ABERTA ONTEM I CONFERÊNCIA DA PROMOÇÃO DE IGUALDADE RACIAL

Foi aberta ontem (21) a I Conferência da Promoção da Igualdade Racial de Foz do Iguaçu, no Centro de Convivência Érico Veríssimo, Jardim São Paulo. Em torno de 150 pessoas participaram da cerimônia de abertura oficial. A mesa de honra foi composta pelo secretário municipal de Assistência Social, Elias Oliveira, a Diretora de Políticas Transversais, Mazé El Saad, a primeira-dama, Rosa Maria Jeronymo, o secretário municipal de educação Fernando Ferreira Lima, os vereadores Marcio Rosa e Rosane Bonho e representantes da UNILA.
 
Também estiveram presentes representantes de etnias e de diferentes segmentos da sociedade, que participaram das pré-conferências, além dos delegados eleitos nas pré-conferências com direito à voz e voto, observadores e comunidade em geral. Antes da abertura oficial do evento, foi realizada uma apresentação cultural com canto e dança do grupo Afoxé Funmilayó. A noite de ontem (21) encerrou com duas palestras de professores doutores da UNILA. 
 
As atividades seguem durante esta sexta-feira com debates. Segundo o secretário de Assistência Social, são dois dias de trabalho e construção de políticas públicas de valorização. “Não estamos aqui fazendo nenhuma comemoração, pois sabemos da realidade difícil do negro em nosso país, que ainda sofre muito preconceito. Por isso é importante discussões abertas como esta e Conferências que permitam a construção de novos conceitos de valorização e não somente do negro, mas de todos os outros segmentos da sociedade que precisam ganhar cada vez mais espaço em comunidade”, defendeu Elias.
 
A primeira-dama que acompanhou desde o início a organização da Conferência, participando das reuniões da comissão, destacou a importância de o Município dar apoio às pessoas engajadas neste processo de construção de novas políticas públicas de valorização das etnias e das culturas raciais.
 
O tema escolhido para ser título e base da Conferência é: “O Brasil da década dos afrodescendentes. Reconhecimento, Justiça e Desenvolvimento.” Serão alguns eixos de discussões: Eixo 1, de reconhecimento, com políticas afirmativas, participação popular,m educação básica, ensino superior, cultura e comunicação. No Eixo 2, discussões sobre justiça: segurança pública, administração penitenciária, justiça, acesso à terra e à cidade e, direitos humanos. Eixo 3, de desenvolvimento: sobre trabalho, desenvolvimento social, juventude, esporte, turismo, meio ambiente e saúde. Outros Eixo de discussão é sobre discriminação múltipla ou agravada, lésbica, gays, bissexuais, travestis, transexuais, juventude e liberdade religiosa. 
Com PMFI

Seja o Primeiro a comentar on "ABERTA ONTEM I CONFERÊNCIA DA PROMOÇÃO DE IGUALDADE RACIAL"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*