Blogsfera

PF aprende R$ 400 mil em casa de câmbio em Foz do Iguaçu

A Policia Federal deflagrou a Operação Hammer-On e apreendeu R$ 400 mil em uma casa de câmbio de Foz do Iguaçu. De acordo com a PF, os valores eram lavados por uma organização criminosa transnacional, que movimentou mais de R$ 5,7 bilhões. Foram cumpridos mandados no Paraná, Santa Catarina, Espírito Santo, São Paulo e Minas Gerais.

Nota Paraná: CPF na nota pode reduzir ou até zerar IPVA


Durante as transmissões ao vivo pelo Facebook aos domingos, sempre às 19 horas, o chefe da Casa Civil Valdir Rossoni tem repetido que é possível diminuir ou até zerar o valor IPVA.  “Sempre que o consumidor fizer uma compra nos estabelecimentos do Paraná e colocar o CPF na nota, ele poderá juntar créditos para abater do IPVA, inclusive de mais de um automóvel ou moto. Tem também a opção de sacar o valor dos créditos”, explicou.

O Nota Paraná devolve aos contribuintes 30% do ICMS recolhido pelo estabelecimento onde fez suas compras. A partir de R$ 25 em créditos, é possível transferir o valor para conta corrente ou deixar acumular para descontar do IPVA. O procedimento é simples: basta fazer o cadastro no site do Nota Paraná (www.notaparana.pr.gov.br) ou pelo celular com o aplicativo do programa. Lá, o contribuinte vai encontrar o extrato dos seus créditos e o passo a passo para optar por transferir o valor acumulado para pagar o IPVA. Esta opção estará disponível em novembro.

Os consumidores podem também optar por fazer doação a uma instituição social. Além da devolução, todos os meses são sorteados 250 mil prêmios entre os contribuintes que participam do programa.

Fernanda Richa apresenta diretrizes da assistência social do Paraná

A secretária Fernanda Richa (Família e Desenvolvimento Social) apresentou mesta terça-feira, 15, aos gestores municipais da área, os planos decenal e estadual da assistência social que estão sendo compartilhados com todos municípios do Paraná. Para Fernanda, o compromisso nas ações gera resultados como a redução da pobreza em 57,4% no Paraná. “Sozinhos não fazemos nada. O Estado presta apoio, mas é o município que executa as políticas de assistência social e dá voz àqueles que não são vistos nem ouvidos”, disse.

“O Paraná mostra mais uma vez seu protagonismo na assistência social. Este plano é resultado do esforço da equipe técnica da secretaria e foi referendado pela sociedade civil”, completou.
Há mais de R$ 80 milhões que podem ser pleiteados pelos municípios para a política de assistência social e de garantias de direitos. A Secretaria da Família co-financia programas direcionados para a proteção e ao desenvolvimento das famílias. Para saber mais, acesse o link

O presidente do colegiado de gestores, José Roberto Zanchi, destacou o apoio da Secretaria da Família e Desenvolvimento Social às prefeituras. “A visão de desenvolvimento local, com suas especificidades, é essencial para fazer a diferença para o cidadão”, disse Zanchi.
Cida Borghetti abre encontro sobre qualidade da água em Foz


A vice-governadora Cida Borghetti abre nesta terça-feira (15), em Foz do Iguaçu, o 3º Seminário de Qualidade de Água. O evento, realizado pela Funasa e Itaipu, reunirá técnicos de todo o país para debater ações, promover a troca de experiências e apresentar tecnologias para garantir a qualidade da água voltada ao consumo humano. Cida Borghetti coordena o grupo de trabalho responsável pelas ações de revitalização do Rio Iguaçu. Também participam da abertura o diretor-geral brasileiro da Itaipu, Luiz Fernando Vianna, e o presidente da Funasa, Rodrigo Sérgio Dias.

Santin quer agilizar conclusão da Avenida Manoel Ribas junto ao Dnit-PR
 
Na última semana, o prefeito de União da Vitória, Santin Roveda, se reuniu com o coordenador de Engenharia Max Cancian, e o superintendente do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura do Transporte) o Paraná, José da Silva Tiago. “No encontro conversamos sobre a conclusão da Avenida Manoel Ribas e projetos de infraestrutura para o município”, disse.
Bye, bye Brasil: 34% dos brasileiros querem deixar o país, diz pesquisa


Se você pudesse escolher, continuaria a morar no Brasil ou se mudaria daqui? O Instituto Paraná Pesquisas fez essa pergunta para 2.468 brasileiros entre terça e sexta-feira da semana passada e constatou que um terço já se imagina em outro país. Aos números: 34,6% disseram que morariam no exterior, enquanto 62,8% não desistiriam do Brasil (2,6% não opinaram). As informações são de Lauro Jardim n’O Globo.
Tribunal quer contratar especialistas para aulas de caminhada a juízes

O Tribunal Regional do Trabalho da 5.ª Região (TRT5), sediado em Salvador, vai gastar parte de seu orçamento com uma atividade fora dos autos: aulas de caminhada e corrida a servidores e magistrados. A Corte está empenhada na preparação de seu pessoal para a Olimpíada da Justiça do Trabalho, que promove corrida anual. As informações são de Luís Vassallo no Estadão.
O contrato vai custar até R$ 196 mil por ano e pode ser prorrogado por mais cinco.O TRT5 abriu licitação eletrônica chamando ’empresa especializada’ para assessorar juízes e funcionários. Os organizadores querem uma ’empresa com qualificação profissional e experiência’ para conduzir os exercícios da equipe.

“Contratação de empresa com qualificação profissional e com experiência para assessorar magistrados e servidores em aulas de corrida e caminhada, com a inclusão de guia para pessoa com deficiência visual; orientar os magistrados e servidores que participarão da Olimpíada da Justiça do Trabalho, na modalidade de atletismo e realizar uma corrida e caminhada ecológica anual”, diz o edital, que não especifica preços.

No exercício de 2017, entre março e julho, segundo dados oficiais, o Tribunal gastou R$ 652,1 milhões com despesas que incluem obras, salários, e benefícios.

Só a remuneração dos servidores custou 578 milhões do total de despesas, dentre os quais R$ 5 milhões foram desembolsados para cobrir auxílio-alimentação.

Entre os benefícios, como diárias pagas a servidores, foram empregados R$ 1,7 milhão. O auxílio-moradia e as despesas de transporte custaram R$ 2,2 milhões somente no âmbito do TRT5.

Além dessas despesas, mais um item será adicionado à lista: as aulas de caminhada e corrida aos juízes e servidores. O pregão será aberto no dia 22 de agosto às empresas interessadas.

Os dados estão todos registrados no portal da Transparência da Corte.

Richa visita Festa Nacional do Feijão e destaca os investimentos em Prudentópolis

O governador Beto Richa participou neste sábado (12) da Festa Nacional do Feijão Preto em Prudentópolis. Nesta edição, a tradicional festa comemora os 111 anos da cidade que é a maior produtora nacional de feijão preto. “É uma das grandes festas do calendário do Paraná”, disse Richa.

 

Com o prefeito de Prudentópolis, Adelmo Klosowski, o governador destacou a iniciativa que valoriza os agricultores, agroindústria, gastronomia e o turismo. Beto Richa lembrou dos investimentos do Estado em Prudentópolis e região. “Temos uma parceria muito produtiva com a prefeitura, com importantes resultados em favor de Prudentópolis. Realizamos investimentos na área de infraestrutura urbana, viária, e estamos construindo o mirante Salto São João, que em breve será inaugurado e deverá atrair ainda mais visitantes, riquezas e oportunidades de emprego para a região”, ressaltou o governador.

De acordo com o prefeito Adelmo Klosowski, o  Estado está presente nas ações e necessidades de Prudentópolis. “Beto Richa faz uma gestão municipalista. Nós estamos obtendo vários investimentos, tanto a fundo perdido quanto de financiamentos. E, a presença do governador no município é fundamental para que possamos, cada vez mais, solidificar o desenvolvimento local”.

Investimentos – 
De 2011 para cá, Prudentópolis recebeu do Estado R$ 150 milhões para investimentos – R$ 127 milhões realizados e R$ 23 milhões em execução. São destaques os aportes para educação (R$ 10,8 milhões para o transporte escolar), saúde (construção de unidade de saúde, repasse de quatro ambulâncias), energia (R$ 51 milhões de investimentos da Copel), saneamento (R$ 8 milhões em ampliação dos sistemas de água e esgoto).

Além disso, foram construídas casas populares para 241 famílias, das quais 129 de pequenos agricultores. Também foram financiadas 61 unidades do programa Trator Solidário. O município também obteve financiamento, de R$ 4 milhões, para pavimentação, recape e veículos escolares. Há outros R$ 8 milhões em obras em andamento. Beto Richa informou que o Governo do Estado deve, em breve, ter autorização junto ao BID de financiamento no valor de US$ 235 milhões, que serão investidos em infraestrutura. Entre as estradas beneficiadas está a PR-364, no trecho que liga Irati a São Mateus do Sul.

Paraná lança aplicativo para escolas estaduais
As 2,1 mil escolas da rede estadual de ensino ganharam nessa sexta-feira (11) uma ferramenta que vai aproximar a comunidade do cotidiano escolar de mais de um milhão de estudantes. É o aplicativo Escola Paraná para consultas e acompanhamento escolar, que foi lançado pelo governador Beto Richa e a secretária da Educação, professora Ana Seres.

Pelo smartphone, estudantes, pais e familiares poderão fazer consulta de notas, grade de aulas, eventos escolares (jogos, palestras, reuniões) e até interação com professores e colegas, via mensagens. A novidade foi desenvolvida pela Celepar e já está disponível para sistemas Android e iOS.

“Esse aplicativo vai ajudar na interação entre os estudantes, vai melhorar o aprendizado e ajudará de todas as formas a rotina escolar. E também os pais poderão acompanhar mais de perto o desenvolvimento e o desempenho de seus filhos”, afirmou Beto Richa.

Para acessar o aplicativo, basta entrar com o número da matrícula (estudantes) ou CPF (caso dos pais ou responsáveis). Na plataforma é possível fazer consultas de notas, calendário de avaliações, entrega de trabalhos, eventos da unidade (jogos, reuniões da APMF).

Os pais ou responsáveis podem fazer o acompanhando do desempenho do aluno por matérias e períodos, acessar a resumos dos horários de aulas, além de consultar quais matérias e até professores o aluno terá no dia.

Copel investe R$ 1,2 bilhão no semestre
A Copel investiu R$ 1,23 bilhão no primeiro semestre de 2017. Os investimentos foram em obras para melhorar  fornecimento de energia em todo o Estado. Já ficaram prontas as subestações Hauer (Curitiba), Colombo, Rio Branco do Sul e São Valentim. “É um investimento expressivo, que melhora a infraestrutura de energia no Estado e o atendimento à população”, disse o presidente da Copel, Antonio Guetter.

Construída em Dois Vizinhos, no sudoeste do Estado, a nova Subestação São Valentim foi inaugurada nesta quinta-feira (10). A unidade recebeu investimentos de R$ 4 milhões e opera na tensão 34,5 kV. A Subestação São Valentim faz parte do programa Mais Clic Rural, que moderniza a rede em áreas rurais do Estado.
Estão em obras as subestações São Pedro do Ivaí, Catanduvas do Sul, Cambé, Cafelândia e Sítio Cercado (Curitiba). Também foram finalizadas as linhas de transmissão Ponta Grossa Norte/Klacel/Figueira e Londrina/Assis.Na área de geração, avançam as obras da Usina Baixo Iguaçu e da reconstrução da Usina Térmica de Figueira. A Copel Telecom, que está ampliando a sua rede de fibra ótica no Estado, investiu R$ 103 milhões no semestre.A receita operacional líquida da Copel foi de R$ 6,47 bilhões no semestre. O lucro líquido foi de R$ 568 milhões.
Requião patrocina cavalo no facebook

O senador Roberto Requião (PMDB) adora cavalos. Tanto que foi denunciado por usar estrutura do Estado para cuidar dos seus 88 cavalos 
entre os anos de 2003 e 2010. Considerando o custo mensal de cada cavalo, em torno de R$ 1 mil, o gasto com os cavalos de Requião pode ter ultrapassado R$ 8 milhões. Agora Requião está patrocinando um post do facebook montando em dos seus cavalos.
Em Brasília, Richa apresenta potencial do Paraná para embaixadores de nove países

Nesta quinta-feira, 10, em Brasília, o governador Beto Richa apresentou o potencial do Paraná para investimentos externos a um grupo de nove embaixadores. A reunião teve a participação de representantes dos EUA, China, Japão, França, Espanha, Itália, Ucrânia, Alemanha e Suécia. Juntas – países que somam 58,63% do Produto Interno Bruto mundial.
“Temos a segunda maior indústria automotiva, a terceira indústria de transformação, o quarto maior parque petrolífero, a segunda indústria de alimentos. Somos o segundo maior produtor de grãos e a quinta maior economia do País”, disse Richa. Forte no agronegócio, o Paraná é o maior produtor de frango, trigo e feijão, o segundo em soja e milho e o terceiro em carne de suínos.O encontro resultou em novas agendas de conversas com representações diplomáticas, ainda em agosto, em Curitiba. As áreas que geraram interesse dos países que estiveram no encontro são o agronegócio, o polo automotivo, o setor florestal, de papel e celulose.Richa destacou que o Paraná foi eleito, por duas vezes consecutivas, o segundo Estado mais competitivo do País, atrás apenas de São Paulo, pela Revista The Economist. “Quando assumimos, não havia um bom ambiente de negócios e ocupávamos o quinto lugar entre os Estados mais competitivos. Em 2013 passamos para terceiro lugar e em 2015 e 2016 ficamos em segundo lugar”, disse.O governador, que estava acompanhado do prefeito de Curitiba, Rafael Greca, disse que o Paraná vive o maior ciclo de investimentos de sua história em razão dos programas de incentivo, das melhorias da infraestrutura e ao bom diálogo entre o governo e setor privado.Richa destacou que o programa Paraná Competitivo foi eleito pelo Financial Times um dos oito melhores do mundo e já atraiu mais de R$ 42 bilhões de novos investimentos, com destaque para projetos como da Klabin, Renault, Volkswagen, Volvo e Paccar, da indústria de pneus japonesa Sumitomo e de indústrias cimenteiras.
Ratinho Junior destaca deputados do PSD entre os melhores do País


O secretário de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, destacou nesta quinta-feira, 1’0, o trabalho dos dois deputados paranaenses – Evandro Roman (PSD) e Sandro Alex (PSD) – classificados entre os 15 melhores do país conforme o Ranking de Políticos que avalia o mandato dos parlamentares no Congresso Nacional. “O Evandro Roman e Sandro Alex têm perfis diferenciados e se dedicam de forma incansável em representar bem o Paraná, buscando recursos e, principalmente, na formulação de leis, projetos e na discussão de um país novo que está saindo desta crise”, disse Ratinho Junior.

 
Evandro Roman está 13.º lugar no ranking de deputados federais e primeiro lugar no ranking de deputados federais que representam o Paraná. Já Sandro Alex ocupa a e 15.º na colocação entre os parlamentares do legislativo federal. “Já fui deputado federal e sei o quão difícil e árduo o trabalho de um mandato parlamentar. Estou muito feliz com essa classificação e parabéns aos nossos dois deputados do PSD”, disse.
Para a classificação, ranking cruza dados com base na presença nas sessões, o uso da cota parlamentar, o cumprimento de suas promessas de campanha, processos judiciais, formação, filiações partidárias e qualidade legislativa, que inclui votos, projetos e revisão de leis. Os dados são obtidos a partir de informações governamentais, portal da transparência e de reportagens veiculadas na imprensa. O ranking também monitora as votações das quais cada político participa e o grau de importância das leis criadas por cada um.
“O povo do Paraná respeita e reconhece o trabalho da Polícia Militar”, diz Rossoni

O chefe da Casa Civil Valdir Rossoni representou o governador Beto Richa, nesta quinta-feira (10), na solenidade em homenagem aos 163 anos de fundação da Polícia Militar do Paraná.Durante a cerimônia, realizada na Academia do Guatupê, em São José dos Pinhais, Região Metropolitana, Rossoni elogiou o trabalho dos policiais militares e disse que a corporação está entre as mais respeitadas do país.“Neste momento de crise social e muito desemprego, o trabalho da polícia militar se destaca. O povo do Paraná respeita e reconhece o trabalho de todos”, afirmou.O secretário explicou que a ausência do governador ocorreu por causa de um encontro dele com embaixadores de vários países, em Brasília, para discutir interesses do Paraná.  E leu a mensagem enviada por Richa aos policiais militares.“A Polícia Militar do Estado Paraná completa 163 anos de fundação como instituição modelo na manutenção da segurança pública e do bem estar do cidadão paranaense. E a redução dos índices de criminalidade no Estado é a evidência mais consistem do êxito de suas ações”, diz a nota do governador.Placa – Rossoni também recebeu uma placa em homenagem ao seu trabalho na defesa da corporação.  “O atual chefe da Casa Civil sempre foi um defensor e um amigo da polícia militar”, garantiu o comandante-geral da PMPR, coronel Maurício Tortato.
Richa lança programa Rede Jovem

Nesta quarta-feira, 9, em Almirante Tamandaré, o governador Beto Richa lançou o programa Rede Jovem de parcerias entre o Estado, municípios e a sociedade civil para a proteção de adolescentes em situação de alta vulnerabilidade social. “O Rede Jovem abre mais possibilidades para os adolescentes do Paraná. Com esta nova iniciativa, eles terão ainda mais chances de atingir todo o seu potencial social, econômico e intelectual para se tornarem protagonistas de seus destinos”, disse Richa.


Almirante Tamandaré vai abrigar o projeto-piloto do novo programa que se soma a uma série de outras iniciativas do Estado voltadas à juventude. O assessor especial da Juventude, Edson Lau, explicou que na rede jovem serão elencados, em cada município, indicadores como evasão escolar, distorção idade-série, violência e mortes evitáveis.

“Com esses dados buscaremos melhorar os índices, por meio de um trabalho conjunto entre governo, prefeituras e sociedade civil”, disse. “É a primeira vez na história do Brasil que um governo tem uma política pública efetiva com foco na juventude”, afirmou Lau.
PMDB bancou 83% da campanha de filho de Requião

A denúncia de malversação do dinheiro do PMDB sobre o senador Roberto Requião se sustenta na prestação de contas da campanha do filho do senador. O deputado Requião Filho disputou a prefeitura de Curitiba em 2016 e fez míseros 52.017 votos. O senador Romero Juca (RR), presidente nacional do PMDB, acusa Requião de usar o dinheiro do fundo partidário na campanha do filho e tripudiou ainda o pífio resultado nas urnas – Requião Filho ficou em 5º lugar no primeiro turno.

 
Uma rápida pesquisa no TSE se constata que o PMDB bancou 83% da campanha do primogênito de Requião. As receitas da campanha de Requião Filho somaram R$ 622.325,97 e o PMDB repassou R$ 517.100,00 para o deputado. A família Requião também colocou a mão no bolso, mas só um pouco. O próprio deputado doou R$ 45 mil, Requião (R$ 6.644,82), a prima Danielle (R$ 1.491,15) e mãe Maristela (R$ 1,4 mil).
Pessuti se encontra com Temer e sela destino de Requião
O ex-governador Orlando Pessuti (PMDB) se encontrou nesta quarta-feira, 9, com o presidente Michel Temer (PMDB) no Palácio do Planalto em Brasília. Pessuti estava acompanhado pelo deputado Sergio Souza (PMDB). Os dois são desafetos de Roberto Requião e devem ter selado o destino do senador no PMDB do Paraná. Requião já tem três pedidos de expulsão na executiva nacional do partido e o grupo de Pessuti já entregou à direção nacional um dossiê com os desmandos do senador no comando do diretório estadual. Além do uso de recursos do fundo partidário para cobrir despesas de campanhas, multas eleitorais e outros gastos de interesse pessoal, Requião está sendo acusado de desmilinguir o PMDB que teve um pífio resultado nas eleições municipais de 2016.
Richa reforça o empenho do Paraná com os objetivos do milênio

O governador Beto Richa reforçou nesta terça-feira (8) o empenho do Paraná para o cumprimento dos objetivos do desenvolvimento sustentável – a agenda global criada pela ONU a ser atingida até 2030. “Fomos o primeiro Estado e desde então temos dado bons exemplos ao Brasil”, disse Richa lembrando que Estado aderiu à agenda em agosto de 2016.

 
“Estamos trabalhando na recuperação de rios, em especial do Rio Iguaçu, na diminuição da quantidade de resíduos, por meio de programas como o Lixão Zero, e no aumento de áreas de Mata Atlântica, como fizemos no Parque Estadual do Palmito, no Litoral do Paraná”, completou Richa.

Os avanços do Paraná foram mencionados por Richa na adesão da Itaipu Binacional à agenda. “A Itaipu se soma às ações que o Paraná vem fazendo para cumprir os objetivos estabelecidos pela ONU”, disse Richa.

Para o presidente da Itaipu, Luiz Fernando Vianna, todo o trabalho da hidrelétrica é voltado para os objetivos do milênio e a adesão vai intensificar ainda mais essas ações. “Após 2014, quando a Itaipu teve a sua missão alterada, passou também a trabalhar incorporando os objetivos, principalmente na questão do desenvolvimento econômico sustentável, responsabilidade social e turismo”, disse.

Os ODS compreendem 17 objetivos e 169 metas, como erradicação da pobreza, educação de qualidade, agricultura sustentável, consumo e produção responsáveis, gestão sustentável da água e paz e justiça. Já estão comprometidos com eles líderes mundiais de 193 Estados-Membros da ONU, inclusive o Brasil.

Moro condena 16 pessoas por desvios de dinheiro em contratos de educação a distância no IFPR

Dezesseis pessoas foram condenadas por desvio de dinheiro no Instituto Federal do Paraná (IFPR) que foi investigado pela Operação Sinapse. As irregularidades ocorreram em contratos para Educação a Distância (EaD) de 2009 a 2013, e o juiz Sergio Moro, que julgou o caso, determinou que os cofres públicos sejam reparados em, pelo menos, R$ 6,6 milhões.
Ao todo, a ação tem 28 réus entre servidores públicos e pessoas ligadas a Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscips). Eles foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF) por crimes como peculato, corrupção passiva, falsidade ideológica, fraude em licitações e associação criminosa. *Veja a lista dos condenados mais abaixo.A sentença foi publicada na segunda-feira (7), quatro anos após a deflagração da operação, em 8 de agosto de 2013. Moro afirmou que “infelizmente” não foi possível sentenciar antes em virtude da complexidade do caso e do acúmulo de trabalho causado pela Operação Lava Jato.De acordo com a denúncia do MPF, os crimes ocorreram em cinco termos de parceria celebrados pelas Oscips Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas para Otimização da Tecnologia e da Qualidade Aplicadas (Ibepoteq) e Agência Brasileiras de Desenvolvimento Econômico e Social (Abdes) com o IFPR.O dinheiro público, conforme a acusação, foi desviado por meio de contratos simulados.”A opção pela utilização de Oscips para a execução dos cursos de EaD do IFPR foi o meio empregado pela organização criminosa para burlar as exigências de licitação e concursos públicos, o que propiciou a manutenção do esquema criminoso de desvios de recursos públicos por aproximadamente quatro anos”, afirmou Moro.Os pagamentos, conforme a sentença, eram feitos por serviços inexistentes parcial ou totalmente ou ainda superfaturados, com pagamento de vantagem indevida a agentes do IFPR.A denúncia destacou como líderes do esquema, pelo IFPR, José Carlos Ciccarino, que foi diretor da instituição, e Ricardo Herrera, que foi diretor administrativo de EaD; pela OSCIP Ibepoteq, Gilson Amâncio e Alexandre de Souza Azambuja; pela Abdes, José Bernardoni Filho; e pela empresa Obra Impressa: Arnaldo Suhr.O G1 tenta contato com os advogados dos condenados. O IFPR afirma que ainda não foi notificada da sentença e, na condição de interessada, deverá se manifestar nos autos do processo no momento oportuno.Para o juiz, a investigação não deixou dúvidas sobre as práticas criminosas no IFPR via as Oscips.

“Licitações foram fraudadas, despesas de prestação de serviços foram simuladas para viabilizar peculato, recursos criminosos foram lavados e, não bastando isso, foram falsificadas provas para a sua apresentação à fiscalização da Controladoria-Geral da União – CGU, ainda no curso da investigação”, diz trecho da sentença de Moro.

Segundo o juiz, diante da fiscalização da Controladoria-Geral da União (CGU), foram constatadas fraudes na elaboração de contratos, de prestações de contas e de documentos apresentados.

Exclusivo: o relatório da PF sobre a propina da “amante”


O Antagonista obteve com exclusividade o relatório da Polícia Federal, apresentado ontem ao STF, que imputa crimes de corrupção passiva qualificada e lavagem de dinheiro à senadora Gleisi Hoffmann.
O documento reúne planilhas, registros telefônicos e laudos técnicos, além das delações de executivos da Odebrecht e depoimentos dos sócios da Sotaque Brasil, agência de publicidade usada pela petista, segundo a Polícia Federal,para receber propina em sua campanha.À PF, o publicitário Bruno Gonçalves Ferreira narrou a visita que fez à Braskem, em 2014, acompanhando Leones Dall Agnol, chefe de gabinete da senadora. Segundo ele, Leones e Fernando Migliaccio conversaram sobre “verbas para a campanha” e que se tratava de “muito dinheiro”.Em sua delação, Marcelo Odebrecht explicou que os R$ 4 milhões pagos a Gleisi saíram de um montante de propina de R$ 64 milhões, solicitado por Paulo Bernardo e Antonio Palocci.
Conferência das Cidades vai reunir três mil pessoas em Foz do Iguaçu

A 6a Conferência Estadual das Cidades vai reunir mais de 3 mil pessoas em Foz do Iguaçu de 16 a 18 de agosto. Estão inscritos 2.547 delegados, 87 observadores, assessores e secretários municipais. na quarta-feira, 16, o arquiteto Orlando Pinto Ribeiro palestra na abertura com o tema da conferência: função social da propriedade, cidades inclusivas, participativas e socialmente justas.


Na quinta-feira, 17, terá a reunião dos segmentos para discussão da eleição dos delegados para a 6a Conferência Nacional em Brasília e para a 4ª Gestão do Conselho Estadual das Cidades. Simultaneamente serão realizados os seminários do Estatuto da Metrópole e de Fracking.
Na sexta-feira, 18, no último dia de conferência, serão apresentadas na plenária as propostas e moções dos grupos temáticos. Em seguida, a leitura das propostas aprovadas. A eleição dos delegados dos segmentos para a 6a Conferência Nacional das Cidades será a partir das 14 horas. Depois haverá eleição das entidades representantes dos segmentos para a 4a gestão do Conselho Estadual das Cidades 2018/2020.
Rossoni participa da abertura de Mutirão e destaca parceria entre governo e prefeitura

O chefe da Casa Civil Valdir Rossoni participou nesta segunda-feira (07) da abertura do Mutirão da Cidadania, evento organizado pelo Governo do Estado e a Prefeitura de Curitiba na Regional Bairro Novo, região Sul da capital.
Rossoni, que foi um dos organizadores do evento a pedido do governador Beto Richa, destacou a parceria entre o Executivo Estadual e a Prefeitura para ofertar serviços aos cerca de 200 mil  habitantes da localidade. “Foram várias reuniões e muito trabalho para que essa grande feira de serviços ocorresse. E é uma prova da excelente parceria entre as equipes do governo e da prefeitura”, disse.O governador Beto Richa destacou a retomada do bom entrosamento com a administração municipal. “Vamos fazer um grande trabalho de cidadania e vamos realizar muitas obras na região. Queremos recuperar o tempo perdido e tudo que foi destruído em Curitiba”, garantiu Richa.Mutirão – Entre os dias 7 e 12, os moradores da regional Bairro Novo terão acesso a diversos serviços gratuitos nas áreas da saúde, educação, segurança, trabalho, assistência social, meio ambiente, além de atendimento da Copel, Sanepar, Detran e Procon.Entre os serviços estão a emissão de carteiras de identidade e de trabalho, consulta a oportunidades de emprego, atualização de cadastro, inclusão em serviços sociais, entre outros. Na área de saúde, será instalado um hospital de campanha e os cidadãos também vão poder realizar testes rápidos, como o para detectar doenças sexualmente transmissíveis, e fazer a aferição de pressão.Outras edições do Mutirão da Cidadania vão acontecer na sequência em outras regionais para atender, na totalidade, Curitiba e Região Metropolitana.
Paranhos assina convênios para saúde e assistência social

O prefeito Leonaldo Paranhos assina nesta terça-feira, 8, convênio com o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Oeste (Consamu) para gestão compartilhada na UPA Tancredo Neves e a cessão de terreno para uso da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac) em Cascavel.
“O convênio com o Consamu faz parte de um planejamento para readequar o atendimento nas unidades de saúde, incluindo as unidades de pronto atendimento e vai permitir que equipes do Consamu assumam o atendimento na UPA da Tancrdo Neves”, disse.

“Com isso, deixa de ser exclusivamente pediátrica para atender a todos os tipos de pacientes, sendo oferecido também nas demais Upas e algumas unidades de saúde”, completou.

Paranhos assina também a cessão de um terreno, pelo prazo de 20 anos, para que a Apac construa sua unidade em Cascavel. O terreno, de 48 mil m2, está localizado no lote 104 da Fazenda Piquiri, à margem da BR 369, saída para Corbélia.

 
Bolsa-empresário: R$ 1 trilhão. Programas sociais: R$ 372 bilhões
Uma expansão de gastos do governo nos últimos 14 anos premiou grandes empresas com subsídios que superaram os destinados a programas sociais, informa a Folha.
“Conhecidos como ‘bolsa empresário’, esses recursos serviram para conceder crédito mais barato, prover garantias e até socorrer empresas ou setores inteiros.
 
Segundo o Ministério da Fazenda, de 2003 a 2016 os subsídios embutidos em operações de crédito e financeiras somaram quase R$ 1 trilhão – R$ 420 bilhões do total foram para o setor produtivo.
 
O valor superou o que o governo destinou a programas sociais (R$ 372 bilhões) no mesmo período e também àqueles ligados à agropecuária e que cumprem as duas funções (econômica e social).”
Alguém ainda acredita que o PT é o partido dos pobres?

Fachin suspende depoimento de Rodrigo Maia à PF

O Supremo Tribunal Federal suspendeu o depoimento do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), à Polícia Federal. Ele seria ouvido na próxima terça-feira, dia 8, mas o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato, atendeu a um pedido da defesa para que Maia não fosse interrogado por enquanto.

 

O ministro escreveu que “emerge prudente que a autoridade policial não realize atos de investigação” enquanto não for decidido se Maia seguirá sendo investigado no mesmo inquérito que os senadores peemedebistas Romero Jucá (RR), líder do governo, Renan Calheiros (AL) e Eunício Oliveira (CE), presidente do Senado, e o deputado Lúcio Vieira Lima (BA).

Reforma política deve ser prioridade nas próximas semanas, diz Rodrigo Maia
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou que, após a decisão de negar autorização ao prosseguimento da denúncia contra Michel Temer, os deputados devem retomar os trabalhos tendo a reforma política como prioridade nas próximas duas semanas. Maia, que se reuniu com investidores em São Paulo, defendeu ainda o debate sobre sugestões para reforma tributária.
 
A proposta do relator da reforma política, deputado Vicente Candido (PT-SP), ainda precisa ser aprovada em comissão especial. Uma das mudanças é a criação do fundo público para financiamento das campanhas eleitorais. Para valer nas eleições de 2018, a reforma política precisa passar pelos plenários da Câmara e do Senado até o final de setembro.
Nova delação da ‘Carne Fraca’ pode atingir PMDB de Requião
A nova delação dos envolvidos na Operação Carne Fraca pode atingir diretamente lideranças do PMDB do Paraná, entre eles, o senador Roberto Requião e os deputados João Arruda, Osmar Serraglio e Sergio Souza. A defesa de Wesley Batista, dono da JBS, entregou à Procuradoria-Geral da República nesta quarta-feira (2) o relato sobre esquema de pagamento de propina para fiscais do SIF (Sistema de Inspeção Federal). Com informações de Wálter Nunes na Folha de S. Paulo.


O SIF é um órgão vinculado ao Ministério da Agricultura e é responsável por assegurar a qualidade de produtos de origem animal. Ainda falta que os advogados do executivos entreguem aos procuradores a lista com os nomes dos fiscais que teriam recebido suborno e os documentos que comprovariam essas transações ilícitas.

O relato de Wesley Batista aponta um esquema de corrupção generalizada no SIF. O empresário diz que todas as empresas do ramo tinham que pagar propina aos funcionários do órgão. Os fatos narrados pelo empresário coincidem com o foco da Operação Carne Fraca que investiga corrupção no setor de produção de proteína animal.

Até o dia 3 de setembro serão entregues novos documentos e relatos dos outros três delatores que preparam anexos da delação premiada. Joesley Batista, irmão de Wesley, e Ricardo Saud, diretor do grupo, estão concentrados em detalhar as planilhas em que foram contabilizadas as propinas e as doações em caixa dois pagas a quase 2.000 políticos que defendiam interesses das empresas do grupo J&F.

Ratinho Junior no Norte Pioneiro


O secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, tem extensa agenda nesta sexta-feira, 4, no Norte Pioneiro do Paraná. 
As 15h, Ratinho Junior visita o prefeito Dr. Antonely na prefeitura de Ibaiti. Às 16h15, a visita será ao prefeito Sérgio Rodrigues em Pinhalão. Na cidade, Ratinho Junior vai vistoriar a  obra do trevo de acesso e duplicação na entrada de Pinhalão.
As 17h30 o prefeito Flavio Zan recebe Ratinho Junior na prefeitura de Tomazina. A agenda se completa na cidade de Siqueira Campos as 20h na Festa do Bom Jesus da Cana Verde.

Projeto da Assembleia do Paraná ganha prêmio nacional em Brasília

O projeto Geração Atitude, desenvolvido pela Assembleia Legislativa do Paraná, recebeu ontem (2) o Prêmio CNMP 2017, durante o 8º Congresso Brasileiro de Gestão do Ministério Público em Brasília. O Geração Atitude foi premiado na categoria “Redução da Corrupção”, e foi classificado em segundo lugar, disputando com projetos de todo o país.

A Assembleia se empenhou para transformar o Geração Atitude, que estimula a participação dos jovens na política e motiva a cidadania, em uma iniciativa de apelo popular. A TV Assembleia percorreu municípios do Paraná inteiro promovendo a Gincana da Cidadania, através do Guia do Cidadão. A Assembleia também produziu e distribuiu 40 mil exemplares do Guia do Cidadão, material com informações sobre os conceitos de democracia, política e cidadania.

O presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB), introduziu uma novidade no evento. Determinou que o melhor projeto confeccionado por alunos de escolas públicas da rede estadual de todo o Paraná fosse transformado em Projeto de Lei e tivesse tramitação na Assembleia. Foram selecionados para participar da disputa 31 proposições de alunos de escolas de todo o Estado. Foi escolhido o projeto da aluna de Cianorte, Ingrid Ribeiro Serafim de Souza, de 16 anos.

O Geração Atitude concorreu ao prêmio com 1.077 iniciativas de todo o país. O Prêmio CNMP foi criado com o objetivo de dar visibilidade aos programas de estímulo à cidadania desenvolvidos em todo o país. O Geração Atitude foi criado contribuir para a formação e cidadania dos estudantes de rede pública estadual de ensino. O projeto envolveu a participação de mais de 50 mil estudantes em todo o Paraná.

O projeto contou com a parceria do Ministério Público do Paraná, da Secretaria do Estado da Educação, Tribunal de Justiça do Paraná e Assessoria Especial da Juventude do Governo do Estado.

Seja o Primeiro a comentar on "Blogsfera"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*