os cotados são os senadores Aloysio Nunes (SP) e Antonio Anastasia (MG). No Senado, os peemedebistas se reuniram com o presidente Eunicio Oliveira (CE) para tratar do assunto, mas nenhum nome foi levantado.

Contra Moraes
Por falar no ministor da Justiça, os senadores Gleisi Hoffmann (PT) e Roberto Requião (PMDB) atacaram a indicação dele ao STF, para o lugar de Teori Zavascki, morto em janeiro. “A indicação de Alexandre Moraes não é uma imoralidade, é acima de tudo uma esculhambação da República”, escreveu Requião no twitter. “A indicação para o STF neste momento é um acinte, um escárnio. Não tenho dúvida disso”, completou no plenário do Senado.

Contra Moraes II
Para Gleisi, a indicação não chega a causar “surpresa”: “Porque é a cara deste governo Temer, que defende interesses de grupos particulares e de seus próprios membros. E está caminhando numa partidarização do STF. É isso”, disse a petista à repórter Catarina Scortecci na Gazeta do Povo.

Rejeitadas
O PDT de Curitiba, do ex-prefeito Gustavo Fruet, teve a prestação de contas de 2014 rejeitadas e desaprovadas pela 1ª zona eleitoral da capital paranaense. Fruet entrou com recurso que será julgado hoje (08) pelo TRE. O relator é o desembargador Ivo Faccenda que deve recomendar a suspensão de novas cotas do fundo partidário, conforme resoluções do TSE para este caso.

Novo líder
O deputado Tadeu Veneri (PT) reassumiu segunda (06) o cargo de líder da oposição na Assembleia Legislativa, no lugar do deputado Requião Filho (PMDB). “Existe um acordo entre os deputados da oposição para que o cargo de líder seja ocupado de forma intercalada entre o PT e o PMDB”, disse.

Meu campinho
O secretário do Desenvolvimento Urbano, deputado Ratinho Junior (PSD), ontem (07), em São João do Triunfo, o primeiro conjunto completo do Programa “Meu Campinho”. “A ideia trouxe da Alemanha há algum tempo, reduz o custo da obra e dá oportunidade de lazer e de um futuro melhor às crianças e adolescentes, retirando-os dos riscos das ruas”, disse.

Com Moro
O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi interrogado ontem pela primeira vez pelo juiz federal Sérgio Moro no processo em que é réu na Operação Lava Jato. Cunha chegou na sede da Justiça Federal em Curitiba por volta das 14h15 e entrou na sala de audiências por volta das 15h20 com vários documentos. Até o fechamento da coluna ainda não havia terminado a oitiva. Ele é acusado de receber propina no valor de R$ 5 milhões em contrato para a compra de um campo de petróleo pela Petrobras em Benin, na África, e de usar contas na Suíça para lavar o dinheiro.

Nome sujo
Curitiba está com o “nome sujo” devido dívida deixada pelo ex-prefeito Fruet. Na sexta-feira (03), segundo a Gazeta do Povo, venceu o certificado de regularidade previdenciária da prefeitura. Como ele não pagou R$ 92 milhões referentes à contribuição patronal da folha de dezembro de 2016 e do 13º salário, o certificado foi cancelado pela Secretaria da Previdência Social.

2 de abril
Esta é a data definida ontem (06) pelo presidente do TRE-PR, Adalberto Jorge Xisto Pereira, para acontecerem as novas eleições em Foz do Iguaçu, Nova Laranjeiras, Piraí do Sul e Quatiguá, todas no Paraná. Pereira submeterá uma minuta de calendário na sessão do Tribunal, na sessão desta quarta-feira (08). Há ainda outros 16 municípios paranaenses que podem ocorrer novas eleições, mas que dependem ainda da decisão final do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).Contra dengue
O Paraná vai ganhar um reforço de peso no combate ao Aedes aegypti nos próximos dias. Em São Paulo, o secretário estadual de Saúde, Michele Caputo Neto, se reuniu ontem com o médico Drauzio Varella, que confirmou sua presença na nova campanha de vacinação contra a dengue no Estado, que vai de 3 a 31 de março. Na primeira etapa, mais de 200 mil paranaenses foram vacinados. Draúzio fará a campanha na TV, rádio e internet.TJ derruba
Decisão do desembargador Abraham Lincoln Calixto, do Tribunal de Justiça (TJ) do Paraná, restabeleceu ontem os efeitos da resolução 113/2017, que trata da distribuição de aulas no Estado para este ano letivo. O desembargador deferiu o pedido feito pela Procuradoria Geral do Estado de efeito suspensivo ao recurso anteriormente obtido pelo sindicato dos professores em relação à resolução.Critérios valendo
Conforme a decisão, estão valendo os critérios da nova resolução para o professor da rede pública estadual pegar aulas extraordinárias. Antes, o professor tinha vantagem conforme o status na carreira. A partir de agora, a preferência é pelo professor que ficou mais tempo em sala de aula, ou seja, tirou menos licenças.Com Temer…
… e Macri. O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), participa hoje (07), em Brasília, de encontro com os presidentes Michel Temer (Brasil) e Maurício Macri (Argentina). Na pauta, os assuntos do Mercosul e a relação comercial entre os dois países. Richa participa ainda de encontro de Temer com governadores.Sem reeleição
Aos gritos de “ditadura nunca mais”, integrantes do PLRA e outros partidos opositores se reuniram a milhares de paraguaios em uma mobilização na sexta (03), pelas ruas da capital Assunção. O ato foi contra o projeto do presidente Horacio Cartes, que segundo eles, busca violar a Constituição para viabilizar sua reeleição por via de uma emenda.Analfabetismo zero
A Secretaria de Educação e o SESI/SENAI, estabeleceram uma parceria para reduzir o analfabetismo em Palmas, Sul do Estado. O plano inclui a utilização de salas de aulas da rede municipal, provas de classificação e reclassificação, implantação de cursos e projetos de incentivo ao empreendedorismo juvenil.Analfabetismo II
O índice de moradores que não sabem ler ou escrever em Palmas está acima de 9%, de acordo com o IBGE. “Estamos dando início aos estudos para buscar todas as alternativas possíveis para combater e erradicar o analfabetismo em nossa cidade”, ressaltou a secretária de Educação, Professora Joseana Nicolaou.

República de Curitiba
O Supremo Tribunal Federal (STF) definiu nesta quinta-feira (2), por sorteio eletrônico, que o ministro Edson Fachin vai ser o novo relator da Operação Lava Jato no tribunal. Com isso, dois paranaenses estão nas pontas dos julgamentos do maior escândalo de corrupção da história do país: Fachin no STF e Sérgio Moro na primeira instância, em Curitiba.

República de Curitiba 2
A escolha de Fachin também agradou aos procuradores que atuam na força tarefa da operação, também em Curitiba. O novo ministro-relator é tido como um perfil técnico, muito próximo ao do ex-ministro Teori Zavascki.

Serraglio fora…
O deputado federal paranaense Osmar Serraglio (PMDB) perdeu a disputa pelo cargo de 1º vice-presidente da Câmara. No segundo turno da eleição, Serraglio teve 204 votos contra 265 do deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG). No primeiro turno, Serraglio foi o segundo mais votado, com 154 votos, contra 192 votos de Ramalho.

…Giacobo dentro
Já Fernando Giacobo (PR) foi eleito 1º secretário da Câmara Federal. Giacobo, que ocupava a 2ª vice-presidência da Casa não teve adversários e fez 406 votos. Na nova função, ele será o responsável por acompanhar os serviços administrativos da Casa e gerenciar um orçamento bilionário a cada ano.

Claudia comemora
A deputada Claudia Pereira, líder do PSC na Assembleia Legislativa, comemorou a conquista de um cargo na Mesa Diretora pelo partido. Wilmar Reichembach, do Sudoeste, passa a integrar a 3ª Secretaria. “Desde que assumi a liderança do PSC, tenho buscado o reconhecimento da sua força e representatividade dentro da Assembleia Legislativa, considerando que é terceira maior bancada com seis parlamentares”, destacou deputada.

Sem epidemia
Um levantamento feito pela Secretaria da Saúde aponta que pela primeira vez em cinco anos o Paraná finaliza um mês de janeiro sem registrar epidemias de dengue em nenhum dos 399 municípios do Estado. A última ocorrência como esta aconteceu em 2012, quando nenhuma cidade paranaense apresentava mais que 300 casos da doença a cada 100 mil habitantes.

De olho
Em julgamento com resultado divulgado no dia 11 de janeiro, o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) determinou que a Secretaria de Estado da Educação (SEED) melhore seus mecanismos de controle do pagamento por aulas extraordinárias aos professores da rede estadual de ensino. A decisão da corte tenta barrar que os educadores recebam essa gratificação sem que tenham prestado o serviço.

Troca-troca
Cinco senadores oficializam mudança de partido. Eduardo Amorim (SE) trocou o PSC pelo PSDB; Elmano Ferrer (PI) e Zezé Perrella (MG) saíram do PTB rumo ao PMDB. Já Lasier Martins (RS) e Thieres Pinto (RR) saíram do PDT para, respectivamente, PSD e PTB. Com as mudanças, o PMDB passa a ter 21 senadores em exercício. O PSDB conta com a segunda maior bancada, com 12, seguido pelo PT, com 10.

Só depende de ti
Com as vitórias esmagadoras de Rodrigo Maia (DEM) na Câmara e de Eunício Oliveira (PMDB) no Senado, o presidente Michel Temer terá total caminho para realizar as reformas necessárias para o país enfrentar a crise com apoio no Legislativo. Se não der certo, culpa dele.

Nova mesa 1
A Assembleia Legislativa do Paraná dará posse à nova Mesa Executiva, em sessão especial marcada para hoje, a partir das 14h30, no Plenário da Casa. O ato terá um pronunciamento do presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB), que foi reeleito, e a leitura do termo de posse dos integrantes da Mesa.

Nova mesa 2
Além de Traiano, completam a direção da Alep Guto Silva (PSD, 1º vice-presidente), André Bueno (PSDB, 2º vice-presidente), Gilberto Ribeiro (PRB, 3º vice-presidente). Plauto Miró (DEM, 1º secretário), Jonas Guimarães (PSB, 2º secretário), Wilmar Reichembach (PSC, 3º secretário), José Carlos Schiavinato (PP, 4º secretário) e Adelino Ribeiro (PSL, 5º secretário). A nova Mesa comandará o Legislativo estadual de fevereiro de 2017 a 31 de janeiro de 2019.

Romanelli continua
O deputado estadual Luiz Claudio Romanelli (PSB) continuará na Liderança do Governo na Alep. Até dezembro, era dada como quase certa a ida do parlamentar para uma secretaria que surgiria da junção das pastas de Administração e de Planejamento. Como o governo ainda tem temas espinhosos a tratar em 2017, Romanelli continua — já que é um dos parlamentares mais experientes para tratar dos temas.

Pagamento
Em meio à invasão de núcleos regionais de educação, o Governo do Paraná depositou ontem, junto com o pagamento de janeiro, os valores referentes à implantação das promoções e progressões dos profissionais da educação (professores e funcionários). São aproximadamente 75 mil benefícios implantados, no valor total de R$ 42,7 milhões.

Para educação
O governador Beto Richa autorizou ontem a transferência de R$ 250 milhões do Estado para organizações da sociedade civil que mantêm escolas e centros educacionais especializados no atendimento de estudantes com deficiências, múltiplas deficiências e transtornos globais do desenvolvimento.

Cida na ONU
A vice-governadora Cida Borghetti participa a partir de hoje da 55ª Sessão da Comissão de Desenvolvimento Social da ONU, em Nova Iorque. Cida foi convidada a detalhar o processo de construção do Marco Legal da Primeira Infância, que trata de políticas públicas às crianças de zero a seis anos, e o Família Paranaense, principal programa do Governo do Paraná de erradicação da pobreza no Estado.

PTzinho
Anota o jornalista Claudio Humberto que o PT poderá encolher de 10 para dois senadores após as eleições de 2018. Entre os que devem sair, está Gleisi Hoffmann, do Paraná. Enroladíssima com a Justiça, a senadora é acusada de receber R$ 1 milhão do esquema de corrupção revelado pela Operação Lava Jato.
Fora
O deputado federal paranaense Sérgio Souza (PMDB) desistiu de disputar a vice-presidência da Câmara Federal, na eleição marcada para quinta-feira. Souza era um dos oito parlamentares do PMDB que disputavam a indicação.

Frase do dia
“Sou a sanidade em pessoa”, do senador Roberto Requião (PMDB-PR) ao analisar as faculdades mentais de colegas.

Tiro no pé
A invasão dos Núcleos Regionais de Educação pode acabar virando um tiro no pé da APP-Sindicato e causar prejuízo ao magistério. Estas unidades são responsáveis pela operação de toda a rede estadual de ensino e, entre outras obrigações, está a distribuição de aulas, inclusive as extraordinárias, que garante uma renda a mais ao professor. Esta tarefa precisa acontecer na primeira semana do mês, sob pena do trabalho extra não ser incluído na folha de pagamento do magistério. Além disso, após a distribuição de aulas para os professores efetivos, o Estado faz o chamamento de professores temporários para completar a grade curricular da rede, de modo que não falte educador em sala de aula.

Dívidas
O prefeito de Curitiba, Rafael Greca (PMN), acusou o ex-prefeito Gustavo Fruet (PDT) de ter deixado uma dívida de R$ 1,27 bilhão. A maior parte da dívida seria com a previdência municipal e o atraso dos serviços de coleta de lixo e repasses a hospitais. O valor divulgado é três vezes maior do que o herdado por por Fruet em 2013, de R$ 400 milhões.

Febre
O Governo do Paraná solicitou nesta semana o envio de doses extras da vacina contra a febre amarela, fornecida pelo Ministério da Saúde. O primeiro lote, com 60 mil doses, já chegou ao Estado e será distribuído aos municípios. O objetivo é atender ao aumento na procura pela vacina ofertada na rede pública. Desde o início do ano, 421 casos silvestres já foram notificados suspeitos no país, com 40 mortes confirmadas.

Itaipu aprovada
A ampla maioria (90,5%) da população do Oeste do Paraná aprova Itaipu e confia (88,3%) na empresa, diante de baixas taxas de desaprovação (1,2%) e desconfiança (1%). As conclusões são de uma pesquisa feita com 1.102 pessoas, em 14 municípios da região, de 31 de outubro a 8 de novembro, a pedido da Itaipu. A avaliação também mediu a imagem de Itaipu para a Comunidade, classificada como “ótima e boa” para 85,5%, “regular” para 7,5% e “ruim e péssima” para somente 0,6%.

Kaefer contra
O deputado federal Alfredo Kaefer (PSL-PR) entrou na Justiça para que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), não conduza o processo de eleição para a Mesa Diretora da Casa, no próximo dia 2. Para Kaefer, Maia conduzir ativamente o pleito e violaria os princípios constitucionais, como usar o cargo de presidente da Câmara em favor de interesse pessoal, no caso sua tentativa de reeleição.

Citados
Michel Temer, Eliseu Padilha, Renan Calheiros e Jaques Wagner são alguns dos nomes citados no primeiro anexo da delação premiada da construtora Odebrecht, divulgado pelo jornal O Estado de S. Paulo. A expectativa é que nos próximos dias novos nomes surjam. Até agora, nenhum paranaense na lista.

Alerta
João Santana, ex-marqueteiro do PT, afirmou que a ex-presidente Dilma não só sabia previamente das operações da Lava Jato como também chegou a alertá-lo sobre prisão dele e de sua mulher Mônica. A declaração foi feita pelo publicitário baiano em nova proposta de delação premiada.

Vanhoni lá?
A revista Veja, em sua edição do final de semana, trouxe a informação de que o ex-deputado federal paranaense, Ângelo Vanhoni (PT), também teria sido beneficiado com recursos suspeitos da empreiteira Odebrecht. De acordo com a reportagem, o publicitário Duda Mendonça contou, em sua delação premiada, que teria sido orientado pelo ex-ministro Antonio Palocci a procurar Emílio Odebrecht para quitar uma dívida de R$ 15 milhões das campanhas de Vanhoni, Marta Suplicy, Fernando Pimentel e João Paulo, em 2004.

PSDC Mulher
A vereadora curitibana Fabiane Rosa assumiu na sexta (27) a presidência do PSDC Mulher do Paraná pelo período de dois anos. A escolha ocorreu em reunião da executiva estadual e municipal do partido, que confirmou ainda os nomes de Luiz Adão Marques na presidência estadual e João Pereira na presidência municipal.

Escondidinho
O empresário Eike Batista continua “escondidinho” após ter sua prisão decretada em uma nova fase da Operação Lava Jato na última semana. Não se sabe se ele está nos Estados Unidos ou chegou na Alemanha, onde tem dupla cidadania e poderia ficar protegido pelas leis de lá. Nos bastidores a pergunta que não quer calar é: quem teme uma delação de Eike?

Sob suspeita
A inadimplência do Fies não está relacionada apenas ao desemprego, mas a diversas falhas de concepção do programa. Na verdade, parece ter sido criado para financiar indiretamente instituições privadas amigas do governo petista, destaca O Antagonista. Segundo o blog, até 2015, o governo injetou R$ 50 bilhões nessas instituições.

Suspeita II
Levantamento do analista Tiago Ring mostra que a Kroton foi a instituição mais beneficiada pelo Fies. A propósito, Kroton é de Walfrido Mares Guia, o ex-ministro de Lula que sempre lhe empresta o jatinho.

Até terça
A semana promete no âmbito da Lava Jato. Ministros do STF apostam que a presidente Carmén Lúcia vai homologar até amanhã (31) o acordo de delação premiada da Odebrecht. Ao mesmo tempo, ainda há dúvidas sobre a escolha do novo relator da Operação.

Confirmação de câncer
A realização de exames complementares necessários para confirmação ou não, em caso da hipótese diagnóstica de neoplasia maligna (câncer), deve ocorrer em no máximo 30 dias na rede pública de saúde do Paraná. O prazo limite consta de projeto de lei do deputado Nereu Moura, líder do PMDB, que será protocolado na abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa em 2017.

Câncer II
“Nossa intenção é possibilitar aos pacientes com suspeita de câncer, que possam realizar, em no máximo 30 dias, os exames que comprovem sua doença ou não”, destacou Nereu Moura. A iniciativa é necessária, segundo o parlamentar, uma vez que o tratamento tardio é um dos maiores fatores de mortalidade pela neoplasia maligna.

Em Curitiba …
… para ouvir Marcelo Odebrecht. O juiz auxiliar e braço direito do ministro Teori Zavascki, Márcio Schiefler Fontes, estará hoje (27) em Curitiba. Ele vem ao Paraná para interrogar o ex-presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, que está detido na superintendência da Polícia Federal. A audiência deve ser rápida, no máximo 20 e faz parte do rito para homologar a delação premiada do empreiteiro.

Com Marina
A ex-senadora Marina Silva, porta-voz nacional do partido Rede, recebeu terça (24) Phelipe Mansur (Rede), terceiro colocado na eleição para prefeito de Foz em outubro do ano passado. Na pauta, o quadro político da cidade que deverá ter novas eleições, uma vez que a candidatura do mais votado, o ex-prefeito Paulo Mac Donald Ghisi (PDT), foi impugnada pela Justiça Eleitoral. No pleito, o deputado estadual Chico Brasileiro (PSD) ficou em segundo e o advogado Tulio Bandeira (Pros), que está preso, na quarta posição.

Nos estádios
O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) vai apresentar, no retorno dos trabalhos legislativos em fevereiro, projeto de lei que regulariza a venda de cerveja em estádios de futebol no Paraná. De acordo com ele, a intenção é aprofundar os debates a cerca do tema, enquanto o projeto tramita na Casa.

Nos estádios II
“É um projeto que levanta muitas opiniões diferentes, por isso deve ser muito bem dialogado, em profundidade. Todos os lados devem ser ouvidos, é claro”, afirmou Romanelli.

Não recua
Um grupo de sindicalistas ligados a APP decidiu ontem (26) ocupar o prédio da Educação em Curitiba. O chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, disse que o governo não vai recuar das medidas para distribuição de aulas na rede estadual, que ampliam a interação do professor efetivo com os alunos. Ele garantiu que estará sempre aberto ao diálogo com o magistério estadual, dentro da normalidade e da realidade.

Dois por dia
O número de transplantes realizados no Paraná passou de 541, em 2015, para 718, em 2016. O aumento de 33% marca mais um recorde na realização dos procedimentos e representa uma média de dois por dia.

Foragido
A Polícia e o Ministério Público Federal expediram ontem mandado de prisão ao empresário Eike Batista, em uma nova fase da Operação Lava Jato. Eike, no entanto, está fora do país e foi declarado foragido. À tarde, seu advogado informou que o cliente pretende se entregar à Justiça o mais breve possível.

Foragido II
Fernando Martins informou que Eike está em Nova York (EUA) onde participa de reuniões de negócio. “Estamos em contato com a PF e o MPF, e a intenção dele é cooperar com esses órgãos, como sempre cooperou, e retornar o mais rápido possível”, disse o advogado.

Sem metrô
O prefeito Rafael Greca conseguiu evitar que Curitiba perdesse o direito a obter pelo menos R$ 2,3 bilhões em financiamentos para grandes obras. Trata-se de recursos que o município estava habilitado, mas que corriam o risco de serem cancelados. A maior parte era para metrô e que agora deverão ser usados em outros projetos de mobilidade e trânsito.

Lanchinho salgado 1
O Palácio do Planalto abriu uma licitação para comprar os alimentos que serão usados para abastecer “lanchinhos” no avião presidencial, usado por Michel Temer, durante um ano. Nada demais até aí, afinal o presidente precisa se alimentar como qualquer pessoa nos deslocamentos. O que chama a atenção é o valor previsto: R$ 1,75 milhão para apenas 200 cafés da manhã, um valor salgado de R$ 90 por cada uma.

Lanchinho salgado 2
Entre os itens solicitados estão alguns “mimos”, caso de presunto de parma e queijos brie e mussarela de búfala; 500 potes individuais de sorvete Häagen-Dazs (R$ 7.500); uma tonelada e meia de torta de chocolate (R$ 96 mil) e 120 potes de Nutella, por R$ 34 cada. Alimentos mais simples, como sanduíches de mortadela, também fazem parte do cardápio, mas a custo também alto: R$ 16,45 cada um.

Fruet rejeitado…
Levantamento da Paraná Pesquisas divulgado aponta que o prefeito Gustavo Fruet (PDT) chega ao final de governo com desaprovação de 63,2% dos curitibanos – 33,3% o aprovam. O índice é superior aos 59% de desaprovação registrados no levantamento do Ibope de agosto. A pesquisa ouviu 858 eleitores entre os dias 11 e 14 de dezembro de 2016 e tem margem de erro de 3,5% e grau de confiança de 95%.

… Greca adorado
O mesmo levantamento da Paraná Pesquisas mostra que Rafael Greca (PMN) vai assumir a prefeitura de Curitiba em 1º de janeiro com apoio de 60,7% dos curitibanos. Para eles, Greca fará um governo ótimo ou bom, 26,8% o esperam regular e apenas 9,1% ruim ou péssimo. Outra constatação favorável a Greca: 66,2% dos entrevistados têm a expectativa de que a sua gestão será melhor do que a de Fruet.

Sem fracking
O governador Beto Richa sancionou projeto de lei aprovado pela Assembleia Legislativa que suspende por dez anos o licenciamento ambiental de qualquer atividade de perfuração ou exploração de gás de xisto pelo método do fraturamento hidráulico, conhecido como ‘fracking’. Com a lei, o Paraná tornou-se o primeiro Estado do país a suspender o uso do ‘fracking’.

Operação Verão
Richa também deu início nesta terça-feira (27), em Matinhos, à Operação Verão Paraná 2016/2017. Até o Carnaval, o Estado intensifica as ações nas sete cidades litorâneas, principalmente nas áreas de segurança, saúde, energia, saneamento e turismo. Até o fim do verão, são esperados mais de 1 milhão de pessoas nas praias paranaenses.

Nomeação suspensa
O prefeito eleito de Cascavel, Leonaldo Paranhos (PSC), suspendeu a indicação de Cleumar Paulo Farias para Secretaria Antidrogas, após tomar conhecimento de que ele está citado na Operação Pecúlio que investiga desvios de recursos na prefeitura de Foz do Iguaçu. Paranhos disse que Cleumar apresentou certidões e provas de sua inocência, mas “para ser coerente” retirou a indicação e vai aguardar o desfecho das investigações.

Alckmin em movimento
O governador Geraldo Alckmin (PSDB), autorizou um empréstimo para Pernambuco e Paraíba de bombas de sucção de água que foram usadas no volume morto do sistema Cantareira durante a crise hídrica paulista, em 2015. O presente – que custará R$ 8 milhões aos cofres paulistas–, foi interpretado como mais uma ação de Alckmin para tornar seu nome forte nacionalmente, visando a disputa da presidência da República em 2018.

Osmar em primeiro
Pesquisa do Instituto Multicultural a pedido da Folha de Londrina mostra que os ex-senador Osmar Dias (PDT) lidera a intenção de voto dos londrinenses para governador em 2018. Ao serem confrontados com quatro nomes, os entrevistados manifestaram preferência por Osmar, com 26,5% das intenções de voto; Ratinho Júnior (PSD), com 20%; Roberto Requião (PMDB), com 8%; Cida Borghetti (PP), com 3%; e 42,5% não souberam responder.

Balizador
Apesar de mostrar o cenário apenas de Londrina, a pesquisa pode servir como um balizador de como a situação está em todo o Paraná, considerando que Londrina é o segundo maior colégio eleitoral do estado. Também mostra que muita gente não faz nem ideia de um nome de preferência. É cedo? Para quem pensa lá na frente, não.

Para presidente
A pesquisa também ouviu os londrinenses sobre a intenção de voto para presidente. Com 40%, o senador Álvaro Dias (PV) é o nome mais bem avaliado pelos londrinenses. O senador mineiro Aécio Neves (PSDB) aparece em segundo, com 11%, seguido por Marina Silva (Rede), com 5,5%; Jair Bolsonaro (PSC), com 5,5%; Ciro Gomes (PDT), com 2,5%; e Lula (PT), com 2,5%.

Temer mal
Mais pesquisa: o governo do presidente Michel Temer (PMDB) é desaprovado pela maioria dos curitibanos. Levantamento do Paraná Pesquisas aponta que 70,3% desaprovam Temer, enquanto 24,4% aprovam o peemedebista. A instituto entrevistou 858 eleitores da capital entre os dias 11 e 14 de dezembro.

Inocente
O senador Requião (PMDB) reagiu à condenação do irmão, Eduardo Requião, por improbidade administrativa, por ter impedido o embarque de soja transgênica quando era superintendente do Porto de Paranaguá, durante sua gestão como governador. “Meu irmão condenado por determinar separação de soja transgênica e natural em Paranaguá, defendendo o produtor. Me sinto acuado, estarrecido”, queixou-se o peemedebista pelo twitter.

Boa campanha
A campanha contra o racismo, criada pelo Governo do Paraná, continua repercutindo nas mídias nacionais e internacionais. Neste mês, a campanha entrou para o ranking da revista Exame entre as 20 melhores campanhas do ano e ocupa a 11ª posição, à frente de gigantes como a Disney e Nike. O vídeo acumula mais de 16 milhões de visualizações, 411 mil compartilhamentos e cerca de 19 mil comentários – só na página do governo no facebook.

Só em fevereiro
Caso hajam, as mudanças no secretariado do governador Beto Richa devem ocorrer apenas em fevereiro. Algumas mudanças que pareciam certas agora subiram no telhado pelo fato de que alguns nomes vão compor secretarias municipais ou cargos federais.

Ivone candidata?
Ao que tudo indica, muitas surpresas ainda virão com a eleição extemporânea para prefeito de Foz do Iguaçu. Veja só, a atual titular do cargo, Ivone Barofaldi (PSDB), parece que tomou gosto e desde que substituiu o prefeito afastado Reni Pereira (PSB), está concluido obras de recuperação de estradas e reformas de creches, entre outras ações. Nesta segunda-feira (19), em agenda em Curitiba, Ivone desfilou sorrisos entre os tucanos de alto coturno, entre os quais o governador Beto Richa, o secretário da Casa Civil, Valdir Rossoni e o presidente estadual do partido, deputado Ademar Traiano. No ninho, uma possível candidatura à reeleição da prefeita não é descartada. Outro ponto: Ivone vai pagar o 13º e os salários de dezembro em dia aos servidores municipais.

Seis pré-candidatos
A coluna voi à campo e, além da disposição da prefeita Ivone, Foz já tem seis pré-candidatos a prefeito, sem que a Justiça Eleitoral adiante a data da nova eleição e o período da campanha. São eles: Philipe Mansur (Rede), Chico Brasileiro (PSD), Nilton Bobato (PCdoB), Gilmar Piolla (PV) e Nanci Rafagnin.

Delações…
… em massa. Aproximadamente 900 depoimentos em delação premiada de donos, executivos e ex-funcionários da Odebrecht, que fechou acordo de leniência com investigadores da Lava-Jato, chegaram ontem (19) ao Supremo Tribunal Federal (STF). Era o último dia de trabalho antes do recesso forense. As oitivas — gravadas em vídeo — são acompanhadas de anexos informativos, documentos, mensagens de e-mail, números de telefone e tudo o mais.

Prefeito preso
O prefeito de Araucária, Rui Alves de Souza (PTC), acabou preso na manhã de ontem (20) pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Ele e o secretário de Finanças, Fabio Antonio da Rocha, são acusados de cobrança indevida de valores. Também foi preso o lobista Guilherme Soares. Rui Alves era vice de Olizandro Ferreira (PMDB) e assumiu o cargo em julho deste ano após o mesmo renunciar por questões de saúde.

Incertezas
Não são só Araucária e Foz do Iguaçu que vivem um “tsunami político”, como classificou o presidente da Itaipu, Jorge Samek. As prisões decretadas contra os prefeitos eleitos de Osasco, Embu das Artes e Presidente Bernardes (todos de SP), causaram indefinição em relação às diplomações e efetivas posses, em 1º de janeiro de 2017.

Repatriação
A decisão do governo federal, ao editar a MP, repassando também aos municípios parte da multa da repatriação de recursos, vai garantir um reforço fundamental no caixa das prefeituras no início de 2017. “Vai dar fôlego para colocar em prática uma administração direcionada aos interesses da população”, disse ontem o prefeito eleito de Palmas, Dr Kosmos Nicolaou (PEN).

Família Borghetti
Nota: “Com muito pesar, a família Borghetti comunica o falecimento de Paulo César Borghetti (68 anos). Mais velho dos 13 filhos de Ivo Borghetti e Ires Anna Borghetti, Paulo deixa três filhos, esposa e três netos. Paulo é irmão da vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti. Neste momento de dor e consternação, nos cabe pedir a Deus luz e serenidade para enfrentar a dor. O velório ocorre a partir das 20h desta terça-feira na capela 5 no Cemitério Parque Iguaçu em Curitiba. O enterro será na quarta-feira (21) no mesmo local, em horário a ser definido”.

Cortes confirmados
O prefeito eleito de Curitiba, Rafael Greca (PMN), afirmou durante sua diplomação na segunda, que escolheu os secretários da gestão apenas com base no conhecimento técnico de cada um. O secretariado completo vai ser anunciado hoje (21). À CBN, ele confirmou que vai enxugar a equipe e cortar secretarias. A partir do ano que vem, o município deve passar de 19 para 12 pastas.

PMDB com candidato
O senador Roberto Requião, presidente estadual do PMDB, disse nesta segunda (19), que vai à Foz do Iguaçu na quarta ou quinta (21 ou 22) para conversar com as lideranças do partido e definir o candidato peemedebista na eleição de prefeito que deve ocorrer no primeiro semestre de 2017. “O PMDB sequer teve candidato no primeiro turno. O nosso candidato, na última hora, disse que não tinha condições de se colocar na disputa. Não elegemos sequer um vereador”, disse Requião em crítica velada ao advogado Claudio Rorato, pré-candidato peemedebista que desistiu da disputa.

Sem candidato
O PMDB apoiou Phelipe Mansur (Rede) e ficou com a vice em Foz. O mesmo aconteceu em Ponta Grossa em que o partido apoiou o deputado Aliel Machado (Rede) na eleição da prefeitura local. “O partido tem que tomar uma posição e não pode ficar a mercê. Vou chamar os peemedebistas velhos de guerra para fazer essa discussão”, adiantou Requião em vídeo no facebook.

Osmar fotógrafo
Na entrega das comendas da Ordem de Pinheiro nesta segunda (19), em Curitiba, o ex-senador Osmar Dias (PDT), um dos homenageados, fotografou o governador Beto Richa (PSDB). “O Osmar já está fotografando 2018”, disse o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), outro homenageado pela comenda. A imagem rapidamente ganhou as redes sociais

Grande grupo
Aliás, Osmar Dias condicionou a formação de um grande grupo de lideranças, a uma possível mudança de partido, com vistas as eleições de 2018. Em conversa com Romanelli, Osmar afirmou que só aceitaria ir para o PSB ,ou outro partido, se boa parte do seu atual grupo o acompanhá-lo.

Paulo lá
Chamou a atenção, na entrega da Ordem do Pinheiro, a presença do ex-prefeito de Foz, Paulo Mac Donald Ghisi (PDT), que tenta agora no STF reverter a impugnação de sua candidatura a prefeito, referendada pelo TSE. Logo após a cerimônia, Mac Donald conversou com o Osmar Dias, Romanelli, o deputado estadual Márcio Pauliki (PDT) e a prefeita de Foz, Ivone Barofaldi (PSDB). Logo após o ato, ele seguiu para Brasília.

Balcão de negócios
O presidente da Itaipu, Jorge Samek, um dos homenageados, em conversa com a coluna, disse que a política de Foz passa por “um tsunami” e que os últimos acontecimentos políticos – afastamento do prefeito e prisão de 12 dos 15 vereadores – é culpa do excesso de partidos que servem como “balcão de negócios”. Em função disso, defendeu a criação de cláusula de barreira na reforma política em trâmite no Congresso Nacional.

Diferença
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), destacou ontem, em Curitiba, que o estado paulista e o Paraná fazem a diferença e trabalham juntos para tirar o País da crise econômica. “Graças ao ajuste fiscal feito pelo governador Beto Richa, o Paraná pode ostentar hoje uma das melhores situações entre os estados brasileiros, em meio a grave crise econômica que o Brasil enfrenta”, disse.

FPF define
A Federação Paranaense de Futebol detalhou as datas e horários dos jogos do Estadual 2017. A primeira fase, com 12 clubes, vai começar no dia 29 de janeiro e ir até 29 de março, quando os oito classificados avançam às quartas-de-final. Mais uma vez, anota o Metro/Curitiba, nas duas últimas rodadas há equipes que jogam ambas fora ou ambas em seus domínios.

PMDB com candidato
O senador Roberto Requião, presidente estadual do PMDB, disse nesta segunda (19), que vai à Foz do Iguaçu na quarta ou quinta (21 ou 22) para conversar com as lideranças do partido e definir o candidato peemedebista na eleição de prefeito que deve ocorrer no primeiro semestre de 2017. “O PMDB sequer teve candidato no primeiro turno. O nosso candidato, na última hora, disse que não tinha condições de se colocar na disputa. Não elegemos sequer um vereador”, disse Requião em crítica velada ao advogado Claudio Rorato, pré-candidato peemedebista que desistiu da disputa.

Sem candidato
O PMDB apoiou Phelipe Mansur (Rede) e ficou com a vice em Foz. O mesmo aconteceu em Ponta Grossa em que o partido apoiou o deputado Aliel Machado (Rede) na eleição da prefeitura local. “O partido tem que tomar uma posição e não pode ficar a mercê. Vou chamar os peemedebistas velhos de guerra para fazer essa discussão”, adiantou Requião em vídeo no facebook.

Osmar fotógrafo
Na entrega das comendas da Ordem de Pinheiro nesta segunda (19), em Curitiba, o ex-senador Osmar Dias (PDT), um dos homenageados, fotografou o governador Beto Richa (PSDB). “O Osmar já está fotografando 2018”, disse o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), outro homenageado pela comenda. A imagem rapidamente ganhou as redes sociais

Grande grupo
Aliás, Osmar Dias condicionou a formação de um grande grupo de lideranças, a uma possível mudança de partido, com vistas as eleições de 2018. Em conversa com Romanelli, Osmar afirmou que só aceitaria ir para o PSB ,ou outro partido, se boa parte do seu atual grupo o acompanhá-lo.

Paulo lá
Chamou a atenção, na entrega da Ordem do Pinheiro, a presença do ex-prefeito de Foz, Paulo Mac Donald Ghisi (PDT), que tenta agora no STF reverter a impugnação de sua candidatura a prefeito, referendada pelo TSE. Logo após a cerimônia, Mac Donald conversou com o Osmar Dias, Romanelli, o deputado estadual Márcio Pauliki (PDT) e a prefeita de Foz, Ivone Barofaldi (PSDB). Logo após o ato, ele seguiu para Brasília.

Balcão de negócios
O presidente da Itaipu, Jorge Samek, um dos homenageados, em conversa com a coluna, disse que a política de Foz passa por “um tsunami” e que os últimos acontecimentos políticos – afastamento do prefeito e prisão de 12 dos 15 vereadores – é culpa do excesso de partidos que servem como “balcão de negócios”. Em função disso, defendeu a criação de cláusula de barreira na reforma política em trâmite no Congresso Nacional.

Diferença
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), destacou ontem, em Curitiba, que o estado paulista e o Paraná fazem a diferença e trabalham juntos para tirar o País da crise econômica. “Graças ao ajuste fiscal feito pelo governador Beto Richa, o Paraná pode ostentar hoje uma das melhores situações entre os estados brasileiros, em meio a grave crise econômica que o Brasil enfrenta”, disse.

FPF define
A Federação Paranaense de Futebol detalhou as datas e horários dos jogos do Estadual 2017. A primeira fase, com 12 clubes, vai começar no dia 29 de janeiro e ir até 29 de março, quando os oito classificados avançam às quartas-de-final. Mais uma vez, anota o Metro/Curitiba, nas duas últimas rodadas há equipes que jogam ambas fora ou ambas em seus domínios.

Samek condecorado
O presidente brasileiro da Itaipu Binacional, Jorge Samek, será um dos homenageados nesta segunda-feira (19) pelo governador Beto Richa (PSDB). Samek será condecorado, a partir das 10h no Palácio Iguaçu, com a Ordem Estadual do Pinheiro, pela contribuição na promoção e divulgação do Estado. Ao todo, serão homenageadas 37 personalidades, entre as quais os tucanos Fernando Henrique Cardoso e Geraldo Alckmin. A lista inclui ainda Osmar Dias, Blairo Maggi, Gilmar Mendes, Ricardo Barros, o deputado Luiz Claudio Romanelli, entre outros.
Emancipação
A condecoração faz parte da comemoração pelos 163 anos da Emancipação Política do Paraná. O presidente do TSE e ministro do STF, Gilmar Mendes, também será homenageado. Criada em 1972, a comenda é um símbolo do reconhecimento do Estado a personalidades que se destacam em suas profissões e atuação pública.
Instituto
O Fórum Nacional do Transporte, que se notabilizou na luta contra o aumento das tarifas de pedágio, mudou personalidade jurídica para Instituto Nacional Transporte. Agora, além de fiscalizar os quatro modais de transporte e continuar a batalha contra os aumentos e a prorrogação dos pedágios pelo país, volta-se a defender uma tarifa justa no transporte coletivo das cidades, adianta o ex-deputado Acir Mezzadri, que coordena agora o recém criado instituto.
Indiretas
O editorial da Folha de S. Paulo deste domingo, 18, atenta que a Constituição determina que sejam realizadas novas eleições presidenciais se os postos de presidente e vice ficarem vagos de forma definitiva. Nos dois primeiros anos de mandato, a escolha ocorre por sufrágio popular; nos dois últimos, só os membros do Congresso têm direito a voto.
União
Muito lúcidas as declarações do deputado Chico Brasileiro (PSD) em uma série de entrevistas no final de semana aos veículos de comunicação de Foz do Iguaçu. De acordo com Brasileiro, o momento é de reflexão: “Precisamos construir com toda a sociedade iguaçuense um solução para tirar Foz desta situação caótica. Defendo que agora não se trata de nomes de candidatos ou disputa de poder, a hora é de um plano de ação para salvar a saúde, acabar com os buracos e fazer a economia necessária na Câmara e na prefeitura”, frisou.
R$ 15 milhões
Aliás, este é o montante direcionado para Foz por Chico Brasileiro, nas emendas parlamentares do próximo ano. Parte dos recursos são destinados a asfalto urbano e rural, saúde, educação, turismo e habitação.
Social e desenvolvimento
A gestão do prefeito eleito de Palmas, Dr. Kosmos Nicolau (PEN), vai focar as ações em programas e projetos para melhorar os índices sociais e no desenvolvimento econômico de Palmas. O município, com aproximadamente 48 mil habitantes, tem um dos piores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) entre os 42 que integram o Sudoeste do Paraná.
Social II
“Vamos direcionar nossa administração para as pessoas que se encontram em situação de dificuldade e que são as que mais precisam do governo”, afirmou Dr. Kosmos. Ele vai trabalhar pautado na austeridades do controle dos gastos públicos, sem esquecer de setores como educação, segurança e infraestrutura, ressalta.
Violência
O prefeito eleito de Piên (sul do Paraná), Loir Dreveck (PMDB), morreu neste sábado (17), no Hospital São José, em Jaraguá do Sul (Santa Catarina), informou a Tribuna do Norte. Loir estava internado desde a última quarta-feira (14), quando foi ferido a tiros na cabeça.

Temer bem no Sul
Pesquisa Ibope/CNI mostra que está na Região Sul a maior satisfação com o presidente Michel Temer. Mas não é lá essa coisa toda. Para apenas 20% dos residentes da região, o governo do presidente Temer está sendo ótimo ou bom. Mesmo assim, é o maior percentual do país. Já no Nordeste, Temer tem sua pior avaliação: apenas 9% acham que seu governo é bom ou regular.

Maior legado 1
Se o mandato do governador Beto Richa (PSDB) terminasse neste fim de ano, as contas do Paraná seriam entregues com dinheiro em caixa. Em entrevista à rádio, no Jornal da Banda B, na manhã desta sexta-feira (16), Richa destacou o Paraná como o estado com a melhor situação financeira e fiscal do Brasil e disse que o ajuste fiscal que propiciou a situação seria o seu maior legado.

Maior legado 2
“Fui muito criticado pelos meus adversários quando no final de 2104 iniciei um grande ajuste fiscal, com medidas de austeridade que exigiram responsabilidade e coragem. Isso mexeu com minha popularidade e, mesmo alertado por meus assessores, não abri mão dessa ideia. Escolhi o futuro do Paraná e hoje posso dizer que o ajuste fiscal é o maior legado desta primeira metade do meu segundo mandato”, afirmou Richa.

Sai Paranhos, entra Jonatas
O prefeito eleito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, do PSC, já não é mais deputado estadual. Ele renuciou ontem (16) seu mandato para a assumir a prefeitura do município do Oeste. Com isso, o suplente de deputado Jonatas Felisberto da Silva, também no PSC, assumiu o mandato.

Sai Bonilha, entra Durval
Durval Amaral é o novo presidente do Tribunal de Contas do Paraná, com mandato até 2018. Ele substitui o conselheiro Ivan Bonilha e prometeu logo após ser eleito aproximar o Tribunal da população.

Bilhões
As empresas públicas e autarquias paranaenses (Copel, Sanepar, Compagás, BRDE e outras) prometem investir R$ 3,4 bilhões em 2017. O valor está declarado na Lei Orçamentária Anual (LOA), aprovada na última semana pela Assembleia. Somado ao valor de investimentos proposto diretamente pelo governo estadual, os investimentos públicos no Paraná devem chegar a quase R$ 7 bilhões.

Zelador municipal
O prefeito eleito de Curitiba Rafael Greca anunciou que criará o cargo de “zelador municipal”. A ideia é que o “zelador” ande pela cidade detectando problemas de manutenção urbana, como ruas esburacadas, praças sujas, mato alto e outros problemas urbanos. Faz sentido: nos últimos anos a cidade está bem abandonada.

Cunha no presídio
O juiz Sérgio Moro determinou a transferência do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para o Complexo Médico Penal de Pinhais, presídio onde estão outros réus da Lava Jato. A decisão segue a ideia de deixar no cárcere da PF em Curitiba apenas os presos que ainda estão sendo interrogados pelos investigadores.

Vem mais
O ato de Moro de solicitar a transferência de presos é interpretado geralmente como um prelúdio de que novos presos pela Lava Jato estão a caminho de Curitiba. Ou seja, frio na barriga na classe política de Brasília.

Momento de cautela
O deputado Chico Brasileiro (PSD) optou pela cautela com o resultado de terça-feira (13) no plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que confirmou a impugnação da candidatura de Paulo Mac Donald Ghisi (PDT) e a realização de nova eleição em Foz do Iguaçu. “Vamos agora conversar com o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) para sabermos as regras do novo pleito, até para os partidos que nos apoiaram no pleito, poderem se reorganizar”, disse ontem (14) em entrevista aos jornalistas que cobrem as sessões da Assembleia Legislativa.

Urgência
Para Chico Brasileiro, a Justiça Eleitoral precisa “definir com urgência” uma nova data para escolha do prefeito de Foz do Iguaçu. “Estamos a duas semanas da posse dos prefeitos em todo o país e Foz continua nessa indefinição”, ressaltou. Ele reafirmou que a Lei Eleitoral também deva ser alterada para evitar que pessoas impedidas pela Justiça participem de campanhas eleitorais.

Contexto
No pleito de 02 de outubro, Paulo Mac Donald recebeu pouco mais de 58 mil votos, que foram considerados nulos pelo TRE. Chico Brasileiro recebeu pouco mais de 54 mil votos, aproximadamente 67% dos votos válidos. Até a nova eleição, o Executivo de Foz será conduzido pelo presidente da Câmara de Vereadores, que será eleito no dia 1º de janeiro de 2017.

Vaga de Verri
O deputado Enio Verri (PT) já avisou o irmão, vereador Mário Verri (PT) em Maringá, que não vai disputar a reeleição e se candidatar novamente a Assembleia Legislativa em 2018. O irmão pretendia disputar uma vaga no legislativo estadual e dobrar com irmão deputado. Em 2014, os dois dobraram e só o irmão deputado federal se elegeu. Mario Verri fez somente 27.505 votos. A vaga de Enio Verri na disputa do legislativo federal deve ser ocupada pela senadora Gleisi Hoffmann (PT).

Com Temer
O ex-governador Orlando Pessuti tinha encontro ontem em Brasília com o presidente Michel Temer. Aos mais próximos, Pessuti adiantou que voltaria da capital com a intervenção do PMDB do Paraná, hoje controlado pelo senador Roberto Requião, que tem votado contra o governo Temer no Congresso Nacional. Até o fechamento da coluna, nenhuma novidade ainda.

R$ 56 bilhões
Os deputados concluíram ontem a votação da Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício 2017 do Estado do Paraná. A LOA (projeto de lei nº 463/2016) estabelece uma receita corrente líquida de R$ 56 bilhões entre receitas e despesas do governo estadual para o próximo ano, comentou o líder do Governo, Luiz Claudio Romanelli (PSB).

Dom Evaristo, adeus
Morreu ontem, por volta das 11h45, o arcebispo emérito de São Paulo, Dom Paulo Evaristo Arns, aos 95 anos. Ele estava internado desde o dia 28 de novembro no Hospital Santa Catarina, em São Paulo. De acordo com o comunicado do hospital, Dom Evaristo faleceu em decorrência de falência múltipla de órgãos e será velado na Catedral da Sé, em São Paulo, numa cerimônia que deve durar 48 horas. O corpo deverá será enterrado na cripta da catedral.

Vianna na Itaipu?

O presidente Michel Temer (PMDB) vai anunciar, na próxima semana, que o atual diretor-presidente da Companhia Paranaense de Energia (Copel), Luiz Fernando Vianna, será o novo diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, em substituição a Jorge Samek. De acordo com a imprensa nacional, ele foi indicado pelo governador Beto Richa, garantindo ao PSDB o comando de uma das mais importantes estatais do país. Além dos tucanos, também disputam o posto o PMDB e o DEM.

Itaipu II

A Itaipu chegou até novembro a uma produção de 94,2 bilhões de megaWatts/hora e deve chegar ao final deste mês a 100 bilhões de MWz, um recorde mundial. A mudança pode levar à substituição de outros diretores brasileiros, como Airton Dipp, Nelton Friedrich, Margaret Groff (Financeiro) e Cezar Ziliotto.

1.220 emendas

A deputada Claudia Pereira (PSC) participou, na manhã de segunda (12), da reunião da Comissão de Orçamento que a provou a Lei Orçamentária Anual (LOA) do Governo do Estado. “Foram apresentadas 1.295 emendas parlamentares, das quais 1.220 foram acatadas”, destacou. Para o exercício de 2017, o Executivo estima uma arrecadação superior a R$ 56 bilhões.

Investimentos

“Os investimentos das empresas públicas, previstos na LOA, chegam a R$ 3,4 bilhões e envolvem a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina, Agência de Fomento, BRDE, Companhia de Desenvolvimento Agropecuário do Paraná, Companhia de Habitação do Paraná, Sanepar e Copel, entre outras”, comentou Claudia Pereira.

Eleitos

A diplomação dos vereadores eleitos e reeleitos de Foz será nesta quarta, a partir das 19h, no Tribunal do Júri do Fórum Estadual. A novidade este ano é que também tomarão posse os candidatos que alcançaram até a terceira suplência.

Sinal dos tempos?

Enquanto o Senado debatia a lei do abuso de autoridade, o presidente do TCE-RJ, Jonas Lopes e o filho Jonas Lopes Junior, eram conduzidos coercitivamente à sede da PF no Rio. Paralelamente foram realizadas buscas e apreensões nos escritórios e residências dos dois, acusados de pedir dinheiro para aprovar obras no Maracanã e uma linha do metrô. Já pensou se a moda pega?

Inocentado

O vereador Professor Galdino (PSDB) foi inocentado por uma Comissão Disciplinar que investigava se o parlamentar teria assediado sexualmente a vereadora Carla Pimentel (PSC). Após 2 meses ouvindo testemunhas, a conclusão foi de que as declarações provaram ser impossível o tucano ter realizado avanços indesejados.

Noiva da vez

Um dia sim, outro também, o ex-senador Osmar Dias (PDT) vem sendo alvo de assédio dos partidos. Depois de conversar com lideranças do DEM e deputados do PSB, na manhã de segunda, ele esteve com o ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP). Na pauta o cenário político para 2018.

Com prefeitos

A vice-governadora Cida Borghetti (PP) recebeu ontem em Curitiba prefeitos do Litoral. Liderada por Eduardo Dalmora (Matinhos), integraram a comitiva os eleitos de Pontal do Paraná, Matinhos, Morretes e Antonina.

Dezembro Laranja
A Assembleia Legislativa abriu ontem (12) o chamado “Dezembro Laranja”, mês dedicado a campanhas de prevenção ao câncer de pele. O ato, coordenado pelo presidente Ademar Traiano (PSDB), ocorreu no espaço cultural da Casa de Leis. O período foi escolhido por se tratar do início das altas temperaturas e as pessoas começam a se expor mais ao sol. “Um lembrete que as belezas do bronzeado podem ocultar perigos mortais”, ressaltou o deputado Anibelli Neto (PMDB), autor do projeto que criou a campanha. Especialistas estimam que o câncer de pele atinge aproximadamente 176 mil pessoas ao ano no Brasil.

Elogiou
“Gostaria de destacar a isonomia do governo (Richa) que garantiu a autonomia dos demais poderes”. Do deputado Nereu Moura (PMDB) ontem, durante sessão da Comissão de Orçamento da Assembleia Legislativa. O peemedebista é um dos líderes da oposição e crítico contumaz do governo.

Aprovou
A comissão aprovou o parecer do deputado Élio Rusch (DEM), com previsão de arrecadação de R$ 56 bilhões. “Confesso que esta é a primeira vez que elogio o governo neste mandato”, completou Nereu, tirando risos dos demais membros da comissão.

Pauta do TSE
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pautou para hoje (13), a conclusão do julgamento do recurso especial do ex-prefeito de Foz do Iguaçu, Paulo Mac Donald Ghisi (PDT). Ele tenta reverter o indeferimento de sua candidatura no pleito de 02 de outubro último. Caso não aconteça nenhum imprevisto, o TSE ou poderá confirmar a diplomação de Mac Donald para o dia 19, ou empurrar o caso para o início de 2017.

TSE II
No último dia 24 de novembro, o relator, ministro Herman Benjamin, leu seu voto contrário ao recurso de Mac Donald, porém o trâmite foi impedido devido um pedido de vistas da ministra Luciana Lóssio.

Repatriação
Os prefeitos da Associação dos Municípios do Paraná têm assembleia nesta terça (13), em Curitiba, para debater pauta municipalista, entre os pontos, a participação das prefeituras na multa da repatriação e a prorrogação do mandato da atual diretoria até março de 2017, quando será feita novas eleições.

Repatriação II
O presidente da AMP, Ricardo Ortina, já recomendou aos prefeitos paranaenses ações na Justiça Federal para assegurar a participação de cada município na multa da repatriação. Serão mais R$ 5,2 bilhões que provavelmente serão repassados às 5,5 mil prefeituras de acordo com o FPM de cada município.

Cadê o Alvaro?
O PV achou muito estranho que o senador Alvaro Dias, pré-candidato do partido a presidente, não figure nos discos de pesquisa dos institutos de opinião sobre a disputa do Palácio do Planalto em 2018, como aconteceu com levantamento do Datafolha divulgado nesta segunda-feira, 12. “Cadê o Álvaro Dias na pesquisa?”, perguntaram os verdes nas redes sociais e grupos de discussão na internet.

Eleições diretas
Entrevistados pelo Instituto Paraná Pesquisas, 90,8% dos eleitores brasileiros optaram por nova eleição, e direta, para presidente, enquanto 6% afirmam que o Congresso deve eleger um provável substituto de Michel Temer (PMDB).

Gestor Público
O Plenário da Assembleia Legislativa será palco, a partir das 18h desta segunda (12), da entrega do IV Prêmio Gestor Público do Paraná (PGP-PR). A iniciativa é do presidente, deputado Ademar Traiano (PSDB). O premio, promovido pelo Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual (SINDAFEP), busca valorizar e reconhecer as ações inovadoras e criativas das administrações públicas municipais e que podem servir de exemplo e inspiração para as demais prefeituras. Em 2016, 56 prefeituras participaram, além de um consórcio composto por mais 12 municípios. Ao todo, foram 123 trabalhos inscritos.
Rejeição …
… nas alturas. Em meio à tempestade política que assola o país, a popularidade do presidente Michel Temer (PMDB) despencou desde julho, acompanhada da queda na confiança na economia a níveis pré-impeachment. De acordo com pesquisa Datafolha divulgada ontem (11), 51% dos brasileiros consideram a gestão do peemedebista ruim ou péssima, ante 31%, em julho.
Sem Odebrecht
O levantamento, de 7 a 8 de dezembro, não refletiu a avalanche de denúncias envolvendo Temer e integrantes de seu governo e do PMDB, anota a Folha de S.Paulo. Aqueles que veem o governo do presidente como regular reduziram-se a 34%. No levantamento anterior, durante a interinidade do peemedebista, eram 42%.
No topo
A saúde voltou a ser o principal problema do país para a população, depois de um ano em que a corrupção ocupou o topo do ranking. Segundo o Datafolha, 33% consideram a assistência médica a grande falha do país e 16%, desvios de recursos públicos. A última vez que a saúde havia figurado numericamente como maior preocupação dos brasileiros foi em junho de 2015.
Imprevisível
Aliás, as delações premiadas de empreiteiras como Odebrecht e Andrade Gutierrez oferecem a certeza, segundo fontes ligadas às investigações, que hoje é totalmente inútil tentar imaginar cenários eleitorais em 2018, porque todos os personagens podem estar na cadeia. Ou inelegíveis.
Imprevisível II
As revelações têm sido consideradas “devastadoras”, como de Cláudio Melo Filho, ex-diretor da Odebrecht em Brasília, implicando políticos de alto coturno, como Temer, Renan Calheiros, Romero Jucá, Eliseu Padilha, todos do PMDB.
Ordem do Pinheiro
O governador Beto Richa se reuniu sexta (9), em São Paulo, com o governador Geraldo Alckmin. Ele convidou o colega tucano para receber a Ordem Estadual do Pinheiro, honraria entregue pelo Governo do Paraná para aqueles que se destacam em suas áreas e contribuem para o desenvolvimento do Brasil.
Enfim, o Belinati
Após 18 anos decorridos da fraude em quatro das centenas de licitações irregulares na terceira administração do ex-prefeito Antonio Belinati (PP), entre 1997 e 2000, o dinheiro desviado, que atualizado chega a R$ 6 milhões, começa a ser cobrado do responsáveis pelo dano. De acordo com a Folha de Londrina, são eles os ex-secretários Agajan Der Bedrossian (Saúde) e José Righi de Oliveira (Obras/Pavilon) e o ex-coordenador de comunicação José Carlos Arruda.
Em Curitiba
Já está em Curitiba o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB). Ele chegou na tarde de sábado (10) e foi levado direto para uma cela da Polícia Federal, berço da Operação Lava Jato. Preso na Operação Calicute – um dos desdobramentos da Lava Jato –, sob suspeita de recebimento de mesadas milionárias de empreiteiras, Cabral estava no Complexo Penitenciário de Bangu 8, na zona Oeste do Rio.

Cinco sessões
A próxima semana é o último prazo para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julgar este ano o recurso especial do ex-prefeito de Foz do Iguaçu, Paulo Mac Donald Ghisi (PDT), que tenta reverter à impugnação de sua candidatura no pleito de 02 de outubro. Para tentar limpar a pauta, o órgão programou cinco sessões plenárias de terça a quinta-feira (13 a 16). Serão duas ordinárias e três extraordinárias jurisdicionais e administrativas. O encerramento do ano forense do TSE será na segunda (19), às 12h e a retomada dos trabalhos no dia 1º de fevereiro de 2017.

Extraordinária
A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) vai realizar, na próxima segunda (12), reunião extraordinária a partir das 13h30. A intenção é limpar a pauta antes do recesso legislativo, previsto para iniciar no final da próxima semana.

Insegurança rural
“É muito séria a situação da violência no entorno de São Miguel do Iguaçu”. A declaração é do deputado Chico Brasileiro (PSD), que esteve lá no último final de semana. “(…) ouvi histórias preocupantes do presidente do Conselho Comunitário de Segurança, Derli Azevedo, e do delegado Francisco Sampaio”, relatou em sua página no Facebook.

Insegurança II
Em função do quadro alarmante, Brasileiro apresentou pedido de providências, aprovado pela Assembleia Legislativa, ao comandante do 14º Batalhão da PM-PR, tenente-coronel Lauro Ota. “É urgente a implantação de uma Patrulha Rural naquela área”, concluiu.

Desagradou
O senador Jorge Viana (PT-AC) conseguiu desagradar o PT de Gleisi Hoffmann (PT) e parte do PMDB, em especial o senador Roberto Requião (PR), que são contrários ao pacote de ajuste do governo de Michel Temer (PMDB). A inconformação se deu ao fato de Viana ter se movimentado intensamente para evitar que Renan Calheiros (PMDB-AL) fosse afastado da presidência do Senado.

Desagradou II
Gleisi e Requião torciam para Viana assumir como forma de empurrar o governo Temer definitivamente para a crise, com dificuldade de aprovar qualquer medida do pacote econômico que apresentou. Viana não titubeou e afirmou que mesmo na vice-presidência da Casa manteria a votação da PEC 55, do pacote econômico, prevista para terça (13).

Em queda
A desigualdade social está caindo no Paraná. A constatação é de indicadores do Ipea/Pnad/IBGE. Os dados apontam que a população mais pobre ampliou a participação na renda do Estado, enquanto a dos mais ricos vem declinando. De 2009 a 2014, a renda domiciliar das classes C, D e E do Paraná subiu de 18,13% para 20,80%. E parcela do estrato mais rico (equivalente a 1%) caiu de 9,81% para 8,67%, no mesmo período.

R$ 3,1 milhões
Este é o montante que o ex-governador Orlando Pessuti (PMDB) terá que devolver aos cofres do Governo do Estado, de acordo com julgamento de ontem (08) do Tribunal de Contas. O órgão julgou irregular um decreto assinado em 2010, por Pessuti, que concedeu progressão por tempo de serviço a servidores estaduais sem previsão legal e em período proibido pela Lei de Responsabilidade Fiscal e pela legislação eleitoral.

 

Foto do dia
O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos julgamentos na Operação Lava Jato, recebeu na terça (06), em São Paulo, o prêmio IstoÉ Brasileiro do Ano na Justiça. No entanto, o reconhecimento foi o que menos repercutiu na imprensa nacional. O que bombou mesmo ontem (07) nas redes sociais foi o recorte de uma das fotos onde aparece Moro conversando descontraidamente com o senador Aécio Neves (MG), presidente nacional do PSDB. Não faltaram engulhos e impropérios da esquerda de áulicos da esquerda brasileira. O presidente Michel Temer estava presente no evento e aparece, antes do recorte, na foto do dia.

Osmar e DEM
O ex-senador Osmar Dias (PDT) passou boa parte da manhã de segunda (05), no gabinete do deputado estadual Elio Rusch, umas das principais lideranças do DEM no Estado. Osmar Dias e Élio Rusch não adiantaram nada sobre o encontro, que foi quase secreto, mas não é difícil adivinhar que tudo converge para 2018.

Em Londres
O governador Beto Richa recebeu convite para palestrar na Conferência Global Expansion Summit – encontro internacional sobre investimentos, dirigido a empresas e líderes governamentais. O evento, de 18 a 20 de junho de 2017, será em Londres, na Inglaterra. O convite veio do diretor do Briclab da Universidade de Colúmbia, nos EUA, Marcos Troyjo, ontem em Curitiba.

Em Pequim
O prefeito eleito de Cascavel, o deputado Leonaldo Paranhos (PSC), se reuniu ontem em Pequim com Wang Yajung, diretor do Departamento Internacional do Governo da China. Ele entregou convite para que representantes do país visitem o Show Rural de Cascavel, de 6 a 10 de fevereiro do ano que vem. Paranhos entregou material sobre as potencialidades econômicas e sociais em Cascavel que podem interessar a investidores chineses.

TCE multa
O Tribunal de Contas aprovou ontem duas tomadas de contas extraordinárias instauradas em Foz. O objetivo foi apurar irregularidades em convênio da prefeitura com a Associação dos Desportistas Amadores. Em virtude das falhas, foram aplicadas multas ao ex-prefeito Paulo Mac Donald Ghisi (PDT), ao ex-controlador interno Clóvis Alves dos Santos e à ex-contadora do município Veranice Maria Dalle Mole Flores, no valor total de R$ 18.136,32.

Embate no STF
O pleno do Supremo Tribunal Federal julgou ontem a liminar do ministro Marco Aurélio Mello, que afasta do cargo da presidência do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Mello foi o primeiro a votar e manteve a decisão. Renan vem se recusando a abandonar o cargo por, segundo ele, ter sido uma decisão monocrática. Até o fechamento da coluna, 3 ministros se manifestaram contra e dois favoráveis ao afastamento.

Pedágio na 277
A Câmara de Infraestrutura do Programa Oeste em Desenvolvimento vai debater hoje (08), em Cascavel, os contratos do pedágio da BR-277. O encontro, na Acic, apresentará o relatório da auditoria do Tribunal de Contas sobre a concessão. A intenção é discutir a melhoria da infraestrutura logística da região, que é prejudicada devido ao elevado custo com das tarifas nas praças de pedágio.

 

Licitações
A Comissão de Obras Públicas, Transportes e Comunicação da Assembleia Legislativa aprovou, ontem (05), parecer favorável ao projeto 132/2016, do deputado Luiz Carlos Martins (PSD), que propõe modificações na Lei 15.608/2007, que estabelece normas sobre licitações, contratos administrativos e convênios no âmbito dos Poderes do Paraná. A proposta prevê a ampliação da exigência de garantia e de seguro na contratação de obras públicas, limitada a 10% do valor da contratação.

Licitações II
“Essa é uma medida protetiva que garante à administração pública a segurança na inexecução do serviço ou execução inadequada. Garante que o Estado possa reaver os seus prejuízos. É uma medida de seguro muito importante”, ressalta o presidente da comissão, Tião Medeiros (PTB).

Gratuito
A comissão aprovou ainda o projeto 230/2015, dos deputados Jonas Guimarães (PSB), Felipe Francischini (SD), Nereu Moura (PMDB) e Tião Medeiros (PDT), que institui o transporte gratuito em linhas coletivas intermunicipais aos idosos com idade igual ou superior a 60 anos. O benefício é previsto no Estatuto do Idoso, mas depende de regulamentação estadual para entrar em vigor.

Reservas
O texto prevê a reserva de duas vagas gratuitas ou 50% de desconto para os idosos que excederem as vagas reservadas e com renda igual ou inferior a dois salários mínimos.

Regina Vogue
A grande dama do teatro, a gaúcha Regina Vogue, recebeu ontem à noite, no Guairinha, o título de Cidadã Honorária do Paraná. A proposta, do deputado Chico Brasileiro (PSD), foi aprovada e sancionada em novembro de 2015. A classe artística de Curitiba aproveitou o ato para uma homenagem à atriz e produtora, contando os seus mais de 50 anos de carreira.

Orçamento 2017
O orçamento de 2017 do Estado começa ser votado amanhã (07). A informação é do líder do Governo, Luiz Claudio Romanelli (PSB). “Agradeço os deputados Nereu Moura e Élio Rush (DEM), presidente e relator da Comissão de Orçamento, que fecharam o parecer com as emendas”, disse Romanelli em pronunciamento no Plenário.

Orçamento II
O Estado estima crescimento de 5,22% na receita, que passa de R$ 52,89 bilhões para R$ 55,65 bilhões em 2017. As despesas devem crescer na proporção com destaque para o gasto de pessoal e encargos sociais, que deve aumentar 7,8%, saltando de R$ 26 bilhões para R$ 28 bilhões.

Lista de compras
A PF teve acesso a e-mails do ex-deputado Eduardo Cunha e a filha dele, Danielle Dytz da Cunha, após quebra de sigilo telemático, informa a BandNews Curitiba. Em um dos e-mails, a publicitária faz uma lista com objetos para Cunha comprar no exterior. Entre os itens estão, cremes, óculos, bolsas e sapatos, todos de marca.

Chape campeão
A Conmebol declarou ontem a Chapecoense campeã da Copa Sul-Americana de 2016. O time catarinense disputaria a final do torneio com o Atlético Nacional, da Colômbia, mas o acidente aéreo da última terça impediu o confronto. Com isto, a Chape conquista vaga na Libertadores 2017 e prêmio de US$ 2 milhões ( R$ 7 milhões), anotou o UOL.

 
Fora Renan e…
… apoio à Lava Jato. O domingo (04) foi movimentado na sede da Justiça Federal e em várias regiões da área central de Curitiba. Milhares de pessoas foram as ruas contra a desfiguração, pela Câmara dos Deputados, das propostas das “Dez Medidas Contra a Corrupção”, elaborada pelo Ministério Público, sob a coordenação do juiz Sérgio Moro e a força-tarefa da Operação Lava Jato e que recebeu  mais de dois milhões de apoiamento em todo país. O principal alvo dos protestos é o senador Renan Calheiros (PMDB-AL), que tentou aprovar no afogadilho na última semana o regime de urgência ao projeto de lei contra o abuso de autoridade. Ainda na última semana, o STF tornou Renan réu em uma denúncia de corrupção.
Pelo país
No Paraná foram registradas manifestações nas principais cidades. Pelo país não foi diferente. As maiores concentrações ocorreram em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Distrito Federal.
Nove multas
O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) aplicou na última semana, nove multas contra o prefeito de Goioerê, Beto Costa (DEM). Segundo o órgão, ele não cumpriu as medidas determinadas para melhoria do transporte de alunos do ensino básico municipal. Somadas, as penas perfazem a quantia de R$ 25.528,50. O prefeito pode recorrer.
Bloqueados
Outro chefe de executivo alvo de ação judicial é o prefeito de Fazenda Rio Grande, Marcio Wozniack (PSDB). Ele e outros 27 réus estão envolvidos em fraudes no sistema público de saúde, afirma o Tribunal de Justiça. Os recursos dizem respeito a duas ações civis públicas sobre um esquema para “terceirizar” ilegalmente a prestação da saúde municipal, afirma o Ministério Público (MP). O arranjo, na prática, burlava a exigência de concurso público para favorecer particulares.
Mais Samu
O Ministério da Saúde vai ampliar o Samu para todo o Paraná. O anúncio foi feito sexta (02) pelo ministro Ricardo Barros, no encontro de prefeitos em Foz. Com o aumento, o serviço que hoje atende mais de nove milhões de pessoas, vai beneficiar toda a população do Estado. Atualmente, o Paraná conta com 12 centrais de regulação, 143 unidades básicas de saúde, 42 unidades de suporte avançado (USA), duas motolâncias e um aeromédico. Os serviços atendem 269 municípios.
Da cela
Esta vai dar o que falar. Já deu, aliás, como conta Lauro Jardim, em seu blog n’O Globo. Deputados ligados a Eduardo Cunha têm relatado, em conversas privadas, que conseguiram um meio de se comunicar com ele. Funciona assim, segundo testemunhas: o parlamentar liga para um número, de prefixo 41, e é atendido por uma mulher. Pede, então, para falar com o “Eduardo” e… o “Eduardo” atende já cobrando acordos não cumpridos.
#ForçaChape
As últimas homenagens aos jogadores e comissão técnica da Chapecoense, mortos em acidente aéreo no início da semana que passou, ganharam destaque ontem na mídia nacional e internacional. Na tragédia, próxima ao aeroporto de Medellín, na Colômbia, também morreram vários profissionais de imprensa que acompanhavam o grupo. No Paraná, milhares acompanharam os sepultamentos em Curitiba e Cianorte.
#ForçaRossana
A coluna se une a corrente de orações e deseja a pronta recuperação da colega Rossana Schmitz, que enfrenta problemas graves de saúde relacionados a uma labirintite.

Renúncia
Procuradores da Operação Lava Jato que atuam em Curitiba afirmaram nesta ontem (30 de novembro), que podem renunciar coletivamente caso entre em vigor a proposta de abuso de autoridade, aprovada na madrugada ontem na Câmara dos Deputados. A medida foi “incrementada” ao projeto das dez medidas contra a corrupção. “A nossa proposta é renunciar coletivamente [à Lava Jato] caso essa proposta seja sancionada pelo presidente”, afirmou Carlos Fernando dos Santos Lima, procurador da República e um dos coordenadores da força-tarefa, durante entrevista coletiva.

No me calas
Já a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, divulgou nota em que lamenta a aprovação do projeto que torna crime o abuso de autoridade para juízes e procuradores. “Já se cassaram magistrados em tempos mais tristes. Pode-se tentar calar o juiz, mas nunca se conseguiu, nem se conseguirá, calar a Justiça”, destacou.

Falta combinar
Sobre as especulações acerca da troca na Liderança do Governo na Assembleia Legislativa, noticiadas esta semana pela imprensa, o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), em conversa com a coluna, “desconversou”. Disse que não há nada certo, apesar de participar das conversas sobre possíveis mudanças no secretariado. Caso Romanelli deixe o posto, o cotado para assumir é Pedro Lupion (DEM).

Hummmm
Correligionários do prefeito e o vice eleitos, Rafael Greca (PMN) e Eduardo Pimentel (PSDB), não gostaram nada de saber que o atual primeiro-secretário da Câmara, vereador Pedro Paulo (PDT) registrou sua candidatura a Ouvidor de Curitiba. Há o entendimento de que o vereador (que não foi reeleito e até pouco tempo era líder de Gustavo Fruet, do PDT), seria um “bastião” de oposição no cargo. Para reverter, há intensas conversas com os vereadores que foram reeleitos para que não votem no pedetista.

BR 277
O governador Beto Richa anunciou nesta terça-feira (29), em Guarapuava, a antecipação já para 2017 das obras de duplicação de mais cinco quilômetros do trecho urbano da BR-277, entre os rios das Pedras e das Mortes. A duplicação no sentido Curitiba faz parte de um grande pacote de obras antecipadas pela concessionária Caminhos do Paraná, entre elas, a construção de um viaduto no acesso secundário da rodovia a Guarapuava.

Dele…
… para ele mesmo! Parece piada, mas não é. O prefeito de Ubiratã, Baco Duarte, assinou portaria nomeando equipe de transição, formada por seis pessoas. Um dos objetivos é “tomar conhecimento máximo sobre a situação dos direitos e obrigações que o eleito para novo mandato irá herdar”. Até aí tudo bem, o que causa estranheza é que Baco foi reeleito. Isto mesmo, no dia 1º de janeiro vai passar o mandato dele, para ele mesmo.

Ele mesmo II
O mais estranho é que, no decreto, Baco já nominou os membros da equipe. Será que, com todo este cuidado, ele terá 100% de confiança nas informações que irá receber?

Papa Francisco
O sumo pontífice enviou mensagem ontem ao povo brasileiro, em respeito ao trágico acidente que vitimou a delegação da Chapecoense na Colômbia.

Sem recurso
Na sessão desta segunda (28), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) adotou uma medida que vai influenciar no resultado do julgamento acerca das eleições em Foz do Iguaçu. O Plenário do órgão declarou a inconstitucionalidade da expressão “após transito em julgado” prevista no parágrafo 3º do artigo 224 do Código Eleitoral, conforme redação dada pela Lei nº 13.165, conhecida como a lei da Reforma Eleitoral de 2015. Na prática, o que for decidido pelo TSE, não caberá recurso ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Sem recurso II
A expectativa é que o recurso do ex-prefeito Paulo Mac Donald Ghisi (PDT) seja julgado na sessão desta quinta (01 de dezembro). Se a decisão for contra, ele não terá mais onde recorrer. O mesmo vale para o deputado Chico Brasileiro (PSD), caso a decisão seja por nova eleição em Foz.

Sem propaganda
Ontem terminou o prazo para que candidatos, partidos políticos e coligações nos estados onde houve segundo turno, removessem as propagandas relativas às Eleições de 2016. Também terminou o prazo para a restauração dos bens com propagandas eleitorais.

Coamo
A Assembleia Legislativa aprovou, por unanimidade esta semana, requerimento do deputado Nereu Moura, líder do PMDB, para o envio de votos de congratulações pelos 46 anos de fundação da Coamo, completados no dia 28 de novembro. A Cooperativa Agroindustrial surgiu pela união de 79 agricultores, em 1970, em Campo Mourão, na região Centro-Oeste do Paraná.

Unale
O deputado Chico Brasileiro recebeu ontem, em seu gabinete, a deputada Ana Cunha, da Assembleia Legislativa do Pará. Ela é presidente da Unale e veio ao Paraná para tratar da realização do Congresso da entidade em 2017, que deverá ocorrer em Foz. “Nossa cidade está na disputa para receber o evento ao lado de Fortaleza (CE) e Cuiabá (MT). Mas temos a vantagem geográfica de podermos ampliar os debates reunindo representantes dos vizinhos países do Mercosul”, disse.

Unale II
“Estamos otimistas para que Foz receba mais este grande evento, que movimentará nosso turismo com mais de 1.500 parlamentares, além de nos dar visibilidade para todo o país”, destacou Chico Brasileiro.

Prefeitos
A Assembleia Legislativa realizou ontem (29), duas sessões ordinárias (a que seria hoje foi antecipada). A iniciativa, segundo o presidente Ademar Traiano (PSDB), foi para possibilitar a participação dos deputados no encontro de prefeitos e prefeitas eleitos do Paraná, que começa hoje (30) e vai até sexta-feira (02 de dezembro) em Foz do Iguaçu.

Chapecoense
A tragédia que vitimou quase todo o time e comissão técnica da Chapecoense na madrugada de ontem na Colômbia repercutiu ontem na Assembleia Legislativa. Todos os parlamentares que usaram a tribuna, ou em apartes, externaram seus sentimentos e solidariedade aos amigos e parentes das vítimas. O deputado André Bueno (PDT) apresentou requerimento, aprovado por unanimidade, para enviou de votos de pesar às famílias dos cascavelenses Caio Junior e Eduardo de Castro Filho.

“PSC forte…
… é PSC unido”. A deputada Claudia Pereira participou, sábado (26), do Encontro Estadual do PSC, em Cascavel. O evento, organizado pelo presidente estadual, o deputado federal Takayama e o prefeito eleito de Cascavel, o deputado Leonaldo Paranhos, teve participação do presidente nacional do partido, Pastor Everaldo e do secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Jr. “Estamos trabalhando para um PSC forte e cada vez mais unido”, disse Claudia.

Projeto 2018
O presidente Pastor Everaldo reafirmou em Cascavel que o compromisso da executiva nacional do PSC é com o PSD no apoio ao projeto que tem o deputado Ratinho Junior como candidato a governador em 2018. “Temos esse compromisso firmado e vamos ampliar as conversações com a executiva estadual do partido e construir esse projeto ao Governo do Estado em 2018”, disse.

Último dia
Termina hoje (29) o prazo para o mesário convocado, que não compareceu no segundo turno nas eleições de outubro, apresentar justificativa ao juízo eleitoral. De acordo com o Código Eleitoral, o não comparecimento não configura crime, mas a ausência de justificativa incorrerá na multa de 50% a um salário mínimo vigente na zona eleitoral.

R$ 6,9 bilhões
Este é o montante estimado pelo Tribunal de Contas que será repassado aos municípios do Paraná, a título de ICMS em 2017. O valor será 5,64% maior que o deste ano. As prefeituras recebem 25% do imposto arrecadado. Do total, Curitiba fica com a maior parcela: R$ 803,7 milhões. Em seguida vem Araucária (R$ 460,5 milhões), São José dos Pinhais (R$ 354,9 milhões) e Londrina (R$ 189,2 milhões).

Montante
As 20 maiores cidades dividirão 47% do valor do ICMS e as outras 379 cidades ficarão com os outros 53% (R$ 3,22 bilhões).

Custo eleições
Os candidatos a prefeito e vereador de todo o país gastaram R$ 3 bilhões na campanha eleitoral deste ano, redução de 28% ante o valor gasto quatro anos atrás. O levantamento da Folha de S. Paulo, com dados do TSE, considera a prestação final de contas dos candidatos, entregue à Justiça na semana passada.

Custo II
No total, de acordo com os dados finais do TSE, os candidatos gastaram R$ 128 milhões a mais do que arrecadaram, aumento de 16% em relação à dívida deixada em 2012. O prefeito Gustavo Fruet (PDT), por exemplo, derrotado nas urnas, sai da campanha com dívidas de R$ 1,5 milhão.

TCE investiga
O órgão abriu tomada de contas extraordinária na Copel, com objetivo de apurar os nomes dos responsáveis, e eventual dano ao erário, provocado pelo Contrato Administrativo nº 46.590/10, firmado pela empresa com o escritório Marins Bertoldi Advogados Associados. Na análise das contas da estatal, referentes a 2011, o contrato havia sido objeto de ressalva e determinação para que fosse rescindido.

Nota Paraná
O governador Beto Richa (PSDB) lança hoje, às 11h, no Palácio Iguaçu, o aplicativo “Menor Preço – Nota Paraná”, desenvolvido em conjunto pela Secretaria da Fazenda e Celepar. Ele também fará a premiação do 12º sorteio do programa de cidadania fiscal.

 

Quer ser MDB
“Queremos deixar de ser partido e ser um movimento. Ou seja, algo mais forte, algo mais permanente, com uma ação constante. Voltar ser MDB resgata uma tradição, uma história, uma origem, que é muito importante para o povo brasileiro”. A declaração é do presidente nacional do PMDB, Romero Jucá, que participou de evento neste sábado (26), em Porto Alegre (RS). O “MDB” foi o nome usado, de 1966 a 1979, durante o bipartidarismo da ditadura militar, quando o partido fazia oposição à Arena (Aliança Renovadora Nacional). “Se o MDB antigo fez a redemocratização do país, o MDB novo pode fazer a reconstrução social e econômica do país”, disse.

Consulta
“Já lancei aqui a consulta. Nós queremos retomar o que representa toda nossa força política, não apenas um partido político”. A consulta será levada aos diretórios estaduais do partido, informou Jucá.

Emendas
Terminou sexta-feira (25) o prazo para que os deputados estaduais apresentassem emendas ao projeto de lei nº 463/2016, do Poder Executivo, que versa sobre a Lei Orçamentária Anual (LOA) para o ano de 2017. A partir desta semana, o relator na Comissão de Orçamento, Elio Rusch (DEM), começa a análise para elaborar o substitutivo geral à matéria que estima a receita e fixa a despesa do Estado. O Orçamento para 2017 prevê uma receita total em R$ 56,09 bilhões.

R$ 28 bilhões
Este é omontante que será injetado na economia do Paraná, com a folha de pagamento dos servidores em 2017. O crescimento será de R$ 1,77 bilhão ou 10,27% em relação 2016, já que serão pagos R$ 1,4 bilhão em promoções e progressões.

Resgate
O governador Beto Richa (PSDB) anunciou que passou a funcionar no sábado (26) mais um helicóptero do Estado para uso exclusivo da área da saúde. Baseada em Maringá, a aeronave será utilizada em missões de resgate e transporte de pacientes, cobrindo a demanda de toda a macrorregião Noroeste. O novo serviço aeromédico será inaugurado oficialmente em 8 de dezembro.

Enlouqueceu
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse nesta sexta-feira (25), em Curitiba, que o ex-ministro Marcelo Calero (Cultura), agiu como louco ao gravar o presidente Michel Temer (PMDB), que supostamente o pressionou para liberar uma obra imobiliária em Salvador, a pedido também do ex-ministro Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo).

Enlouqueceu II
“Eu tenho certeza que ele está louco. Gravar um presidente da República, isso não tem cabimento”, disse Maia que participou do encontro dos prefeitos eleitos pelo PPS do Paraná. Segundo ele, uma coisa é ele tomar a decisão de não estar confortável e achar que tem um excesso de outro ministro e pedir demissão. “Isso é legitimo. Agora, gravar um presidente, eu continuo achando que ele enlouqueceu”, reforçou.

Adeus ao comandante
A notícia da morte de Fidel Castro, aos 90 anos no início da madrugada de sábado (26), praticamente monopolizou o noticiário nacional e internacional durante todo o final de semana. As reportagens destacaram depoimentos enaltecendo os feitos do homem que liderou a revolução cubana em 1959 e enfrentou o poderio da principal potência econômica do mundo, os Estados Unidos. Também não faltaram depoimentos atacando a figura de Fidel, a quem denominaram de ditador, sanguinário e outros adjetivos.

Samba-enredo
Em seu samba-enredo para o Carnaval de 2017, a escola paulistana Nenê de Vila Matilde homenageará Curitiba, mas não dará vez para a Lava Jato. A jornalista Amanda Geroldo, na Época, destaca que não haverá menção àquela operação que projetou o nome da capital paranaense para todo o país. Em vez de “Japa da Federal”, vivas à Ópera de Arame.

 

Cinco sessões
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realizará cinco sessões plenárias na próxima semana. Além das sessões ordinárias jurisdicionais e administrativas de terça e quinta-feira (29 de novembro e 1º de dezembro), respectivamente a partir das 19h e 9h, a Corte Eleitoral fará sessões extraordinárias jurisdicionais e administrativas na segunda, quarta e quinta-feira (28 e 30 de novembro e 1º dezembro), partir das 19h. A expectativa é que em uma delas poderá ser concluída a votação do recurso especial do ex-prefeito Paulo Mac Donald Ghisi (PDT), contra a impugnação de sua candidatura a prefeito de Foz do Iguaçu no pleito de 02 de outubro último. O caso começou a ser julgado quinta, 24, mas foi interrompido por um pedido de vistas.

Auxílio-doença
A Câmara Federal poderá votar, nos próximos dias, o projeto de lei 6427/16, do Executivo, que aumenta as carências para concessão do auxílio-doença, da aposentadoria por invalidez e do salário-maternidade no caso de o segurado perder essa condição junto ao Regime Geral da Previdência Social (RGPS).

Bônus
O texto também cria um bônus para os médicos peritos do Instituto Nacional de Previdência Social (INSS) com o objetivo de periciar os auxílios concedidos há mais de dois anos sem a revisão legal prevista para esse prazo.

Cinco anos
Esta é a pena prevista para condenados em casos de violência praticada pelas torcidas organizadas na decorrência das partidas. O aumento da punição foi aprovado terça (22) pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara. A matéria alterou outros casos previstos no Estatuto do Torcedor (Lei 10.671/03).

Sem anistia
O deputado Luciano Ducci (PSB) é contra a tentativa de incluir no projeto das dez medidas de combate a corrupção, a anistia ao caixa 2, cometido no passado. A emenda prevê explicitamente que políticos e partidos não poderão ser punidos nas “esferas penal, civil e eleitoral” caso tenham praticado o crime “até a data da publicação” da lei.

Em Curitiba
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), participou ontem (25) do encontro estadual dos prefeitos eleitos pelo PPS do Paraná em Curitiba. Em seu discurso, Maia falou sobre a PEC dos gastos públicos. Hoje (26) o senador Cristovam Buarque (PPS-DF) vai falar sobre o “recado das urnas”.

PPS II
O encontro, organizado pelo deputado Rubens Bueno, presidente estadual do partido, busca orientar os prefeitos sobre as primeiras ações na gestão pública. Nas eleições de outubro, o PPS elegeu 176 vereadores (283.919 votos), 22 prefeitos (482.920 votos) e 23 vice-prefeitos. Entre os reeleitos, está o prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel.

Em 2020
“Eu enxergo, se nós tivermos essas atitudes aprovadas e outras que virão, com certeza no ano de 2020 o estado poderá estar equilibrado financeiramente”. Do governador José Ivo Sartori (PMDB-RS), sobre o pacote de ajustes do governo gaúcho enviado ao legislativo que prevê cortes de 1,5 mil cargos, extinção de secretarias, aumentos de impostos e venda de estatais.

Regras eleitorais
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) promove, de hoje até amanhã (24 e 25), o workshop Avaliação das Regras Aplicadas às Eleições Municipais 2016. O presidente da Corte, ministro Gilmar Mendes, fará a abertura do evento às 9h30, no Auditório I do Tribunal. Serão avaliadas as alterações nas regras do pleito deste ano trazidas pela Lei nº 13.165, conhecida como Reforma Eleitoral 2015, que introduziu importantes mudanças nas Leis n° 9.504/1997 (Lei das Eleições), nº 9.096/1995 (Lei dos Partidos Políticos) e nº 4.737/1965 (Código Eleitoral).

Regras II
Além de modificar os prazos para as convenções partidárias, filiação partidária e o tempo de campanha eleitoral, a reforma trouxe outras novidades relacionadas aos limites de gastos nas campanhas de candidatos e partidos políticos, bem como a proibição do financiamento eleitoral por pessoas jurídicas.

Irregulares
O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) deu provimento a tomadas de contas extraordinárias instauradas em Guaraniaçu e Matelândia. Em função disso, as contratações de consultorias realizadas pelos dois municípios foram julgadas irregulares. O ex-prefeito de Matelândia, Edson Antônio Primon (gestão 2008-2012) foi multado em R$ 725,48; e o prefeito de Guraniaçu, Ronaldo Cazella (gestões 2009-2012 e 2012-2016) recebeu duas multas de R$ 725,48, totalizando R$ 1.450,98.

Com Temer I
O prefeito eleito de Curitiba, Rafael Greca (PMN) se encontrou ontem, em Brasília, com o presidente Michel Temer, na posse e com o ministro Roberto Freire (Cultura). “Acolhido com cordialidade, cumpro agenda para garantir recursos do Orçamento Geral da União para nossa Curitiba” disse Greca. Do ato, participou ainda o prefeito reeleito de Ponta Grosa, Marcelo Rangel (PPS).

Com Temer II
A vice-governadora Cida Borghetti (PP) também se encontrou esta semana com Temer. Ela representou o Paraná terça (22), na reunião do presidente com governadores, onde foi firmado um pacto nacional pelo equilíbrio das contas públicas. Cida afirmou que o encontro demonstrou o compromisso entre os estados, o governo federal e o poder legislativo por uma pauta mais ampla de ajustes que auxilie a retomada da economia brasileira.

Prefeitos do Oeste
A Itaipu apresenta hoje, aos 54 prefeitos eleitos do Oeste, os projetos em desenvolvimento em parceria com as prefeituras. “O objetivo é apresentar aos prefeitos eleitos o que a Binacional tem feito na região e quais os planos para os próximos quatro anos. A ideia é trabalharmos de forma integrada”, disse o presidente da binacional, Jorge Samek, que vai abrir o encontro no Hotel Olinda em Toledo.

Dia do Rio
Nesta quinta (24) é comemorado o Dia do Rio. Em Curitiba, a data será marcada com o lançamento da cartilha “Vamos dar via ao rio Belém?”, elaborada pelo deputado Rasca Rodrigues (PV). O ato, às 11h, será no cruzamento do viaduto Colorado com a Rua Basílio Itiberê.

 

Regras eleitorais
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) promove, de hoje até amanhã (24 e 25), o workshop Avaliação das Regras Aplicadas às Eleições Municipais 2016. O presidente da Corte, ministro Gilmar Mendes, fará a abertura do evento às 9h30, no Auditório I do Tribunal. Serão avaliadas as alterações nas regras do pleito deste ano trazidas pela Lei nº 13.165, conhecida como Reforma Eleitoral 2015, que introduziu importantes mudanças nas Leis n° 9.504/1997 (Lei das Eleições), nº 9.096/1995 (Lei dos Partidos Políticos) e nº 4.737/1965 (Código Eleitoral).

Regras II
Além de modificar os prazos para as convenções partidárias, filiação partidária e o tempo de campanha eleitoral, a reforma trouxe outras novidades relacionadas aos limites de gastos nas campanhas de candidatos e partidos políticos, bem como a proibição do financiamento eleitoral por pessoas jurídicas.

Irregulares
O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) deu provimento a tomadas de contas extraordinárias instauradas em Guaraniaçu e Matelândia. Em função disso, as contratações de consultorias realizadas pelos dois municípios foram julgadas irregulares. O ex-prefeito de Matelândia, Edson Antônio Primon (gestão 2008-2012) foi multado em R$ 725,48; e o prefeito de Guraniaçu, Ronaldo Cazella (gestões 2009-2012 e 2012-2016) recebeu duas multas de R$ 725,48, totalizando R$ 1.450,98.

Com Temer I
O prefeito eleito de Curitiba, Rafael Greca (PMN) se encontrou ontem, em Brasília, com o presidente Michel Temer, na posse e com o ministro Roberto Freire (Cultura). “Acolhido com cordialidade, cumpro agenda para garantir recursos do Orçamento Geral da União para nossa Curitiba” disse Greca. Do ato, participou ainda o prefeito reeleito de Ponta Grosa, Marcelo Rangel (PPS).

Com Temer II
A vice-governadora Cida Borghetti (PP) também se encontrou esta semana com Temer. Ela representou o Paraná terça (22), na reunião do presidente com governadores, onde foi firmado um pacto nacional pelo equilíbrio das contas públicas. Cida afirmou que o encontro demonstrou o compromisso entre os estados, o governo federal e o poder legislativo por uma pauta mais ampla de ajustes que auxilie a retomada da economia brasileira.

Prefeitos do Oeste
A Itaipu apresenta hoje, aos 54 prefeitos eleitos do Oeste, os projetos em desenvolvimento em parceria com as prefeituras. “O objetivo é apresentar aos prefeitos eleitos o que a Binacional tem feito na região e quais os planos para os próximos quatro anos. A ideia é trabalharmos de forma integrada”, disse o presidente da binacional, Jorge Samek, que vai abrir o encontro no Hotel Olinda em Toledo.

Dia do Rio
Nesta quinta (24) é comemorado o Dia do Rio. Em Curitiba, a data será marcada com o lançamento da cartilha “Vamos dar via ao rio Belém?”, elaborada pelo deputado Rasca Rodrigues (PV). O ato, às 11h, será no cruzamento do viaduto Colorado com a Rua Basílio Itiberê.

Avestruz
O deputado Romanelli (PSB), líder do governo na Alep, citou a situação de outros estados ao ressaltar que as medidas do Paraná não reduzem direitos ou vencimentos dos servidores. “O que está sendo feito é priorizar o pagamento das promoções e progressões que atingem 70% dos servidores. Ao mesmo tempo, postergando a data de acordo com a disponibilidade financeira. O Brasil vive uma grande crise. Fazer de conta que não há um problema gravíssimo no país, sinceramente, é viver como um avestruz”, disse.

Calamidade financeira
Um dia após anunciar pacote de medidas para reestruturar as finanças do Rio Grande do Sul, o governador José Ivo Sartori decretou ontem estado de calamidade financeira. O decreto está publicado no Diário Oficial do Estado. A medida prevê que secretários e dirigentes de órgãos e entidades da administração pública estadual, sob coordenação da Secretaria da Casa Civil, podem adotar medidas “excepcionais necessárias à racionalização de todos os serviços públicos”.

Em alta
Infelizmente, é o índice de desemprego entre os jovens de 18 a 24 anos. De acordo com o Pnad trimestral do IBGE, a taxa média de desemprego no Brasil foi de 11,8% no 3º trimestre de 2016. Mas, para os jovens nessa faixa etária, chegou ao nível recorde de 25,7%. No mesmo trimestre de 2015, a desocupação estava em 19,7%, informa reportagem do Poder360, com apuração do repórter Douglas Pereira.

Unidos
O papel do então vice-presidente Michel Temer (PMDB) na chapa que reelegeu Dilma Rousseff (PT) à Presidência em 2014 foi destacado em depoimentos prestados na segunda (21), no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). De acordo com o ex-tesoureiro da campanha, Edinho Silva e o ex-assessor especial da petista, Giles Azevedo, Temer assumiu um “protagonismo importante” na eleição. Já Giles afirmou que o então candidato a vice-presidente teve, inclusive, despesas de transporte pagas pela campanha.

“Abaixo extremismo”
“A invasão do plenário da Câmara dos Deputados, em 16 de novembro, e sua ocupação durante três horas por um grupo que pedia que pedia a “intervenção militar” não é um mero incidente a mais no tumultuado processo político brasileiro. É um episódio que merece reflexão. E uma decidida tomada de posição contra o extremismo, seja de que lado for”. Do deputado federal Luiz Carlos Hauly (PSDB).

Socorro
O presidente Temer convocou os governadores ontem (22) para fechar um acordo de ajuda aos Estados e oferecer parte das multas do programa de repatriação de recursos brasileiros no exterior já este ano, em troca do fim de uma ação na Justiça. Do Paraná, a vice-governadora Cida Borghetti (PP) participou das reuniões. Até o fechamento da coluna, ainda não havia sido anunciada uma decisão.

STF na briga
O STF proibiu Justiça do RIo de Janeiro de fazer arresto ou sequestro de dinheiro em causa própria – para pagamento da folha do Judiciário e também avalizou a diminuição em 20% do percentual repassado ao poder no orçamento estadual. A decisão pode abrir jurisprudência para outros estados seguirem a mesma linha.

Liderança do PSC
A deputada Claudia Pereira assumiu, na última semana, a liderança do PSC na Assembleia Legislativa. Ela substituiu o deputado Paranhos, prefeito eleito de Cascavel e vai coordenar uma bancada formada por seis deputados – Evandro Araújo, Gilson de Souza, Palozi, Paranhos (o suplente é Luiz Corti) e Wilmar Reichembach. Ontem (21), Claudia também estreou como titular do PSC, na Comissão de Orçamento da Assembleia Legislativa, em substituição ao deputado Missionário Ricardo Arruda, que migrou para o DEM.

Conselhão I
O presidente Michel Temer se reuniu ontem com os novos integrantes do Conselhão. O órgão auxilia o chefe do executivo a elaborar políticas públicas capazes de fazer com que o país cresça economicamente e se desenvolva na área social. Os paranaenses indicados por Temer são o arquiteto e urbanista Jaime Lerner e o empresário Joel Malucelli. Eles se somam a Rodrigo Rocha Loures (assessor direto do presidente) e Ricardo Barros (ministro da Saúde).

Conselhão II
No início deste mês, a Casa Civil já havia informado que o presidente trocaria cerca de 70% dos integrantes. Entre os novos nomes que vão compor o conselho estão os empresários Abílio Diniz (BRF), Claudia Sender (TAM), Jorge Gerdau (Gerdau), Luiza Trajano (Magazine Luiza) e Roberto Justus, o ator Milton Gonçalves, o ex-jogador Raí, e os presidentes da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga, e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf.

Prefeitos da RMC
O governador Beto Richa reúne hoje (22), os 25 prefeitos eleitos e reeleitos da região metropolitana de Curitiba. O encontro será coordenado pela Comec e a reintegração do sistema de transporte público, subsídios e isenção do ICMS sobre o óleo diesel devem fazer parte da pauta do encontro. O presidente da Comec, Omar Akel, e o secretário Ratinho Júnior (Desenvolvimento Urbano) participam da reunião que começa às 14h30 no auditório da PGE (Procuradoria Geral do Estado).

Desporto
Cascavel vai sediar sexta (25), reunião da Cespo (Subcomissão Especial do Plano Nacional de Desporto da Câmara dos Deputados), para discutir o aprimoramento da Lei de Incentivo ao Esporte. Em questão, o Projeto de Lei nº 130/2015, que prevê o aumento do limite de dedução de impostos pela Lei de Incentivo ao Esporte. A reunião foi proposta pelo deputado Evandro Roman (PSD/PR).

Evangélicos I
A prisão de um dos principais líderes evangélicos no mundo político, o ex-deputado Eduardo Cunha, não amainou o ímpeto de determinados grupos evangélicos, que buscam o poder. Agora, há outra investida de pastores visando o mundo político. Trata-se do movimento Parlamento & Fé Brasil, que, adaptado em cada país, alega já estar presente no Paraguai, Uruguai, Argentina, Chile e Suíça.

Evangélicos II
Esse “ministério” promete grande encontro em Brasília, dias 22 e 23, envolvendo pastores e parlamentares. Dentre os convidados especiais estão o senador Magno Malta (ES) e o pastor deputado H. Takayama (Paraná).

Gestor Público
A Assembleia Legislativa vai sediar na próxima terça (22) a solenidade de premiação do IV Prêmio Gestor Público do Paraná (PGP-PR). A iniciativa, do presidente Ademar Traiano (PSDB), terá início às 18h. A promoção, é do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual (SINDAFEP), busca valorizar e reconhecer as ações inovadoras e criativas das administrações públicas municipais e que podem servir de exemplo e inspiração para as demais prefeituras. O tema deste ano é “Trabalho: o município promove. O Estado avança”.

Educação
A deputada Claudia Pereira (PSC) comemorou, esta semana, a liberação de recursos para obras de melhorias no Colégio Estadual Castelo Branco, de São Miguel do Iguaçu. O estabelecimento de ensino, segundo ela, estava dentro da lista entregue no início do ano à secretária da Educação, Ana Seres Comin. A licitação está prevista para segunda, 21, às 14h30 por meio de pregão eletrônico.

Nova República
O Espaço Cultural da Assembleia Legislativa será palco, às 17h30 de segunda, do lançamento do livro “Nova República: 30 anos de altos e baixos”, do ex-ministro e ex-deputado federal Luiz Carlos Borges da Silveira. O ato atende proposição do presidente da Casa, Ademar Traiano (PSDB).

Nota Paraná
Os primeiros créditos do Nota Paraná, programa do Governo do Estado para incentivar a emissão de nota fiscal, vencem na próxima quarta (23). Quem não resgatar os créditos até lá, vai perder. A partir desta data, o prazo para resgate será mensal. No site do programa é possível resgatar os créditos transferindo o dinheiro para conta poupança, conta corrente ou abater no pagamento do IPVA.

R$ 204 milhões
Este é o montante que a força-tarefa da Lava-Jato devolveu aos cofres da Petrobrás, em cerimônia na tarde de ontem (18), em Curitiba. Os recursos, recuperados por meio de acordos de colaboração feitos com pessoas físicas e jurídicas, estavam depositados na conta judicial da 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba.

Unioeste
O deputado Chico Brasileiro (PSD) foi recebido na manhã de ontem pelo diretor da Unioeste de Foz do Iguaçu, Professor Fernando José Martins. Na pauta projetos para o orçamento de 2017. “Além do bom funcionamento da unidade, o diretor tem a missão de dar continuidade aos diversos projetos culturais desenvolvidos no campus, a exemplo da Primavera Universitária e a Feira do Livro Universitário, eventos que promovem a integração da Unioeste com a nossa comunidade”, disse.

Fascismo
O senador Roberto Requião (PMDB-PR), relator da lei de abuso da autoridade, teme que a empolgação com a Operação Lava Jato, que está levando corruptos à cadeia, chegue ao fascismo – características de estados/governos totalitários. “Jamais negar a contribuição da turma da Lava Jato para o país. Preocupação é quando, empolgados,agridem o direito e cortejam o fascismo”, disse Requião no twitter, em crítica à operação comandada pela Polícia Federal e procuradores da República.

Gestor Público
A Assembleia Legislativa vai sediar na próxima terça (22) a solenidade de premiação do IV Prêmio Gestor Público do Paraná (PGP-PR). A iniciativa, do presidente Ademar Traiano (PSDB), terá início às 18h. A promoção, é do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual (SINDAFEP), busca valorizar e reconhecer as ações inovadoras e criativas das administrações públicas municipais e que podem servir de exemplo e inspiração para as demais prefeituras. O tema deste ano é “Trabalho: o município promove. O Estado avança”.

Educação
A deputada Claudia Pereira (PSC) comemorou, esta semana, a liberação de recursos para obras de melhorias no Colégio Estadual Castelo Branco, de São Miguel do Iguaçu. O estabelecimento de ensino, segundo ela, estava dentro da lista entregue no início do ano à secretária da Educação, Ana Seres Comin. A licitação está prevista para segunda, 21, às 14h30 por meio de pregão eletrônico.

Nova República
O Espaço Cultural da Assembleia Legislativa será palco, às 17h30 de segunda, do lançamento do livro “Nova República: 30 anos de altos e baixos”, do ex-ministro e ex-deputado federal Luiz Carlos Borges da Silveira. O ato atende proposição do presidente da Casa, Ademar Traiano (PSDB).

Nota Paraná
Os primeiros créditos do Nota Paraná, programa do Governo do Estado para incentivar a emissão de nota fiscal, vencem na próxima quarta (23). Quem não resgatar os créditos até lá, vai perder. A partir desta data, o prazo para resgate será mensal. No site do programa é possível resgatar os créditos transferindo o dinheiro para conta poupança, conta corrente ou abater no pagamento do IPVA.

R$ 204 milhões
Este é o montante que a força-tarefa da Lava-Jato devolveu aos cofres da Petrobrás, em cerimônia na tarde de ontem (18), em Curitiba. Os recursos, recuperados por meio de acordos de colaboração feitos com pessoas físicas e jurídicas, estavam depositados na conta judicial da 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba.

Unioeste
O deputado Chico Brasileiro (PSD) foi recebido na manhã de ontem pelo diretor da Unioeste de Foz do Iguaçu, Professor Fernando José Martins. Na pauta projetos para o orçamento de 2017. “Além do bom funcionamento da unidade, o diretor tem a missão de dar continuidade aos diversos projetos culturais desenvolvidos no campus, a exemplo da Primavera Universitária e a Feira do Livro Universitário, eventos que promovem a integração da Unioeste com a nossa comunidade”, disse.

Fascismo
O senador Roberto Requião (PMDB-PR), relator da lei de abuso da autoridade, teme que a empolgação com a Operação Lava Jato, que está levando corruptos à cadeia, chegue ao fascismo – características de estados/governos totalitários. “Jamais negar a contribuição da turma da Lava Jato para o país. Preocupação é quando, empolgados,agridem o direito e cortejam o fascismo”, disse Requião no twitter, em crítica à operação comandada pela Polícia Federal e procuradores da República.

Mulheres candidatas

O grande número de candidatas no pleito de 02 de outubro último, que não receberam voto, chamou a atenção do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Segundo o órgão, 14.417 mulheres concorreram no pleito, mas terminaram com votação zerada. Esta semana, a ministra Luciana Lóssio saiu em defesa da ação do Ministério Público Eleitoral (MPE), que apura eventuais irregularidades envolvendo estas candidaturas. Segundo ela, é preciso atuar para cumprir a legislação que visa ampliar a participação feminina na política e evitar riscos de esvaziamento da lei criada para corrigir um déficit histórico.

Candidatas 2

A ministra lembra que esta norma estabelece que, nas eleições proporcionais, “cada partido ou coligação preencherá o mínimo de 30% e o máximo de 70% para candidaturas de cada sexo”. Na avaliação de Luciana Lóssio, o número elevado de mulheres candidatas sem voto, indica que há um movimento de “candidaturas laranjas”, apenas para alcançar a cota.

Impugnações

Na ação, do MPE, o vice-procurador-geral da República, Nicolao Dino, orienta os procuradores eleitorais para que apurem a veracidade das candidaturas femininas, que não receberam voto. Em caso de irregularidade, além de denunciar os responsáveis pelo crime de falsidade ideológica eleitoral, será proposta a de impugnação do mandato eletivo contra os candidatos homens da legenda, que se beneficiaram.

Repatriação

As 399 prefeituras do Paraná vão receber hoje (18), mais R$ 13.657.306,84 da nova parcela do programa de regularização de ativos no exterior – a repatriação. A estimativa é da Confederação Nacional dos Municípios. É o terceiro repasse de valores da repatriação. O primeiro em outubro (R$ 17.955.841,43), o segundo em novembro (R$ 252.991.968,81), totalizando R$ 284.605.117,08.

Visita ilustre

O novo presidente do TJ-PR, desembargador Renato Braga Bettega, eleito quarta (16) para o biênio de 2017-2018, visitou ontem o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano (PSDB). Bettega estava acompanhado do atual presidente, Paulo Vasconcelos, e da nova 2º vice-presidente, Lídia Maejima.

PR-323

Os secretários Valdir Rossoni (Casa Civil), José Richa Filho (Infraestrutura e Logística) e Márcio Villela (Comunicação Social) e o diretor-geral do DER-PR, Nelson Leal Junior, conversam com a imprensa hoje em Umuarama sobre as melhorias rodovia PR-323 no trecho entre Iporã e Paiçandu/Maringá. A rodovia deve receber uma operação tapa buracos, além de mais terceiras faixas nos pontos mais críticos. A coletiva será na sede da Amerios, na Rua Walter Kraiser, 3055.

Prioridade

O prefeito eleito de Cascavel, Leonaldo Paranhos (PSC), disse ontem, ao visitar a creche Valério Baratter, no bairro Santa Felicidade, em Curitiba, que “criança tem que ser prioridade” do poder público. “Estar no Cmei e na escola é um direito da criança e um dever do poder público. Uma cidade que se pretende desenvolvida não pode negligenciar esse compromisso”, afirmou.

Foz
O prefeito eleito de Curitiba, Rafael Greca e o vice, Eduardo Pimentel, confirmaram presença no Encontro das Prefeitas e Prefeitos Eleitos – Gestão 2017/2020, de 30 de novembro a 02 de dezembro, em Foz do Iguaçu. O evento, promovido pelo Sebrae/PR e o Governo do Estado, faz parte do Programa de Estudos Avançados para Líderes Públicos, iniciativa que tem como objetivo transformar gestores públicos em estrategistas e articuladores de ações para a melhoria de indicadores socioeconômicos e desenvolvimento sustentável dos municípios.

Panorama
Em Foz, são esperados os 399 prefeitos e prefeitas que comandarão os municípios paranaenses nos próximos quatro anos. Durante três dias, serão realizados painéis, palestras e oficinas que servirão de apoio, aos eleitos e as suas equipes, para a elaboração de planos de ação com foco nos 100 primeiros dias de governo e no estabelecimento de alianças estratégicas.

Beto Richa
Os programas do governo estadual, voltados para o desenvolvimento dos municípios, estarão disponíveis para consulta. Governo e secretários de Estado despacharão a partir de Foz. Também está prevista a participação do governador Beto Richa e deputados estaduais, que contarão com espaço exclusivo de atendimento.

No gabinete
A deputada Claudia Pereira (PSC) recebeu a visita do prefeito eleito de Prudentópolis, Adelmo Klosowiski, do vice Osbeo Stadler, do secretário de Planejamento, Alex Fabiano Garcia, do vereador eleito Lademiro Budnik e do advogado Gino Lucas Scherdien. “Conversamos sobre assuntos de interesse da população prudentopolitana e entregamos nas mãos do prefeito Adelmo, a documentação para dar prosseguimento a instalação da academia ao céu aberto no município”, disse a deputada.

Conselheiro Tutelar
O Paraná comemora nesta sexta (18), o primeiro Dia Estadual do Conselheiro Tutelar. A instituição da data (Lei 18.904/2016) é resultado de um projeto de lei apresentado pelo deputado Nereu Moura e aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa. A homenagem, segundo ele, é um reconhecimento e valorização do trabalho destes profissionais.

Turismo
O deputado Chico Brasileiro (PSD), presidente da Comissão de Turismo, coordenou ontem um debate sobre o Programa de Desenvolvimento do Turismo (PDITS). A intenção era discutir formas de captação e investimentos na infraestrutura de turismo do estado. “Durante esse feriado prolongado, por exemplo, as Cataratas do Iguaçu receberam mais de 33 mil turistas. Precisamos preparar as cidades para melhor receber e assim garantir o fluxo de turistas durante todo ano”, disse.

Pró-militares
Manifestantes invadiram ontem (16) o plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília. Durante o gato, gritaram palavras de ordem como “viva Sergio Moro”, “a nossa bandeira jamais sera vermelha” e cantaram o Hino Nacional. Alguns dos manifestantes também gritaram palavras de ordem a favor de uma “intervenção militar”.

 

15 deputados
O Movimento Brasil Livre (MBL) projeta eleger uma bancada de 15 deputados na Câmara Federal em 2018. A informação consta de duas notas na coluna Painel, da Folha de S.Paulo de domingo (13). O projeto consta de um plano para o MBL se firmar como força política. O anúncio será feito no congresso nacional do MBL, no próximo fim de semana. Gilmar Mendes e João Doria irão ao encontro.

Água fresca
A Polícia Federal investiga suspeitas de que a Odebrecht fez uma reforma na piscina do Palácio da Alvorada durante o segundo mandato do ex-presidente Lula (PT) sem ter contrato com o governo e sem que a obra tivesse registro público.Indícios de que isso ocorreu foram encontrados após análise de mensagens trocadas em 2008 pelo então presidente da empresa, Marcelo Odebrecht, com outros executivos investigados por causa de seu envolvimento com o esquema de corrupção revelado pela Operação Lava Jato.

União da Vitória
A vice-governadora Cida Borghetti (PP) e o secretário da Casa Civil, Valdir Rossoni, participaram sexta (11) da inauguração de unidades de saúde em União da Vitória. As seis novas instalações receberam investimentos de cerca de R$ 4,5 milhões do Governo Federal e da Prefeitura.

União II
O Governo do Estado investe mais R$ 345 mil para a aquisição de equipamentos e mobiliários. Entre as unidades inauguradas está o Centro de Estratégia de Saúde da Família Padre Santo Mário Granzotto. Granzotto era primo da mãe da vice-governadora, dona Ires Anna.

Requianista alivia
O líder do PMDB na Assembleia Legislativa, Nereu Moura, emitiu nota sábado (12), para amenizar a repercussão e as especulações “infundadas sobre a ida dos deputados estaduais do PMDB do Paraná à Brasília”, na última semana. A ida de Nereu, Ademir Bier e Anibelli Neto, “foi exatamente para ouvir a opinião do Senador Roberto Requião, ao contrário do quem vem sendo especulado na mídia”.

Alivia II
“As conversas são para discutir projetos coletivos e individuais, incluindo alianças com demais partidos. O senador Roberto Requião é a principal liderança do PMDB do Paraná e divergências e discussões internas fazem parte de todas as legendas e fortalecem o partido”, conclui a nota de Nereu.

“Felação premiada”
A produtora Brasileirinhas , líder nacional em filmes pornô, lança na quinta-feira a continuação do sucesso “Leva-Jato”. Agora, é a vez de “Felação premiada”. Logo na primeira cena, um promotor e duas rés negociam de forma pouco republicana os termos da colaboração. A informações é do Lauro Jardim.

Sem voto
Num universo de 16.131 candidaturas que não receberam nenhum voto nas eleições de outubro, 14.417 são mulheres. Desse total, 14.413 mulheres concorreram ao cargo de vereador e quatro ao de prefeito. Os homens que não tiveram nem seu próprio voto foram 1.714 – 1.698 eram candidatos a vereador e 16 a prefeito.

Sem voto II
Os dados são de um levantamento do Tribunal Superior Eleitoral. Na avaliação do ministro Henrique Neves, esse número elevado de mulheres que não receberam votos pode ser atribuído às chamadas “candidaturas laranjas”, quando o partido lança candidatos apenas para preencher a cota obrigatória de 30% de participação feminina nas eleições.

15 deputados
O Movimento Brasil Livre (MBL) projeta eleger uma bancada de 15 deputados na Câmara Federal em 2018. A informação consta de duas notas na coluna Painel, da Folha de S.Paulo de domingo (13). O projeto consta de um plano para o MBL se firmar como força política. O anúncio será feito no congresso nacional do MBL, no próximo fim de semana. Gilmar Mendes e João Doria irão ao encontro.
Água fresca
A Polícia Federal investiga suspeitas de que a Odebrecht fez uma reforma na piscina do Palácio da Alvorada durante o segundo mandato do ex-presidente Lula (PT) sem ter contrato com o governo e sem que a obra tivesse registro público.Indícios de que isso ocorreu foram encontrados após análise de mensagens trocadas em 2008 pelo então presidente da empresa, Marcelo Odebrecht, com outros executivos investigados por causa de seu envolvimento com o esquema de corrupção revelado pela Operação Lava Jato.
União da Vitória
A vice-governadora Cida Borghetti (PP) e o secretário da Casa Civil, Valdir Rossoni, participaram sexta (11) da inauguração de unidades de saúde em União da Vitória. As seis novas instalações receberam investimentos de cerca de R$ 4,5 milhões do Governo Federal e da Prefeitura.
União II
O Governo do Estado investe mais R$ 345 mil para a aquisição de equipamentos e mobiliários. Entre as unidades inauguradas está o Centro de Estratégia de Saúde da Família Padre Santo Mário Granzotto. Granzotto era primo da mãe da vice-governadora, dona Ires Anna.
Requianista alivia
O líder do PMDB na Assembleia Legislativa, Nereu Moura, emitiu nota sábado (12), para amenizar a repercussão e as especulações “infundadas sobre a ida dos deputados estaduais do PMDB do Paraná à Brasília”, na última semana. A ida de Nereu, Ademir Bier e Anibelli Neto, “foi exatamente para ouvir a opinião do Senador Roberto Requião, ao contrário do quem vem sendo especulado na mídia”.
Alivia II
“As conversas são para discutir projetos coletivos e individuais, incluindo alianças com demais partidos. O senador Roberto Requião é a principal liderança do PMDB do Paraná e divergências e discussões internas fazem parte de todas as legendas e fortalecem o partido”, conclui a nota de Nereu.
“Felação premiada”
A produtora Brasileirinhas , líder nacional em filmes pornô, lança na quinta-feira a continuação do sucesso “Leva-Jato”. Agora, é a vez de “Felação premiada”. Logo na primeira cena, um promotor e duas rés negociam de forma pouco republicana os termos da colaboração. A informações é do Lauro Jardim.
Sem voto
Num universo de 16.131 candidaturas que não receberam nenhum voto nas eleições de outubro, 14.417 são mulheres. Desse total, 14.413 mulheres concorreram ao cargo de vereador e quatro ao de prefeito. Os homens que não tiveram nem seu próprio voto foram 1.714 – 1.698 eram candidatos a vereador e 16 a prefeito.
Sem voto II
Os dados são de um levantamento do Tribunal Superior Eleitoral. Na avaliação do ministro Henrique Neves, esse número elevado de mulheres que não receberam votos pode ser atribuído às chamadas “candidaturas laranjas”, quando o partido lança candidatos apenas para preencher a cota obrigatória de 30% de participação feminina nas eleições.

R$ 300 milhões
Este é o montante que o deputado Chico Brasileiro (PSD), presidente da Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa, tenta liberar junto ao Programa Regional de Desenvolvimento do Turismo (PDTIS). “Estou novamente em Brasília na busca por recursos para o Paraná e em especial para Foz do Iguaçu”, disse ontem Brasileiro, ao postar foto numa rede social, em reunião com os coordenadores do PDTIS. Os recursos, segundo ele, serão para infraestrutura no turismo do Estado.

Agenda
O roteiro de Chico Brasileiro em Brasília incluiu ainda visita ao ministro da Saúde, Ricardo Barros, na tentativa de salvar o Hospital Municipal Padre Germano Lauck. “Contamos também com o apoio do Deputado Federal Evandro Roman em nossa conversa no Ministério das Minas e Energias na busca de liberação dos Royalties de Itaipu, que estão atrasados a 2 meses”, disse.

Desapropriações
O Estado repassou nesta ontem (10) mais R$ 6 milhões à prefeitura de Londrina para o pagamento pela desapropriação de lotes de imóveis para permitir a ampliação do aeroporto José Richa. O desembolso, da Fomento Paraná, é parte de um contrato no valor de R$ 11 milhões, assinado em junho de 2016, entre a prefeitura e o governo, e contempla 10 imóveis cujos proprietários concordaram com a negociação amigável em torno do valor dos terrenos.

Em Brasília
Desde que foi eleito prefeito de Cascavel, em 2 de outubro, o deputado Leonaldo Paranhos (PSC) não parou de trabalhar em busca de verbas e projetos para a cidade. Nesta semana, na segunda e terça (dias 7 e 8) visitou quatro ministérios em Brasília e ainda manteve contatos com deputados e o senador Alvaro Dias (PV).

No gabinete
A deputada Claudia Pereira (PSC) recebeu esta semana visita dos chefes do Escritório Regional da Família e Desenvolvimento Social. De Foz do Iguaçu veio Roberta Barco Lopes; de Laranjeiras do Sul, Márcio Alexandre de Souza; e de Toledo, Sirlei Mosconi.

Advogada
Claudia Pereira também presidiu a reunião da Comissão da Mulher, que aprovou projeto de Mara Lima (PSDB), que institui o Dia da Mulher Advogada no Paraná, a ser comemorado em 20 de agosto. “A data faz referência ao dia da inscrição na OAB da primeira mulher advogada no Estado”, lembra a deputada, que também é advogada.

Bloqueados
O juiz da 2ª Vara Cível de Campo Mourão, Cezar Ferrari, determinou na quarta (09), a suspensão da lei municipal nº 3.659/2015 que reduz pela metade a carga horária dos médicos dos postos de saúde sob pena de multa diária no valor de R$ 10 mil para cada médico que descumprir a medida. O magistrado decidiu também pelo bloqueio dos bens da prefeita do município, Regina Dubay (PR) no montante de R$ 437, 7 mil, por aprovar a lei reduzindo a carga horária.

#CataratasDay2016
Nesta sexta (11) será realizada uma grande mobilização para marcar o dia em que as Cataratas do Iguaçu foram eleitas uma das Sete Novas Maravilhas da Natureza. O #CataratasDay2016 será divulgado nas redes sociais de internet. Pessoas de todo o mundo estão sendo convidadas a postar fotos e vídeos do atrativo.

 

Corrupção sem fim
Não, não existe uma salvação nacional, não existe um fato ou uma pessoa que vai salvar o País. Um caso, pela escala que ele tem, como esse da Lava Jato, pode auxiliar a melhorar a qualidade da nossa democracia”. Do juiz federal Sérgio Moro, condutor da Operação Lava Jato, em entrevista ao Estadão de ontem (06). Na conversa, com os jornalistas Fausto Macedo e Ricardo Brandt, Moro também negou qualquer possibilidade de entrar para a política.

Alvaro fora
De acordo com a coluna de Mônica Bergamasco, na IstoÉ, o senador Alvaro Dias (PV), embora afirme que existe hoje um vácuo político no Paraná, descarta uma candidatura ao Governo do Estado em 2018. Ele segue firme na intenção de disputar o Planalto para atrair novos filiados à sigla.

Mídia nacional
A charge política e animada do potal UOL do final de semana trouxe a situação passada por dois políticos paranaenses: a do prefeito eleito Rafael Greca (PMN) ao responder a pergunta de um repórter da Gazeta do Povo e a senadora Gleisi Hoffmann (PT) ao ser confrontada nos corredores do Senado Federal.

Tropeada e susto
O deputado Nereu Moura, líder do PMDB na Assembleia Legislativa, passou por maus momentos sábado (05), ao participar de uma tropeada, na área rural de Catanduvas e Quedas do Iguaçu. Ao cruzar num trecho do rio Guarani, no limite entre os dois municípios, foi tragado pelas águas. O resgate ocorreu aproximadamente mil metros abaixo do ponto da queda. Ele permaneceu por aproximadamente 15 minutos desacordado e acabou reanimado por integrantes da cavalgada.

Cancelada
A audiência pública que seria realizada nesta segunda (07), no Colégio Estadual do Paraná em Curitiba, para debater a Medida Provisória do Ensino Médio – MP 746/16 – em tramitação no Congresso Nacional, foi cancelada. A informação é do deputado federal Toninho Wandscheer (PROS-PR), coordenador da bancada paranaense em Brasília. Segundo ele, não há consenso entre os parlamentares para realizar os debates nesta oportunidade. “Vamos discutir uma próxima data se possível”, afirmou.

Encerrada
Terminou no final de semana a greve de servidores da Universidade Estadual de Londrina, que já durava 19 dias. “A suspensão foi determinada para que possamos negociar com o governo o pagamento da reposição salarial”, conta Arnaldo Mello, diretor do sindicato. “Se o governo não avançar na proposta de reposição, a categoria paralisa as atividades novamente”, garante.

Nono dígito
Começou a valer ontem o nono dígito nos telefones celulares dos três estados do Sul do país. As chamadas feitas com os atuais oito dígitos serão completadas normalmente só até 15 de novembro. Quem tem celulares com sistemas operacionais Android e iOs não precisa fazer a mudança à mão – o que pode demorar horas dependendo da quantidade de contatos. Para isto, baixa baixar aplicativos de mudança automática.

Intolerância religiosa
Os inscritos no Enem realizaram ontem a segunda etapa da prova. O tema da Redação foi os “Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil”. Além disso, os candidatos responderam a duas provas de múltipla escolha (de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, e de Matemática e suas Tecnologias), com 45 questões cada.

Machismo
O primeiro dia (sábado, 05) foi marcado por uma prova de Ciências Humanas Complexas e por questões sobre Ciências da Natureza. O machismo, que em 2015 foi tema de redação, voltou a figurar na prova deste ano.

Trio para 2018?
Encerradas as eleições municipais de 2016, começam as articulações para o pleito de 2018. De acordo com os números saídos das urnas, já é possível antecipar prováveis e possíveis composições. E neste novo mapa político do Paraná, no dia seguinte ao segundo turno, Ratinho Júnior (PSD) e Osmar Dias (PDT) já pregaram as pré-candidaturas à sucessão de Beto Richa (PSDB). Mas no que depender de algumas peças importantes do xadrez político estadual, os dois (Ratinho e Osmar) poderão marchar juntos com Richa no próximo pleito. É que daqui a dois anos estarão em disputa o Governo do Estado e duas cadeiras no Senado ocupadas atualmente por Roberto Requião (PMDB) e Gleisi Hoffmann (PT).

Trio II
Entre Ratinho e Osmar, nesse caso, um sairia candidato a governador e o outro a Senador. Richa pode ficar nesta chapa também como candidato ao Senado já que são duas vagas, especula a imprensa.

Mais velha
A Câmara de Curitiba terá, em 2017, a vereadora mais velha do Brasil. Maria de Lourdes Beserra de Souza, mais conhecida como Dona Lourdes do Santa Quitéria, está há 12 anos na Casa e conquistou, no dia 02 de outubro, o quarto mandato. No dia 3 de dezembro, ela completa 89 anos de idade.

Testemunhas
O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) chamou o presidente Michel Temer (PMDB) e o ex-presidente Lula (PT) como testemunhas de defesa em ação penal na Operação Lava Jato. Temer e Lula fazem parte de um rol de 22 testemunhas convocadas pelo ex-presidente da Câmara dos Deputados, que está preso preventivamente em Curitiba, desde o dia 19 de outubro, por decisão do juiz Sérgio Moro.

Parceria continua
O governador Beto Richa (PSDB) recebeu terça (1º de novembro) o prefeito reeleito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel (PPS). Acompanhado do deputado Plauto Miró (DEM), Richa adiantou que a cidade dos Campos Gerais continuará recebendo a atenção do Estado, principalmente em infraestrutura. “Os ponta-grossenses fizeram a melhor escolha para a cidade. Tenho a certeza de que o prefeito Rangel vai proporcionar um desenvolvimento ainda maior para a cidade”, disse.

Morte na estrada
Mais uma notícia triste nas estradas do Paraná. O prefeito eleito de Foz do Jordão, Anselmo Albino Amâncio, de 56 anos, morreu no final da tarde de segunda, ao colidir seu veículo, im Fiat Strada, em um caminhão e num barraco. O sinistro ocoreu em Candói, centro sul do Estado. Com o impacto da batida, o veículo do prefeito incendiou. Populares retiraram o corpo sem vida, antes do mesmo pegar fogo.

Desocupa
O desembargador Vitor Roberto da Silva, do Tribunal de Justiça do Paraná, determinou terça-feira a reintegração de posse pelo Estado de mais 17 escolas estaduais que estavam ocupadas: 13 em São José dos Pinhais, duas em Irati e duas em Inácio Martins.

Na ONU
A advogada Rosangela Wolff Moro, mulher do juiz federal Sérgio Moro, aceitou convite da Portuguese Language Institute (POLI) para falar na Organização das Nações Unidas, no dia 02 de dezembro. A pauta será a missão generosa das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAEs).

Novo voo
A Azul companhia aérea anunciou que vai implantar um novo voo diário entre Foz do Iguaçu (PR) e Porto Alegre (RS), para a alta temporada de Natal e Réveillon 2016-2017. O serviço integra o plano de expansão da Azul, a partir da capital gaúcha.

Manter ocupações
O presidente da APP-Sindicato, Hermes Leão, defendeu ontem (31 de outubro) a paralisação da greve dos professores em apoio às ocupações das escolas do Paraná. “Estamos na quarta greve. É um ritmo intenso de resistência que vai prosseguir intensamente e ainda mais agora é um alento para todo, o reforço da juventude, dos adolescentes alguns ainda crianças que precisam ser protegidos, cuidados e garantidos a sua participação na resistência”, disse ele, em vídeo publicado nas redes sociais.

Ocupações II
“Nesse sentido, suspender a greve é uma tática de voltar na escola para puxar todos os companheiros para luta com paciência, com trabalho e garantir que as ocupações se mantenham até quando seja necessário. Cada professor e cada funcionário vai apoiar as ocupações, vai cuidar e vai respeitar. Nesse sentido eu estou pedindo voto pela suspensão da greve”, completou.

Enem adiado
Devido às ocupações, o Ministério da Educação adiantou ontem que vai adiar a aplicação das provas do Enem, previstas de 5 a 6 de novembro, em pelo menos 300 escolas, a maioria no Paraná. A medida será confirmada hoje (1º), após a conclusão de uma nova checagem sobre a situação dos estabelecimentos.

‘Ocupação e sandice’
“É uma sandice tentar defender uma bandeira de educação ocupando uma escola, impedindo os jovens de fazerem o Enem no próximo sábado (5). O diálogo deve existir, o que não deve existir é o uso político da escola, isso é odioso”. Do prefeito eleito de Curitiba, Rafael Greca (PMN), sobre as ocupações de escolas.

Negado
Bateu na trave a tentativa do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de sair da prisão em Curitiba. O desembargador João Pedro Gebran Neto, da 13ª Vara Federal, negou um pedido liminar para libertá-lo. Segundo ele, Cunha despreza a lei, a coisa pública e a Justiça. O magistrado ainda listou quatro argumentos para manter o ex-deputado preso.

R$ 20 mil
Este é o montante que será pago todos os meses ao ex-ministro Paulo Bernardo (Planejamento e Comunicação). Ele se aposentou no Banco do Brasil (BB), onde era servidor de carreira. Outro ex-ministro, Ricardo Berzoini (PT), também está pensando em pedir a aposentadoria no BB.

Decisão sábia
O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), líder do governo na Assembleia Legislativa, afirmou ontem que a decisão de suspender a greve tomada pelos professores estaduais foi um ato de sabedoria. A paralisação da categoria foi iniciada no dia 17 de outubro.

Sem votar
O alto índice de abstenções, votos em branco ou nulo, chamou a atenção da imprensa. Ontem veio à tona que os ex-presidentes Lula e Dilma, ambos do PT, engrossaram a estatística. Lula alegou ter mais de 70 anos e não precisa votar.

No Senado
A estudante Ana Júlio Ribeiro, de 16 anos, que na semana passada falou na Assembleia Legislativa defendendo o movimento de ocupações de escolas, ontem falou no Senado. Ela voltou a usar a expressão “mãos sujas”, agora em referência aos senadores que podem aprovar a PEC dos gastos públicos.

 

Desocupa, ocupa
Os estudantes que ocupam o Colégio Estadual do Paraná, o maior da rede pública do Estado, desistiram da desocupação anunciada na noite de sexta-feira (28). Acampados no local, desde o dia 06 de outubro, eles realizaram nova assembleia no início da tarde de sábado (29), e decidiram permanecer no local. Na última semana, o deputado federal Fernando Francischini (SD) publicou vídeo nas redes sociais, defendendo a desocupação imediatas das escolas que, segundo ele, são controladas por grupos da Upes (União Paranaense dos Estudantes Secundaristas), UJS (União da Juventude Socialista), PT, Psol, PCdoB e outros. “Desocupa Paraná, estudantes querem estudar”, disse.

Penitenciárias
O presidente Michel Temer (PMDB) disse que, na reunião com os chefes dos três Poderes nesta sexta para debater segurança pública, ficou definido que serão aplicados ainda este ano R$ 788 milhões para a construção e a melhoria de penitenciárias. Em um breve pronunciamento, ele lembrou que o STF determinou que recursos do sistema penitenciário não podem ser contingenciados.

Fim do mundo
Com este sugestivo apelido passou a ser denominada a delação premiada de 75 executivos da empreiteira Odebrecht, incluindo seu ex-presidente Marcelo Odebrecht. Distribuído em mais de 300 anexos – 300 novas histórias sobre a corrupção no Brasil –, o acordo a ser assinado com o Ministério Público envolve os ex-presidentes Dilma e Lula, o atual Michel Temer, além de graduados tucanos e peemedebistas.

US$ 211 milhões
Este é o montante que a Odebrecht teria movimentado em contas secretas por meio de empresas de fachada na Suiça. Os dados são de documentos do Tribunal de Justiça do país europeu. O montante foi para executivos da empreiteira alvo da Operação Lava Jato.

Reforço
Para garantir a tranquilidade no segundo turno das eleições 2016, que terminaram ontem em Curitiba, Ponta Grossa e Maringá, o Governo do Estado solicitou ajuda da Força Tarefa Nacional. Ao menos 1,8 milhão de paranaenses voltaram às urnas. Até o fechamento a coluna, às 15h, não ainda não haviam sido divulgados os resultados do pleito.

Repatriação
Bateu na trave a tentativa da jornalista Cláudia Cruz, esposa de Eduardo Cunha, para repatriar recursos mantidos no exterior. A juíza Diana Maria Wanderlei da Silva, da 5ª Vara da Justiça Federal em Brasília, negou sexta o pedido. Segundo ela, será preciso investigar antes se o dinheiro, não informado o montante, é produto de crime.

Sub judice
O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Gilmar Mendes, estimou em mais de 100 candidaturas que ainda estão “sub judice” em todo o país. Em entrevista à imprensa, ele afirmou que as candidaturas poderão ser impugnadas pela Justiça Eleitoral. Esses números se referem tanto a candidatos em cidades em que houve apenas um turno, quanto de cidades em que há segundo turno nas eleições municipais deste ano.

 

Boca de urna
O Ibope registrou esta semana a primeira pesquisa boca de urna desta eleição em Curitiba. Contratada pelo próprio instituto, ao custo de R$ 68.645,54, a pesquisa vai ouvir 4 mil eleitores no domingo (30), dia do segundo turno do pleito. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. O registro no TRE é PR-00015/2016.

Pesquisa II
Antes da pesquisa de boca de urna, dois novos levantamentos serão divulgados esta semana em Curitiba. Na sexta (28), o Opinião deverá divulgar uma nova pesquisa. Contratada ao custo ao custo de R$ 20 mil pelo Portal Massa News, vai ouvir 1.200 eleitores e deverá ser divulgado na sexta-feira (28). O registro no TSE leva o número PR-00703/2016.

Pesquisa III
No sábado (29), véspera da eleição, o Ibope divulga levantamento contratado pela RPC/TV, ao custo de R$ 68.645,54. Serão ouvidos 1001 eleitores. O registro no TSE leva o número PR-00015/2016.

Arquivada
Após muitas discussões acalouradas e público nas galerias, a Câmara de Vereadores de Ponta Grossa arquivou pedido de criação de uma Comissão Parlamentar Processante (CPP), contra o prefeito Marcelo Rangel (PPS). A intenção era investigar um suposto crime de responsabilidade fiscal cometido pelo chefe do Executivo.

Vitimação
“Quem mais está denunciado não é o PT. É que o PT se vitimiza mais. Quem mais está denunciado é o PP e o PMDB”. Do procurador da República, Deltan Dallagnol, sobre os discursos de partidarização da Operação Lava-Jato, durante palestra em Campo Mourão.

Desocupadas
Até o final da tarde de ontem (26), das 831 escolas ocupadas por estudantes no Paraná, 159 haviam sido desocupadas. A informação da Secretaria Estadual de Educação não havia sido confirmada pelo movimento Ocupa Paraná, que admite desocupações, mas não o número dado pelo governo. As ocupações começaram em 3 de outubro, em protesto contra a reforma do ensino médio proposta pelo governo federal por meio de medida provisória.

Devolvam
O professor Gilmar Dzalickz, do Movimento Desocupa Paraná, falou terça (25) na Assembleia Legislativa sobre a situação dos professores que não aderiram à greve da APP-Sindicato e que também não apoiam a ocupação das escolas. Ao final fez um apelo para que as escolas “sejam devolvidas”.

Apócrifos
A Justiça Eleitoral apreendeu ontem mais panfletos apócrifos contra Rafael Greca (PMN), que aponta a campanha do candidato Ney Leprevost (PSD), como autora do material. Na segunda (24), o juiz Jederson Suzin já havia proibido a distribuição de material, o que, poderia confirmar desobediência de Leprevost, caso confirmada a autoria. A multa pelos apócrifos chega a R$ 80 mil.

62 anos
A Copel completou ontem 62 anos de fundação. A maior empresa paranaense foi reconhecida, pela quarta vez em seis anos, como a melhor da América Latina, consolidando a percepção dos consumidores sobre a qualidade de seus serviços. A entrega do Prêmio CIER (concedido pela Comisión de Integración Energetica Regional) ocorrerá no início de novembro, em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia.

 

‘Desocupa Cascavel’
A insatisfação de estudantes contrários às ocupações do CEEP (Centro Estadual de Educação Profissional Pedro Boaretto Neto) levou um grupo de estudantes a criar um movimento para cobrar a desocupação da instituição. Liderados por alunos dos cursos técnicos noturnos, os estudantes pretendem fazer manifestações em frente à instituição de ensino e iniciar uma espécie de movimento “Desocupa Cascavel”. À CGN, líderes da iniciativa disseram acreditar que o protesto no CEEP pode influenciar alunos de outras escolas a fazerem o mesmo. Mais de 30 colégios estão ocupados em Cascavel por alunos que protestam contra a proposta de reforma do ensino médio.

Vai rever
O governo Beto Richa (PSDB) admitiu retirar da pauta da Assembleia Legislativa às propostas de emendas à LDO de 2017 que preveem a suspensão por tempo indeterminado do reajuste salarial dos servidores. Para isso, porém, quer que os servidores já em greve – professores, funcionários de escolas e policiais civis – voltem ao trabalho. A proposta foi apresentada pelo chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni (PSDB), um dia após reunião de negociação com o funcionalismo.

Calafrios
A Procuradoria-Geral da República avalia que a prisão de Eduardo Cunha e a perspectiva de uma delação premiada faça possíveis colaboradores acelerarem suas negociações para assinar acordos. O medo, anota o jornalista Lauro Jardim, é que uma delação de Cunha torne irrelevante o que pessoas que atuaram com ele têm a dizer. Lúcio Funaro, por exemplo, preso há quase 120 dias.

Com Greca
A secretária Fernanda Richa (Família e Desenvolvimento) participou ontem (20) e participa hoje (21), do programa eleitoral do candidato Rafael Greca (PMN). “Todos vocês sabem que o Cras é a porta de referência para todos os serviços de assistência social. Cras e Crea são imprescindíveis para uma administração muito importante na assistência social. É por este motivo que vamos fazer uma parceira muito forte com Greca e o Governo do Estado para poder resgatar essa assistência social que hoje está faltando muito na cidade de Curitiba”, disse.

Com evangélicos
O candidato a prefeito de Curitiba, Ney Leprevost (PSD), foi recebido ontem por mais de 150 fiéis da Igreja Batista do Bacacheri. No encontro, mediado pela jornalista Mira Graçano, Ney falou dos trabalhos já realizados por ele como a lei da Ficha Limpa e da Mamografia, expôs suas principais propostas, respondeu aos questionamentos da comunidade cristã e ressaltou o papel fundamental das igrejas como a Batista para a cidade para atender serviços que muitas vezes o poder público não consegue atender.

Richa recebe
O governador Beto Richa recebeu ontem as visitas dos ex-ministros Gustavo Krause (Fazenda e Meio Ambiente) e Pimenta da Veiga (Comunicações), do fundador do grupo RIC, Mario Petrelli, e do ex-procurador geral do Estado, Sergio Botto de Lacerda. ”, disse Richa no facebook.

 

Vigília na escola
As ocupações de escolas da rede estadual têm dominado o noticiário. A cada dia, novos estabelecimentos são tomados por estudantes, que não concordam com as mudanças do Ensino Médio, que vem sendo anunciada pelo governo federal. Diante deste quadro, e com medo dos filhos perderem aulas, os pais do Colégio Estadual Marechal Rondon, em Campo Mourão, se organizaram e com apoio da direção do estabelecimento, fizeram reunião com 1,4 mil estudantes e definiram em ata que a unidade não poderá ser ocupada.

Vigília II
“A maioria dos participantes da reunião se posicionou contrária à ocupação. Tivemos apenas dez pessoas a favor”, informou à imprensa a diretora da escola, Rita de Cássia Cartelli de Oliveira. Os pais agora têm se revezado em vigília, divididos em três turnos, para evitar manifestações.

Baixa adesão
Na escola, aproximadamente 20% dos professores aderiram à greve convocada pela APP-Sindicato. Porém, segundo a direção, 90% dos estudantes seguem tendo aulas normais.

Contrainformação
Ainda sobre a greve, o que se tem visto neste início de semana é uma guerra de números. A Secretaria Estadual de Educação suspeita que a APP-Sindicato vem inflando os dados ao somar o número de professores que aderiram ao movimento, o total de escolas que estão em recesso escoar até sexta (21), devido às ocupações.

Transição
Apesar de ter sido derrotado por 11.096 a 5.848 (65% a 34%), o prefeito de Goioerê, Beto Costa, já abriu as portas para seu “adversário”, Pedro Coelho. Ambos já nomearam equipes de transição, demonstrando um clima de tranquilidade. As equipes já tem até sala para as reuniões na prefeitura.

Recuada
Diante da polêmica, o governo desistiu da reforma do FGTS, segundo edital lançado pela Secretaria do Tesouro Nacional, no dia 25 de agosto. Aos acadêmicos que se inscreveram, o Tesouro Nacional informou que o edital foi cancelado por questões administrativas.

Fundo partidário
O presidente nacional do PMDB, senador Romero Jucá, quer flexibilizar o uso dos recursos do fundo partidário. Tudo isto, segundo ele, que já convocou os caciques dos demais partidos, por que o fim do financiamento empresarial engessou a utilização das verbas. A primeira medida, de acordo com a proposta de Jucá, é reduzir de 20% para 5%, conforme prevê a legislação, o investimento das legendas nas fundações.

Fundo eleitoral
Mas as mudanças de Jucá não param por aí. Ele também vai defender junto aos líderes partidários, a criação de um fundo eleitoral para custear campanhas.

No TJ-PR
O juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava-Jato, fará palestra no Tribunal de Justiça do Paraná no dia 20 de outubro (próxima quinta) às 10 horas. O convite partiu do presidente do TJ, o desembargador Paulo Roberto Vasconcelos.

Agrinho
A Assembleia Legislativa aprovou, por unanimidade ontem (18), requerimento do deputado Nereu Moura para o envio de votos de congratulações a FAEP, pelo Programa Agrinho. A promoção, que este ano chega à 21ª edição, terá sua final na próxima segunda-feira (24), no Expotrade em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

 

Chapa única
Os deputados elegem no início da tarde desta segunda (17), em uma sessão especial, a composição da nova Mesa Diretora, que vai comandar os rumos da Assembleia Legislativa nos próximos dois anos. O pleito terá chapa única, com poucas mudanças em relação a atual composição. A chapa “Parlamento Forte” é composta pelo presidente Ademar Traiano (PSDB). O atual 1º vice, Jonas Guimarães (PSB) será segundo-secretário substituindo o atual Ademir Bier (PMDB), em seu lugar vai assumir Guto Silva (PSD). O 2º e 3º vices são André Bueno (PSDB) e Gilberto Ribeiro (PRB). O 1º secretário Plauto Miró (DEM) continua no posto. Completam a chapa o 3º, 4º e 5º secretários Wilmar Reichembach (PSC), José Carlos Schiavinato (PP) e Adelino Ribeiro (PSL), respectivamente.

Rádio e tevê
Começou no sábado (15), a propaganda política em rádio e tevê no segundo turno das eleições em Curitiba. Os candidatos Rafael Greca (PMN) e Ney Leprevost (PSD) demonstraram, que além de propostas, vão para o confronto até o pleito, que acontece no dia 30 de outubro.

Mais pesquisa
O Ibope registrou sábado, a primeira pesquisa de intenção de voto neste segundo turno em Curitiba. Serão 805 entrevistas com a divulgação prevista para a próxima sexta-feira, 21. A contratante do levantamento é a RPC/TV Globo ao custo de R$ 52.204,46.

Pesquisa II
Além da intenção de voto em Greca e Leprevost, o Ibope vai medir o interesse na eleição, o voto do primeiro turno, a preferência partidária, a avaliação dos governos Gustavo Fruet (PDT), Beto Richa (PSDB) e Michel Temer (PMDB) e quem, na opinião dos eleitores, será o próximo prefeito de Curitiba independente da preferência. O registro no TSE tem o número PR-08766/2016.

Pesquisas III
Além do Ibope, durante a semana poderá ser divulgado levantamento do Instituto Opinião em Curitiba, como registrou na última semana. Também poderão ser divulgados resultados de pesquisas do Instituto Nacional de Pesquisas e Editora (INPE) em Maringá e Ponta Grossa e mais um do Instituto Veritá em Maringá.

Greve
O início de semana promete ser agitado no Centro Cívico de Curitiba. De acordo com a decisão da APP-Sindicato, em assembleia geral na última quarta-feira (12), os professores da rede estadual entram em greve por tempo indeterminado nesta segunda (17). O movimento foi mantido mesmo após o Governo do Estado mandar suspender a votação de uma emenda prevendo o congelamento de reajustes do funcionalismo.

Greve II
Também a Polícia Civil decidiu por aderir a greve dos professores. Os movimentos ocorrem paralelamente as ocupações de escolas estaduais, promovidas por estudantes contra a reforma do Ensino Médio que está sendo encaminhada pelo Governo Federal.

Censura política
O número de candidatos que recorrem à Justiça para pedir a retirada ou a censura prévia de reportagens jornalísticas triplicou na eleição deste ano, em comparação com 2012. Os dados, revelados pelo Diário do Poder, são da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji). Foram 74 ações cerceando a liberdade de publicação nestas eleições. O volume supera o de 2012, quando em todo o período eleitoral houve 23 processos.

Censura II
As ações pedem monitoramento de publicações e jornalistas; o recolhimento de jornais e até a suspensão de programas de rádio. Em relação ao número de processos movimentos por partidos e candidatos, já são 466 registros neste ano, contra 419 feitos em 2012. É uma plataforma criada pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo para mapear pedidos de retirada de conteúdo da internet.

Pesquisas
Uma série de novas pesquisas vai agitar, no início da próxima semana, os bastidores políticos dos municípios do Paraná, onde ocorre o segundo turno das eleições. Desde segunda-feira (10), quatro novas pesquisas foram registradas no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O Instituto Nacional de Pesquisas e Editora (INPE) fará dois levantamentos – um em Maringá e outro em Ponta Grossa. Na última quinta-feira (13), foram registradas duas pesquisas, uma nova rodada do Instituto Opinião em Curitiba e outra do Instituto Veritá em Maringá.

Sem prisão
A partir deste sábado (15), nenhum candidato a prefeito que participará do segundo turno das eleições 2016 poderá ser detido ou preso, salvo em flagrante delito. A regra também vale para mesários e fiscais de partido, durante os exercícios de suas funções, como prevê o Código Eleitoral e vale até 48h após o término do pleito.

Rádio e TV
Também neste sábado ocorre a data-limite para o início do período de propaganda eleitoral gratuita, no rádio e na televisão, relativo ao segundo turno, observado o prazo final para a divulgação do resultado das eleições. O horário eleitoral é dividido em dois períodos diários de 20 minutos, tendo início às 7h e às 12h, no rádio, e às 13h e às 20h30, na televisão.

Sabatinados
Os candidatos a prefeito de Curitiba, Rafael Greca (PMN) e Ney Leprevost (PSD), serão sabatinados por empreendedores da cidade na próxima segunda (17). O encontro, anota a Gazeta do Povo, é promovido pelo movimento “+ empreendedores + emprego”, formado por 15 entidades apoiadoras de causas empreendedoras, como Fiep, Sebrae, Endeavor, Aldeia Coworking, entre outras.

Sabatinados II
O movimento traz uma pauta mínima para que os candidatos se comprometam caso sejam eleitos. “São três pontos que vão ajudar a melhorar o ambiente empreendedor na cidade”, destaca a gerente regional da Endeavor no Paraná, Mariana Foresti.

Nacional
O presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, recebeu quinta (13) o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). No encontro, eles discutiram meios para agilizar a aprovação do projeto de lei que cria o Registro Civil Nacional (RCN), proposta de autoria da Justiça Eleitoral em parceria com o Poder Executivo.

Nacional II
O RCN utilizará as bases de dados biométricos da Justiça Eleitoral, do Sistema Nacional de Informações de Registro Civil e outras informações biográficas ou biométricas contidas em bases de dados da Justiça Eleitoral ou disponibilizadas por outros órgãos. Com o RCN, fica dispensada a apresentação dos demais documentos.

Educadores
Acontece no próximo dia 7 de novembro, a partir das 8h30, no Teatro Municipal de Cascavel, mais um Seminário de Educação da Amop. A expectativa é reunir 700 educadores de 52 municípios da região, que discutirão “O planejamento do trabalho pedagógico como fundamento teórico-prático do currículo: do plano da escola ao plano na sala de aula”.

Mudanças no secretariado
Após o término das eleições municipais de 2016, o governador Beto Richa (PSDB) começa a analisar a mudança no secretariado. A ideia é fundir pastas e substituir uma parte considerável do time para os dois últimos anos de mandato. Uma das mudanças que está quase certa é fusão das secretarias de Administração e Planejamento, que deverá ficar com um deputado estadual. A primeira mudança, porém, ocorre antes: Reinhold Stephanes já saiu para voltar ao mandato de deputado federal em Brasília.

PT isolado
O PT não apoiará nenhum candidato em 12 das 18 capitais onde haverá segundo turno. Ao contrário de eleições anteriores, o partido de Lula apoiará apenas o PSOL em Belém e no Rio de Janeiro. Apenas no Recife o partido está na disputa. Já em São Luiz e em Aracaju está na chapa de PDT e PCdoB, respectivamente.

Doria apoia Greca
O tucano João Doria, prefeito eleito de São Paulo, gravou depoimento de apoio a Rafael Greca (PMN), que disputa a prefeitura de Curitiba. Doria é a grande revelação dessas eleições, tendo vencido em sua primeira disputa nomes fortes na capital paulista. O depoimento deve entrar no ar na próxima semana, quando volta o horário eleitoral.

Tia Rose
O candidato a prefeito de Curitiba, Ney Leprevost (PSD), visitou nesta quarta (12), a professora Rose, sua primeira professora no ensino fundamental. “Quando vejo meu aluno Ney choro de orgulho. Ele passa honestidade e vontade política. Será o melhor prefeito que Curitiba já teve”, disse ela.

Vereadoras
A proporção de mulheres eleitas para o legislativo municipal se manteve entre as eleições de 2012 e de 2016. É o que revelam os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Neste ano, 13,5% dos vereadores eleitos são mulheres – ou 7,8 mil de 57,8 mil candidatos. Há quatro anos, o percentual foi de 13,3% – 7,7 mil de 57,4 mil candidatos.

Prefeitas
Os dados são semelhantes na relação de chefes do Poder Executivo. A proporção de mulheres eleitas, no primeiro turno, neste ano foi de 11,6%, percentual ligeiramente menor que o de 2012: 12%.

Nos ares
Mais uma cidade do Paraná passa a contar com voos comerciais. A partir do Aeroporto Sant’anna, Ponta Grossa terá o serviço a partir dessa semana com uma ligação da Azul a Campinas, via Aeroporto Internacional de Viracopos. Os voos regulares atendem 750 mil habitantes de 19 cidades dos Campos Gerais.

Economia
O início das operações deve gerar economia para os passageiros da região, uma vez que a opção mais próxima era o Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

Verão
O horário de verão começa à zero hora do próximo domingo (16) em 10 estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além do Distrito Federal. Nesses locais os relógios devem ser adiantados em uma hora, deixando o domingo com 23 horas de duração. A operação inversa, que vai marcar o final do Horário de Verão, acontecerá em 19 de fevereiro.

Tempo menor I
A propaganda eleitoral gratuita no rádio e tevê, em Ponta Grossa, será menor neste segundo turno. A duração do programa da tarde e da noite foi mantida, mas as inserções ao longo da programação foram cortadas pela metade. Em 11 dias de campanha, seriam 840 peças de 30 segundos, mas os candidatos Marcelo Rangel (PPS) e Aliel Machado (Rede) terão direito a 420 inserções.

Tempo menor II
Das 54 cidades brasileiras com eleições em segundo turno, em ao menos 20, uma das chapas tentou reduzir pela metade o tempo da propaganda eleitoral. Em 15 municípios – seis deles capitais –, houve acordo entre as candidaturas, e a Justiça Eleitoral autorizou o corte das inserções diárias.

Custos
As justificativas para reduzir o tempo no rádio ou na tevê vão desde a falta de recursos (a lei veta doação de pessoas jurídicas), a exigência de 75% de presença do candidato nas peças veiculadas, o que tira tempo para campanha nas ruas e até mesmo o desinteresse do eleitor.

Diálogo
O governador Beto Richa (PSDB) defendeu, em vídeo divulgado ontem (11), um amplo debate com a comunidade escolar para definir a implantação, no Paraná, da reforma do ensino médio prevista na medida provisória 746, do governo federal. A MP tem motivado as ocupações de estabelecimentos de ensino no Estado.

Nova greve
Além das ocupações de escolas, a grade este ano poderá ser prejudicada com a greve dos professores definida pela APP-Sindicato ontem (12) de manhã. A paralização terá início na próxima segunda (17) e é por tempo indeterminado, segundo anunciou a direção da APP. O protesto é contra uma emenda da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO),encaminhada pelo governo do Estado à Assembleia Legislativa.

Censura “política”
Não está fácil a vida de jornalistas e comunicadores neste período eleitoral. De acordo com levantamento da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), o número de ações judiciais de autoria de partidos e políticos pedindo a censura prévia a jornalistas e publicações mais do que triplicou este ano, em relação a 2012 – 74 contra 23, respectivamente.

Não se entende
Pela segunda vez, o sobrinho do senador Roberto Requião (PMDB), o deputado João Arruda (PMDB), não obedeceu o tio. Arruda votou pela aprovação da PEC que contem os gastos públicos e não permite que sejam extrapolados para além da correção inflacionária, pelos próximos 20 anos.

Não se entende II
Já o filho de Requião, o deputado Requião Filho, sempre se posicionou contra as medidas de contenção de gastos e de austeridades levadas pelo Governo do Paraná. O sobrinho de Requião já havia desobedecido o tio quando votou pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) na Câmara dos Deputados.

Em queda
Levantamento do TSE revela que o gasto das campanhas eleitorais deste ano despencou 71% na comparação a 2012. De acordo com a Corte Eleitoral, o custo das campanhas para vereador e prefeito no primeiro turno caiu de R$ 7,7 bilhões em 2012 para R$ 2,2 bilhões em 2016.

Eleição da Mesa
O presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano (PSDB), reuniu ontem (10) os líderes dos partidos na sala da presidência para decidir sobre as regras da eleição da Mesa Diretora, marcada para o próximo dia 17. A reunião é uma determinação regimental. Ficou estabelecido que, a partir de ontem, abriu o prazo para inscrição de chapas, que vai até o dia 12, às 18 horas. Como dia 12 é feriado (Nossa Senhora Aparecida), o diretor Legislativo, Dylliardi Alessi, estará de plantão até o horário previsto para receber eventuais inscrições. A votação será feita utilizando o painel eletrônico.

Eleitos
A deputada Claudia Pereira (PSC) recebeu, na última semana, a visita de vereadores eleitos de Piraí do Sul e Prudentópolis. Participaram da agenda Dalney Bueno (PSD), de Piraí do Sul, que foi reeleito, e Budnik (PSC), eleito em Prudentópolis. Eles estavam acompanhados do assessor parlamentar Helio Cosechen (Helinho).

Com Greca
O trabalho de convencimento do vereador reeleito em Curitiba, Pier Petruzziello, deu resultado. O PTB vai apoiar, no segundo turno, a eleição de Rafael Greca (PMN). Em reunião conduzida pelo presidente estadual, deputado federal Alex Canziani, foi tomada a decisão e o partido se integra no esforço para eleger o ex-prefeito.

Com Leprevost
O apresentador Ratinho, acompanhado do secretário de Desenvolvimento Urbano (Sedu), Ratinho Jr., reafirmou ontem o apoio, no segundo turno em Curitiba, a eleição de Ney Leprevost (PSD). A declaração ocorreu durante reunião aos prefeitos da região metropolitana. “Ney vai preparar a cidade para as novas gerações”, disse o apresentador.

Ninguém
Já o prefeito Gustavo Fruet (PDT), eliminado da disputa no primeiro turno, disse ontem que não apoiará nenhum dos dois candidatos – Ney Leprevost (PSD) e Greca – nas eleições de segundo turno em 30 de outubro. “Seria incoerente apoiar planos de governo que não cabem no orçamento de Curitiba e tampouco estão adequados ao momento da economia nacional”, disse Fruet no facebook.

Na rede
Cresceu a frequência de acessos entre as crianças e adolescentes que usam a internet, segundo a pesquisa TIC Kids, divulgada ontem. O levantamento indica que 80% da população brasileira entre 9 e 17 anos utiliza a rede. Entre esses, o percentual dos que se conectam mais de uma vez por dia subiu de 21%, no estudo referente a 2014, para 66% no atual, com dados coletados em 2015. As informações são da Agência Brasil.

Rede II
O aumento do percentual de jovens que navegam na rede mais de uma vez por dia foi ainda mais expressivo na faixa de 15 a 17 anos (de 17% para 77%) e entre os jovens das classes A e B (de 21% para 75%).

Nova tarifa
O ingresso para visitar o Parque Nacional do Iguaçu, onde estão as Cataratas do Iguaçu, será reajustado em 12,76%, a partir de 1º de novembro de 2016. A atualização ocorre simultaneamente em todas as unidades de conservação federais. O reajuste contribui para manter os investimentos nas áreas de visitação e uso público das unidades.

 

Stephanes lá
Não vai dar para o Professor Sérgio (PSD) assumir a vaga na Câmara Federal que será deixada pelo prefeito eleito de Londrina, Marcelo Belinati (PP), como a coluna informou durante a última semana. Quem já anunciou que vai assumir a cadeira de Belinati é o secretário de Administração do Paraná, Reinhold Stephanes (PSD). Em 2014, ele fez 78 mil votos, ficando como segundo suplente da coligação que uniu PSDB, DEM, PR, PSC, PTdoB, PP, SD, PSD e PPS e elegeu 15 deputados federais. Como o primeiro da lista, Osmar Bertoldi (DEM), está preso, Stephanes é o próximo da fila.

Já está lá
Aliás, Stephanes já está como deputado federal licenciado, pois chegou a assumir no lugar do também deputado licenciado Valdir Rossoni (PSDB), hoje secretário chefe da Casa Civil do Paraná.

R$ 3 bilhões
O valor extra é o que dirigentes estão defendendo para o governo federal repassar, do orçamento da União, aos partidos políticos. Esta semana, o presidente nacional do PMDB, senador Romero Jucá (RR), engrossou a cobrança para engordar o bolo já na campanha de 2018. Ele acredita que esta seria uma alternativa viável para os candidatos enfrentarem os pleitos, sem ter de discutir a volta do financiamento empresarial.

Na telinha…
… e no rádio. Neste segundo turno, conforme decisão da Justiça Eleitoral, os programas eleitorais na TV e rádio e as inserções dos comerciais durante a programação das emissoras retornam nos dias 10 (segunda-feira) em Maringá, no dia 15 (sábado) em Curitiba e no dia 17 (próxima segunda-feira) em Ponta Grossa.

Educação
O chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, pediu que o Ministério Público do Paraná (MP-PR) acompanhe as negociações entre a Secretaria de Educação e jovens que ocupam escolas públicas no Paraná. Segundo ele, a participação do MP, que representa os interesses da sociedade, é fundamental neste processo. “Apesar de não concordarmos com a ocupação, vamos tratar a situação de forma transparente para que a sociedade acompanhe”, disse.

R$ 2 bilhões
Este é o montante que será repassado pelo Fundo de Participação dos Municípios (FPM) este mês, sem considerar os recursos destinados ao financiamento da Educação, que chegaria a R$ 2,6 bilhões. Segundo levantamento da Confederação Nacional de Municípios (CNM), em termos nominais, o Fundo apresenta crescimento de 3,19% em comparação com o primeiro decêndio de outubro de 2015, sem considerar os efeitos da inflação.

Ney x Greca
Os candidatos a prefeito, Ney Leprevost (PSD) e Rafael Greca (PMN), que disputam o segundo turno das eleições para prefeito de Curitiba, tiveram na noite de sexta-feira (07), o primeiro confronto aberto em rede de TV aberta. Na quarta-feira (05), como a coluna adiantou, eles se confrontaram na redação da Gazeta do Povo, em debate transmitido ao vivo pela internet.

Ney x Greca II
Na sexta, nos estúdios da TV Bandeirantes, Ney e Greca partiram para o confronto direto. Não faltaram farpas e críticas sobre cópias de propostas – um acusando o outro desta prática. Greca abriu mão do discurso da experiência e das obras que já realizou quando foi prefeito na década de 1990. Ney usou bastante o discurso do novo e das experiências acumuladas quando foi secretário de esporte e turismo.

Eleições 2016
O deputado Nereu Moura, líder do PMDB, avaliou o resultado das eleições de 02 de outubro. De acordo com ele, que comemorou a eleição de 46 prefeitos que receberam o seu apoio, os “ventos da mudança” marcaram o pleito, resultando na eleição de novas lideranças. “A renovação, sem dúvidas, foi o grande destaque “, disse.

Olho em Marcela
O Palácio do Planalto está monitorando as menções a Marcela Temer nas redes sociais. Quer medir, segundo Guilherme Amado em O Globo, o impacto de sua estreia pública, na semana passada, na imagem do governo.

 

Domínio tucano
As urnas revelaram, no último domingo (02), alguns fatos curiosos. Um destes, bastante inusitado, vem de Nova América da Colina, no Norte Pioneiro. No município, dos nove vereadores eleitos, todos são do PSDB, incluindo três mulheres. Os eleitos são Cidinha a mais votada com 14,46% dos votos (425), Ivan Campos, Jeimeson, Eliana Sanches, Bruno do Jaci, Jorge Lopes, Zé Carlos, Rosangela do Everson e Diassis.

Parlasul
Nem tudo são notícias ruins na vida da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR). Ontem (07) ela foi eleita vice-presidente da Comissão de Assuntos Econômicos do Parlasul, o Parlamento do Mercosul.

Fim de feira?
Em final de mandato por não conseguir a reeleição, o prefeito de Almirante Tamandaré, Aldnei Siqueira (PSD) enviou uma série de projetos para serem aprovados em sessões extraordinárias na Câmara de Vereadores. O grupo do prefeito eleito Gerson Colodel (PMDB) denuncia que às propostas, encaminhadas no afogadilho e no apagar das luzes do governo municipal, só interessa a Siqueira e empresas da especulação imobiliária.

Fim de feira? II
Um dos projetos prevê o parcelamento de dívida de R$ 4 milhões com o IPMAT (Instituto de Previdência do Município de Almirante Tamandaré). Outra é de mudanças na lei de zoneamento que segundo o grupo do prefeito eleito só atende os loteadores que especulam áreas que poderiam ser usadas para bem comum na cidade.

R$ 251,5 mi
Este é o montante de recursos distribuídos pelo BRDE no terceiro trimestre de 2016, em cerca de 300 operações em todas as regiões do Paraná. Apenas em setembro, o banco garantiu a aprovação de R$ 110,1 milhões em crédito para empreendedores. Os projetos aprovados referem-se à ampliação de indústrias, expansão de cooperativas e do agronegócio, compra de equipamentos e máquinas, projetos de inovação e empreendimentos na área do comércio, saúde e educação.

Não quer
O chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, reafirmou na quinta (6), durante reunião com a direção do sindicato dos professores, a disposição do Governo do Paraná para o diálogo com os servidores sobre questões que impactam a folha de pessoal do Estado. Ele assumiu o compromisso de que nenhuma das mensagens que tratam do orçamento de 2017, encaminhadas na semana passada para a Assembleia Legislativa, será votada antes do final de novembro.

Não quer II
Rossini disse que o governo pretende esgotar todas as possibilidades de negociação com os servidores. “A orientação do governo estadual é que estes temas sejam tratados com clareza e transparência”. O chefe da Casa Civil afirmou que uma greve neste momento, conforme aventado por sindicalistas em nome dos servidores públicos, não é boa para ninguém e só causa prejuízos para a população.

24 anos depois
A Câmara de Vereadores de Boa Esperança, no Centro-Oeste do Paraná, voltará a ter uma representante feminina após 24 anos. A assistente social Cristina Veiga (PPS) conquistou, no pleito de domingo (02), 242 votos e ficou em segundo lugar no legislativo municipal. “Nosso mandato será dedicado a toda comunidade de Boa Esperança”, ressaltou.

 

 

Esperando Aliel
Rejeitado novamente nas urnas no último domingo (02), desta vez para vereador em Curitiba (recebeu 4.257 votos), o ex-deputado federal Ângelo Vanhoni (PT), espera com muita ansiedade o segundo turno das eleições em Ponta Grossa. Na condição de primeiro suplente, ele assumiria o cargo em Brasília no lugar do deputado Aliel Machado (Rede), que está no pleito contra o atual prefeito e candidato a reeleição, Marcelo Rangel (PPS). Em 2012, Aliel estava na coligação entre PT e PCdoB, mais tarde aproveitou a janela da infidelidade e migrou para o Rede. Com a boa perspectiva, lideranças petistas apeadas do poder na capital estão descendo em peso para a região dos Campos Gerais. Se vai dar certo, só as urnas irão responder dia 30.

A primeira …
… em Curitiba. Ontem (06) a coluna registrou duas pesquisas de intenção de votos no segundo turno, registradas para Maringá. Pois, pois, também ontem o Instituto Opinião, contratado pela rádio BandNews FM, registrou o primeiro levantamento sobre a disputa no segundo turno em Curitiba, entre Rafael Greca (PMN) e Ney Leprevost (PSD). Os dados serão divulgados terça (11). Serão ouvidas 1.200 pessoas e o protocolo no TRE é PR-04268/2016.

Deferida
A prefeita de Roncador, Marília Gonçalves (PSDB), conseguiu garantir no TRE o registro de sua candidatura à reeleição. O julgamento, por unanimidade, foi no sábado, véspera da eleição. Como a decisão ainda não foi publicada, no site do TSE o nome dela continua como “indererido” e com votos zerados. Marília teve 4.412 votos, contra 2.885 do segundo mais votado, Orlando da Fonseca (PSD).

Indeferido
Já em Moreira Sales, os eleitores terão que retornar às urnas nos próximos dias. É que o TRE negou o registro da candidatura de Hugo Berti. Por seis votos a zero, desembargadores do Tribunal entenderam que Hugo está inelegível. A votação aconteceu ontem.

Enrolação
O resultado do julgamento era muito aguardado em Moreira Sales, uma vez que Hugo Berti propagou durante toda a campanha eleitoral, que não devia nada para a Justiça e que o registro de sua candidatura era questão de tempo. Na verdade, ele foi considerado ‘Ficha Suja” por possuir condenação por improbidade administrativa. Ele ainda pode recorrer no TSE.

Bizarro I
Ainda sobre a série de nomes estranhos no pleito deste ano, em Ponta Grossa Jussiê Galo Cego (PTC) fez uma propaganda que pode ser considerada assustadora por alguns: ele tirava sua prótese de olho em vídeo no qual pedia votos. A ação não teve resultado: com apenas 237 votos (0,13%), ele não conseguiu ser eleito.

Bizarro II
Já em Londrina, Boca Aberta (PR) fez campanha contra “seus político ladrão” usando um colete à prova de balas e teve resultado. Ele foi o vereador com mais votos na cidade – 11.484 ou 4,5% dos votos.

Moro comemora…
Responsável por julgar os processos contra empreiteiros e empresários acusados de pagar propinas em um bilionário esquema de corrupção instalado na Petrobras, o juiz Sergio Moro comemorou ontem a decisão do STF de permitir prisões e execução de penas já em segunda instância, sem a necessidade do chamado trânsito em julgado.

… OAB lamenta
Já a OAB, como era de se esperar, divulgou ontem nota lamentando a decisão do STF de manter a prisão de condenados em segunda instância.

 

Pesquisas em Maringá
Mal começou a campanha do segundo turno das eleições e o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registra duas pesquisas de intenção de voto. Ambas são para o município de Maringá, onde passaram para a segunda etapa o ex-prefeito Silvio Barros II (PP) e Ulisses Maia (PDT). Na segunda-feira (03), o Instituto Naiconal de Pesquisas e Editora (INPE) registrou o levantamento contratado pelo próprio instituto, ao custo de R$ 3 mil. Os números poderão ser divulgados já no domingo (09). O Protocolo no TRE é PR-06936/2016. Na terça (04) o Instituto Veritá também registrou pesquisa para Maringá. O levantamento, contratado pelo próprio instituto ao valor de R$ 32 mil, poderá ser divulgado segunda (10). O protocolo no TRE é PR-06326/2016.

Curitiba e Ponta Grossa
Além de Maringá, outras duas cidades do Paraná têm segundo turno – Curitiba e Ponta Grossa. Na capital o pleito é entre o deputado Ney Leprevost (PSD) e o ex-prefeito Rafael Greca (PMN). Em Ponta Grossa o bate-chapa é entre o atual prefeito Marcelo Rangel (PPS) e o deputado federal Aliel Machado (Rede).

Indiciado
A PF indiciou o ex-presidente Lula (PT) por corrupção. Também foram indiciados os empreiteiros Marcelo Odebrecht e Taiguara Rodrigues, sobrinho de Lula, estes dois por corrupção e lavagem de dinheiro. Lula teria beneficiado o sobrinho por meio da Odebrecht em contratos em Angola.

Chiadeira
O candidato Ney Leprevost, que disputa o segundo turno em Curitiba, teve uma reunião tensa com os 251 candidatos a vereador de sua chapa. Destes, apenas seis foram eleitos. Os que ficaram de fora cobraram que somente os atuais vereadores tiveram espaço nas inserções eleitorais e material (santinhos, jornais) da campanha de Leprevost.

Paulo Américo
O embaixador, atual chefe do Escritório de Representação do Ministério das Relações Exteriores no Paraná (Erepar), estará no Instituto Histórico e Geográfico do Paraná, no próximo dia 11 (terça-feira). Paulo Américo vai falar, a partir das 15h, sobre sua atividade na representação do Itamaraty no Estado.

Bancada família
A Câmara de Vereadores de Lidianópolis terá uma composição diferente na próxima legislatura, a partir de fevereiro de 2017. É que dois irmãos – a Professora Rosana Rocha da Silva (PTB) e Anderson Cleiton Alves (PR) – tiveram sucesso nas urnas. Resta saber se ambos estarão na oposição, situação ou um em cada lado nos embates.

Reeleição
O presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano (PSDB), anunciou ontem (05) que a eleição da nova Mesa Diretora da Casa será dia 17 (segunda-feira). Ele é candidato à reeleição e, até o momento, não há informação de que outros deputados sejam candidatos ao posto. Para concorrer, é preciso montar uma chapa completa para os nove cargos disponíveis.

1.958
Este é o total de obras que estão paradas nos municípios do Paraná. A informação é um dos milhares de dados municipais disponíveis ao cidadão no Portal Informação para Todos (PIT), recém-lançado pelo Tribunal de Contas (TCE-PR). Os dados, que podem variar de um dia para o outro, são relativas à terça (04).

Na mira da PGR
O deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR) entrou na mira da Procuradoria Geral da República (PGR). O órgão pediu ao STF para investigar o paranaense no âmbito do esquema de corrupção da Petrobras. O parlamentar é filho do ex-ministro José Dirceu, condenado na Operação Lava Jato e que está preso há mais de um ano em Curitiba. Ontem (04), em nota, Zeca Dirceu classificou a solicitação como “descabida”. “Não existe sequer uma única ligação, e-mail, contato, agenda de reunião, testemunho, delação ou coisa parecida em relação a qualquer atitude do parlamentar”, afirmou.

Volta à Alep
Após participar da campanha para a prefeitura de Curitiba, terminando em quarto lugar, a deputada Maria Victoria (PP) retornou segunda (03) à Assembleia Legislativa. Ela estava em licença não remunerada e participou da abertura da campanha Outubro Rosa, dedicada à saúde da mulher.

Contenção
O prefeito eleito de Cascavel, Leonaldo Paranhos (PSC), confirmou ontem que planeja a redução do número de secretarias e a revisão do contrato com o BID que financia as obras do PDI (Programa de Desenvolvimento Integrado). Paranhos reiterou que não vai “lotear” a prefeitura entre seus apoiadores. Sobre a formação da equipe, disse que não tem pressa e só vai anunciar nomes em dezembro.

Na Alep
O secretário estadual da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, fará nesta quarta-feira (05), prestação de contas do quadrimestre na Assembleia Legislativa. O ato terá início as 14h30, na abertura da sessão plenária.

Em Jaguariaíva
O município, com mais de 25 mil eleitores, vive uma situação atípica. Veja só, os três candidatos a prefeito – Ademar (PSDB), Juca (PHS) e Renata Barone (SD) aparecem na totalização com zero voto por que todos tiveram os registros de candidaturas indeferidos e aguardam decisões dos recursos. No domingo (02), Juca fez 11.687 votos, Ademar 8.465 votos e Renata 23 votos.

Em baixa
Não está fácil para Michel Temer (PMDB) cair nas graças da população. O Ibope divulgou ontem pesquisa onde a aprovação do governo é ruim ou péssima para 39% dos brasileiros e 14% o aprovam. 34% consideram a gestão regular e 12% não sabem ou não opinaram. Encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), a pesquisa foi realizada de 20 a 25 de setembro e ouviu 2.002 pessoas, em 143 municípios.

Entre aspas
“Toninho conquistou uma expressiva votação, resultado da história de vida, marcada pelo seu carisma e trabalho como empresário e administrador, e também pelos seus quase 20 anos de política em São José dos Pinhais, sendo os últimos quatro anos como vice-prefeito da nossa gestão”. Do prefeito Luiz Carlos Setim (DEM), sobre o prefeito eleito Toninho da Farmácia (PSC), que vai comandar a partir de janeiro de 2017, os destinos do município, na região metropolitana de Curitiba.

Traficante eleito
A decisão irresponsável de conceder direito de voto a presidiários possibilitou a eleição de um condenado de participar de grupo de extermínio e chefiar uma rede de tráfico de drogas. Ubiraci Rocha, o “Bira”, foi eleito pelo PPS vereador de Catolé do Rocha (PB).

Suplentes lá
As eleições municipais deste ano levaram para a disputa nove deputados paranaenses – sete estaduais e dois federais. A eleição deles, claro, abre vaga para os respectivos suplentes. Diante do imbróglio envolvendo a eleição do novo prefeito, que será decidida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ao menos um motivo para comemorar tem a população de Foz do Iguaçu. Com a vitória de Marcelo Belinati (PP) em Londrina, quem assume a cadeira na Câmara Federal é o suplente Professor Sérgio (DEM), que já ocupou o cargo por alguns meses este ano. Quem também se deu bem é Luis Corti (PSC), que já foi prefeito de São Jorge D’Oeste. Ele é o terceiro suplente na linha sucessória de Leonaldo Paranhos (PSC), eleito prefeito no primeiro turno em Cascavel. Antes de Corti estão Toninho da Farmácia (PSC) e Berto Silva (PSC), eleitos prefeitos de São José dos Pinhais e Laranjeiras do Sul, respectivamente.

Suplentes lá II
Mas as mudanças nas legislaturas da Assembleia Legislativa e Câmara Federal podem não parar por aí. É que ainda estão na disputa Ney Leprevost (PSD) e Aliel Machado (Rede), no segundo turno em Curitiba e Ponta Grossa. Já em Foz, o deputado Chico Brasileiro (PSD), que foi o segundo mais votado, poderá assumir o cargo, caso o TSE mantenha indeferida a candidatura de Paulo Mac Donald (PDT), o mais votado no pleito de domingo (02).

Quatro debates
Neste segundo turno em Curitiba, os candidatos Rafael Greca (PMN) e Ney Leprevost (PSD), irão se confrontar ao menos em quatro debates. O primeiro será nesta quarta (05), promovido pela Gazeta do Povo, com transmissão ao vivo a partir das 14h. Depois eles se confrontam na Band (serxta, 07), na RIC (dia 23) e na RPC (dia 28).

Terceiro mandato
O Engenheiro Agrônomo Paulo Furiati recebeu conquistou domingo (02) o terceiro mandato na prefeitura da Lapa, região metropolitana de Curitiba. Antes ele dirigiu os destinos do município de 2001 a 2004 e de 2009 a 2012. Furiati venceu a atual prefeita Leila Klenk (PT), que recebeu 8.292 votos (29%), Marcelo Batista (PSDB) com 4.390 (15%) e Luiz Mazanek (PRTB), que recebeu 1.944 votos (6%).

História
Com a eleição, Furiati faz história e se iguala, com o maior número de mandatos na Lapa, ao ex-prefeito Sérgio Leoni. Nesta nova etapa, o peemedebista terá grandes desafios pela frente.

Vinho português
Enquanto analisa o resultado das eleições de domingo (02) e os números pouco favoráveis ao PMDB, o senador Roberto Requião degusta uma boa garrafa de vinho. E aproveita o twitter para recomendar. O detalhe é que cada unidade da bebida custa em média R$ 1,7 mil, algo em torno de dois salários mínimos do país.

Amop de Jornalismo
Permanecem abertas até a quarta-feira (11 de outubro), as inscrições para o 11º Prêmio Amop de Jornalismo, com o tema “O papel transformador da assistência social na vida das pessoas”. Participam trabalhos inscritos nas categorias Televisão, Rádio, Impresso e Fotografia. O evento será realizado no dia 11 de novembro.

Lei Seca nas eleições
De nada adiantou os apelos da Associação Brasileira de Bares do Paraná (Abrabar-PR), que enviou ofício pedindo para suspender a Lei Seca nas eleições municipais de 02 de outubro (domingo). A venda, a compra e o consumo público de bebidas alcoólicas estão proibidos em todo o Paraná, no período compreendido das 6h às 18h, quando será realizado o primeiro turno do pleito. É o que prevê a resolução número 271/2016, assinada pelo secretário de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita.

Lei Seca II
De acordo com a justificativa do decreto, a determinação é uma “medida de cautela e no escopo de garantir a ordem e a tranquilidade pública, no transcurso do pleito eleitoral”. As pessoas que forem flagradas vendendo, comprando ou consumindo bebidas alcoólicas serão conduzidas pela polícia à delegacia.

Último dia
Termina nesta quinta-feira (29) a propaganda política eleitoral gratuita no rádio e na televisão. Também é último dia para reuniões públicas ou promoção de comícios e utilização de aparelhagem de sonorização fixa, que vai das 8h às 24h. A exceção são os comícios de encerramento da campanha, que poderá ser prorrogado até às 2h da madrugada de sexta (30).

Debates
Hoje também é o último dia para a realização de debates no rádio e na televisão. No entanto, o calendário eleitoral permite que, no caso embate iniciar antes da meia noite, poderá ser prorrogado até às 7h de amanhã (30).

Força federal
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu, até o final da tarde de ontem (27), 41 pedidos dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), para envio de forças federais que atuarão na segurança nas eleições de domingo (02 de outubro). Os pedidos envolvem 435 municípios ou localidades em 14 estados – 18 processos, englobando 199 municípios e localidades em nove unidades da Federação já foram julgados.

Federal II
No Acre, o pedido foi deferido para oito municípios; Mato Grosso do Sul (pedido deferido para Caarapó); Mato Grosso do Norte terá reforço na segurança em nove municípios. No Pará, o reforço vai para70 municípios; 11 municípios no Rio de Janeiro, 79 no Rio Grande do Norte; um no Tocantins, além das aldeias indígenas Xerentes, Rio Sono, P.I Xerente, Brejo Comprido, Rio Vermelho, Pedra Branca e Cachoeira e no Amazonas a força federal vai para os municípios de Codajás, Coari e Maués.

Valorização do voto
“Vivemos um período de crise nacional e contar com gestões responsáveis e comprometidas com o desenvolvimento sustentável do município é fundamental para o país começar a se recuperar. Dessa forma, é necessário valorizar nosso voto com conhecimento da história do candidato, suas propostas, prioridades e projetos”. Trecho de artigo do presidente do Instituto Teotônio Vilela do Paraná (ITV-PR), Marcello Richa, distribuído ontem à imprensa.

13%
Este é o total de eleitores curitibanos que admite o chamado “voto útil” nas eleições. O dado consta de pesquisa Ipsos divulgada ontem (28).

Prefeitos de menos…
… ou vices a mais? Faltando quatro dias para as eleições de 02 de outubro, os paranaenses se deparam com uma situação atípica. Temos candidatos a vice-prefeito demais, ou candidatos a prefeito de menos. Como isto pode acontecer? Simples, basta uma consulta no DivulgaCand, serviço disponível no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para verificar que temos 1.114 candidaturas a vice-prefeito deferidas. Por outro lado, são 1.096 candidaturas a prefeito deferidas, uma diferença com 18 vices a mais. A explicação pode ser simples, enquanto o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR) não julgar os pedidos de registros de candidatura e informar ao TSE, vai permanecer esta diferença. Será que dará tempo de julgar tudo até domingo?

Vereadores
Os paranaenses já contam com 29.109 candidaturas a vereador reconhecidas pelo TSE. No site também consta o reconhecimento de 33 diretórios estadual e 7.170 diretórios municipais.

Escola 1.000
O líder do Governo na Assembleia Legislativa, Luiz Claudio Romanelli (PSB), participou ontem (27) ao lado do governador Beto Richa (PSDB), do lançamento do Escola 1.000. O programa prevê investimento de R$ 100 milhões em mil escolas de todas as regiões do Estado.

Réus
A senadora Gleisi Hoffmann (PT) e o ex-ministro Paulo Bernardo (Planejamento), viraram réus na Operação Lava Jato ontem. A 2ª Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu, por unanimidade (6×0), abrir ação penal contra o casal, por suspeitas de terem recebido de forma ilegal R$ 1 milhão na campanha eleitoral de 2010.

Sem prisões
Desde ontem, até 48 horas após o pleito de domingo (02), estão proibidas as prisões de eleitores em todo o país. É o que prevê o Código Eleitoral, salvo em caso de flagrante delito ou para cumprimento de sentença criminal.

Contingente
De acordo com levantamento da Justiça Eleitoral, em todo país estão aptos a votar mais de 144 milhões de eleitores, que irão eleger vereadores e prefeitos.

Rosa
Depois de um setembro colorido, caracterizando várias campanhas de conscientização, vem aí o Outubro Rosa. O período, dedicado promoção de diferentes ações relacionadas à saúde feminina, será lançada oficialmente às 14h30 de segunda-feira (03 de outubro), na abertura da sessão plenária da Assembleia Legislativa. O ato atende proposição da deputada Cantora Mara Lima (PSDB).

Não é mais
Causou certo alvoroço o resultado do levantamento feito pelo Observatório das Metrópoles em parceria com pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Divulgado no último dia 23 de setembro, o estudo apontou Curitiba na terceira posição, entre as capitais brasileiras, no ranking de Bem-Estar Urbano (Ibeu). Porém, as informações que deram base à pesquisa foram retiradas do censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) do ano de 2010.

Definida
Já está definida a data do Festival das Cataratas de 2017, ano em que a Organização das Nações Unidas (ONU) celebra o “Ano do Turismo Sustentável”. O evento, um dos principais do segmento do país, será de 28 a 30 de junho no Rafai Palace em Foz do Iguaçu.

Com ‘golpistas’?
Difícil de entender o PT e seus acordos de ocasião. O jornalista Claudio Humberto, do Diário do Poder, fez um levantamento e constatou que, apesar do chororô de “golpe”, o PT dos ex-presidentes Lula e Dilma continua a amar o PMDB de Eduardo Cunha, Renan Calheiros e do presidente Michel Temer. Os dois partidos estão coligados, nas eleições deste ano, em 8.488 candidaturas em 570 municípios. Os petistas, que continuam xingando partidários de Temer, disputam com eles em todas as regiões do País.

‘Golpistas’? II
Em 1.090 candidaturas, PT e PMDB são os únicos partidos das chapas que disputam a eleição municipal domingo (2). O partido de Dilma e Lula se aliou exclusivamente ao PSDB de Aécio Neves e ao PMDB do Michel Temer em 27 candidaturas este ano.

Ponta Grossa
Abrindo a avalanche de pesquisas que serão divulgadas na última semana antes da eleição, o instituto IRG divulgou ontem os números da corrida eleitoral em Ponta Grossa. O atual prefeito, Marcelo Rangel (PPS), lidera com 40,27% das intenções de voto, seguido por Aliel Machado (Rede) com 21,63%, Julio Kuller (PMB) 20,44%, Professor Gadini (PSOL) 4,37% e Leandro Soares Machado (PPL) 0,99%. Encomendada pelo jornal Diário dos Campos, a pesquisa ouviu 500 eleitores e está registrada no TSE com o número PR-06526/2016.

Londrina
Além de Curitiba, o Ibope registrou domingo (25), mais uma rodada de pesquisa em Londrina. O instituto vai medir a intenção de voto para prefeito e a avaliação dos governos Alexandre Kireeff, Beto Richa e Michel Temer. A pesquisa, contratada pela RPC/TV Globo no valor de R$ 55.211,08, será divulgada sábado, 1º de outubro. O registro no TSE tem o número PR-09704/2016.

Fora do ar
A Justiça Eleitoral determinou ao Facebook a retirada do ar, em 24 horas, da conta “Jacaré Turista”, que estaria sendo usada para atacar o candidato à prefeitura de Curitiba, Rafael Greca (PMN), da coligação Curitiba, Inovação e Amor. A notificação é da juíza Sayonara Sedano, da 175ª Zona Eleitoral. O Facebook terá ainda que identificar o autor da conta, em um prazo de 48 horas.

Último ato
A RPC realiza na noite de quinta (29) o último debate do primeiro turno entre os candidatos à prefeitura de Curitiba. A mediação será do jornalista Sandro Dalpícolo, com duração de 1h50. Serão seis participantes – Gustavo Fruet (PDT), Ney Leprevost (PSD), Rafael Greca (PMN), Requião Filho (PMDB), Maria Victoria (PP) e Tadeu Veneri (PT). As regras foram acertadas previamente com representantes da emissora, candidatos e assessores.

Mais debates
Neste mesmo dia e horário, o debate também vai ocorrer na RPC em Ponta Grossa, Guarapuava, Foz do Iguaçu, Paranavaí, Cascavel, Londrina e Maringá.

Vez de Palocci
A prisão do ex-ministro dos governos Lula e Dilma (PT), Antonio Palocci, monopolizou a atenção da imprensa nacional ontem (26). Foi a 35ª fase da Operação Lava-Jato, batizada de “Omertà”. Foram expedidos 45 mandados judiciais, sendo 27 de busca e apreensão, três de prisão temporária e 15 de condução coercitiva em seis estados e no Distrito Federal.

 

Enquete e multa
A Justiça Eleitoral, em tempos de internet, está agindo com agilidade quase que em tempo real. Veja o caso que vem lá de Goioerê, no Noroeste do Paraná, onde o internauta João Cláudio Tozzi resolveu colocar no grupo “Falando de Política em Goioerê”, da rede social, uma enquete sobre a preferência dos eleitores para prefeito do município. Como se sabe, promover e enquete ou pesquisa sem registro na Justiça Eleitoral é proibido. O resultado não poderia ser outro: multa superior a R$ 53,2 mil.

Fora do ar
O juiz eleitoral já havia determinado através de liminar que as enquetes fossem retiradas do ar. Como não foi atendido, aplicou a multa, que é a mínima prevista na legislação para esse tipo de ilícito eleitoral.

51%
Este é o total previsto de renovação dos atuais legisladores da Câmara de Curitiba. O índice pulou de 34% para 51%, segundo as últimas pesquisas, puxados pelo avanço nas intenções de votos do ex-prefeito Rafael Greca (PMN).

Gripe
Pelo menos nove pessoas em sete municípios na região de Campo Mourão morreram em 2016 vítimas do vírus H1N1. Os dados foram revelados esta semana pelo Núcleo Regional de Saúde. Os casos ocorreram em Campo Mourão, Barbosa Ferraz, Peabiru, Farol, Juranda, Roncador e Ubiratã.

Cinco horas
É o tempo em que permaneceu preso o ex-ministro Guido Mantega (Fazenda), resultado de mais uma etapa da Operação Lava Jato. Ele estava em um hospital de São Paulo, acompanhando a esposa durante uma cirurgia contra um câncer. No final da manhã, o juiz Sérgio Moro mandou soltar Mantega, que continua alvo de investigações.

Parcerias
O candidato a vereador de Curitiba, Paulo Cunali, do Partido Novo, quer buscar parcerias com a iniciativa privada para melhorar a saúde pública em Curitiba. Ele é cirurgião dentista, professor universitário da PUC e da UFPR e tem uma carreira marcada pela excelência e inovação.

Clima quente
As últimas pesquisas fizeram subir a temperatura na campanha eleitoral em Curitiba. Na região do Pinheirinho, cabos eleitorais do prefeito Gustavo Fruet (PDT), que está em segundo nas intenções de votos, partiram para cima e tentaram intimidar militantes de Rafael Greca (PMN), que está em primeiro. O quase confronto foi testemunhado por militantes de outros candidatos. Até o dia das eleições, domingo (02), ainda vai rolar muita água por baixo de todas as pontes.

Transparência
O Tribunal de Contas do Estado lançou na última quarta (21), o Portal Informação para Todos (PIT). O serviço permite ao cidadão, de maneira clara, acessar informações a respeito das 399 administrações municipais paranaenses. Os dados são coletados das 289 milhões de páginas de texto recebidas pelo TCE-PR.

Congresso
As rádios comunitárias vão somar forças no Estado. O presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano (PSDB), recebeu convite para participar da abertura oficial do 1º Congresso Paranaense de Rádios Comunitárias da Apracom. O evento será no dia 29 de outubro no Teatro Municipal de Campo Mourão.

 

Votação paralela
Esta é uma das novidades lançadas pelo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná para o pleito deste ano. O trabalho, que será conduzido presidente da Comissão de Votação Paralela, juiz Rogério de Assis, da 177ª Zona Eleitora de Curitiba, vai ajudar na auditoria para comprovar a confiabilidade dos votos. O procedimento é regulamentado pelo Tribunal Superior Eleitoral e acontece em todos os TREs do país, apesar de não ser tradicionalmente divulgado. No caso do Paraná, serão sorteadas quatro urnas, uma delas obrigatoriamente da capital.

Paralela II
O sorteio acontece na manhã de sábado (1º de outubro), no TRE em Curitiba e será aberto ao público. Logo após, os equipamentos serão levadas para o Espaço Cultural do TRE, onde ocorrerá a Votação Paralela neste ano. Quem participar vota em papel, depois os votos são inseridos na urna eletrônica com objetivo de demonstrar que o resultado de ambas as votações foram idênticos.

Mais 48 partidos
Se o caro leitor acredita que temos muitos partidos, ouçam esta. O TSE tem 48 novos pedidos de análise para criação de partidos políticos. Os últimos que deram entrada no órgão são: a União para Defesa Nacional, o Partido Humanitário Nacional, o Partido Reformista, o Democrático e o Partido da Liberdade Solidarista.

Mais partidos II
O Brasil já tem oficialmente 35 legendas. Para criar uma nova, precisa registrá-la em cartório com apoio de pelo menos 107 fundadores de vários estados. Depois a colheita de 483 mil assinaturas em nove estados.

Vapt vupt
Nas eleições de 2 de outubro, o tempo médio de votação não deverá ultrapassar um minuto, tendo em vista que a escolha recai apenas sobre os cargos de prefeito e vereador. A avaliação levou em conta que no primeiro caso, serão dois dígitos e no segundo, cinco dígitos.

Setembro colorido
O inverno termina ofinalmente no final da manhã de hoje (22), quando terá início a primavera, a estação das flores. O que poucos perceberam, é que o setembro foi o mais colorido do ano, pelo menos no calendário oficial do Estado. Só para listar alguns, tivemos neste período o setembro “Verde”, “Vermelho”, “Dourado”, “Amarelo” e “Lilás”. Cada cor é dedicado a um tema que vai de doação de órgãos, câncer, doença de Alzheimer até o suicídio.

No trecho
Nesta quarta (21), o deputado Ratinho Junior (PSD), secretário de Desenvolvimento Urbano, retomou seu giro pelo interior em visitas nas regiões central, noroeste e norte do Paraná. As cidades das três regiões receberam investimentos, em obras e outras ações coordenadas pela Sedu, que somam mais de R$ 200 milhões.

Tradição…
… e não a norma. Quem acompanhou o pronunciamento do presidente Michel Temer (PMDB) na ONU, até pensou: Por que o Brasil abre o principal evento da organização? Pois bem, a coluna pesquisou e constatou que, quando a ONU foi fundada em 1945, a sede ficava em Londres. Quando ocorreu a mudança para Nova York, o presidente da Assembleia era o chefe da Delegação brasileira, Oswaldo Aranha, por isso coube a ele o primeiro discurso na nova sede, tradição mantida até os dias atuais.

Tá bom,…

… mas tá ruim. A segunda rodada da pesquisa Ibope, sobre as intenções de voto para prefeito, fez subir a temperatura nos comitês eleitorais de Curitiba. Os números foram avaliados de diferentes ângulos, sempre do ponto de vista do desempenho do candidato. A coluna registrou duas surpresas: a primeira, que nem chega a ser tanto, é o avanço na preferência dos eleitores, segundo o Ibope, de 28% para 45% do ex-prefeito Rafael Greca (PMN). A segunda, e esta é surpresa, é a queda de Requião Filho (PMDB), que passou dos 16% no levantamento anterior, para 8%. O prefeito e candidato a reeleição Gustavo Fruet (PDT) também registrou queda, de 19% para 16%.

Bom e ruim II
O deputado Ney Leprevost (PSD) manteve-se com 6%. Maria Victoria (PP) foi de 4% para 6% e Tadeu Veneri (PT) subiu de 2% para 4%. Os demais candidatos não alcançaram 1%, segundo o Ibope. O levantamento, contratado pela RPC/TV Globo a R$ 55.211,03, está registrado no TSE sob o número PR-01610/2016. Foram ouvidos 805 eleitores de 15 a 18 de setembro.

Bom e ruim III
O deputado Ney Leprevost reagiu de forma mais contundente com os números do Ibope. Ontem a tarde ele denunciou os dados do instituto na Polícia Federal.

Sem campanha
Após o entrevero do final de semana, que deixou seis feridos em um comício em Juranda, no Centro-Oeste do Estado, o juiz eleitoral da Comarca de Ubiratã, baixou uma resolução proibindo a realização de comícios, carreatas, passeatas e manifestações públicas até a eleição. Isso quer dizer, na prática, que no município acabou a campanha, que vai até o dia 29.

Apócrifos
Cascavel registrou o primeiro caso de apreensão de material apócrifo nesta campanha eleitoral. Uma pessoa foi presa pela Polícia Federal na noite de segunda (19), por estar transportando e distribuindo jornal apócrifo contendo material de campanha com difamação ao candidato Paranhos (PSC) que lidera as pesquisas de intenção de voto na cidade. Os jornais, em grande quantidade, e também traziam denúncias contra o deputado Márcio Pacheco (PPL), segundo colocado nas pesquisas.

Vargas negado
A segunda turma do STF negou ontem (20) mais um pedido da defesa para soltar o ex-deputado André Vargas (ex-PT), condenado em uma das ações penais da Operação Lava Jato. Ele está preso desde abril do ano passado no Complexo Médico-Penal em Pinhais, região metropolitana de Curitiba.

Negado II
No STF, os advogados alegaram que houve ilegalidades na decisão do juiz federal Sérgio Moro, que determinou a prisão e a quebra dos sigilos bancário e fiscal do ex-deputado paranaense. A votação foi por unanimidade.

Pessutão
O ex-governador Orlando Pessuti (PMDB) está disposto a disputar a eleição ao Senado em 2018. À coluna, disse que serão duas vagas em aberto e tem recebido apoio para participar do pleito, nas andanças pelo interior. Inclusive, gostaria de concorrer pelo PMDB, seu partido original. Claro, tudo vai depender de um acordo com o senador Requião, presidente estadual do partido e que poderá pleitear a outra vaga.

Clima de guerra
Demorou, mas parece que a bruxa finalmente deu as caras nesta campanha eleitoral. Vejam este caso em Juranda, no Centro-Oeste do Estado. No final de semana, durante um comício da candidata a prefeita Leila Miotto Amadei (PSD), seis pessoas ficaram feridas após uma briga generalizada. Entre as vítimas, o caso mais grave é de uma mulher que foi esfaqueada. De acordo com a PM, algumas pessoas, que estavam supostamente embriagadas, começaram a confusão. Os suspeitos tentaram invadir o palco no momento que a candidata começou o discurso. Como havia apenas dois policiais no local, foi necessário chamar reforços de Ubiratã e Campina da Lagoa.

Guerra II
“As eleições aqui no município sempre foram muito acirradas, mas nunca aconteceu algo dessa forma”, reclamou Leila, que viu a filha e a mãe sob ameaças. Na frente do palanque centenas de pessoas – entre elas crianças, adolescentes e idosos.

Não votem
O Pastor Sila Malafaia, da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, defende que os eleitores evangélicos não votem nos candidatos do PT, Psol, Rede, PCdoB e PV. “Eles defendem o casamento gay, o aborto, a erotização das crianças, a ideologia do gênero. São covardes, cínicos, apoiaram o governo da esquerda corrupta. Não vote nesta gente”, disse em vídeo no Youtube, que já passou dos 57 mil acessos.

Não votem II
Em Curitiba, os partidos citados por Malafaia estão com Tadeu Veneri (PT) e Xênia Mello (Psol), ou apoiam Requião Filho (Rede), Ney Leprevost (PCdoB) e Gustavo Fruet (PV).

Sem ofensas
A juíza eleitoral Sayonara Sedano determinou que a coligação Curitiba Segue em Frente, do candidato à reeleição Gustavo Fruet, não veicule mais no rádio ou tevê material ofensivo ao candidato Rafael Greca, da coligação Curitiba Inovação e Amor. Se descumprir, o prefeito estará sujeito a multa no valor de R$ 100 mil.

Sob vara
O ator e ativista do PT José de Abreu pode encarar a PF em sua porta, para conduzi-lo sob vara para depor na CPI da Lei Rouanet. Isso tudo por que ele zombou da convocação, pedindo uma passagem Paris-Brasília. Abreu foi convocado para explicar os R$299 mil arrecadados e que ficaram sem a devida prestação de contas.

Na entrevista
A candidata a prefeita de Curitiba, Maria Victoria (PP), garantiu no TRE, em decisão monocrática do Juízo da 175ª Zona Eleitoral, o direito de ser convidada a participar de entrevistas televisivas na RPC. Ela havia ficado fora, num acordo fechado com os candidatos que obtiveram mais de 5% das intenções de voto nas pesquisas.

Empresas…
… e eleições. A imprensa nacional veiculou ontem notícia de que deputados e senadores articulam no Congresso a volta do financiamento empresarial de campanha. A ideia é aproveitar a dificuldade de arrecadação nesta eleição, quando empresas estão oficialmente proibidas de doar a candidatos pela primeira vez desde 1994, para trazer a discussão à tona e tentar aprovar ainda este ano a volta da doação de empresas.

 

Sujou, tá sujo
Bastante louvável a iniciativa da Promotoria de Meio Ambiente de Campo Mourão, no Noroeste do Estado, ao reunir ontem (14) representantes e candidatos a prefeito no pleito de 2 de outubro. No encontro, sugeriu um compromisso de que materiais de campanhas não sejam jogados nas ruas na véspera e no dia da eleição. O termo de ajuste proposto pelo MP prevê multa de R$ 5 mil para quem descumpri-lo. Também obriga, em caso de descumprimento, a limpeza das ruas, sob pena de multa diária de R$ 500.

Só um assinou
Dos candidatos a prefeito, apenas o Professor Evaldo (PSOL) assinou o termo proposto pelo MP. Os outros três ficaram se reunir com a equipe para analisar o documento.

Em Londrina
O Ibope registrou terça (13), mais uma rodada de pesquisa da intenção de voto a prefeito de Londrina. Serão 700 entrevistas com a divulgação dos dados previstos para segunda (19). A RPC contratou o levantamento ao custo de R$ 48.0009,63, que está registrado no TSE sob o número PR-05633/2016.

“Preparada”
“A ministra Cármen Lúcia está preparada para este novo desafio e não tenho dúvida de que o Supremo, sob a sua presidência, continuará exercendo um papel central neste delicado momento que vive o País, buscando as melhores soluções para a consolidação das nossas instituições”. Do governador Beto Richa (PSDB) ao cumprimentar a nova presidente do STF.

Bens bloqueados
A Justiça determinou o bloqueio de R$ 20 milhões em bens do deputado Pastor Edson Praczyk (PRB), de sua mulher e de uma assessora. O deputado responde por ação de improbidade administrativa, acusado de contratação de funcionários fantasmas.

Ao inferno
O vereador Professor Galdino (PSDB) entrou numa turbulência ontem (14), após sua colega, a vereadora Carla Pimentel (PSC), o denunciá-lo por agressão dentro da Câmara de Curitiba. Galdino precisou ser controlado por colegas e acabou preso pela Guarda Municipal.

Inferno II
O presidente do PSDB de Curitiba, Juraci Barbosa Sobrinho, encaminhou carta ao presidente da Câmara, Aílton Araújo, repudiando as agressões. O edil, um dos mais combativos da atual administração, poderá ser expulso da legenda.

76º no Ideb
O prefeito Gustavo Fruet (PDT) tentou faturar no programa eleitoral pela liderança de Curitiba no Ideb entre as capitais brasileiras, mas o buraco do ensino público da capital paranaense é mais embaixo. Entre as 399 cidades do Paraná, Curitiba ficou somente no 76º lugar. Com nota 6,3, está atrás da pequena Campina Grande do Sul, na região metropolitana, que obteve nota 6,4 no Ideb.

“Bem cobradas”
É para acabar mesmo. Vejam, só, o doleiro Alberto Youssef, em depoimento ao juiz Sergio Moro disse que as empresas, para obterem vantagens em licitações, não eram extorquidas ou coagidas no pagamento de propina na Petrobras, pois tudo era feito em “bons termos”… Elas eram, sim, “bem cobradas”.

“Tudo”
Ao depor terça (13), o ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, disse a Sérgio Moro que está sofrendo e que revelará todos os crimes que cometeu ‘seja quem for do outro lado’. A declaração soou como ameaça a políticos que teriam recebido propinas.

Pesquisas I
Duas pesquisas sobre a corrida eleitoral, divulgadas ontem (13), movimentaram os bastidores políticos em Campo Mourão e em Paranaguá – Noroeste e Litoral do Estado, respectivamente. Em Campo Mourão, o levantamento do Instituto IRG Consultoria & Pesquisa indica liderança folgada do ex-prefeito Tauillo Tezelli (PPS), com 45% das intenções de voto. A novidade está no avanço de Rodrigo Salvadori (PSD), que aparece agora à frente da prefeita Regina Dubay (PR) – 21,41% a 18,89%. Na pesquisa anterior, Regina estava em segundo. Professor Evaldo Bertoldi (Psol) está em quarto, com 2,27%. Foram ouvidos 400 eleitores de 8 a 11 de setembro e está registrado no TSE sob o número PR- 02317/2016.

Pesquisas II
O IRG também divulgou pesquisa em Paranaguá. O jornalista André Pioli (PSC) manteve a liderança com 44%, seguido por Marcelo Roque (PV) com 20,87% e Alceuzinho Maron (DEM) com 14,31%. Professor Hermes (Psol) tem 2,19%, Professor Jozelito (PT) e Ricardo (PP) – 1,39%, e Gerson Bagé (PRB) 1,19%. Não sabe – 7,36% e nenhum – 7,16%. Os números foram divulgados pela Folha do Litoral. Foram 500 entrevistas e o registro no TSE é o PR-05307/2016.

Pesquisas III
O Ibope registrou ontem mais uma rodada de pesquisa da intenção de voto a prefeito de Curitiba. Serão 805 entrevistas com a divulgação dos dados previstos para segunda-feira (19). A RPC contratou o levantamento, ao custo de R$ 55.211,013, que está registrado no TSE sob o número PR-01610/2016.

Licença interrompida
O deputado Paranhos (PSC) pediu ontem à mesa diretora da Assembleia Legislativa a interrupção da licença parlamentar para disputa da prefeitura de Cascavel. Paranhos quer “participar do processo deliberativo das proposições oriundas da mensagem do Executivo”. Ele considera “importante” a sua “manifestação e posicionamento parlamentar frente às matérias em cumprimento da representação dos interesses da população do Paraná”.

Tchau, Cunha!
Por 450 votos favoráveis, 10 votos contrários e 9 abstenções, a Câmara dos Deputados cassou o mandato de Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Após o presidente Rodrigo Maia (DEM) anunciar o resultado, o ex-deputado foi escoltado por um forte aparato policial aos gritos de “Fora Cunha”.

Toxicológicos
O deputado Vitor Valim (PMDB-CE) apresentou projeto de lei complementar que determina a obrigatoriedade de apresentação de exame toxicológico para candidatos diplomados para qualquer cargo eletivo (presidente, governador, prefeito, deputado e vereador). Será que passa?

Indeferida
A Justiça Eleitoral de Peabiru indeferiu os 18 candidatos a vereador da coligação “Juntos podemos mais”. A chapa indeferida apoia, ou apoiaria, o candidato a prefeito Júlio Frare (PR). São candidatos de sete partidos – PR, PDT, PPS, PSC PSB, PEN e PT do B -, incluindo quatro atuais vereadores. O motivo? Faltou documentação na hora do registro. A coligação pode recorrer.

Prefeita sem vereadores
Ou quase. Uma situação inusitada na região de Campo Mourão chama a atenção nesta reta final da campanha eleitoral de 2016. A juíza Ana Carolina de Oliveira, da 141ª Zona Eleitoral da Comarca de Iretama, indeferiu a candidatura de uma chapa quase completa de postulantes a vereadores da coligação “Roncador em frente”, da candidata a prefeita Marília Perotta Bento Gonçalves (PSDB), que concorre à reeleição em Roncador. De 16 candidatos dentro da coligação, apenas dois tiveram os registros liberados.

Motivos
A Justiça decidiu pela impugnação das candidaturas devido à ausência de documentações exigidas pelo TSE, com base na resolução 23.405/2014, que trata do processo eleitoral. A irregularidade afetou PSDB, DEM, PP, PDT, PSL e PT do B, que foram excluídos da coligação.

Em Foz, quase
Para quem não lembra, em Foz do Iguaçu, o candidato da Rede, Phelipe Mansur, por pouco não ficou sem candidatos a vereador. É que os partidos que integram sua aliança – PMDB, REDE, PPL e PSDC – perderam o prazo de registro das candidaturas a vereador. O imbróglio foi contornado após o final do prazo.

Novo formato
A Gazeta do Povo estreou ontem (12) um novo formato de debates, agora reunindo apenas dois candidatos a prefeito de Curitiba, por vez. Abriram a série o prefeito e candidato a reeleição Gustavo Fruet (PDT) e o ex-prefeito Rafael Greca (PMN). Com transmissão ao vivo, Fruet defendeu seu governo e atacou os adversários, em especial o governador Beto Richa (PSDB).

Polêmica
Greca disse que vai trazer inovação à Curitiba e também destacou sua gestão de 1993 a 1996. Um dos pontos polêmicos foi quando o ex-prefeito cobrou do atual, sobre doações recebidas da Odebrechet, empresa envolvida no escândalo da Lava Jato. Fruet negou, mas em matéria do próprio jornal do dia 23 de fevereiro, ele aparece na lista dos beneficiados.

Xênia x Rangel
Nesta terça (13), se confronta a candidata Xênia Mello (Psol) e Afonso Rangel (PRP). Na quinta (15) será a vez de Ney Leprevost (PSD) x Tadeu Veneri (PT) e na sexta (16) Requião Filho (PMDB) e Maria Victoria (PP).

Doador voluntário
Doadores e fornecedores de bens e serviços podem participar ativamente do processo de fiscalização do financiamento de campanha nas eleições deste ano. Em formulário disponível no Portal do TSE, doadores e fornecedores poderão informar as doações e os bens prestados a partidos e candidatos durante o pleito. A intenção é confrontar as informações declaradas nas prestações de contas eleitorais com as prestadas pelos doadores e fornecedores.

Não sou
No portal do TSE há ainda uma opção, no caso da pessoa física, de fazer um pequeno cadastro e informar que não fez nenhuma doação para campanha. A ideia é pegar o uso irregular de CPF para justificar doações.

2ª via
Atenção eleitores, que por um motivo ou outro, estão sem o título eleitoral. Vai até o dia 22 o prazo para retirar a segunda via antes das eleições de 2 de outubro. Para isto, basta efetuar a solicitação no Cartório Eleitoral de sua cidade.

 

Nova pesquisa em Foz
O Instituto Opinião registrou quinta-feira (08), mais uma rodada sobre as intenções de votos em Foz do Iguaçu. Contratada pela Editora Karina Ltda., ao custo de R$ 9,5 mil, serão colhidas 600 amostras entre sexta-feira e sábado (09 e 10 de setembro). O levantamento é específico para a disputa da prefeitura municipal e poderá ser divulgado dia 14 (quinta-feira). O registro no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) leva o protocolo PR-09700/2016.

Empate
O primeiro levantamento do Instituto Opinião, divulgado no início do mês com o protocolo PR-03238/2016, ouviu 603 eleitores e indicou empate técnico entre Chico Brasileiro (PSD) e Paulo Mac Donald (PDT). Chico aparecia com 34,48% e Paulo com 36,78%. Empatados com 2,30% estavam Phelipe Mansur (Rede) e Sérgio Barros (PSC). Tulio Bandeira (Pros) possui 1,15%.

Cascavel
O Instituto Radar Inteligência registrou quinta (08), pesquisa para saber sobre as intenções de voto para prefeito em Cascavel. Serão ouvidos 637 eleitores a partir do dia 12 (segunda-feira). A pesquisa, sob o número PR-00214/2016, foi contratada pelo candidato a prefeito Marcos Vinicius Pires de Souza e poderá ser divulgada dia 14 (quarta-feira).

Contra Cunha
Mantida ara segunda-feira (12) a sessão em que será votada a cassação ou não do mandato do deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Com a data se aproximando, os grandes veículos de comunicação foram a campo para saber como votam os parlamentares de cada estado. Do Paraná, da bancada de 30 deputados, 17 afirmam que votaram pela cassação de Cunha.

Contra II
São eles Enio Verri e Zeca Dirceu (PT), Luiz Carlos Hauly, Nelson Padovani e Paulo Martins (PSDB), Leopoldo Meyer e Luciano Ducci (PSB), João Arruda (PMDB), Sandro Alex e Rubens Bueno (PPS), Christiane Yared, Fernando Giacobo e Luis Nishimori (PR), Alex Canziani (PTB), Leandre (PV), Diego Garcia (PHS) e Marcelo Belinati (PP).

Indecisos
Informam que ainda não tomaram uma decisão Dilceu Sperafico e Nelson Meurer (PP) e Alfredo Kaefer (PSL). Não foram encontrados Hermes Parcianello, Osmar Serraglio e Sérgio Souza (PMDB), Edmar Arruda (PSD), Evandro Roman (PR), Assis do Couto (PDT), Fernando Francischini (SD), Yedekasu Takayama (PR) e Toninho Wandscheer (Pros).

Censura
Em Cascavel, o deputado Márcio Pacheco (PPL) e sua coligação “É hora do novo, Muda Cascavel”, entrou esta semana com representação contra um servidor público da prefeitura. O juiz Carlos Eduardo Stella Alves concedeu liminar que proíbe que o servidor siga veiculando o vídeo, uma vez que a prática “extrapola os limites da mera crítica” e ofende gratuitamente a honra do candidato. Em relação ao bloqueio do WhatsApp, o magistrado se posicionou contrário.

Com candidatos
Os Conselhos de Direitos e Rede de Proteção a Criança e ao Adolescentes promovem dia 16 de setembro (sexta-feira), às 14h no Plenário da Câmara de Vereadores de Foz do Iguaçu, a entrega dos Termos de Compromissos e ciência aos candidatos a prefeito, e o abaixo-assinado pela “Creche em Período Integral.

Candidatos II
Mais informações sobre o Termo de Compromisso com as Crianças e os Adolescentes com Hélio Candidato do Carmo (45) 3574-1289 ou 9104-3911 e José Carlos Rolin de Moura: 99912-9049. Informações sobre o Termo de Compromisso com o Controle Social com João Pereira Sodré 3901-3459 ou 9934-2305 e informações sobre a Carta Compromisso com o SUAS – Sistema Único de Assistência Social com André dos Santos no telefone 9996-4255.

 

Candidato único
Os eleitores de 97 municípios de 13 estados brasileiros não terão muitas dificuldades para decidir em quem votar dia 2 de ourubro. É que nestas localidades terá apenas um candidato ao cargo de prefeito. Os números estão disponíveis no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e podem ser acessados no sistemaDivulgaCandContas 2016 ou no Repositório de Dados Eleitorais. De acordo com o levantamento, o Rio Grande do Sul é o estado com mais cidades com apenas um candidato à Prefeitura: 32. Em segundo lugar está São Paulo (17), seguido de Minas Gerais (16).

Único
O Paraná contabiliza 14 cidades onde a disputa terá apenas um candidato. A lista inclui Altamira do Paraná, Araruna, Assis Chateaubriand, Bom Jesus do Sul, Brasilândia do Sul, Cidade Gaúcha, Itaguajé, Janiópolis, Miraselva, Santa Izabel do Oeste, Santa Mariana, São Jorge do Ivaí, São José da Boa Vista e Terra boa.

1 a cada 3
As novas regras eleitorais aprovada pelo Congresso não inibiram muito as falcatruas em tempo de eleições. Levantamento do Tribunal de Contas da União identificou indícios de irregularidade em 1 a cada 3 doadores que contribuíram para as campanhas municipais de outubro. Entre as principais suspeitas estão a contribuição feita por pessoas que aparecem registradas como mortas ou são beneficiárias do programa Bolsa-Família.

Gastos de Fruet
O vereador Jorge Bernardi (Rede), que é vice na chapa de Requião Filho (PMDB) a prefeitura de Curitiba, afirmou esta semana que vai pedir informações sobre os gastos da campanha de reeleição do prefeito Gustavo Fruet (PDT). Da Tribuna da Câmara, Bernardi afirmou ter recebido informações que os gastos “foram embutidos anteriormente em publicidade, na preparação de anúncios”.

Lerner na telona
O documentário “Jaime Lerner – Uma história de Sonhos”, de Carlos Deiró, estreia dia 14 nas telas do Cineplex do Pátio Batel, em Curitiba. Ontem (08) a obra, da Pandora Filmes, estreou no Espaço Itaú do Cinema Frei Caneca em São Paulo e no Espaço Itaú de Cinema Botafogo, no Rio de Janeiro.

Dilma na campanha
A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) vai mesmo participar de campanhas eleitorais pelo país. A informação foi confirmada ao Estadão pelo ex-ministro Miguel Rosseto (Trabalho e Previdência Social). “Ela vai gravar programas (para a propaganda eleitoral na TV), vai participar em atos no Brasil, sim”, disse.

Paraná
Rosseto adiantou que Dilma deve cumprir agenda em Curitiba e em Ponta Grossa e retribuir o apoio que recebeu dos candidatos Tadeu Veneri (PT), Requião Filho (PMDB), Gustavo Fruet (PDT) e Aliel Machado (Rede).

Estatuto
Os ministros do TSE aprovaram ontem pedido do PTB para um ajuste em seus estatutos, do prazo de filiação partidária. A Reforma Eleitoral de 2015 (Lei nº 13.165) reduziu de um ano para seis meses antes do pleito o prazo de filiação partidária, para que um postulante a candidato possa concorrer em uma eleição. É justamente essa a adequação que o partido pretende fazer.

Humor negro
A Delegacia da Mulher investiga um suposto estupro de vulnerável dentro de um Hospital Universitário no Paraná. De onde é o suspeito? De Ponta Grossa.

 

Victoria de licença
A deputada Maria Victoria, candidata do PP a prefeitura de Curitiba, protocolou requerimento ontem (05) se licenciando do cargo por 30 dias, sem remuneração. Vai se dedicar exclusivamente a campanha que já está na reta afinal. Com a “saída” de Maria Victoria, sobe para três, o número de parlamentares licenciados para a campanha. Além dela estão afastados da Casa de Leis os deputados Ney Leprevost (candidato do PSD a prefeito de Curitiba) e Leonaldo Paranhos (candidato do PSC a prefeito de Cascavel).

Jornada dupla
Na Assembleia Legislativa, quatro deputados farão jornada dupla entre as atividades parlamentares e as campanhas. São eles: Tadeu Veneri (PT) e Requião Filho (PMDB), candidatos a prefeito de Curitiba; Chico Brasileiro (PSD) que é candidato a prefeito de Foz do Iguaçu e Márcio Pacheco (PPL), candidato a prefeito de Cascavel.

Fake revelado
Em Campo Mourão, a campanha ocorre de maneira sorrateira pela internet. Na última semana, foi identificada a dona de uma imagem usada em um perfil fake (falso) para atacar o candidato a prefeito, Tauillo Tezelli. É uma mineira, que sequer tinha ouvido falar do município, no Noroeste do Paraná. Até agora, as autoridades já identificaram dez pessoas usando as redes sociais para atacar o candidato.

Canet
O governador Beto Richa (PSDB) encaminha nos próximos dias a Assembleia Legislativa projeto de lei que homenageia Jayme Canet Júnior, falecido no último dia 31 de agosto. A proposta prevê que a Usina Hidrelétrica Mauá, construída no Rio Tibagi, entre os municípios de Telêmaco Borba e Ortigueira, seja batizada com o nome do ex-governador.

Para sanção
Dois projetos aprovados ontem em redação final seguem para sanção governamental. O de número 168/2015, que proíbe o uso de exames de radiografia para comprovar a realização de procedimentos médicos, de Anibelli Neto (PMDB) e o de número 808/2015, de Márcio Pacheco, que exige das prestadoras de serviços de telefonia – fixa e móvel – e de TV por assinatura, a manutenção de escritórios para atendimento pessoal.

Conta de Fruet
Sobrou para o prefeito Gustafo Fruet (PDT), a conta dos atos de vandalismos ocorridos no início da noite de domingo (04). Ontem, lideranças políticas e candidatos a prefeito vieram a público criticar o que chamaram “falta de pulso” do pedetista, que é candidato a reeleição.

Ocupa Incra
Mais de mil sem terras do MST de todas as regiões do Paraná ocuparam novamente a sede do Incra na manhã desta segunda-feira, 5, em Curitiba. O MST avisa que a mobilização em todos os estados, faz parte das atividades e ações em resistência “ao golpe de Estado ocorrido no país”.

Sem reeleição
A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara aprovou a PEC 174/15, do deputado Félix Mendonça Júnior (PDT-BA), que proíbe a recondução para o mesmo cargo em mesa diretora de assembleias legislativas, de câmaras municipais e da Câmara Legislativa do Distrito Federal na mesma legislatura. Atualmente, a proibição é restrita aos deputados federais e senadores.

Doação no cartão
O TSE lidera articulações junto às instituições administradoras de cartão de crédito, ao Banco Central do Brasil e ao Ministério da Fazenda, na tentativa de garantir doações eleitorais no cartão de crédito. A medida está prevista na Resolução do Tribunal nº 23.463/2015, mas vem enfrentando resistência das prestadoras do serviço. Ontem (1º) o presidente da Corte, ministro Gilmar Mendes, comunicou sobre o empenho em assegurar este tipo de transação este ano.

No cartão II
A questão foi levada, inicialmente, à Corregedoria-Geral da Justiça Eleitoral, que imediatamente a encaminhou ao TSE. Na opinião do ministro Gilmar Mendes, o tema assumiu uma “relevância ímpar”.

Lerner na telona
O ex-governador Jaime Lerner não está disputando nada nesta campanha, mas também vai aparecer na tela. Ou melhor, na telona. O documentário “Jaime Lerner – Uma história de Sonhos”, de Carlos Deiró, será lançado quinta (08) pela Pandora Filmes, no Espaço Itaú de Cinema Frei Caneca, em São Paulo. No dia 14 a obra estreia no Cineplex do Pátio Batel, em Curitiba.

Pedágio urbano
O ex-prefeito Paulo Mac Donald (PDT) inovou em Foz do Iguaçu ao propor um pedágio aos veículos que trafegam no perímetro urbano da cidade. “Foz do Iguaçu tem mais de 120 mil veículos, se cada veículo pagar R$ 20 por mês, vamos ter R$ 2,4 milhões ao mês, R$ 26 milhões ao ano”, disse Mac Donald que apontou o pedágio como solução ao transporte coletivo.

No site da Alep…
… não pode! A Justiça Eleitoral proibiu ontem os deputados Requião Filho (PMDB) e Maria Victória (PP), candidatos a prefeito de Curitiba, de utilizarem o site da Assembleia Legislativa para campanha eleitoral. Na verdade, trata-se de um hotsite dentro da estrutura do site da Alep, que todos os parlamentares têm direito a usar. Na quarta-feira (31 de agosto), a mesma decisão já havia alcançado Ney Leprevost, que é deputado e também candidato pelo PSD.

MS de Alvaro
E o racha tende se agravar na base do agora presidente Michel Temer (PMDB). Ontem s senador Alvaro Dias (PV) entrou com mandado de segurança no STF contra a decisão do Senado que permite a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), embora cassada, ocupar cargos públicos e disputar eleições.

Rota de colisão
As críticas ferrenhas do senador Roberto Requião, presidente do PMDB-PR, ao governo Temer, o colocaram em rota de colisão com o agora presidente nacional do partido, senador Romero Jucá. O estopim é Guarapuava, onde Jucá decidiu apoiar o diretório local, que foi contrário à decisão de Requião.

Mais polêmica
Com dificuldades para superar as resistências da base aliada e outros órgãos em torno da venda de ações da Copel e Sanepar, o governador Beto Richa (PSDB) deve enfrentar nova artilharia contra a notícia de uma suposta privatização do Porto de Paranaguá.

‘Tabajara’
O ex-ministro Joaquim Barbosa, que se destacou no julgamento do Mensalão, usou as redes sociais ontem para dizer que o afastamento da ex-presidente Dilma não passa de um “impeachment tabajara”. “Eu não acompanhei nada desse patético espetáculo”, ressaltou.

Candidatos experientes
Mais da metade das candidaturas registradas em todo o Brasil, para as Eleições 2016, são de homens e mulheres com idade de 40 a 59 anos. No total, são 270.772 (55,17%) das 490.559 inscrições realizadas até terça-feira (30 de agosto). Os dados são do DivulgaCandContas, sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Segundo o cadastro, 10.245 inscritos para o pleito são candidatos ao cargo de prefeito, 9.744 a vice-prefeito e 250.783 a vereador. Os jovens de 18 a 20 anos somam, no total dos três cargos, 2.342 pedidos.

Muito experientes
O sistema mostra ainda que 1.966 candidatos têm mais de 79 anos. Para o cargo de prefeito, apenas dois candidatos possuem mais de 90 anos.

O substituto
O presidente do PRP de Curitiba, Jorge Martins, poderá substituir Afonso Rangel, que teve o pedido de candidatura rejeitado pela Justiça Eleitoral, para concorrer a prefeito de Curitiba. Rangel não prestou contas na eleição de 2012, quando disputou uma vaga para vereador na capital. Martins já disputou a prefeitura em eleições passadas.

Impeachment
A última etapa do processo que culminou com o afastamento da agora ex-presidente Dilma Rousseff (PT) monopolizou o noticiário ontem (31 de agosto). No final, foram 61 votos favoráveis e 20 contrários, sem nenhuma abstenção. O até então interino Michel Temer (PMDB) assumiu a presidência em definitivo no meio da tarde.

Rachou
Antes de colocar em votação o impeachment, foi firmado um acordo para votar separado os direitos políticos de Dilma, mantidos por 42 votos, 36 contrários e 4 abstenções. A decisão provocou o primeiro racha na base de Temer, que estuda pedir a revisão da votação.

Canet Jr, adeus
Morreu ontem (31 de agosto), aos 91 anos de idade, o ex-governador do Paraná, Jayme Canet Júnior. Ele foi o 44º governador e esteve no comando do Palácio Iguaçu de 1975 a 1979. O governador Beto Richa (PSDB) emitiu nota lamentando o falecimento e decretou luto oficial por três dias no Estado. O sepultamento de Canet Jr será hoje, às 16h no Cemitério Municipal de Curitiba.

Novo nome
O irmão do vereador Professor Galdino (PSDB), Eduardo Cordeiro de Souza (PSDB), vai concorrer a uma vaga na Câmara de Curitiba com o nome de “Prof. Edu Galdino”. A decisão, que foi aceita pela Justiça Eleitoral, foi anunciada após o Ministério Público pedir a impugnação da candidatura, uma vez que ele não pode usar o mesmo nome do irmão, que não é candidato à reeleição.

3,5 milhões
Este é o total de moradores de Curitiba e cidades da região metropolitana, segundo dados do IBGE divulgados terça (30 de agosto). É a nona maior região metropolitana do país. A capital abriga 53% dos moradores (1.893.997).

Setembro Vermelho
A campanha de conscientização para doação de órgãos, do chamado Setembro Vermelho, será lançada hoje (1º). A lei, criada a partir de um projeto de Nereu Moura (PMDB), marca também os 20 anos da Central Estadual de Transplantes, que será tema de exposição no Palácio Iguaçu.

R$ 68,5 milhões
Este é o montante repassado ontem (30) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a título de Fundo Partidário, aos 35 partidos com registro definitivo. A legenda que recebeu o maior montante em agosto é o PT, num total de R$ 9.052 milhões. Já o PSDB obteve R$ 6,7 milhões, o segundo maior montante, seguido do PMDB, que recebeu R$ 7,4 milhões. Completam o top 10 dos mais abastados: DEM, PP, PSB, PDT, PTB, PR e PPS.

Bloqueios
O TSE informa que 14 partidos tiveram valores bloqueados, no total de R$ 1.1 milhão, correspondentes aos votos dos parlamentares que migraram para o PMB, nos termos na Ação Cautelar nº 0600002-53.2016.6.00.0000 (PJe).

Mais pesquisa
O Datacenso Pesquisas e Tendências registrou ontem (30), no TSE, pesquisa sobre as eleições municipais de Curitiba. O levantamento, só para prefeito, será feito com 1,5 mil eleitores a partir de hoje (31) e poderá ser divulgado dia 05 de setembro (segunda-feira). A pesquisa, contratada pela Rádio e Televisão Iguaçu ao custo de R$ 13 mil, está registrada no TSE sob o número PR-04405/2016.

IRG
A pesquisa contratada pelo jornal Bem Paraná, sobre as eleições em Curitiba, poderá ser divulgada amanhã (1º), como havia antecipado a coluna. O levantamento, segundo o site do TSE, é específico para prefeito e está registrado no TRE com o protocolo PR-09227/2016.

Foz zero …
Zero de candidatos. A coluna consultou ontem o site do TSE e constatou que não havia sido deferida nenhuma das cinco candidaturas postas em Foz do Iguaçu. Estão na fila de espera Chico Brasileiro (PSD), Paulo Mac Donald (PDT), Tulio Bandeira (Pros), Phelipe Mansur (Rede) e Sérgio Barros (PSC).

… Curitiba 6
Na capital, estão na fila de espera do deferimento Tadeu Veneri (PT), Maria Victoria (PP) e Afonso Rangel (PRP). Já confirmados estão Ney Leprevost (PSD), Ademar Pereira (Pros), Gustavo Fruet (PDT), Rafael Greca (PMN), Requião Filho (PMDB) e Xênia Mello (Psol).

Tá duro…
… mas tá fácil. O candidato Rafael Greca declarou que até agora arrecadou R$ 610 mil, deste total, R$ 600 mil de recursos próprios e R$ 10 mil de doações. Na outra ponta, o prefeito Gustavo Fruet, que declarou despesa de R$ 320.660,00, dos quais apenas R$ 20 mil de recursos próprios.

Sem adesivos
A prefeita de Campo Mourão e candidata a reeleição, Regina Dubai (PR), baixou decreto proibindo veículos com adesivos de campanha eleitoral, de servidores ou de cidadãos, em estacionamentos de prédios públicos. A medida é legal, mas um Bocudo de plantão diz que a decisão dela tem a ver com o grande volume de adesivos de adversários nos carros dos servidores.

Unespar
A Universidade, terceira maior do Paraná, realiza dia 27 de setembro a eleição de reitor e vice do quadriênio 2017-2020. A instituição, com 13 mil estudantes, mantém campus em Curitiba (dois), Apucarana, Campo Mourão, Paranaguá, Paranavaí, União da Vitória e São José dos Pinhais.

11,24 milhões
Este é o total da população paranaense atual, segundo estimativa do IBGE divulgada ontem (30). Em todo o Brasil, são 206.081.432 habitantes em 5.570 municípios.

Golpe risonho
A ida de Dilma (PT) ontem (29) ao Senado, para fazer a sua defesa contra o processo de impeachment, não foi marcada apenas por momentos de tensão. Ou, como registrou em fotos o blog do Lauro Jardim, foi o primeiro golpe da história mundial onde as vítimas não paravam de rir. Nos flagrantes, Dilma aparece toda risonha junto aos senadores aliados e até o cantor Chico Buarque. No discurso que fez, Dilma falou que o procedimento todo é “um verdadeiro golpe de Estado”. Após o discurso, a presidente afastada passou a responder perguntas dos senadores. Como a maioria estava inscrita, o interrogatório seguiu noite à dentro.

Pró-Dilma
Antes de ir ao Senado, no domingo (28), Dilma recebeu a manifestação de “intelectuais e artistas” em manifesto contra o impeachment. No documento, 41 assinaturas de nomes como Chico Buarque, Caetano Veloso, Wagner Moura e Jurandir Freire ao lado de ilustres desconhecidos. A ausência mais notada, segundo a imprensa nacional, foi à assinatura de Gilberto Gil, que foi companheiro de ministério de Dilma durante o governo Lula (PT).

Não querem
Apesar de ocupar boa parte da mídia, com propaganda gratuita e espaço nos telejornais, a política não tem despertado o interesse nos jovens. É o que aponta pesquisa organizada pela PUC-PR, com 400 entrevistados em idade de 18 a 24 anos. Segundo as respostas, 81% dizem que não se candidatariam a cargos políticos e o motivo, para 42,4%, é a corrupção. Outros 23,8% disseram não entender ou não gostar de política.

Ajuste fiscal
A Assembleia Legislativa promove, a partir das 9h de hoje (30) no Plenarinho, uma audiência pública para discutir os projetos do Executivo, que ampliam o ajuste fiscal iniciado no ano passado pelo Governo do Estado. As propostas, que foram desmembradas e uma única matéria na última semana, estão na pauta da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) no início da tarde.

Entre aspas
“Nesses tempos de comunicação instantânea, muitas pessoas não se dão ao trabalho de ler, analisar e se informar adequadamente sobre um tema, antes de saírem soltando palpites infelizes. Simplesmente não leem e não gostam”. Do líder do Governo, Luiz Claudio Romanelli (PSB), sobre os projetos do ajuste fiscal que estarão em debate hoje na Assembleia Legislativa.

Rangel lidera
O prefeito Marcelo Rangel (PPS) lidera em Ponta Grossa, segundo pesquisa Data Sonda divulgada ontem. Rangel tem 35,3%, seguido de Aliel Machado (Rede) com 21,8%, Julio Küller (PMB) com 18%, Professor Gadini (Psol) com 2,8% e Leandro Soares (PPL) com 1%. Brancos e nulos somaram 14,3% e não sabem/não responderam, 7%. Foram ouvidos 400 eleitores de 24 a 26 de agosto, com margem de erro de 3%. A pesquisa foi registrada sob número PR-06899/2016.

Ficha suja
Relatórios do MPF apontam 5.179 candidatos com irregularidades para as eleições de 2016. Dessa lista, 476 são do Paraná. O número foi obtido por um sistema criado para receber e processar nacionalmente as informações de inelegibilidade pelos critérios da Lei da Ficha Limpa.

Pesquisas, pesquisas…
… e mais pesquisas. A Sexta-feira e o sábado (26 e 27) foi movimentada na Justiça Eleitoral do Paraná. Nos dois dias, pelo menos 12 pesquisas foram registradas para medir o humor do eleitorado em todas as regiões do Paraná. De acordo com o site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), os levantamentos serão realizados esta semana em Cascavel, Curitiba, Campo Mourão (o município já tinha um registrado na quinta, 25, conforme adiantou a coluna), Palotina, Pontal do Paraná, Araucária, Tapejara, Francisco Alves, Sarandi, Maringá, Morretes e Cerro Azul.
Curitiba I
O Jornal Bem Paraná contratou a segunda pesquisa de intenções de voto dos eleitores de Curitiba neste pleito eleitoral. O levantamento, segundo o site do TSE, é específico para prefeito, no valor de R$ 18 mil, junto ao IRG Consultoria e poderá ser divulgado no dia 1º de setembro. O registro no TRE leva o protocolo PR-09227/2016.
Curitiba II
Na primeira pesquisa sobre para prefeito em Curitiba, contratada pela RPC/TV junto ao Ibope, o ex-prefeito Rafael Greca (PMN) aparecia em primeiro com 28% das intenções de voto, seguido pelo atual prefeito Gustavo Fruet (PDT) com 19% e Requião Filho (PMDB) com 16%. O deputado Ney Leprevost (PSD) aparecia em quarto com 6% das intenções de voto, seguido por Maria Victoria (PP) com 4%, Tadeu Veneri (PT) com 2% e Ademar Pereira (Pros), Afonso Rangel (PRO) e Xênia Melo (Psol), com 1% cada.
Multas em Paranaguá
O candidato a prefeito de Paranaguá Alceuzinho Maron (DEM) e o diretório municipal do DEM foram condenados a pagamento de multa de R$ 5 mil por propaganda eleitoral antecipada. A sentença, proferida sexta (26) pelo juiz eleitoral Rafael Braga, atinge ainda a Rádio FM Ilha do Mel, que veiculou a publicidade, e também terá que pagar multa de R$ 5 mil.
Conselho de Ética
O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), decidiu representar a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) no conselho de ética da Casa. Voltou atrás, mas um colega de Renan já adiantou que o fará no lugar do presidente.
Impeachment
A presidente afastada Dilma Rousseff (PT) vai ao Senado nesta segunda (29), apresentar sua defesa contra o processo de impeachment contra ela, que está na última fase no Congresso Nacional. O governo do interino Michel Temer (PMDB), que assume em caso de afastamento definitivo, estima em 61 votos favoráveis. Para aprovar o impeachment, são necessários 54 dos 81 votos do Senado.
Candidatos
Levantamento da Confederação Nacional de Municípios aponta que 16.297 candidatos vão concorrer ao cargo de prefeito nas eleições de outubro. A CNM levantou os dados com base nos registros dos candidatos no TSE no último dia 22 de agosto e leva em conta apenas as candidaturas a prefeito com situação deferida ou aguardando julgamento pelo órgão.
Em Foz
Dos 284 candidatos em Foz, 83 são mulheres – 82  a vereadora e uma a vice-prefeita. Os números representam 29,2% do total das candidaturas e estão disponíveis para consulta no site do TSE. A cidade tem 165.730 eleitores aptos este ano, informa o jornal A Gazeta do Iguaçu. 90.581 são mulheres – 54,6% do total.
Entre aspas
“Era para você estar presa, agradeça a mim!”. Do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), para a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), que declarou que a Casa não tem moral para julgar o afastamento de Dilma.

Esquentou
Seguindo a segunda semana da campanha municipal oficial, de acordo com o calendário eleitoral, finalmente a temperatura subiu. Não faltam mais farpas nos debates e em eventos de campanha, mesmo com o processo de impeachment de Dilma (PT) sendo julgado no Senado. Por enquanto, em Curitiba, os alvos preferidos são o ex-prefeito Rafael Greca (PMN) e o atual prefeito e candidato a reeleição, Gustavo Fruet (PDT), que lideram as pesquisas de intenção de voto. Já nas redes sociais o clima é mais ameno e os candidatos têm utilizado os perfis no Facebook para apresentar propostas e publicar fotos das agendas do dia. Não faltam os tradicionais abraços, tapinhas nas costas e beijinhos em crianças.

Na rede
Após o vídeo rebatendo as declarações de Fruet no debate da Band da última segunda (22), o secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Jr., voltou a bombar ontem (26) nas redes sociais. Desta vez, Ratinho Jr aparece em vídeo pedindo voto para Ney Leprevost, candidato do PSD a prefeito de Curitiba.

Com o pai
O senador Roberto Requião (PMDB) foi o destaque na festa de lançamento da candidatura de Requião Filho (PMDB) a prefeito de Curitiba, na noite de quinta (25). No ato, com participação da ex-senadora Marina Silva (PMDB), Requião desceu a borduna no governo do colega peemedebista Michel Temer e nos defensores do processo de impeachment de Dilma. O senador acredita que a petista ainda pode reverter o afastamento definitivo.

Contra o não
Em pelo menos 14 municípios do Paraná, candidatos a prefeito vão disputar com o “não”. Isto por que eles estarão sozinhos no pleito, sem adversários. Os felizardos são candidatos a prefeito de Altamira do Paraná, Araruna, Assis Chateaubriand, Bom Jesus do Sul, Brasilândia do Sul, Cidade Gaúcha, Itaguajé, Janiópolis, Miraselva, Santa Izabel do Oeste, Santa Mariana, São Jorge do Ivaí, São José da Boa Vista e Terra Boa.

Prorrogado
O prefeito Gustavo Fruet prorrogou novamente o contrato com a empresa Cavo que faz a coleta de lixo e a manutenção do aterro sanitário em Curitiba. O contrato estava por encerrar, de forma definitiva na quinta (25), mas foi prorrogado na terça (23) até 26 de abril de 2017. A Cavo já faturou R$ 750 milhões com os serviços prestados a prefeitura, anotou Manolo Ramires, da Terra Sem Males.

Corte no PPS
O PPS do Paraná informa que protocolou a impugnação do registro de candidatura de 175 filiados que não cumpriram as determinações estabelecidas para a participação no pleito de outubro próximo. As ações são em 65 municípios pelo descumprimento de exigências partidárias, como a participação no Curso de Formação Política e a regularidade financeira junto ao partido.

É a saúde
Em todas as regiões do país, não importa se o estado é pobre ou rico, a Saúde aparece sempre como a maior preocupação do eleitor. Segundo dados das últimas pesquisas Ibope em 19 capitais do país – entre elas, Curitiba -, a área é apontada como aquela com os maiores problemas na opinião da maioria do eleitorado.

Facebook na mira
A galera que gosta de montar perfis fakes (falsos) em redes sociais, é bom colocar as barbas de molho. Veja o caso de Campo Mourão, onde a Justiça autorizou a quebra de sigilo de vários perfis identificados como falsos. A decisão partiu a partir do pedido de um empresário e candidato a prefeito que se revoltou com um grande volume de mensagens ofensivas que vinha recebendo. São pelo menos nove perfis com mensagens que agridem a honra da vítima. Se for comprovada a autoria, este tipo de crime pode render pena de até dois anos de detenção e pagamento de multa.

Reconhecidos
Curitiba tem quatro candidatos já reconhecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral. São eles Ademar Pereira (Pros), Rafael Greca (PMN), Requião Filho (PMDB) e Xênia Mello (Psol). Faltam ainda o prefeito Gustavo Fruet (PDT), Ney Leprevost (PSD), Tadeu Veneri (PT), Maria Victoria (PP), Afonso Rangel (PRP).

Foz nenhum
Enquanto o TSE reconhece candidaturas de várias cidades, Foz do Iguaçu ainda não tem nenhum. Estão na fila a espera Chico Brasileiro (PSD), Paulo Mac Donald (PDT), Túlio Bandeira (Pros), Phelipe Mansur (Rede) Dr. Barros (PSC).

Noroeste e Norte
Em Maringá, no Noroeste do Estado, também nenhum dos oito candidatos foi reconhecido pelo TSE. Em Londrina, dos nove candidatos, apenas Paulo Silva (Psol), é o único que consta com registro deferido.

Julgamento
Em Cascavel, os sete candidatos continuam aguardando julgamento. Até o fechamento da coluna, nenhum havia sido reconhecido pelo TSE.

Pesquisas
Oito novas pesquisas estão registradas no site do TSE e poderão ser divulgadas ainda esta semana. Além de Foz do Iguaçu, como a coluna já adiantou, poderá vir a toma o humor dos eleitores das cidades de Tomazina, Maringá, Ponta Grossa, Almirante Tamandaré, Ipiranga, Indianópolis, Palmital e Jacarezinho. Os levantamentos foram contratados em diferentes institutos.

Na telinha …
… e no rádio. Começa nesta sexta-feira (26), a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. Este ano, os programas serão exibidos por 35 dias, portanto, vai até o dia 29 de setembro. Os programas serão em blocos divididos em 10 minutos cada em duas veiculações diárias. No rádio, das 7h as 7h10 e das 12h as 12h10 de segunda a sábado. Na TV, das 13h as 13h10 e das 20h30 as 20h40, também de segunda a sábado. As inserções poderão ser de 30 a 60 segundos, sendo 60% para prefeitos e 40% para vereador.

Telinha II
Nas cidades que poderão ter segundo turno, a propaganda retorna 48 horas após a promulgação do resultado do primeiro turno. Neste caso vai até 29 de outubro. Neste caso, as emissoras divulgarão a propaganda todos os dias da semana em dois períodos diários de 20 minutos.

Bento Munhoz
O historiador Jair Elias dos Santos Júnior e o sociólogo Tiago Valenciano lançam dia 14, na terceira edição da Festa Literária de Maringá (FLIM), o livro “Tribuna”, obra que reúne discursos e conferências proferidos pelo ex-governador Bento Munhoz da Rocha Neto. O nome, dizem os autores, foi escolhido pelo próprio Bento em 1971.

Pacote desembrulhado
“Desembrulhei o pacotaço”. Com esta declaração, o líder do Governo, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), denominou o fracionamento do projeto de lei do ajuste fiscal enviado pelo Poder Executivo. A proposta, criticada por parlamentares da oposição, tratava de 19 temas de forma conjunta. Com o desmembramento aprovado ontem na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), por seis votos a dois, agora todas as mudanças previstas tramitarão em seis projetos distintos. “Com isto, os deputados terão condições de uma análise mais profunda de cada matéria”, afirmou Romanelli. A intenção, segundo ele, é votar tudo até 30 de setembro.

Como fica
Dentro do ajuste fiscal, matérias como à venda de ações das estatais Copel e Sanepar, além da que cria a taxa de cobrança pelo uso da água e minerais, serão tratadas separadamente. Isto quer dizer que, em caso de uma, ou outra, ser rejeitada, não irá prejudicar integralmente as metas do Governo do Estado. Mais do que facilitar o debate, a iniciativa de Romanelli corrige e reconhece que a matéria poderia ser considerada inconstitucional.

Interesse em alta
Faltando 37 dias do primeiro turno e um dia para propaganda de rádio e TV, as eleições já despertam o interesse de 43% dos eleitores de Curitiba. É o que apurou o Ibope, na pesquisa divulgada ontem (24).

Alta II
No levantamento, 17% afirmaram ter muito interesse na eleição, 26% interesse médio, 33% pouco interesse e 23% nenhum interesse. O Ibope entrevistou 602 eleitores de 19 a 22 de agosto. A margem de erro é de 4%. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada no TRE-PR sob o protocolo PR-04300/2016.

Pindaíba
“Gente precisamos financiar nossa campanha! Semana passada fiz um meme e conseguimos arrecadar menos de mil reais. É preciso que as pessoas se envolvam e toda a ajuda é válida se muitas pessoas assumirem esse compromisso! Essas situações me abalam também, é impossível construir uma campanha sem uma estrutura mínima”. De Xênia Mello, candidata a prefeita de Curitiba pelo Psol, revelando que os recursos estão escassos… Muito escassos!

Judicial
Como a coluna antecipou, a disputa eleitoral este ano terá como tablado as hostes judiciais. Ontem a juíza Sayonara Sedano, da 175ª Zona Eleitoral de Curitiba, julgou procedente ação do candidato Ney Leprevost (PSD) e multou em R$ 5 mil o atual prefeito Gustavo Fruet (PDT) e o secretário municipal de Comunicação, Paulo Vítola.

Judicial II
Os dois, segundo a Massa News, estão impedidos ainda de veicular notícias que promovam o prefeito e sua administração. Conforme a coligação de Leprevost, o método que vinha sendo utilizado por Fruet se configurava como “conduta velada, que é uma forma grave de abuso de poder político”.

R$ 16 milhões
Na largada da primeira campanha com proibição de doações de empresas, os partidos abriram os cofres. As primeiras prestações de contas publicadas pelo TSE mostram que as direções nacionais e estaduais distribuíram R$ 16,6 milhões em recursos públicos, oriundos do Fundo Partidário, a 220 candidatos a prefeito e a vereador.

Paranhos se licencia
O deputado do PSC, que é candidato a prefeito de Cascavel, apresentou ontem (22) requerimento de licença não remunerada, a partir de 1º de setembro por um prazo de 30 dias. O pedido foi aprovado por unanimidade. Até agora, dos sete deputados que são candidatos no pleito de outubro próximo, apenas Paranhos e Ney Leprevost (PSD) se licenciaram. Permanecem na Casa e em campanha Requião Filho (PMDB), Tadeu Veneri (PT) e Maria Victoria (PP), candidatos em Curitiba; Chico Brasileiro (PSD) em Foz do Iguaçu e Márcio Pacheco (PPL) em Cascavel.

Em queda
A batalha pelo impeachment de Dilma (PT) entra na reta final no Senado. Enquanto isto, os números da arrecadação mostram que tanto o interino Temer (PMDB) ou ela, em caso de volta, não terão vida fácil. Isto por que a arrecadação federal teve queda de 5,8% em julho (R$ 107 bilhões), no comparativo do mesmo período do ano passado.

Em Londrina
Não está fácil para os peemedebistas de Londrina nesta campanha eleitoral. Informa Cláudio Osti, no Paçoca com Cebola, que ontem a vereadora Elza Correia foi até a sede do partido e levou todos os móveis do local. Elza não concorda e não aceita a opção do PMDB em apoiar Marcelo Belinati a prefeito.

Em Maringá
O Metro deve estrear diariamente dia 12 sua versão em Maringá. O matutino terá Clóvis Augusto Melo como editor. Antes, ele atuava no mesmo posto no site de O Diário do Norte do Paraná.

Hora da telinha
Começa na sexta (26) a exibição dos programas eleitorais gratuitos na rádio e na televisão. A divisão do tempo apresenta equilíbrio em Curitiba. Os principais partidos tem praticamente o mesmo tempo. Serão 20 minutos diários de propaganda divididos em 10 minutos cada bloco.

Demissões
Motoristas e cobradores da Viação Cidade Sorriso realizaram ontem protesto na sede da empresa, em Curitiba. O fato atrasou a saída de alguns ônibus. A informação repassada pelos colaboradores é de demissão em massa por parte da viação.

Em Ponta Grossa
O primeiro debate entre os candidatos a prefeito será hoje (23), a partir das 19h na UEPG. O deputado federal Aliel Machado (Rede), teme que sua ligação com PT e MST, mais o voto contra o impeachment de Dilma, entre na pauta. Além dele, concorrem no pleito o prefeito Marcelo Rangel (PPS), Julio Küller (PMB), Leandro Machado (PPL) e Professor Sergio Gadini (Psol).

Tesoura no tesoureiro
Com a possibilidade de uma rebordosa nas urnas e principalmente a Polícia Federal na porta, o ex-presidente Lula e a cúpula do PT resolveram tomar uma atitude para “evitar escândalos”: extinguir o cargo de Tesoureiro. Não que a decisão seja a mais coerente, o problema é que não existem “candidatos” ao posto.

No Paraná
Não deu certo à manobra da jornalista Cláudia Cruz, esposa de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ex-presidente da Câmara, que queria levar para Brasília o seu caso de suspeita de envolvimento no esquema criminoso da Petrobras. O MPF diz que o caso deve ficar no Paraná, nas mãos de Sérgio Moro.

Pesquisas nas ruas
Enquanto não esquenta a campanha dos candidatos ao pleito de outubro, a expectativa fica por conta das pesquisas de opinião. Em Foz do Iguaçu, o humor dos eleitores poderá vir a público no próximo dia 27 (sábado). Ontem o site do TSE confirmou o registro da primeira pesquisa, a ser realizada pelo instituto Opinião, sobre a corrida eleitoral para prefeito. Sob o número PR-03238/2016, o levantamento foi contratado pelo próprio instituto, ao valor de R$ 8,5 mil, e já está ocorrendo desde sábado (20).

Curitiba e Londrina
Os eleitores das duas maiores cidades do Estado saberão como estão as intenções de votos a partir de amanhã (23). A RPC contratou levantamentos do Ibope para Curitiba e Londrina, sob os números 04300/2016 e 09340/2016, respectivamente.

Não atrapalham
O clima chuvoso e as baixas temperaturas, mais o encerramento dos Jogos Olímpicos dificultaram, mas não impediram candidatos a prefeito, vice e vereadores de colocar as campanhas nas ruas. Em Curitiba, por exemplo, um vaderdadeiro exército de candidatos a vereador – 1.101 no total – já estão circulando por ruas e bairros. Dos nove candidatos, a armata de Ney Leprevost (PSD) é a maior com 251 candidatos a vereador. A coligação de Rafael Greca (PMN) vem em seguida com 218 candidatos, Gustavo Fruet (PDT) tem 204 candidatos e Maria Victoria, 194 candidatos à vereança.

Segundo time
Bem atrás, em números de candidatos a vereador, estão Ademar Ferreira (Pros), com 57 candidatos; Requião Filho tem 56 candidatos; Afonso Rangel (PRP), 47; Xênia Mello (Psol), com 28 candidatos e Tadeu Veneri (PT), com 20 candidatos. O Partido Novo não tem candidato a prefeito, mas tem 20 candidatos a vereador.

União da Vitória
A presença do chefe da Casa Civil do Estado, Valdir Rossoni (PSDB), contribuiu para arrastar uma multidão na noite chuvosa de sexta (19), no lançamento de Santin Roveda (PR) para prefeito. O empresário, apoiado por uma aliança de 14 partidos, tem como vice o também empresário Bachir Abbas (PSDB).

Mais Brasil
Não foram apenas defensores do “Fora Temer” que aproveitaram os Jogos Olímpicos para darem seu recado. Na final do torneio masculino de futebol, integrantes do “Mais Brasil, Eu Acredito”, movimento anticorrupção de Curitiba, marcou presença na arquibancada e ontem (21) fez circular nas redes sociais a foto ostentando cartaz com os dizeres “#SomosTodosMoro e + Brasil”

Impeachment
Terminados os Jogos Olímpicos do Rio, parte das atenções dos brasileiros se voltam para o Senado Federal. É lá que dia 25 (quinta) começa a última etapa do julgamento do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT). Ela deve fazer pessoalmente sua defesa na segunda (29), antes da votação dos senadores.

Pau a pau
Pesquisa do Estudo Geral de Meios, da Ipsos, mostrou que 77% reconhecem o poder da TV. O percentual, porém, é quase igual aos que citaram a internet: 76%, anota o Painel da Folha de S.Paulo. O investimento na campanha online deve ser incrementado nesta eleição.

A primeira
Nesta terça-feira (23) começa a segunda semana da campanha eleitoral de 2016. A partir desta data os candidatos a prefeito, vice e vereador terão apenas 38 dias para convencer os eleitores. A primeira semana não teve muitas emoções, serviu mais para confirmação das coligações e preparação para a batalha.

Ficha Suja
A nova regra definida pelo Supremo Tribunal Federal, tirando poder dos Tribunais de Contas (TCs) de rejeitar as contas e tornar prefeitos inelegíveis, pode beneficiar 6 mil candidatos “fichas-sujas”. O alerta é de integrantes dos TCs, com base em contas rejeitas de prefeitos e ex-prefeitos. De acordo com entendimento do STF, a partir de agora, os vereadores vão ter a palavra final sobre a aprovação ou não das contas dos prefeitos. A estimativa, da Atricon (Associação dos Tribunais de Contas), é que 84% das impugnações de gestores são decorrentes dos julgamentos nos órgãos regionais.

Ficha Limpa
No Paraná 461 candidatos podem ser barrados pela Lei da Ficha Limpa. É o que aponta um levantamento do Estado de S.Paulo, que constatou, em todo o Brasil, 4.849 políticos que tentam concorrer nas eleições deste ano, mas podem esbarrar na legislação. São Paulo tem o maior número de propensos a Ficha Suja (1.403 no total), seguido de Minas Gerais com 620. O Paraná é o terceiro.

Chorar
“Olha, tem de chorar e botar todo mundo para chorar”. Frase atribuída ao senador Roberto Requião (PMDB), orientando a presidente a afastada Dilma Rousseff (PT), que na próxima semana irá ao Senado fazer sua defesa. À Folha de S.Paulo, Requião disse que apenas falou para “abrir o coração”.

Em Paranaguá
O jornalista André Pioli (PSC) lidera a disputa pela prefeitura de Paranaguá, na primeira pesquisa eleitoral registrada. Ele tem 45% contra 19,41% de Marcelo Roque (PV) e 14,43% de Alceuzinho Maron (DEM), Ricardo (PP) tem 2,77%, Gerson Bagé (PRB) 2,37%, Hermes Goldstein (Psol) 1,78% e Jozelito Serafini (PT) 0,4%. A pesquisa, do IRG Pesquisas, está registrada no TSE sob o número PR-02772/2016.

Em Foz
Nos primeiros dias de campanha em Foz do Iguaçu, os candidatos tem se dedicado mais a estruturar seus projetos e ações. Túlio Bandeira (Pros), além de entrevistas, tem promovido “lives” (conversa ao vivo) nas redes sociais. Na última, o tema foi sobre turismo.

No trecho
Já Chico Brasileiro (PSD), resolveu correr o trecho e nesta quinta (18), visitou integrantes da tradicional família Otremba, moradores da Mata Verde, área rural da cidade.

Na rede
O ex-prefeito Paulo Mac Donald (PDT) tem se dedicado à comentários nas redes sociais. No último faz uma análise sobre o trânsito de Foz, que “está ficando caótico”, disse.

Com a equipe
Já Phelipe Mansur (REDE) dedicou os últimos dias para gravações do programa e afinar detalhes dos projetos de governo com a equipe e seu vice, o empresário Roberto Apelbaum (PMDB).

Em alta
Enquanto 31% dos brasileiros e 34% dos moradores da Região Sul aprovam a maneira de governar do presidente interino Michel Temer, no Paraná a aprovação do peemedebista chega a 46,4%. É o que revela pesquisa feita pela Federação da Indústrias do Paraná (Fiep) e o instituto Paraná Pesquisas.

Eu faço
O tucano Luiz Carlos Hauly foi a Michel Temer pedir para ser o relator do projeto de reforma tributária na Câmara. A informação é do Lauro Jardim, em O Globo.

Jornada dupla

O deputado Ney Leprevost, candidato do PSD a prefeito de Curitiba, aproveitou o primeiro dia da campanha eleitoral para se licenciar da Assembleia Legislativa. Ney foi o primeiro deputado candidato ao pleito de outubro a tomar a atitude. Além dele, outros seis parlamentares foram confirmados candidatos e, por enquanto, terão jornada dupla. Em Curitiba, o pleito conta ainda com Maria Victoria (PP), Tadeu Veneri (PT) e Requião Filho (PMDB). São candidatos ainda Leonaldo Paranhos pelo PSC e Márcio Pacheco pelo PPL em Cascavel e Chico Brasileiro pelo PSD em Foz do Iguaçu.

Sem suplente

Como a campanha deste ano é curta (45 dias apenas), os deputados que se licenciarem, não serão substituídos pelos respectivos suplentes. De acordo com o Regimento Interno da Assembleia Legislativa, o substituto só é chamado em caso de 120 ou mais dias. O prefeito Gustavo Fruet (PDT), também não pretende se licenciar para a campanha em que tenta a reeleição.

Cada um por si

Os candidatos a vereador de PMDB, Rede, PPL e PSDC, partidos que indicaram Phelipe Mansur a prefeito de Foz do Iguaçu, ficaram sem o pedido de registro por atraso na entrega da documentação. Mas, nem tudo está perdido. De acordo com a resolução 23.455 do TSE, nesta hipótese, cada candidato poderá fazer o pedido individualmente num prazo máximo de 48 horas após a publicação da lista dos candidatos pelo Juízo Eleitoral competente.

Conta campanha

A campanha já está correndo e mesmo assim, alguns candidatos a prefeito, vice e vereador não abriram conta corrente específica. Ontem o Banco Central publicou o Comunicado 29.108, que reitera orientações sobre a abertura de contas de depósitos à vista, de partidos políticos e de candidatos, destinadas às campanhas eleitorais.

Conta II

De acordo com o documento, os bancos comerciais, múltiplos com carteira comercial e a Caixa Econômica Federal devem abrir contas destinadas às campanhas, quando solicitado por partidos e candidatos, em até três dias.

Calça curta

A Mesa Diretora da Câmara de Curitiba deu uma de “camarada” com os 32, dos 38 vereadores da atual legislatura, que irão tentar a reeleição. Nas próximas seis semanas, período da campanha, as sessões ficarão mais curtas e com menos discussões, já que não serão pautados temas polêmicos no período.

Sem sessão

A Assembleia Legislativa não terá sessão ordinária nesta quarta, como ocorre todas as semanas. O motivo é uma sessão solene para entrega de um título de cidadania honorária.

Primeiro

O estreante em campanha eleitoral, Edu Galdino (PSDB), irmão do vereador Professor Galdino (PSDB), não esperou muito para colocar a campanha na rua. Edu foi para a rua pedir voto nos primeiros segundos da madrugada de ontem (16).

Tristeza na Alep

Enquanto o debate corria no Plenário, servidores, visitantes e alguns deputados se concentravam no Espaço Cultural da Assembleia Legislativa. Na televisão do local era transmitido o jogo entre as meninas da Seleção Brasileira contra a Suécia. O time amarelo perdeu nos pênaltis, para tristeza geral.

Plano de governo
Os candidatos a prefeito, vice e vereadores no pleito de outubro próximo ganharam um importante aliado na hora de elaborarem as propostas para o plano de governo ou para definir as bandeiras nas câmaras municipais. Já está no ar o CADÊ Paraná, site que traz dados sobre as áreas de atuação de todos os municípios do Estado. No www.cadeparana.org.br é possível visualizar, analisar e comparar mais de 80 indicadores sobre educação, saúde, habitação, demografia, economia, cidadania, legislação e Justiça.

Candidatos
Terminou ontem, às 19h, o prazo para pedir o registro de candidaturas no TRE, que os envia ao TSE. Até o fechamento da coluna, o órgão havia confirmado 185 candidatos a prefeito e 184 vices e 4.842 a vereador.

Menos 50%
A campanha começa de fato hoje (16). Para eleitores, algumas mudanças na legislação serão bem vindas. É o caso da propaganda no rádio e TV. Neste ano, os candidatos a prefeito terão metade do tempo de exposição, no comparativo com 2012. Em compensação, terão direito a mais inserções nas peças de 15 ou 30 segundos exibidas ao longo do dia.

Devagar
A realização dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro e o processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT), aliados aos parcos recursos e restrições a doações, fez os candidatos a prefeito repensar a estratégia. A maioria não vai iniciar a campanha na primeira semana.

Menos justificativas
O prefeito de Curitiba Gustavo Fruet (PDT) parece ainda carregar o estigma da aliança com o PT. Em vídeo no Facebook, Fruet disse que para as eleições 2016 buscou uma aliança menor, que resultasse em menos conflitos internos e menos “justificativas e pedidos de perdão por ofensas ou contradições”.

Só 3
Passou meio batido o primeiro debate entre candidatos a prefeito de Curitiba. No último sábado, o “Circo da Democracia” reuniu apenas Requião Filho (PMDB), Tadeu Veneri (PT) e Xênia Melo (Psol). Os outros seis foram convidados, mas não apareceram. O Circo é promovido por entidades contrárias ao impeachment de Dilma (PT).

Só o nome
“Quem explica apoios é quem apoia. No PMN, eu só poderia dizer ‘Meu nome é Ra’”. Do candidato a prefeito de Curitiba Rafael Greca, ao comentar o apoio do PSDB, PSB e DEM à sua candidatura.

Francisco Beltrão
A primeira pesquisa com intenção de voto no município poderá ser divulgada na quinta (18). O levantamento, com o número PR-08109/2016, foi registrado sexta (12) no TSE e será realizado pela Radar Estatística. Serão ouvidos 400 eleitores sobre as intenções de voto para prefeito e vereador até amanhã (17). A contratante é a Editora Jornal de Beltrão, ao custo de R$ 5 mil.

Legislação eleitoral
A assessoria da vice-governadora Cida Borgheti (PP) distribuiu nota informando que a viagem dela ao exterior, de 11 a 20 de agosto, é sem ônus ao estado e “ocorre também em respeito à legislação eleitoral”. Se ela assumisse o posto, já que o titular Beto Richa (PSDB) viajou, poderia prejudicar a candidatura de Maria Victoria (PP) a prefeita de Curitiba.

Enfim, a campanha
Após um longo e tenebroso período de articulações, chutes na canela, dedo no olho e outras maldades, finalmente começa amanhã (16) a campanha das eleições 2016. É o que prevê o calendário to TSE, que permite os candidatos a prefeito, vice e vereadores divulgarem suas propostas e pedir votos. O prazo vai até 1º de outubro. As regras estão na Resolução nº 23.457/2015 do TSE. As punições para quem cometer irregularidades vão de multa até detenção.

Último dia
Aliás, termina hoje (15) o prazo para os partidos e coligações apresentarem o pedido de registro de candidatura dos escolhidos nas convenções. O procedimento será aceito até às 19h. Até a tarde de sábado (13), o Sistema de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais (DivulgaCandContas) mostrava o registro de 3.918 candidatos a prefeito, 3.890 de vice e 97.765 de vereador em todo país.

Propaganda I
De acordo com a legislação, a propaganda eleitoral este ano será permitida em todos os recursos da internet como sites, blogs e mensagens instantâneas. O uso de alto-falantes é liberado das 8h às 22h.

Propaganda II
Os comícios são permitidos das 8h à meia-noite, mas a Lei das Eleições (Lei nº 9.504/97) proíbe a realização de showmício e de evento assemelhado. Propaganda em rádio e TV é restrita ao horário eleitoral gratuito, que começa dia 26.

Clima tenso
A campanha só começa amanhã, mas na Lapa, região metropolitana de Curitiba, a temperatura subiu. Um dos pré-cadidatos a prefeito, com ajuda do pai que é ex-prefeito e um terceiro, agrediram e ameaçaram o jornalista Tony Renato Antunes, do A Tribuna Regional. O ato, no início da semana passada, ocorreu dentro da Câmara de Vereadores.

Londrina
O primeiro debate entre os candidatos a prefeito de Londrina será dia 25. De acordo com o jornalista Cláudio Osti, como o estúdio da TV Tarobá não comporta oito candidatos, apenas seis serão convidados.

Tropa reunida
O deputado Chico Brasileiro, pré-candidato do PSD a prefeito de Foz do Iguaçu, reuniu pela primeira na última semana, os pré-candidatos a vereador dos 11 partidos que integram seu arco de alianças. “Estamos construindo um Plano de Governo projetando Foz para o futuro”, disse Brasileiro.

Paranaguá
A primeira pesquisa para medir o humor dos eleitores em Paranaguá poderá ser divulgada dia 18. O registro está no site do TSE sob o número PR-02772/2016. O levantamento foi contratado pelo jornal Folha do Litoral News, que pagou R$ 7 mil a IRG Consultoria e Prestação de Serviços. Os dados serão coletados até amanhã.

Dengue e preconceito
Os números do primeiro dia da campanha de vacinação contra a dengue ficaram muito a baixo do previsto. Menos de 100 pessoas em Paranaguá e Foz do Iguaçu. Nas redes sociais, a maioria deixa transparecer um claro preconceito em declarações que beiram o ridículo. A coluna acredita que o governo não iria fornecer um medicamento sem testes para a população.

PRB diz que foi…
… e acabou não fondo. O PRB, liderado pelo deputado Pastor Edson Praczyk, que havia jurado amor à candidatura do ex-prefeito Rafael Greca (PMN), acabou entrando de fato no barco da reeleição de Gustavo Fruet (PDT). Mas, o mais estranho veio no diário oficial 9.754, de 3 de agosto, com a nomeação do Bernardino Barreto de Oliveira, o Pastor Oliveira Filho, ex-deputado federal e capo do partido, como presidente do Instituto de Pesos e Medidas do Paraná (IPEM). O decreto, sob o número 4748, é assinado pelo governador Beto Richa e o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, ambos do PSDB, partido que integra a coligação de Greca.Loas a Fruet
O site do PRB traz declarações no mínimo enigmáticas de Pastor Oliveira Filho, mais novo secretário do governo Richa. “Nós temos orgulho de dizer que temos um prefeito limpo”, ressaltou o ex-deputado federal. Que completou: “Eu prefiro perder com o Gustavo do que ganhar com qualquer um”. Será que já está prevendo uma derrota de Fruet?Rezek na Alep
O ex-ministro do STF, Francisco Rezek, estará na manhã desta sexta (12) na Assembleia Legislativa (Alep). A partir das 10h, ele profere a palestra “Direitos Humanos: universalidade e ambiguidades na hora atual”. O evento, promovido pela Escola do Legislativo, é aberto aos servidores da Casa e interessados.Com Leprevost
Renato Adur, ex-secretário de Desenvolvimento Urbano no governo Roberto Requião (PMDB), será um dos coordenares da campanha de Ney Leprevost (PSD) à prefeitura de Curitiba. Adur, segundo o jornalista Fernando Tupan, terá como missão integrar todos os segmentos que apoiam Leprevost.Redação
O Plenário da Assembleia Legislativa foi transformado ontem (11) em uma grande sala de aula. Mais de 600 estudantes fizeram o segundo aulão preparatório para o Enem e o 1º Concurso de Redação, em parceria com o Grupo Eureka e a Secretaria de Estado da Educação (SEED).Elza fora
A ex-deputada estadual e vereadora por três mandatos, Elza Correia (PMDB), não vai disputar a reeleição. Segundo ela, a decisão foi por não concordar com a aliança articulada pela direção estadual do partido. “O PMDB trai o seu estatuto, trai a sua proposta política e bandeira”, disse Elza a Rádio Paiquerê.Em Brasília
A vice-governadora Cida Borghetti, responsável pelas relações institucionais do Estado, está desde ontem em Brasília, para audiências no Ministério dos Transportes, na Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres e no Ministério da Saúde.PT solo
O ambiente não está fácil para o PT nestas eleições. Nos 25 municípios da região da Comcam, de Campo Mourão, o partido tem apenas 1 candidato a prefeito, mesmo assim, à reeleição. O PMDB tem o maior número de candidatos: 11 de um total de 61. Na sequência vem PPS com oito, PSD com sete e PSDB com seis.Com moro
O procurador-geral Rodrigo Janot afirmou ao STF que as interceptações telefônicas autorizadas pelo juiz Sérgio Moro, contra o ex-presidente Lula, devem permanecer válidas, à exceção da conversa com a presidente afastada Dilma.
A vice de Túlio Bandeira
O candidato a prefeito Tulio Bandeira (Pros) anunciou a advogada, Andreza Dolatto Inacio (PSL) como candidata a vice na disputa da prefeitura de Foz do Iguaçu. Pros e PSL formam a coligação Todos Por Foz. Andreza tem 40 anos, nasceu em Curitiba e reside em Foz desde 1992. Advogada, atuante há oito anos, é também formada em pedagogia e pós-graduada. Sobre seu projeto, Andreza acredita que pode contribuir efetivamente com a política iguaçuense.Quinto candidato
A corrida eleitoral em Foz ganhou mais um competidor. O PSC lançou o advogado Sérgio Barros da Silva. O partido terá chapa pura com o empresário Carlos Osório como vice no pleito de outubro próximo. Os demais são Chico Brasileiro (PSD), Paulo Mac Donald (PDT), Phelipe Mansur (Rede) e Túlio Bandeira.Primeiro debate
A campanha começa dia 16 e a BandTV, mantém a tradição, fará o primeiro debate entre candidatos em Curitiba. O embate será dia 22. De acordo com as novas regras, dos nove, sete devem ser obrigatoriamente convidados: Gustavo Fruet (PDT), Rafael Greca (PMN), Ney Leprevost (PSD), Maria Victoria (PP), Requião Filho (PMDB), Tadeu Veneri (PT) e Ademar Pereira (Pros).De fora
Os outros dois candidatos, Xênia Mello do (Psol) e Affonso Rangel do (PPR), não serão convidados obrigatoriamente. Isto por que seus partidos não tem o mínimo de nove deputados federais eleitos.Nova eleição
Por falar em Dilma, no início da noite de segunda (08), ela foi atração do Circo da Democracia em Curitiba, iniciativa que reúne aproximadamente 10 entidades da sociedade civil, com objetivo de debater o processo de impeachment. No discurso, ela defendeu, entre outros temas, a realização de novas eleições presidenciais.Poucas mulheres
Nas eleições de 2012, apenas 12% dos vereadores eleitos eram mulheres. É o que revelam dados coletados pelo Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam). Naquele pleito venceram as eleições 7,65 mil vereadoras, contra 49,78 mil vereadores. Candidataram-se 134 mil mulheres (31% do total) e 286 mil homens.Mulheres II
Apesar disso, o percentual de mulheres ocupando cargo de prefeita foi impulsionado pela Lei de Cotas. Em 2012, foram eleitas 665 prefeitas (12% do total), contra 4,95 mil prefeitos.Ajam!
O ex-deputado Paulo Furiati, pré-candidato a prefeito da Lapa, se revoltou com a insistência dos adversários em espalhar boatos e inverdades. Após informar que vai registrar a candidatura, veiculou vídeo do TSE detalhando como fazer para impugnar. “Se tiverem alguma coisa contra, não falem, ajam!”, desafiou.Mundo da lua
Alguns dos senadores que estiveram recentemente com a presidente afastada Dilma (PT) dizem que ela está no ‘mundo da lua’. Segundo eles, Dilma aparenta estar descolada da realidade política, informa Severino Motta, na Veja.Morre Edésio Passos
Morreu ontem, em Florianópolis, o advogado Edésio Passos. Deputado federal de 1991 a 1994 foi um dos fundadores do PT-PR. Ele ocupou uma diretoria na Itaipu no governo Lula (PT).
Propaganda no rádio e tevê
O ex-prefeito Rafael Greca terá o maior tempo na propaganda gratuita de rádio e tevê, na campanha pela prefeitura de Curitiba. A afirmação tem como base a somatória realizada pela coluna, do tempo dos partidos de cada coligação. Os números não são definitivos, uma vez que o registro das candidaturas termina hoje (08). A propaganda, que este ano terá 20 minutos diários divididos em dois blocos de 10 cada, começa dia 26 de agosto e vai durar 35 dias. Greca reuniu em sua aliança PMN, PSDB, DEM, PTN, PTdoB e PSB e terá 2 minutos e 10 segundos. A deputada Maria Victoria, filha do ministro Ricardo Barros (Saúde) e da vice-governadora Cida Borghetti, garantiu o segundo maior tempo – 2 minutos e 3 segundos do PP, PR, PRTB, PMB, PHS e SD.Deputados
O prefeito Gustavo Fruet terá 1 minuto e 58 segundos de PDT, PV, PPS, PRB e PTB. Os outros três representantes da Assembleia Legislativa aparecem na sequência. Ney Leprevost terá 1 minuto e 44 segundos do PSD, PSC, PCdoB, PPL, PEN, PTC e PSL. Requião Filho terá 1 minutos e 14 segundos do PMDB e Rede e Tadeu Veneri do PT com 1 minutos e 7 segundos. Xênia Mello do PSOL e PCB terá 20 segundos e Rangel, do PRP, 14 segundos.Em Foz
O deputado Chico Brasileiro garantiu o maior tempo no horário da propaganda de rádio e tevê, segundo a somatória feita pela coluna. A coligação PSD, PP, DEM, PRB, PRP, PCdoB, PHS, SD, PEN, PTB E PRTB somou 3 minutos e 7 segundos. Paulo Mac Donald terá cerca de 2 minutos e 10 segundos do PDT, PSDB, PTN, PPS E PR. Túlio Bandeira terá 1 minuto e 33 segundos do unindo PROS, PTC, PMB e PT e Phelipe Mansur 1 minuto e 24 segundos de REDE, PMDB, PSDC E PPL.Em Cascavel
Dos sete candidatos a prefeito de Cascavel, Marco Vinicius terá o maior tempo – 2 minutos e 40 segundos do PSB, PSDB, PDT, PPS, PR e PTN. O deputado Paranhos vem em seguida com 2 minutos e 23 segundos recebidos da maior coligação – PSC, PSD, DEM, PTB, PTdoB, PRP, PTC, PV, PSL, PRTB e PSDC. O também deputado Márcio Pacheco terá 1 minuoto e 14 segundos do PPL, PRB, PMN, PMB, Pros e PCdoB. Aderbal Melo (PT), Walter Parcianello (PMDB), Hélio Laurindo (PP) e Ivanildo Claro (Psol e PCB) fecham a lista com 1 minuto e 7 segundos, 1 minuto e 5 segundos, 43 segundos e 21 segundos, respectivamente.E 2018?
“Estamos discutindo ainda 2016. Não vamos discutir 2018, até porque não dá para chegar em 2018 sem um bom desempenho político nas eleições municipais”. A declaração é do ex-senador Osmar Dias (PDT), que andou meio sumido do mundo político nos últimos anos, desconversando sobre a próxima eleição para governador.Temer citado
A edição do final de semana da revista Veja traz a informação de que o presidente interino Michel Temer (PMDB) foi citado em delação premiada de Marcelo Odebrecht, presidente da empreiteira de mesmo nome. Temer teria recebido R$ 10 milhões em 2014 a título de “apoio financeiro”.Serra também
O ministro José Serra (Relações Exteriores) também foi citado em delação premiada. Ele teria recebido R$ 23 milhões.Fora do ar
Por falar em eleições 2016, desde sábado (06) as emissoras de rádio e TV estão proibidas de veicular imagens de realização de pesquisa ou de qualquer outro tipo de consulta popular de cunho eleitoral, em que seja possível identificar o entrevistado ou que haja manipulação de dados.Fora do ar II
Além disso, segundo a Lei das Eleições, está vedada a veiculação de propaganda política e a difusão de opinião de candidato, partido ou coligação que concorrerão às eleições municipais de outubro, quando serão escolhidos prefeitos, vice e vereadores.
Será o fim do suspense?
O calendário das eleições 2016 prevê que o último dia para as convenções municipais, quando os partidos indicam candidatos a prefeito, vice e vereadores, termina nesta sexta-feira (05). Mas, será que até a meia noite veremos o fim do suspense dos nomes que serão postos para avaliação da população dos municípios? Pode até ser, mas, para os mais céticos, o suspense prossegue. Isto por que, os partidos terão até o dia 15 de agosto (segunda-feira), para registrar as candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Até lá, candidatos poderão ser substituídos.Xênia confirmada
Na reta final das convenções, Xênia Mello (Psol) é a primeira postulante a prefeitura de Curitiba a ter a candidatura confirmada no site do TSE. Xênia terá como vice Rodolfo Brandão de Proença, o Jaruga, também do Psol.Confirmadas II
Xênia é a quarta candidatura ao Executivo registrada no TSE até o momento. Ontem a coluna revelou que já estão registradas as candidaturas de Ascânio de Paula (Cafezal do Sul), Doutor Cleverson (Piraquara) e Mário Pereira (Ribeirão Claro).Xande em STI
O PR o ex-vereador Xande como pré-candidato a prefeito de Santa Terezinha de Itaipu. Ele terá como vice Vilson Sales, do PSB.Foro privilegiado?
Diante de dezenas de deputados, o juiz federal Sérgio Moro criticou ontem (04) o foro privilegiado concedido a autoridades. “Eu acho que ele fere aquela ideia básica da democracia de que todos deveriam ser tratados como iguais. Eu acho que não existe muita razão para esse foro privilegiado”, disse.Segurança conjunta
O Centro Integrado de Comando e Controle (Cicc) da Operação Fronteira Olímpica começou a operar oficialmente nesta ontem em Foz. No local montado, na delegacia da Polícia Federal, atuam conjuntamente as polícias do Brasil, Paraguai e Argentina.Contra Dilma
A Comissão do Impeachment aprovou ontem o relatório do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), para o prosseguimento do processo de impeachment contra a presidente afastada Dilma Rousseff (PT). Dos 26 senadores, 14 votaram a favor do relatório e cinco contra.Contra Dilma II
O próximo passo é a votação no Senado da República. No plenário são necessários dois terços dos votos da Casa a favor do impeachment para afastar definitivamente Dilma.PB réu
O ex-ministro Paulo Bernardo (PT) e outras 12 pessoas se tornaram réus ontem. O juiz federal Paulo Bueno de Azevedo, da 6ª Vara Criminal de São Paulo, aceitou a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal referente à Operação Custo Brasil, um desdobramento da Lava Jato.Não empolga
A abertura oficial da Olimpíada será hoje, mas não provocou muito interesse, até agora, nem na sede dos jogos, o Rio de Janeiro. Levantamento da Paraná Pesquisas, de 27 a 31 de julho com 700 moradores da capital fluminense, aponta o pouco (23.7%) ou nenhum interesse (52,1%) pelos jogos, o que perfaz 75,8% de desinteresse. Os muito interessados (5,8%) e interessados (15,3%) somam 21,1%.

Três candidatos a prefeito
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informa que até o momento recebeu, de todo o Brasil, 136 pedidos de registros de candidatura para prefeito e vice no pleito de outubro próximo. Deste total, apenas três postulantes ao Executivo são do Paraná. Os “adiantados” no processo são Antonio Ascânio de Paula, do PDT de Cafezal do Sul, que terá como vice Agustinho, também do PDT; Doutor Cleverson Cordeiro, do PRP de Piraquara, com o vice Igor do Chalé, também do PRP; e Mário Pereira, do PSC de Ribeirão Claro, que terá como vice Bonato, do PMDB.

Legislativo
Ainda segundo o TSE, até o fechamento da coluna, 3.403 postulantes aos legislativos municipais haviam enviado o pedido de registro de candidatura. Deste total, 68 são do Paraná.

Sem volta
O apoio do PCdoB ao deputado Ney Leprevost (PSD) na disputa pela prefeitura de Curitiba é irreversível. É o que garantem membros da executiva municipal. Diante da reação negativa de parte dos militantes comunistas, a direção nacional enviou dois representantes à cidade para verificar a situação. O PCdoB nativo alega que apenas assim terá chance de eleger vereadores, principal objetivo neste ano.

Angra Doce
O líder do governo na Assembleia Legislativa, Luiz Claudio Romanelli (PSB), participou ontem (03), no Palácio Iguaçu, do lançamento do Projeto Angra Doce. A iniciativa vai promover o turismo na região formada por 15 municípios lindeiros à represa de Chavantes, na divisa entre Paraná e São Paulo. “É um projeto extremamente importante para os municípios da região”, disse.

Vice na sexta
O deputado Paranhos define na sexta (05) seu vice na chapa que disputa à prefeitura de Cascavel. A convenção municipal do PSC, a partir das 18h, será no auditório da Unioeste. Além do PSC, outros nove partidos estão na aliança de Paranhos: SD, PSDC, PTdoB, DEM, PRP, PTB, PTC, PSL e PRTB. Outros três partidos devem confirmar a adesão à frente formada pelo deputado.

Requião e PB?
Conta a jornalista Roseli Abrão que, na convenção do PMDB de Curitiba, segunda (1º), o sindicalista Sérgio Butka fazia um discurso inflamado e afirmou que iria levar Requião Filho e seu vice, “Paulo Bernardo”, para apresentar aos trabalhadores. O vice de fato, Jorge Bernardi (Rede), sacou um cartão e entregou ao dirigente da Força Sindical.

Da rua para a urna
Os movimentos de rua que pediram o afastamento da presidente Dilma (PT) devem ter representantes nas eleições de outubro em diversas capitais. Em Curitiba, o coordenador do MBL no Paraná, o músico Eder Borges, será candidato a vereador pelo PSC e é uma das grandes apostas do partido para puxar votos.

Desburocratização
A sede da Amop, em Cascavel, será palco nesta quinta (4), a partir das 14h, de reunião do Comitê de Desburocratização do Sinduscon/Paraná-Oeste. De acordo com o coordenador, Ronald Drabik, serão discutidos temas de como melhorar a gestão pública municipal com eficiência, agilidade e confiança nos serviços prestados à população.

Correndo atrás?
O prefeito Gustavo Fruet (PDT) compareceu de surpresa ontem, na abertura do último período legislativo da Câmara de Curitiba. A iniciativa surpreendeu até a vice-prefeita, Mirian Gonçalves (PT). Nos corredores da Casa de Leis, o burburinho era um só: “Ele nunca vem neste período. Deve estar correndo atrás do prejuízo”. Em tempo: Quem estava agendado para falar é o secretário Ricardo Mac Donald (Governo).Dilma em Curitiba
A presidente afastada Dilma Rousseff (PT) estará em Curitiba na próxima segunda-feira (08). Ela vem ao estado participar, na Praça Santos Andrade, em frente a Universidade Federal do Paraná (UFPR), do Circo da Democracia, onde será debatido os últimos acontecimentos na política nacional.Lembranças
No Facebook, o deputado Tadeu Veneri, candidato do PT a prefeito disse que sua candidatura foi homologada 44 anos após sua chegada em Curitiba, vindo de União da Vitória. O parlamentar lembrou a vida difícil no início. “A primeira noite foi bastante complicada, cheguei aqui às onze horas e dormi em cima de malotes. No dia seguinte acabei achando um canto, e dormi enrolado em um lençol, em uma pensão”, lembrou.Pimentel quase lá
O nome de Eduardo Pimentel (PSDB) como vice de Rafael Greca (PMN) ganhou força ontem (1º). Isso porque o ex-secretário municipal do Meio Ambiente, José Andreguetto (PSB), retirou seu nome da disputa. Ele era o preferido do ex-prefeito Luciano Ducci para o posto. Por fora, corre o deputado estadual Stephanes Júnior, também do PSB.Foice x martelo
Militantes e dirigentes do PCdoB contrários à coligação com o PSD em Curitiba vão protocolar um recurso junto à convenção que acontece na sexta (5). A coligação havia sido aprovado por 10 votos a 6 pelo pleno municipal, uma espécie de diretório comunista. Até lá, os comunistas, de todas as matizes, prometem uma briga de foice e martelo. Literalmente!Guerra no PMDB
O PMDB de Curitiba marcou para o final da tarde de ontem a convenção para oficializar a candidatura do deputado Requião Filho. Acontece que outro grupo, liderado pelo ex-governador Orlando Pessuti e Doático Santos, conseguiu uma liminar contra a convenção. Até o fechamento da coluna, ainda não tinha um desfecho esta história.Brasileiro candidato
O deputado Chico Brasileiro teve o nome confirmado pelo PSD no final de semana, para disputar a prefeitura de Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná. Brasileiro integra o grupo do ex-prefeito Paulo Mac Donald Ghisi (PDT), que também busca viabilizar sua candidatura. Ambos dizem que acreditam um consenso para ver quem fica no páreo.Pé de ouvido
O Governo fará esta semana reuniões com servidores estaduais com função de chefia e cargos de confiança para tratar de novas diretrizes administrativas e ampliar a interação entre secretarias. A reunião de trabalho também vai orientar sobre as restrições impostas pela legislação eleitoral, diz o secretário Valdir Rossoni (Casa Civil).
Placar das convenções
Faltando cinco dias para o término das convenções municipais, até o momento, os grandes vencedores em Curitiba, no quesito somar forças, são o deputado Ney Leprevost (PSD) e o ex-prefeito Rafael Greca (PMN). Ambos fecharam o final de semana contabilizando de seis a sete partidos. Ney Leprevost, que foi aclamado em convenção conjunta do PSD, PSC e PEN, recebeu até o momento apoio oficial de PPL, PSL, PCdoB e PTC. Greca conta em seu arco de alianças com PMN, PTN, PSB, PTdoBr, PSDB e DEM.Veneri confirmado
O PT vai, com a cara e a coragem, na disputa em Curitiba com candidatura própria. No final de semana, o partido a estrela vermelha confirmou o nome do deputado Tadeu Veneri.Com Fruet
Também no final de semana o PTB confirmou apoio à reeleição do prefeito Gustavo Fruet (PDT), que já tinha recebido apoio do PV.PR confirma
O PR, da deputada federal Christiane Yared, confirmou apoio a candidatura da deputada Maria Victoria (PP). A convenção do PP, que vai oficializar Maria Victoria, ocorre na próxima quinta-feira (04).Queda de braço
O PMDB de Curitiba, que deve lançar o deputado Requião Filho no pleito de outubro, vive dias de incertezas. O grupo liderado pelo ex-governador Orlando Pessuti e Doático Santos diz que conseguiu uma liminar suspendendo a convenção marcada para 17h de hoje (1º). Requião Filho, que é presidente municipal, diz que não impede a convenção.Oito leis aprovadas
O último dia do Parlamento Universitário, sexta-feira (29 de julho), teve como palco o plenário. Os acadêmicos de Direito da UFPR participaram de uma sessão ordinária e outra extraordinária para vencerem a pauta do legislativo simulado.Aprovadas II
Nas duas sessões , os deputados universitários discutiram 30 itens em diferentes estágios do processo legislativo. Em uma semana de trabalho intenso foi possível finalizar o processo de aprovação de três Propostas de Emenda à Constituição, de sete projetos de lei e de um projeto de resolução.Agosto Azul
A Assembleia Legislativa abre, nesta terça-feira (02) no Espaço Cultural, mais uma exposição Agosto Azul, por proposição da deputada Cantora Mara Lima (PSDB). O lançamento da campanha com ações de conscientização sobre doenças que atingem a população masculina, será às 14h30, durante o Grande Expediente da Casa.A vez dos sites
As mudanças que tornaram a legislação eleitoral mais rígida abriram espaço para as plataformas digitais de doação de campanha. Na eleição deste ano, um número maior de candidatos deverá usar as ferramentas desenvolvidas para receber dinheiro de pessoas físicas pela internet e não depender somente do Fundo Partidário.01
O presidente interino Michel Temer (PMDB) afirmou que está “preparadíssimo” para ser vaiado na abertura da Olimpíada do Rio, sexta-feira (05) no Maracanã. Em entrevista ao Grupo RBS, ele brincou ao dizer que os ex-presidentes desistiram de ir à cerimônia para deixar as vaias só para ele.

Segunda ponte Brasil-Paraguai
O deputado Chico Brasileiro (PSD) visitou esta semana o diretor do DNIT, Vicente Veríssimo e recebeu com otimismo a notícia da construção da segunda ponte entre Brasil e Paraguai e da Perimetral Leste em Foz do Iguaçu. “A expectativa é que as obras comecem neste ano, gerando milhares de empregos e, sobretudo,trazendo um maior desenvolvimento econômico”, destacou.

Avenida das Cataratas
Outro assunto na pauta de Brasileiro com o diretor do Departamento Nacional de Infraesturura Terrestre foi a Revitalização da Avenida das Cataratas. “A obra já tem o projeto, elaborado pelo Fundo Iguaçu, aprovado e com licença ambiental prévia. Vamos buscar apoio dos deputados federais e nos ministérios para garantir os recursos necessários deste importante investimento”, concluiu.

Fruet sem Alvaro
O prefeito de Curitiba Gustavo Fruet recebeu ontem (28) uma notícia desagradável. O colega de parlamento de tantos anos, Alvaro Dias (PV) disse em seu perfil no Twitter que não o apoiará nas eleições deste ano. O senador adiantou que ficará neutro, como já havia comunicado ao seu partido, que já decidiu pelo apoio a Fruet. Será que a decisão de Alvaro pode influenciar seu irmão, o ex-senador Osmar Dias? Não custa lembrar que ele é do PDT do prefeito.

2º maior
Nem só notícias ruins tem agitado o dia dia de Gustavo Fruet. Ele fechou acordo com o PRB e terá o segundo maior tempo na propaganda de rádio eteve. O partido, ligado à Igreja Universal do Reino de Deus, se une a aliança confirmada com PV e PTB.

Primeiro
O maior tempo na propaganda, como já adiantou a coluna, até o momento é do ex-prefeito Rafael Greca, do seu PMN com PSDB, DEM e PSB.

Política com humor
Um lado sério, mas mais divertido da política – não nesta ordem -, á revelado diariamente no traço dos cartunistas Brasil afora. Entre os craques, alguns, claro, estão Alpino (Yahoo Notícias), Amarildo (Gazeta-ES), Cazo (A Gazeta do Iguaçu), Chico Caruso (O Globo), Miguel (O Globo), Nicolielo (Jornal de Bauru), Paixão (Gazeta do Povo) e Benett (Folha de S. Paulo)

Distância do PT?
A presidente afastada Dilma Rousseff tem dado sinais de que a relação dela com o PT já não é mais a mesma. A estratégia, após as delações do casal de marqueteiro João Santana e Mônica Moura em curso, é se isentar de qualquer irregularidade narrada pelos publicitários na campanha eleitoral e culpar o partido.

Grupo dos seis I
O deputado Anibelli Neto, primeiro vice-presidente do PMDB do Paraná, adiantou a jornalista Roseli Abrão que seis grupos que irão disputar a prefeitura de Curitiba este ano. E, aquele que for para o segundo turno, terá todas as chances de eleger o próximo governador.

Grupo dos seis II
Os grupos, ainda segundo adiantou Anibellinho, são o PDT do prefeito Gustavo Fruet e do ex-senador Osmar Dias; o PMDB do deputado Requião filho e seu pai, Roberto Requião; o PSD de Ney Leprevost e Ratinho Júnior; o PP de Maria Victória e os pais Cida Borghetti e Ricardo Barros; o PMN de Rafael Greca, que leva junto o PSDB do governador Beto Richa; e o PT de Tadeu Veneri.

No Bem Paraná
O blog estreou ontem (28) tira diária no Bem Paraná, um dos principais jornais de Curitiba e do Estado. É o segundo impresso a veicular a coluna – o primeiro é a nossa Gazetinha. O conteúdo também pode ser visto no site www.bemparana.com.br.

Final de semana de convenções
O final de semana será de convenção para os partidos que irão indicar boa parte dos principais candidatos à prefeitura de Curitiba. O sábado (30) vai concentrar boa parte das reuniões, com exceção do PMDB, que optou pela segunda-feira (1º de agosto) para bater o martelo na indicação de Requião Filho. No sábado (30), a convenção tripla de PSD, PSC e PEN irá sacramentar o nome do deputado estadual Ney Leprevost.

Convenções II
O PMN também confirma no sábado o nome do ex-prefeito Rafael Greca, que até o momento conseguiu formar a maior aliança, garantindo o maior tempo na propaganda gratuita de rádio e tevê. No mesmo dia, mas de forma isolada, o PT confirma o nome do deputado estadual Tadeu Veneri.

Convenções III
O PDT, do prefeito Gustavo Fruet, ainda não divulgou quando fará sua convenção. Até o momento, Fruet tem a confirmação do PT, o PTB, por enquanto, é só compromisso verbal. No último final de semana foram confirmados como candidatos Xênia Mello, pelo Psol, e Professor Ademar, pelo Pros.

Entre aspas
“Se a eleição fosse secreta, até o PT votaria pela cassação dela”. Do senador Cirstovam Buarque (PPS-DF), mantendo o mistério, mas já dando uma pista, sobre como votará no impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT).

Às origens
Há menos de três semanas, fotos de Lula (PT) de camisa social e blazer deram lugar, nas redes sociais, a um retrato em que o ex-presidente aparece de roupa vermelha e chapéu de cangaceiro. A troca, ao que tudo indica, é o símbolo mais evidente de uma guinada estratégica para tentar reatar com suas bases eleitorais.

Juízes protestam
Não são apenas cidadãos comuns que protestam. Nesta quinta-feira (28), juízes federais e estaduais, procuradores da República e da Justiça, promotores públicos, delegados da Polícia Federal e estadual e servidores públicos realizam ato em Curitiba. A mobilização é contra o projeto do senador Renan Calheiros que altera a Lei de Abuso de Autoridade (PLS 280/2016), para dificultar operações de combate à corrupção.

Renunciou
O prefeito de Araucária, Olizandro Ferreira (PMDB), renunciou ao cargo, após descobrir que sofre de síndrome de miastenia gravis. A doença é autoimune e atinge os músculos do corpo. Ele irá passar por um tratamento intensivo de 90 dias, mas avisou que não pretende voltar à política.

Evasão escolar
O combate à evasão escolar está na agenda do segundo semestre da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa. A informação é do presidente, deputado Hussein Bakri (PSD), ao fazer o balanço das atividades realizadas dos primeiros seis meses do ano.

Twitter apócrifo
A Juiza Sayonara Sedano determinou a suspensão dos perfis “Tesão Piá” e “Corrida Maluca” da rede social Twitter. Ambos os perfis são falsos, anônimos e vinham divulgando informações ofensivas ao pré-candidato Rafael Greca (PMN). No despacho, a magistrada determinou ainda a identificação dos IPs dos responsáveis pelas páginas. Em caso de descumprimento, a multa é de 50 mil reais por dia.

Somos 7,8 milhões de eleitores
É isto mesmo! O Paraná tem exatamente 7.869.450 eleitores. A informação foi divulgada ontem (25) pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes. Em todo o Brasil, são 144.088.912 eleitores, sendo que a maioria (52,13%) são mulheres, os homens representam 47,79%. Do total de eleitores do Estado, a maioria (27%) não tem o ensino fundamental completo, 10,52% tem curso superior completo, 7,62% que apenas sabem ler e escrever e 3,03% não sabem ler ou escrever.

Eleitores II
Curitiba, com 1.289.215 eleitores, continua como o maior colégio eleitoral do Paraná, com 1.289.215 eleitores. O total representa um aumento de 9,7% nos últimos quatro anos (1.175.125 eleitores), quando foi divulgada a última estatística.

Lula preso
O Instituto Paraná Pesquisas divulgou ontem levantamento revelando que 47,7% dos brasileiros querem ver o ex-presidente Lula (PT) ser preso pelo juiz federal Sérgio Moro. Só para lembrar, em 2010, quando Lula deixou a presidência tinha mais de 80% de aprovação. A inversão de percentuais deve-se principalmente a Operação Lava Jato, que investiga desvio de recursos da Petrobras.

Suplicy preso
Quem foi preso de fato é o ex-senador Eduardo Suplicy (PT), que é candidato a vereador por São Paulo. Ele interferiu na ação da tropa de Choque da Polícia Militar, que tentava dispersar um grupo de sem-teto que impedia a reintegração de posse de um terreno invadido na zona oeste da capital paulista.

Eduardo errado
Já o filho do ex-senador, o cantor Supla, disse que a polícia prendeu o Eduardo errado. Segundo ele, quem deveria ser preso é o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que responde um processo de cassação de seu mandato no Conselho de Ética da Câmara Federal.

Vem Pra Rua
O movimento Vem Pra Rua convoca mais uma manifestação em todo país. De acordo com a assessoria, o que motiva a tomada das ruas no dia 31 de julho (domingo) são seis tópicos principais: exigir o impeachment definitivo de Dilma (PT), apoiar a operação Lava Jato, exigir a aprovação do projeto 10 Medidas contra a Corrupção, exigir a prisão de todos os políticos corruptos, lutar por renovação política e exigir o fim do foro privilegiado.

Mais um
O Partido Republicano Progressista (PRP) lançou, em convenção no domingo (24), o nome do empresário Afonso Rangel como candidato à Prefeitura de Curitiba para as eleições deste ano. O cargo de vice-prefeito ainda está em aberto.

Novatos
A crise motivada pelos constantes escândalos que vem atingindo boa parte dos políticos tradicionais está abrindo espaço para novos nomes. Em Curitiba, por exemplo, muitos dos novatos lançam mão do discurso apostando na indignação coletiva como chance de se darem bem nas urnas.

PSB adiado
A convenção do PSB de Curitiba foi adiada do dia 2 para 3 de agosto. O motivo é uma falha na divulgação, em jornal específico, do edital de convocação. Os filiados devem optar pela candidatura própria defendida pelo deputado Stephanes Junior ou apontar o vice de Rafael Greca (PMN).

Enfim, candidatos

No primeiro final de semana de convenções municipais, dois partidos de Curitiba se adiantaram e definiram os candidatos a prefeito e vice para o pleito de outubro próximo. O Pros confirmou a candidatura do professor universitário Ademar Pereira, que terá como vice Porfirio Vengue, que é assessor parlamentar na Câmara de Vereadores. O Pros confirmou também que terá chapa pura com 57 candidatos a vereador, sendo 18 mulheres. Já o Psol confirmou a candidatura da feminista Xênia Mello, que terá como vice Rodolfo Jaruga, servidor do Tribunal de Justiça do Paraná. O Psol vai compor, na proporcional, a Frente de Esquerda ao lado do PCB.

Com Fruet

O PV de Curitiba também realizou convenção no sábado (23) e decidiu pelo apoio ao projeto reeleitoral do prefeito Gustavo Fruet (PDT). O partido irá lançar chapa completa com 57 candidatos a vereador (homens e mulheres). No discurso em que recebeu a confirmação do apoio, Fruet não poupou de críticas os dois principais adversários segundo o Ibope, o ex-prefeito Rafael Greca (PMN) e o deputado estadual Requião Filho (PMDB).

Central de boatos

Lideranças da Rede de Foz do Iguaçu passaram o final de semana disparando nas redes sociais, textos e foto que comprovam que o partido está em dia com a Justiça Eleitoral. A iniciativa, dizem, é para combater os boatos de que a Rede não teria o CNPJ e não poderia viabilizar a candidatura a prefeito de Phelipe Mansur e da chapa de vereadores.

Urgência

O Ministério Público Federal pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) urgência no julgamento da denúncia criminal contra a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e o marido dela, o ex-ministro do Planejamento (Governo Lula), Paulo Bernardo. A acusação diz que em 2010 a campanha de Gleisi recebeu R$ 1 milhão do esquema de propinas instalado na Petrobras.

Saúde

O ministro Ricardo Barros (Saúde) continua a sequência de reuniões com hospitais, prestadores de serviço e trabalhadores da área de saúde. Nesta segunda (25), ele terá reuniões com a diretoria do Hospital da Clínicas (HC), da Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde do Estado do Paraná (Fehospar), da Federação das Santas Casas de Misericórdia e Hospitais Beneficentes do Estado do Paraná (Femipa) e ainda com o Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito).

Comunista não

A decisão do presidente estadual do PR, o deputado Fernando Giacobo, de apoiar a candidatura de Aliel Machado (Rede) a prefeito, provocou um racha no partido em Ponta Grossa. “Não vamos apoiar comunista”, dispararam os empresários José Álvaro Goes Filho, ex-tesoureiro, e Rubens Selski, ex-presidente, ao infomarem que estão deixando o PR.

Tolerância zero

“O desperdício do dinheiro público é o câncer que compromete a qualidade que a sociedade exige na saúde, na educação e na segurança”. A afirmação é do deputado Paranhos, pré-canidato do PSC a prefeito de Cascavel, em bate-papo com internautas. “Portanto, tolerância zero com o com o desperdício”, disse.

Sortudo

Um apostador de Curitiba é o mais novo sortudo da praça. Ele acertou sozinho as seis dezenas do primeiro sorteio, no sábado (23), e ganhou R$ 3.412.670,06. As dezenas sorteadas foram: 03-19-20-33-39-42.

Hora das definições

Com o início do prazo para as convenções municipais, na última quarta (20), os partidos começam a definir, até o dia 5 de agosto, o rumo que tomarão para o pleito de outubro próximo. Em todas as regiões do Estado começam a pipocar anúncios de apoio a coligações e/ou só a candidatos nas majoritárias. O que está em jogo, principalmente aos nomes mais cotados, é o tempo de propaganda gratuita no rádio e televisão. Nos grandes centros, o tempo destinado a cada um também serve para incluir ou não o candidato nos debates.

Maria Victoria

A deputada, que é filha do ministro Ricardo Barros (Saúde) e da vice-governadora Cida Borghetti (PP), tenta armar uma grande aliança em torno de sua candidatura à prefeitura de Curitiba. Ontem (21) ela recebeu o apoio do PR e sua principal estrela, a deputada federal Christiane Yared, a mais votada do Paraná nas eleições de 2014.

Com Leprevost

O deputado Ney Leprevost, que é do PSD de Ratinho Junior e já havia garantido o apoio do PEN, recebeu ontem a confirmação que o PSC também irá integrar seu arco de alianças no pleito de outubro. A executiva municipal distribui nota informando que juntamente com os vereadores e pré-candidatos a vereador. “O PSC entende que o projeto de Ney Leprevost é o caminho certo para Curitiba voltar a ser uma cidade inovadora e mais humana”.

E o PSDB?

Esta é a pergunta do momento nos bastidores políticos de Curitiba. Afinal, para onde vai o partido do governador Beto Richa e do presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano? As especulações não param, e dizem que os tucanos estão divididos entre o prefeito Gustavo Fruet (PDT), o ex-prefeito Rafael Greca (PMN) e o deputado Ney Leprevost.

Coordenador de Fruet

Anota Rogério Galindo, na Gazeta do Povo, que o prefeito Gustavo Fruet (PDT) já definiu o comando da campanha à reeleição. A coordenação-geral do pedetista ficará a cargo do empresário Marcelo Almeida, um dos donos da Ecovia, empresa concessionária da rodovia que liga Curitiba ao litoral.

Com Belinati

Em Londrina, o PMDB municipal acatou a decisão do presidente e secretário-geral do diretório estadual, Roberto Requião e João Arruda, e vai integrar a coligação que apoia a candidatura do deputado federal Marcelo Belinatti (PP).

Largada

Já o Pros, que tem na presidência estadual o deputado Toninho Wandscheer, começa nesta sexta (22), uma verdadeira maratona de convenções em todas as regiões do Estado. As reuniões vão até o prazo limite de 5 de agosto, informa o presidente.

Betinho Lima

Em Goioerê, o ex-presidente da Câmara, Betinho Lima (PSD), recebeu ontem a oficialização de apoio à sua coligação do PMDB e do DEM, do atual prefeito Beto Costa. Com isto, ele já soma 10 partidos em sua aliança.

Terroristas em Curitiba?

E esta agora? A Polícia Federal cumpriu ontem, em Curitiba, mandados de prisão contra homens suspeitos de planejar um ataque terrorista durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro. Até o fechamento da coluna, não havia informações sobre os alvos. A capital, segundo a PF, seria a sede do núcleo terrorista.

Para onde vão os tucanos?

Segue indefinida a escolha do candidato que terá apoio do PSDB na disputa da prefeitura de Curitiba. Os tucanos conversam tanto com o atual prefeito Gustavo Fruet (PDT), quanto com Rafael Greca (PMN), os dois mais bem pontuados nas pesquisas. A ideia é que um nome do PSDB seja o vice de uma das chapas. Os mais cotados são Eduardo Pimentel, neto do ex-governador Paulo Pimentel e Carolina Arns, filha do ex-vice-governador Flávio Arns.

Mas que nada 1

O time do secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Júnior, parece rejeitar qualquer hipótese que não a de que o deputado seja candidato a governador em 2018. Nos últimos tempos, conversas nos bastidores davam conta de que Ratinho poderia postergar o desejo de ser governador devido ao fortalecimento do clã Barros, que tem no ministro Ricardo Barros seu comandante e na vice-governadora Cida Borghetti, sua candidata natural.

Mas que nada 2

Para que Ratinho tenha musculatura na disputa, o grupo PSD-PSC quer eleger o maior número possível de prefeitos. Despontam como grandes apostas os deputados Paranhos, em Cascavel e Ney Leprevost, em Curitiba, que na noite terça (19), inclusive, reuniu mais de três mil no bairro Santa Felicidade.

Sem expediente

A Assembleia Legislativa não terá sessões na próxima semana, mas não é por causa de recesso parlamentar. Segundo o presidente Ademar Traiano (PSDB), o Legislativo havia fechado um acordo para que a UFPR utilizasse o espaço para um evento sobre democracia. O recesso de fato está suspenso, já que ainda não foi votada da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2017. Enquanto não votar, sem recesso.

Contratados

A Emater, importante parceria da agricultura paranaense, passa a contar em breve com mais 143 funcionários. O governador Beto Richa assinou o decreto de nomeação dos profissionais para o quadro próprio da instituição. Com isso, a empresa reforça sua atuação no interior, ampliando o suporte à produção agropecuária do Estado.

Privatizações

O governo Temer pretende levantar pelo menos R$ 120 bilhões com privatizações e desestatizações de empresas, venda de ativos e concessões. Uma venda dada quase como certa é a da maioria dos ativos da Eletrobrás, que gerencia diversas outras empresas de energia elétrica em todo o país – e que inclusive tem metade da participação em Itaipu.

Que beleza…

Gigantes empresariais como TV Globo, Bradesco, Coca-Cola e Nike terão isenção fiscal nos seus serviços e produtos relacionados às Olimpíadas do Rio. É o que define um decreto assinado pela presidente afastada Dilma Rousseff, ainda em 2013. Em tempos de crise, a previsão é de que o fisco deixe de arrecadar quase R$ 4 bilhões com a isenção. Ah, na lista dos beneficiados está ainda a Odebrecht, empreiteira envolvida na Lava Jato.

Prazos
Falta pouco para que o quadro eleitoral seja finalmente definido. Os partidos têm até o próximo dia 5 de agosto para promover as convenções que irão oficializar os candidatos às eleições de outubro. Depois disso, vem a guerra com todos os seus horrores – ou seja, é campanha!
Enfim, as convenções!
A partir desta quarta (20), os partidos já estão autorizados a realizarem suas convenções municipais, para definir os candidatos a prefeito, vice e vereador. O prazo segue até 5 de agosto, de acordo com o calendário Eleitoral. Em Curitiba, o PSDB dá a largada e realiza hoje sua convenção. O vereador Professor Galdino adiantou que vai defender a tese de candidatura própria do partido.Candidatos tucanos
E mais, Professor Galdino colocará o nome dele como opção, contrariando o direcionamento da executiva municipal que deseja Eduardo Pimentel como vice de Gustavo Fruet (PDT), ou de Ney Leprevost (PSD), ou de Rafael Greca (PMN). A tendência dos tucanos é compor na majoritária e coligar na proporcional.Pros-Foz
Já o presidente Paulo Angeli marcou a convenção do Pros-Foz para a próxima segunda (25). O encontro será no Sindicato das Empresas de Turismo da “Terra das Cataratas”.Sem WhatsApp…
… de novo. A Justiça do Rio de Janeiro decidiu bloquear o aplicativo em todo o Brasil a partir das 14h de ontem (19). As empresas de telefonia foram notificadas após o facebook se recusar a cumprir uma decisão judicial para fornecer informações para uma investigação policial.Em Curitiba
O ex-presidente do Uruguai, Pepe Mujica, estará em Curitiba dia 27 de julho. Ele é o convidado do debate a Democracia na América Latina, organizado pelo Laboratório de Cultura Digital, das 9h às 13h na APP-Sindicato.Surpresa Rorato
A notícia de que o empresário e advogado Cláudio Rorato desistiu da pré-candidatura a prefeito de Foz pegou de surpresa lideranças de alto coturno do PMDB do Paraná. “Ele ia ganhar a eleição para prefeito com apoio do Dobrandino (da Silva)”, exclamou um peemedebista histórico, que articulou o retorno de Rorato ao PMDB no ano passado.Em agosto
O tribunal regional federal do Paraná, com mais três unidades, poderá ser criado em agosto. O presidente do STF, Ricardo Lewandowski deve levar a julgamento neste período a decisão do ex-ministro Joaquim Barbosa, tomada unilateralmente há três anos. A decisão, na época, foi alvo de críticas de associações de juízes federais.Leilão
Um apartamento em São Paulo e flats de um hotel em Salvador, que pertenciam ao doleiro Alberto Youssef, preso na Lava Jato, serão leiloados esta semana. O juiz Sergio Moro autorizou as vendas, segundo informou Murilo Ramos, na Época.PB na PF
O ex-ministro Paulo Bernardo (PT) depôs ontem na Polícia Federal, em São Paulo, em inquérito da Operação Custo Brasil. Ele foi preso dia 23 de junho, sob suspeita de receber propinas de R$ 7,1 milhões de um esquema de empréstimos consignados no Ministério do Planejamento.FPM inexpressivo
O repasse do FPM referente ao segundo decêndio deste mês será creditado nas contas das prefeituras brasileiras nesta quarta-feira, 20. O montante transferido será de R$ 605 milhões, já descontada a retenção do Fundeb. De acordo com a CNM, se compreendidos os efeitos negativos da inflação, com a desvalorização da moeda, o atual decêndio apresenta um crescimento pífio, de 0,32%.
10 voltam a ser elegíveis
O Tribunal de Contas do Estado (TCE) deu uma aliviada e exclui 10 nomes da lista de 1.058 agentes públicos que podem ser considerados inelegíveis nas eleições de outubro. A lista, divulgada há um mês, contempla nomes de políticos ou servidores que tiveram suas contas públicas julgadas irregulares pelo TCE. A relação será analisada após o registro das candidaturas, que ocorrerá até o dia 15 de agosto, anota o Diário de Campos.Elegíveis II
Conforme o TCE, a lista aponta as pessoas que tiveram suas prestações de contas julgadas irregulares. Quem tem competência para dizer se o candidato é inelegível é o juiz eleitoral. Segundo a assessoria do TRE-PR, cada caso será analisado separadamente, no momento da conferência da documentação apresentada pelo candidato.Elegíveis III
Constam da lista dos que voltaram a ser elegíveis André Zacharow, Antonio Emilio Caldeira Junior, Celio Pinto de Carvalho, Darby Valente, Luiz Dirceu Bloot, Maurício Santos da Luz, Robson Vilalba Reis, Valdir Correia Moraes, Valdir da Silva Gomes e Vanderlei Antonio Scalco.3 x 1
A Assembleia Legislativa retomou ontem (18), no que seria o primeiro dia de recesso, as sessões ordinárias. Em aproximadamente uma hora e meia, os deputados realizaram três sessões consecutivas.Na quinta
O marqueteiro do PT, João Santana, será interrogado pelo juiz Sérgio Moro quinta (28). Ele é réu de uma ação penal decorrente da 23ª fase da operação Lava Jato e está preso em Curitiba. A esposa de João Santana, Mônica Moura, também será ouvida esta semana.Em alta
Criado há pouco mais de um ano, o site www.lavajato.mpf.mp.br já ultrapassou os 2,1 milhões de acessos. Nele é possível entender o caso e conhecer o histórico da operação tanto na primeira instância, em Curitiba, quanto nas instâncias superiores (STF e STJ).Convenções
O período de convenções das eleições municipais de outubro próximo começa oficialmente amanhã (quarta-feira, 20). As reuniões são necessárias para os partidos definirem candidatos a prefeito, vice e vereador. O prazo vai até o dia 5 de agosto.Pros e Psol
Alguns partidos não querem perder muito tempo e marcaram as convenções esta semana. É o caso do Pros e do Psol de Curitiba, que agendaram as reuniões para sábado (23). O Pros vai confirmar o empresário Ademar Pereira como candidato a prefeito. Já o PSOL deve confirmar o lançamento da advogada feminista Xênia Mello como candidata à prefeitura.Flexibilidade
A minireforma eleitoral, aprovada pelo Congresso no ano passado, vendeu dificuldades, mas entregou facilidades. Se de um lado proibiu a doação de empresas e encurtou a campanha de 90 para 45 dias, com o objetivo de baratear os custos, afrouxou as regras da pré-campanha.Flexibilidade II
A disputa começa oficialmente em 16 de agosto, mas a nova lei permitiu aos concorrentes anunciar, antes dessa data, que são pré-candidatos, inclusive em atos políticos financiados pelo partido. Tudo isto, claro, se não houver pedido explícito de voto, como já anotou a coluna.
Começou
A campanha nas ruas e nos meios de comunicação não começou ainda – pelo menos não oficialmente – mas na Justiça a guerra entre as equipes jurídicas já está acontecendo. Em Curitiba, o pré-candidato a prefeito Rafael Greca (PMN), que lidera as pesquisas, foi autuado quatro vezes por campanha antecipada em eventos e nas redes sociais.
Começou 2
Os processos contra Greca foram analisados a partir de ações promovidas pelo prefeito Gustavo Fruet (PDT), que concorrerá à reeleição. O time de advogados de Fruet é comandado por Luiz Fernando Pereira, o Pereirinha, que nas eleições de 2014 foi o advogado da senadora Gleisi Hoffmann (PT).
Dívidas
O governador Beto Richa (PSDB) está confiante na aprovação do projeto de renegociação da dívida dos Estados com a União. Segundo Richa, o novo presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), já demonstrou que essa será uma das prioridades até o fim do ano.
Vai acabar?
O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava-Jato, afirmou em uma palestra nos Estados Unidos que espera terminar sua parte nas investigações até o fim do ano. O magistrado paranaense ressaltou, no entanto, que não pode determinar prazos e que a parte que cabe ao Supremo Tribunal Federal (STF) deve continuar por mais tempo.Pegou mal
O deputado Osmar Serragalio (PMDB-PR), desabafou em entrevista à Gazeta do Povo. Disse que teme que sua imagem por ser acusado por adversários de protelar a votação do relatório de cassação de Eduardo Cunha. “Isso aí fica na internet, na rede social. E toda vez que eu aparecer, a primeira coisa que vão mostrar é gente gritando “vergonha”, gritando “golpe”… Isso nunca apaga, nunca apaga. Vocês não sabem o que isso significa para um parlamentar. Eu, sinceramente, talvez não saia mais candidato a nada, em virtude disso”, declarou.Enem
Os jovens que vão fazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão contar com uma ajudinha extra da Assembleia Legislativa. Isso mesmo. A casa lançou o site ‘Assembleia Legislativa no Enem’, que já está no ar com um material completo para reforçar os estudos de quem quer usar a prova para cursar o ensino superior. A página pode ser acessada através do endereço alep.pr.gov.brFechando a conta
O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava-Jato, afirmou em Washington (EUA), que espera terminar sua parte nas investigações até o fim do ano. O magistrado ressaltou, no entanto, que não pode determinar prazos e que a parte que cabe ao Supremo Tribunal Federal (STF) deve continuar por mais tempo.Aposentado
O Senado aposentou o ex-senador petista Aloizio Mercadante. Ele receberá R$ 15,4 mil mensais. Mercadante tem 62 anos e foi senador por São Paulo de 2003 a 2011. À imprensa nacional, a assessoria do petista disse que ele também computou seu tempo como professor e deputado federal para obter a aposentadoria.
Psol rejeita PT e PCdoB
O diretório estadual do Psol, em reunião sábado (25), rejeitou por unanimidade as coligações com PT e PCdoB nas eleições municipais de outubro no Paraná. Um relatório com a posição e justificativas será enviado ao diretório nacional, que vai analisar a questão nos dias 29 e 30 de julho. Até lá, as alianças com petistas e comunistas estão suspensas. Em Curitiba, o Psol terá candidatura própria com a ativista Xênia Mello.
Rejeita II
O Psol tem uma resolução de âmbito nacional que libera alianças com PCB e PSTU e proíbe coligações com PSDB, DEM, PMDB, PR, PRB, PTB, PSD, PPS, PSC, SD e PP. As demais coligações serão analisadas caso a caso pelo diretório nacional. Segundo a mesma resolução, cabe aos diretórios estaduais receberem os pedidos de coligação e enviarem eles para o Diretório Nacional, se posicionando sobre os pedidos.
Sinalização
Mais 40 cidades terão obras de sinalização viária. Ontem (29) o governador Beto Richa recebeu os prefeitos e autorizou as obras que serão executadas pelo Detran-PR num investimento de R$ 6,8 milhões.
Inferno astral…
… de advogado de Gleisi continua. O Gaeco prendeu ontem o advogado Sacha Reck, ex-sócio de Guilherme Gonçalves, preso pela Operação Custo Brasil no sábado, 25. Nesta etapa o órgão investiga fraudes nos sistemas de concessões municipais de transporte coletivo com atenção especial para as cidades de Guarapuava e Curitiba.
PB solto
O ministro Dias Toffoli, do STF, revogou ontem a prisão do ex-ministro Paulo Bernardo (PT), detido quinta-feira (23), na Operação Custo Brasil, que investiga desvios do Ministério do Planejamento. A decisão foi uma resposta da reclamação feita pelo advogado do petista, Juliano Breda, junto ao tribunal.
Bolsonaro fora?
Pode ser que sim, pode ser que não. O Conselho de Ética da Câmara instaurou terça (28) processo por quebra de decoro parlamentar contra o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ). A representação do PV o acusa de ter dedicado seu voto, a favor do impeachment de Dilma (PT), ao coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, reconhecido pela Justiça como torturador durante a ditadura militar.
Afinando o discurso
O PDT do Paraná realiza sábado (02 de julho), às 9h, em Ponta Grossa, encontro estadual com a presença do presidente do partido, ex-senador Osmar Dias, deputados, prefeitos e demais lideranças. Segundo o líder da legenda na Assembleia Legislativa, deputado Nelson Luersen, o objetivo é reunir filiados, dirigentes, vereadores, pré-candidatos e demais lideranças para discutir a preparação para as eleições municipais de outubro.
Fora do ar
Como a coluna já havia antecipado, a partir de hoje (30), as emissoras de rádio e televisão não poderão transmitir programas que sejam apresentados ou comentados por pré-candidatos às eleições deste ano. A data está prevista no calendário eleitoral, aprovado por uma resolução do Tribunal Superior Eleitoral.
 
Novo regimento interno
Os deputados encerraram ontem (28), a apreciação das 122 emendas do novo Regimento Interno da Assembleia Legislativa. Desde o início da análise do projeto, o presidente Ademar Traiano (PSDB) tinha como meta concluir a discussão no primeiro semestre. “É o final de toda essa discussão. Uma vez aprovadas todas as propostas de emendas ou alterações, teremos a elaboração definitiva do Regimento”, afirmou.
UPS I
Por falar em Traiano, o presidente da Assembleia Legislativa recebeu ontem a visita de vereadores de Cascavel, acompanhados do deputado Adelino Ribeiro (PSL). Eles pediram apoio para a cidade receber mais uma unidade do Paraná Seguro (UPS).
UPS II
Cascavel foi à primeira cidade do interior a receber uma UPS. A unidade deu resultados avaliados pela comunidade como muito bons. A nova unidade reivindicada pelos vereadores Romulo Quintino (1º secretário da Câmara), Nei Haveroth, Walmir Severgnini e João Paulo, já tem local para ser instalada.
Oposição
A pouco mais de três meses das eleições municipais, sete vereadores de quatro partidos criaram o bloco de oposição ao prefeito Gustavo Fruet (PDT), em Curitiba. São da Rede, PMN, PMDB e PSDB liderados por Jorge Bernardi (Rede).
Na Lapa
Faltando poucos dias para começarem as convenções, o ex-prefeito Paulo Furiati já garantiu apoio de cinco partidos em sua pré-candidatura para voltar à prefeitura da Lapa, na região metropolitana de Curitiba. Além da própria legenda, o PMDB, Furiati terá em seu arco de alianças PDT, PSB, PPS e PR. Ele já foi prefeito por dois mandatos: 2001-2004 e 2009-2012.
Entre aspas
“Nós temos duas alternativas dentro deste quadro de corrupção sistêmica. Podemos fazer como muitos querem, varrer isso debaixo para o tapete e esquecermos que temos este problema ou podemos enfrentá-los com instituições, com a opinião pública, com o apoio popular, com um desenvolvimento de uma nova cultura no âmbito da iniciativa privada e empresarial”, do o juiz Sérgio Moro, que conduz a Operação Lava Jato.
Sequestrar Lula
“Pensei: se a gente formar um grupo de juristas, a gente pode pegar o Lula e entregar numa embaixada. À luz de uma prisão arbitrária, um ato de solidariedade particular pode ir até esse limite. Proteger uma pessoa de uma ilegalidade é um direito”. Do ex-ministro e pré-candidato a Presidência em 2018, Ciro Gomes (PDT), ao divagar sobre uma possível prisão do ex-presidente Lula (PT).
Fora do ar
A partir das 18 horas de quinta-feira (30), a prefeitura de Curitiba deixará de publicar conteúdo noticioso em sua página na internet e também retirará do ar suas páginas em redes sociais. A medida visa atender à legislação eleitoral que estabelece uma série de restrições para a divulgação de atos do poder público durante o período eleitoral.
Contra o pedágio
O deputado Paranhos (PSC) participou ontem (28) de mais uma reunião da Frente Parlamentar contra a Prorrogação dos Contratos do Pedágio no Paraná. “Na pauta as novas audiências públicas e nossa emenda que inclui no PL contra o pedágio também as novas concessões”, disse ele, em sua página no Facebook.
 
Temer no Paraná
O presidente em exercício Michel Temer (PMDB) estará no Paraná nesta terça-feira (28). Ele participa ao lado do governador Beto Richa (PSDB), da inauguração da fábrica de celulose e papel que a Klabin instalou em Ortigueira, na região dos Campos Gerais. Esta será a primeira visita o Estado, após o afastamento da presidente Dilma Rousseff (PT), alvo de um processo de impeachment no Congresso Nacional.
Klabin
A unidade da empresa, que conta com apoio do Governo do Estado através de incentivos fiscais, tem capacidade para produzir 1,5 milhão de toneladas de celulose. O investimento, de R$ 8,5 bilhões, criou 1,4 mil empregos diretos e indiretos na região e é considerado o maior da história do Paraná.
União da Vitória
O empresário Santin Roveda (PR) já conta com apoio do PMDB e PV na disputa da prefeitura de União da Vitória. Roveda, pré-candidato a prefeito, terá uma reunião nesta terça (28), com os presidentes e pré-candidatos a vereador dos partidos.
Sérgio Moro
A jornalista Joice Hasselmann lança amanhã, em Curitiba, o livro “Sergio Moro”- A história do homem por trás da operação que mudou o Brasil. O ato, a partir das 19h30, será na livraria da Villa, no Shopping Pátio Batel.
Produção rural
O deputado Chico Brasileiro (PSD) discutiu, na última semana, projetos e necessidades dos produtores rurais da região de Foz do Iguaçu. “Muito obrigado a todos, em especial a direção do Sindicato Rural, pela acolhida. Seguiremos trabalhando para fortalecer a cadeia produtiva dos alimentos”, disse.
Troca-troca?
O lançamento da pré-candidatura da enfermeira Rosane Ferreira (PV) a prefeita de Araucária no domingo (26), reunindo PT, PR, PP e o PMDB, gerou especulações ontem em Curitiba. A presença de Roberto Requião no ato motivou o boato de que o PV deve abandonar Gustavo Fruet (PT) e apoiar o filho do senador, Requião Filho na capital. A propósito, Requiãozinho também esteve em Araucária.
Liberal
O presidente do Instituto Democracia e Liberdade (IDL), Edson Ramon, ex-presidente da Associação Comercial do Paraná, falou ontem (27) na Assembleia Legislativa, em defesa da livre iniciativa, liberdade econômica e de um Estado mais enxuto. A presença de Ramon foi agendada pelo deputado Ney Leprevost (PSD).
‘Show’ da prisão
Quatro dias após a prisão de seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) voltou ontem ao Senado. Em discurso no plenário, a petista criticou a ação da Polícia Federal, que classificou como midiática, e disse que irá lutar pela “restauração da dignidade e do nome” de seu companheiro.
Sem CPMF
A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulga esta semana pesquisa apontando que 73% da população rejeita a volta do tributo. Para 70% ele é injusto, pois afeta a todos independentemente da renda.
 
Sem CPMF II
Os dados, adiantados por Vera Magalhães, na Veja, mostra que 59% dos brasileiros dizem que a CPMF é inflacionária. A CNI entrevistou 2.002 pessoas em 143 municípios.
 
Eleições municipais
Esta semana começa a valer de fato o calendário para partidos e candidatos às eleições de outubro próximo. A partir do dia 30 (quinta-feira), ficam proibidas as emissoras de rádio e tevê de veicularem programas tendo pré-candidatos como âncoras ou comentaristas.
A propaganda partidária gratuita deixa de ser veiculada dia 1º de julho (sexta-feira). No dia 5 de julho começa a contar o prazo de 15 dias para os postulantes a cargo eletivo realizar propaganda intrapartidária com vistas à indicação de seu nome. Este ítem abre, na prática, uma brecha para campanha extemporânea, inclusive com carros de som nas ruas, para os pré-candidatos convencerem os convencionais.
Candidaturas
As convenções, quando os partidos definem os candidatos a prefeito e vereador e números de urna, começam dia 20 a serem enviados ao Tribunal Reregional Eleitoral (TRE). O prazo vai até 05 de agosto. Todo o calendário está disponível no site www.tse.jus.br.
Pré-candidatura
A deputada estadual Maria Victoria (PP) lança a pré-candidatura a prefeita de Curitiba nesta segunda-feira (17), às 19h, na Casa Lia Eventos, próxima ao Museu Oscar Niemeyer. Maria Victoria, 24 anos, é filha do ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP), e da vice-governadora, Cida Borghetti (PP).
Câmara devolve
A Câmara de Curitiba vai devolver hoje (27), à prefeitura, os recursos do Fundo Especial da Câmara (FEC), que vinham sendo economizados desde 2009. O saldo é superior a R$ 58,4 milhões.
Financiamento público
Os pré-candidatos da oposição já denunciaram a iniciativa da Câmara, uma vez que os recursos poderão ser usados livremente pelo prefeito Gustavo Fruet (PDT). “É, na prática, um financiamento público de campanha antecipada”, afirmou o ex-prefeito Rafael Greca, que vai disputar o pleito pelo PMN.
PT abandona
Mal acabou de ser preso, em nova fase da Operação Lava Jato, e o ex-ministro Paulo Bernardo (Comunicação) foi abandonado pelo seu partido, o PT. Ele e a esposa, a senadora Gleisi Hoffmann (PT), como já circulou em alguns blogs da capital no final de semana.
Abandona II
Ontem a coluna Painel da Folha de S.Paulo confirmou o abandono. O PT dará suporte a PB dizendo que sua prisão foi um exagero, mas não entrará de cabeça em sua defesa. Para dirigentes, o ex-ministro agia em benefício eleitoral próprio, não da sigla.
Ovacionado
O juiz federal Sergio Moro foi ovacionado pelo público durante o show da banda Capital Inicial em Curitiba, na noite de sábado, 25. O vídeo com aplausos viralizou ontem (26) nas redes sociais.
Mais greve...
… nas escolas. “Deliberamos pelo estado de greve a partir deste momento e um conjunto de ações que vão desencadear em uma paralisação no dia 30 de agosto, com ato regional em Curitiba e atos em várias outras cidades do estado. Não aceitaremos qualquer retrocesso”. Do presidente da APP Sindicato, Hermes Leão.
PB achou divertido?
“É obrigatório ter um japonês na equipe?” A pergunta, com relativo bom humor, foi dirigida pelo ex-ministro Paulo Bernardo (Comunicação) aos policiais no momento em que foi preso no apartamento funcional do Senado, que ele mora com a mulher, a senadora Gleisi Hoffmann (PT) e filhos, em Brasília. Talvez porque PB já esperasse a medida e como havia um nipônico no grupo de agentes no momento, anotou Vera Magalhães, na Veja.
Real em Real
De acordo com as investigações, que levaram a prisão de PB, o esquema desviava recurso de servidores públicos que usaram o crédito consignado, de 2010 a 2015, em contratos ligados ao Ministério do Planejamento. Cada um deveria pagar R$ 0,30 mês, pelo gerenciamento e controle à Consist, mas acabaram arcando irregularmente com R$ 1,25. O montante desviado é de R$ 100 milhões.
“Desnecessária”
No twitter, o senador Roberto Requião (PMDB) disse que a prisão do ex-ministro é “desnecessária” e serve para “constranger a defesa da soberania do Brasil no impeachment”. “Não serei eu a defender Paulo Bernardo, mas sua prisão desnecessária destina-se a constranger a defesa da soberania do Brasil no impeachment”.
Temer confirma
O presidente Michel Temer aceitou o convite do governador Beto Richa e confirmou a visita ao Paraná na terça (28). Temer e Richa vão participar da inauguração da fábrica da Klabin em Ortigueira nos Campos Gerais. A unidade é o maior investimento privado, na ordem de R$ 8,5 bilhões, na história do Estado.
Liberdade de expressão
“O dever da imprensa não pode ser cerceado de maneira nenhuma”. Da ministra do STF Cármen Lúcia ontem (24), em referência às 48 ações coordenadas de juízes paranaenses contra jornalistas da “Gazeta do Povo”. A gravidade do caso se dá, segundo ela, no fato de as ações “tentarem criar um direito à privacidade no espaço público”.
Com Moro
Já nas mãos do juiz federal Sérgio Moro os materiais dos inquéritos que investigam um sítio em Atibaia e um triplex no Guarujá, ambos em São Paulo. Os imóveis têm a propriedade questionada na Justiça. Investigadores buscam indícios de ambos pertencem ao ex-presidente Lula (PT), que teria ocultado os patrimônios.
R$ 66 milhões
Este é o montante que o ministro da Saúde, Ricardo Barros, anunciou que o Ministério está liberando em emendas individuais de parlamentares paranaenses. Os recursos serão utilizados para custeio e investimentos em todas as regiões do Estado.
Presidente de fato
Desde que o presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi afastado pelo STF em 5 de maio, o deputado paranaense Fernando Giacobo (PR) protagoniza os trabalhos legislativos. Segundo vice-presidente, Giacobo presidiu nada menos que 30 das 33 discussões ocorridas desde então.
Que crise?
Nos próximos dois anos, oito shoppings centers serão inaugurados ou serão construídos no Paraná. Ainda que o cenário econômico desfavorável tenha atrasado alguns empreendimentos, os empresários mantêm os projetos em diversas cidades. As estruturas serão em Curitiba (dois), Umuarama, Campo Largo, Paranaguá, Guarapuava, Cascavel.
 
Custo pedágio
O presidente da Coopavel, Dilvo Grolli, apresenta nesta quinta-feira (23), a partir das 18h30, o resultado de uma análise técnica sobre o pedágio rodoviário do Paraná. Consultores especializados foram contratados e por 300 horas fizeram uma detalhada e minuciosa leitura dos balanços do pedágio, principalmente do Lote 3 do Anel de Integração Rodoviário.
Inauguração
Dilvo apresenta as informações a empresários, diretores e associados da Associação Comercial e Industrial de Cascavel (Acic). O ato será a primeira atividade na nova Sala Paraná da entidade, localizada no Edifício Rui Barbosa, 1802.
Golpe no pedágio
“Acabamos de dar um duro golpe nos defensores da prorrogação dos contratos do pedágio. Aprovamos uma lei na Assembleia que impede que o futuro do pedágio seja definido apenas entre concessionárias e governo”, do deputado Chico Brasileiro (PSD). “Esta é a primeira vitória da Frente Conta Renovação. A luta continua até a vitória final!”, completou.
Arnaldo Busato
O ex-deputado estadual e federal e ex-secretário de estado ganhou uma homenagem ontem na Assembleia Legislativa. Arnaldo Busato é como foi denominada a sala de reuniões anexa ao Plenário. O espaço é onde são realizadas reuniões de comissões técnicas e recepcionadas autoridades que visitam o Legislativo.
Vaquinha
A equipe de Dilma Rousseff está preparando uma campanha de financiamento coletivo (crowdfunding) para arcar com os custos das viagens dela pelo Brasil. A conta das viagens tinha sido repassada ao PT, mas estava salgada para o partido.
Vaquinha II
Dilma viaja com pelo menos dez assessores, entre médico, jornalistas, fotógrafo e seguranças. Até agora, a legenda pagou apenas uma viagem dela, há duas semanas, para um encontro com intelectuais em Campinas, segundo anotou Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo.
Pesquisa em Londrina
O Instituto Multicultural deve divulgar hoje (22), pesquisa de intenção de voto para prefeito e vereador em Londrina. O instituto registrou a pesquisa quinta (16) – número PR-01069/2016 no TSE – e fez seu levantamento entre os dias 17 e 20 de junho com 640 entrevistados.
Pesquisa II
No questionário, o eleitor avaliou ainda o governo do presidente Michel Temer (PMDB) e opinou sobre o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT). O prefeito Alexandre Kireeff (PSD) não está na lista dos pré-candidatos, mas há duas perguntas: se o eleitor considera o voto em candidato que representa a continuidade do governo e se o apoio do prefeito a determinado candidato influencia na decisão do voto.
Menos salgada
A tarifa residencial da Copel terá redução de 14,3% a partir do dia 24 de junho, conforme a revisão tarifária da companhia, definida nesta terça-feira (21). O índice de redução beneficia todos os consumidores, mas varia de acordo com a classe de tarifa. Na média, a tarifa da Copel vai ficar 12,87% mais barata, considerando clientes industriais, comerciais e residenciais.
Fico!
O presidente afastado por decisão do STF, da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse ontem em entrevista coletiva que não vai renunciar ao cargo.

Seja o Primeiro a comentar on "BOCA MALDITA – O Blog do Paraná"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*