BANCO DO EMPREENDEDOR DE FOZ JÁ CONTABILIZA MAIS DE R$ 1 MILHÃO EM EMPRÉSTIMOS

O Município de Foz do Iguaçu caminha rumo ao desenvolvimento com o início da nova gestão. O incentivo aos pequenos e médios negócios faz aquecer as movimentações no Banco do Empreendedor, que funciona por meio da agência Fomento do Governo do Estado. 
 
O bom momento já trouxe resultados positivos para o Município, isso porque no primeiro semestre de 2017 o Banco do Empreendedor de Foz do Iguaçu já realizou mais de 55 operações de créditos que juntas contabilizam R$ 1.216.136,06 em empréstimos a microempreendedores. Setores como de serviço, mercearias, confecção e disk bebidas foram os ramos que mais solicitaram linhas de crédito.
 
Foz que possui uma população estimada em 256,088 mil habitantes tem se destacado no microcrédito. Em 2016 houve R$ 1.138.150,46 em contratações, enquanto Curitiba que tem 1,7 milhão de habitantes realizou contratos que somaram R$ 826.643,22.
 
Nos últimos anos seis anos, o Banco do Empreendedor fechou contratos que somam mais de R$ 3 milhões em créditos para empreendedores na cidade. O histórico aponta crescimento nos empréstimos gerados, saltando de pouco mais de R$ 150 mil em 2011 para mais de R$ 1 milhão e 100 mil no ano passado.
 
Conceito
 
O Banco do Empreendedor é um programa de crédito orientado que tem por objetivo financiar os pequenos empreendedores para que eles possuam mais capacidade de produção e geração de emprego.
 
Atualmente, o Banco trabalha com linhas de créditos e taxas de juros de 1,26% ao mês e com o prazo de até 36 meses para o pagamento do empréstimo. Após a solicitação do crédito, o financiamento é liberado em até 20 dias úteis. O valor do empréstimo varia de acordo com a característica do solicitante. 
 
Nova sede
 
O Banco que atualmente se encontra em anexo com a Casa do Empreendedor, será transferido para um novo imóvel no dia 14 de setembro, data prevista. A nova sede que foi disponibilizada pela Prefeitura, está localizada na Av. Brasil, Nº 1388 (ao lado da Delegacia da Mulher e do Turista, em frente ao Banco do Brasil).
 
Segundo o coordenador, Volnei Lampert, com uma estrutura maior será possível aperfeiçoar os atendimentos. “A ideia é trabalhar com mais agentes de créditos possibilitando realizar cadastros com mais agilidade, podendo liberar o crédito com mais rapidez”, disse. 
 
 
Empréstimos ano a ano
  • 2011: R$ 159.174,29
  • 2012: R$ 287.666,00
  • 2013: R$ 277.879,97
  • 2014: R$ 510.294,41
  • 2015: R$ 1.105.642,26
  • 2016: R$ 1.138.150,36

Seja o Primeiro a comentar on "BANCO DO EMPREENDEDOR DE FOZ JÁ CONTABILIZA MAIS DE R$ 1 MILHÃO EM EMPRÉSTIMOS"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*