APÓS ACIDENTE, DETRAN ALERTA SOBRE CAPTURA DE POKÉMONS NO TRÂNSITO

Depois de um jovem ser atropelado enquanto jogava “Pokémon Go” em Curitiba, no Paraná, na manhã desta quinta-feira (4), o Detran iniciou uma campanha para alertar motoristas e pedestres sobre os perigos de tentar capturar criaturas enquanto dirige ou atravessa a rua.

O jogo de realidade aumentada foi lançado no Brasil na última quarta (3). Nele, os jogadores saem andando de olho na tela do celular em busca das criaturas para capturar. O Detran teme que a desatenção provoque um aumento no número de acidentes.

Nas últimas semanas, Austrália e Estados Unidos foram alguns dos países que noticiaram batidas e atropelamentos envolvendo a caça aos pokémons. Um deles ocasionou a morte de uma garota de 22 anos.

Segundo o Detran, colisões e choques são os tipos de acidentes mais frequentes no trânsito, muitos deles graves ou até mesmo fatais. E a distração é um dos principais motivos para essas batidas.

Pesquisas mostram que usar o celular enquanto dirige prejudica tanto nossa capacidade de perceber e evitar perigos no trânsito como dirigir alcoolizado.

O Detran ressalta que a preocupação com a distração vale também para os pedestres. No Estado de São Paulo, um em cada quatro mortos por acidente de trânsito são pedestres, segundo dados do Observatório Paulista de Trânsito. No Brasil, a proporção é de um em cada cinco.

ALTERNATIVAS

Para oferecer uma alternativa mais segura, empresas de transporte de passageiros como táxis têm oferecido serviços especiais para que jogadores possam caçar criaturas no trânsito sem se preocupar.

No Nordeste, um motoboy oferece seus serviços para rodar pela cidade com os jogadores na busca por monstrinhos.

Com Folha

Seja o Primeiro a comentar on "APÓS ACIDENTE, DETRAN ALERTA SOBRE CAPTURA DE POKÉMONS NO TRÂNSITO"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*