BANCO DE ALIMENTOS DE FOZ DO IGUAÇU PASSARÁ POR REFORMAS

O Banco de Alimentos da Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu irá passar por reformas. A estrutura será melhorada para facilitar a carga e descarga de alimentos e também, para melhorar a capacidade de armazenamento dos produtos no local. Além disso, o Banco de Alimentos será adequado às normas de vigilância sanitária e às diretrizes da política de segurança alimentar e nutricional. 
 
A reforma faz parte dos esforços da prefeitura para instituir o Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (PLAMSAN), que de acordo com a lei federal Nº 11.346, consiste na realização do direito de todos ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade, em quantidade suficiente, sem comprometer o acesso a outras necessidades essenciais, tendo como base práticas alimentares promotoras da saúde, que respeitem a diversidade cultural e que sejam ambiental, cultural, econômica e socialmente sustentáveis.
 
Como parte da execução do PLAMSAN, o município estará realizando a reforma do Banco de Alimentos, que atende diversas entidades sociais da cidade e famílias que estão cadastradas pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras). Ao todo, o Banco atende em torno de 30 mil pessoas.
 
“Para as pessoas que são assistidas pelas entidades que nós atendemos com o Banco de alimentos essa reforma significa mais uma garantia de qualidade e procedência. É a certeza de que os alimentos repassados pelo município atendem as exigências sanitárias e estão em ótimas condições de consumo.”  Destaca Thiago Kodama, Secretário de Agricultura. 
 
A reforma do Banco será custeada pelo governo federal com um recurso de R$ 472, 942,31 mil disponibilizado pelo Ministério do Desenvolvimento Social, e com uma contrapartida do município no valor de R$ 24.891,70. Além da reforma, um veículo utilitário para atender o Banco também será adquirido com o recurso.
 
Foz do Iguaçu é a única cidade do Paraná e está entre as três cidades dos estados do Sul do Brasil a ser contemplada com o recurso. A cidade só foi selecionada pela seleção pública, por possuir todas as documentações necessárias para receber repasses financeiros do governo federal.
 
Segundo o diretor da Secretaria de Agricultura, Jan Albert Nieuwenhoff, o projeto de reforma do Banco de Alimentos já foi realizado pela Secretária Municipal de Planejamento e Captação de Recursos (SMPC): “O projeto de reforma já foi feito pela secretaria do planejamento, a reforma é uma reestruturação completa, alem de ter um prédio praticamente novo, serão feitas também readequações que irão melhorar a entrega de alimentos e também o recebimento de produtos”, disse.
 
Com a reforma da cozinha e a aquisição de novos equipamentos, a Secretaria de Agricultura em conjunto com a Secretaria de Assistência Social, oferecerá gratuitamente no local cursos culinários para o público que é atendido pelo Banco de Alimentos.
 
FORMALIZAÇÃO DE REPASSE
 
No dia 17 de outubro, representantes da prefeitura deverão oficializar o repasse do recurso em Brasília. A previsão é de que até dezembro seja lançado o edital para a reforma e a aquisição do veículo.
Com PMFI

Seja o Primeiro a comentar on "BANCO DE ALIMENTOS DE FOZ DO IGUAÇU PASSARÁ POR REFORMAS"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*